Blog

doação

Vendo Artigos etiquetados em: doação

Seminário Internacional de Capoeiragem Acontece em Salvador e Santo Amaro da Purificação

Evento, que receberá capoeiristas do Brasil, Bélgica e Suíça, lança campanha pela preservação da Lagoa do Abaeté

A Associação Cultural Camugerê Capoeira promove, de 19 a 23 de outubro, o III Seminário Internacional de Capoeiragem. Este ano, o evento homenageará antigos mestres da capoeira e personalidades culturais do bairro de Itapuã, e contará com a presença de capoeiristas do Brasil, da Bélgica e da Suíça. Além das oficinas, apresentações culturais, e doação de sangue, que já são realizadas anualmente, o Seminário lançará uma campanha pela preservação do Parque Metropolitano do Abaeté.

A programação do evento se inicia no dia 19 (quarta), às 10h, com a tradicional doação de sangue de capoeiristas ao Hemocentro da Bahia (Hemoba), na Av. Vasco da Gama. O ato já acontece há 9 anos, e é uma forma de incentivar a doação de sangue durante todo o ano. Mestre Tosta, responsável pelo grupo de capoeira, comenta que “a campanha faz parte da preocupação do Camugerê em fazer o trabalho de conscientização sobre a saúde, e tem ajudado a comunidade de Itapuã a se interessar pela causa e, é claro, também ajuda a aumentar o estoque do banco de sangue”.

A mesa redonda “A importância da Figura do Mestre como orientador e educador” acontece no dia 20 (quinta), às 19h, na Sede do Camugerê, em Itapuã, com a presença de grandes mestres de capoeira da Bahia e de todo o Brasil. O debate tem como objetivo valorizar o trabalho dos mestres, responsáveis não só pelo ensino e manutenção da tradição da capoeira, como também pela formação ética, intelectual, e de vida de seus discípulos.

No dia 21, a partir das 18h30, no largo da Cira, haverá uma cerimônia de formatura, com apresentação das Ganhadeiras de Itapuã, homenagem a personalidades do bairro, como Cira do Acarajé, , o artista plástico Sante Scaldaferri, o puxador de rede Mafia, o músico Nengo, o pescador Pai Vei, Jocélio Araújo, do grupo afro Malê de Balê, Amadeu Alves, gestor da Casa da Música, entre outros.

A cerimônia promete relembrar os velhos tempos de capoeiragem da Bahia. Para isso, discípulos do Mestre Bimba e do Mestre Valdemar, como Mestre Itapoan, Mestre Flecha, Mestre Olavo, Mestre Montenegro, Mestre Salário Mínimo, Mestre Lázaro, Mestre Zé Dário, e Mestre Dedé também receberão homenagem. 

No sábado (22), pela manhã, será lançada a campanha ambiental pela preservação do Parque Metropolitano do Abaeté, com um abraço simbólico à lagoa, e a plantação de mudas nativas. Mestre Tosta, que frequenta a lagoa do Abaeté há 20 anos, observa que “cada vez mais, a degradação do meio ambiente na área avança. Nossa intenção é sensibilizar as pessoas para tomar uma atitude em relação ao nosso patrimônio ambiental, para que daqui a 20 anos, um jovem possa dizer que plantou aquela árvore quando criança, e ajudou a preserva a lagoa”.

No mesmo dia, pela tarde, a programação segue em Santo Amaro da Purificação, no recôncavo baiano, onde serão realizadas oficinas de Maculelê e Samba de Roda. No dia 22 (domingo), haverá festa de confraternização com apresentação de Samba de Viola na mesma cidade.

Durante a semana, também serão realizadas oficinas de capoeira, de instrumentos, além de rodas. Toda programação é gratuita e aberta ao público. A programação completa e outras informações estão no blog http://seminariocapoeiragem.blogspot.com

Camugerê Capoeira

Após 10 anos de trabalhos desenvolvidos com capoeira, o Mestre Hamilton Tosta fundou, em 2002, a Associação Cultural Camugerê Capoeira. O grupo é filiado à Federação Baiana de Capoeira e a Associação Brasileira de Professores de Capoeira. O Mestre Tosta, licenciado em Educação Física pela Universidade Católica do Salvador, criou a Associação com o objetivo de divulgar e elevar os ensinamentos socio-culturais desta arte, utilizando a capoeira como mais uma ferramenta de educação.

A Associação Camugerê já formou 18 profissionais, que desenvolvem trabalhos em mais de 20 escolas da rede pública e particular de ensino, além de realizar aulas em academias e condomínios, em Salvador e Região Metropolitana. Entre os professores formados, jovens que já estão desenvolvendo trabalhos em São Paulo, Alagoas, Espanha, Bélgica e Suíça.

A Associação mantém, também, o projeto social GINGA MENINO, onde atendem mais 100 crianças no bairro de Itapuã. Essas crianças não têm custo algum para fazer as atividades, ganhando inclusive o uniforme de treino. A única obrigação exigida pela Associação para participação nas atividades é que estejam estudando. 

O projeto GINGA MENINO tem o objetivo de educar crianças e jovens em situação de risco pessoal e social. O Camugerê desenvolve atividades em comunidades de baixa renda, utilizando a capoeira, o maculelê, o samba de roda, a puxada de rede, a dança afro, entre outras manifestações, como ferramenta de educação. 

III Seminário Internacional de Capoeiragem

Data: 19 a 23 de outubro de 2011
Mais informações: http://seminariocapoeiragem.blogspot.com
Ingressos: gratuito
Mais informações: Mestre Tosta 8725-1013 [email protected] / Cambuí Produções (71) 8606-3042 [email protected]

Ação social promoverá doação de sangue

Neste fim de semana, a população de Mauá participa de mais uma edição do Diário do Grande ABC nos Bairros. Nesta etapa os moradores poderão doar sangue para ajudar os hospitais a suprir um déficit de aproximadamente 40% no estoque de seus bancos de sangue. A iniciativa é pioneira na ação social deste ano. O evento é promovido pelo Diário, e ocorre das 9h às 16h, na EE Florisbella de Campos Werneck (Rua Raimundo Montanaria, 10-B – bairro 4º Centenário).

A Colsan (Associação Beneficente de Coleta de Sangue) marcará presença na unidade de ensino com duas funcionárias que alertarão pais e mães sobre a importância das doações aos hospitais da região. Quem quiser doar, pode optar por três locais: o CHM (Centro Hospitalar Municipal de Santo André); o Hospital Estadual Mário Covas; e o Hospital Anchieta, em São Bernardo.

Funcionária da Colsan, Neuci Couto explica que a população não adere à doação de sangue porque não entende como funciona o processo. “No sábado, vamos explicar como as pessoas podem doar e quais hospitais devem procurar”, destacou.

Presidente da associação de moradores da região, Agnaldo Souza apoia a ação social por conta dos serviços de Saúde oferecidos durante o evento.

Apresentações de capoeira são destaque

Quem comparecer sábado ao Diário do Grande ABC nos Bairros realizado na EE Florisbella de Campos Werneck, terá a oportunidade de participar das apresentações de capoeira do grupo ADC Filhos de Gandhi. As demonstrações irão ocorrer na parte da manhã e encerram o evento no fim da tarde.

De todas as atividades que vão ocorrer no dia, a capoeira é a preferida entre os alunos da escola.

A ação social é promovida pelo Diário e tem patrocínio do governo do Estado de São Paulo, da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), da Universidade Metodista de São Paulo, da Rede Farma Fórmulas, do Colégio Renil Educação Profissional, de Lígia Cabeleireiros e da Novety Cosmético.

Federações esportivas se unem na campanha Natal da Cidade 2009

Entidades de sete esportes farão mobilização por doação de sangue no dia 18 de dezembro.

A campanha Natal da Cidade 2009 ganhou um time forte para conseguir mais doadores no Piauí. Dirigentes e atletas de pelo menos sete federações esportivas já confirmaram presença no programa especial do dia 18 de dezembro. O grupo estará no ginásio do Sesc Ilhotas doando sangue, literalmente, e pedindo para que as pessoas participem da campanha.

Já confirmaram participação as federações de Natação, Capoeira, Jiu-Jitsu, Kung-fu, Judô, Vôlei, e ainda o time de basquete em cadeira de rodas. Todas estiveram reunidas na TV Cidade Verde para reafirmar seu compromisso com a campanha de doação de órgãos e doação de sangue. Além de pedirem para que as pessoas compareçam ao Hemopi, todos os que puderem irão doar sangue na próxima sexta-feira.

Competições esportivas e demonstrações das modalidades irão acontecer simultaneamente no ginásio e na piscina do Sesc Ilhotas.

No Judô, o presidente da federação, Danys Queiroz, lembrou que toda a família é doadora de sangue. “Eu já doei mais de 20 vezes. Lá em casa todo mundo doa”, disse.

Fábio Lima
[email protected]deverde.com

Pará: Capoeiristas de Marabá mostram solidariedade

O Hemocentro Regional de Marabá (HRM) comemorou o sucesso em mais uma ação estratégica. Desta vez com a Associação Brasileira de Apoio e Desenvolvimento da Arte Capoeira – Abada-Capoeira, de 08 a 10 deste mês, que resultou em 52 comparecimentos que podem salvar até 208 pacientes adultos. A ação envolveu associados e familiares.
 
A ação estratégica fez parte de um grande evento esportivo promovida pela entidade, que contou com a participação de vários municípios daquela região do Estado. Durante o evento, aconteceram cursos técnicos, palestras e batizados de capoeiristas.
 
Antecedendo a coleta de sangue, profissionais do hemocentro promoveram palestras de sensibilização no período de 04 a 06/06, na sede da associação, com o objetivo de esclarecer e falar sobre a importância da sociedade no processo da doação de sangue.
 
Para o diretor do hemocentro, o médico Fernando Monteiro, o resultado da campanha é mais um reflexo da sensibilidade das entidades marabaenses. "Ninguém cresce sozinho. Precisamos sempre compor parcerias para melhorar cada vez mais a saúde pública de nosso Estado", observou ele, agradecendo a Abada-Capoeira.
 
Quem pode doar sangue
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de quilos 50 quilos é um doador em potencial. O candidato deve estar bem alimentado e munido de documento de Identidade. Após preencher cadastro, ele passa por uma triagem clínica. Se aprovado, efetiva sua doação de sangue.
 
Doar sangue não dói, não vicia nem faz mal à saúde. Com a doação são realizados exames para Sífilis, Doença de Chagas, HIV, Hepatites, HTLV I e II, além da tipagem sanguínea. O resultado é enviado para residência do doador num prazo de até 30 dias.
 
A Fundação Hemopa funciona para coleta de sangue de 2ª a sábado, de 7h30 às 18h. O Hemopa Marabá fica na Rodovia Transamazônica, Quadra 12, S/N. Mais informações: (94) 3324.1645/3324.1810.

 

Quem estiver interessado em doar sangue, precisa ter entre 18 e 65 anos, pesar mais que 50 quilos, boa saúde e estar portando a carteira de identidade.
Doar Sangue é um verdadeiro ato de CIDADANIA!!!

  

http://www.pa.gov.br/

Coordenadoria de Comunicação Social do Governo do Estado
Fone: (91) 3202-0911 e 3202-0912, fax: 3202-0913
E-mail: [email protected]

Read More

Capoeira que tem sangue na veia…

Ninguém está livre de precisar de uma transfusão de sangue. Ninguém está livre de sofrer um acidente, de passar por uma cirurgia ou por um procedimento médico em que a transfusão seja absolutamente indispensável.
Como não existe sangue sintético produzido em laboratórios, quem precisa de transfusão tem de contar com a boa vontade de doadores, uma vez que nada substitui o sangue verdadeiro retirado das veias de outro ser humano.
Todos sabemos que é importante doar sangue. Mas, quando chega a nossa vez, sempre encontramos uma desculpa – Hoje está frio ou não estou disposto; nesses últimos dias tenho trabalhado muito e ando cansado; será que esse sangue não me vai fazer falta… – e vamos adiando a doação que poderia salvar a vida de uma pessoa.
Sempre é bom frisar que o sangue doado não faz a menor falta para o doador. Conseqüentemente, nada justifica que as pessoas deixem de doá-lo. O processo é simples, rápido e seguro.
 
Essas palavras do médico Drauzio Varela ilustram o trabalho de incentivo que a Associação Cultural e Educacional de Capoeira Filhos da Princesa do Sul vai começar a realizar a partir deste sábado em Cachoeiro de Itapemirim.
Uma parceria com o hemocentro do Hospital Evangélico vai possibilitar aos praticantes e simpatizantes dessa arte brasileira a por a mão na consciência e doar sangue. Esão de parabéns os mestres Paulinho, Airton e Volmir, junto com seus professores, instrutores e alunos, por essa iniciativa. E a FOLHA não poderia ficar de fora dessa, mesmo tendo apenas o papel de divulgação.
 
As pessoas que necessitam de transfusão podem contar somente com a solidariedade de pessoas. Através de um ato de amor ao próximo, que só tem quem tem sangue nas veias.
 
Em muitos casos, a transfusão é a única esperança de vida.
 
A doação é um procedimento totalmente seguro. O volume coletado é de aproximadamente 450 ml (padrão internacional), o que representa menos de 13% do total de sangue do corpo de um adulto.
 
O doador não estará se expondo a nenhum risco de contaminação
Ao contrário do que se acredita, a doação de sangue não engorda nem emagrece, não afina nem engrossa o sangue, além de não exigir mais doações.
Doar sangue é um ato humanitário que enobrece e traz uma satisfação interior muito grande. Afinal, através desse ato, sabemos quem tem sangue nas veias.
 
Folha do Espírito Santo – http://www.folhaes.com.br

Capoeira no “Sangue” – Hemosul faz parceria para realização de Festival de Capoeira

O Hemosul e a Federação Sul-Mato-Grossense de Capoeira fizeram uma parceria para o Festival de Capoeira, que acontece entre os dias 18 e 20 de maio, no Ginásio Guanandizão. Para se inscrever no Festival, os atletas precisam doar sangue.
 
A iniciativa une esporte e cidadania, buscando levar à população oportunidades de contribuir para o bem-estar social e incentivar outros doadores.
O atleta que deseja participar do festival deve comparecer à sede do Hemosul, que fica na rua Fernando Correa da Costa, 1304, Centro, ou em quaisquer núcleos da Hemorrede distribuídos pelos vários municípios do Estado, fazer a doação, e entregar o comprovante na Federação de Capoeira, localizada na rua Joaquim César Neto, Paulo VI, ou na sede da Famens – rua Engenheiro Roberto Mange, 135, bairro Amambaí.
Nos dias do evento, será montado, no Guanandizão, um local de cadastramento de doadores de medula óssea, a ser utilizada no tratamento de pacientes com leucemia.
Mais informações no Hemosul, pelo telefone (67) 3312 1503.  
 

Vista esta idéia: Camiseta Oficial Portal Capoeira

Vista esta idéia e colabore com o Projeto Portal Capoeira!!!
Faça uma doação para ajudar a manter o projeto Portal Capoeira
E ganhe esta fantástica camiseta!
 

* Nesta primeira etapa somente estaremos aceitando doações  de países
localizados no continente Europeu.
(Estamos buscando uma forma de disponibilizar para outros países.) 
 
Vista está idéia... Camiseta Oficial Portal Capoeira
 
A Camiseta Oficial Portal Capoeira está disponivel na cor preta.
Em duas opções de estampas: Branca e Amarela.
 
Tamanhos: S, M, L, XL – Tecido 100% Algodão
 

Barra Mansa – RJ: “Campanha Abada-Capoeira Sangue Bom”

A Associação Brasileira de Apoio e Desenvolvimento da Arte da Capoeira está promovendo, desde o dia 15, a campanha Abada-Capoeira Sangue Bom, para aumentar as doações de sangue no Hemonúcleo, através da conscientização das pessoas.
O coordenador do Hemonúcleo, Sergio Murilo Conti, que esteve na praça da Matriz na tarde de ontem, acompanhando a apresentação do grupo, diz que essa iniciativa partiu do próprio grupo e que é de suma importância. “O grupo de capoeira nos ajuda muito com essa ação. Eles mostram que qualquer segmento social pode doar. O que vale é a solidariedade”, agradece.
 
O professor Luiz Carlos Rocha, mais conhecido como professor Pretinho, diz que a campanha tem como objetivo mostrar que a capoeira também é um movimento social. “Há três anos aconteceu uma campanha internacional no Rio de Janeiro, onde pessoas do mundo inteiro doaram sangue. Queremos mostrar que qualquer um pode doar. Queremos conscientizar as pessoas a esse respeito”, explica, acrescentando que essa campanha já acontece há dois anos na cidade e que todos capoeiristas fazem a doação.
 
Quem estiver interessado em ajudar o Hemonúcleo, que fica anexo ao Hospital da Santa Casa, precisa ter entre 18 e 65 anos, pesar mais que 50 quilos, boa saúde e estar portando a carteira de identidade. Os horários de funcionamento são de segunda a sexta-feira, das 7 às 12 horas, e sábado, das 7 às 11 horas.
 
 
Doe Sangue, um ato de cidadania!!!
 

CAMPANHA "Sangue Bom"
Doação de sangue
Evento acontece há dois anos na cidade