Blog

ensinou

Vendo Artigos etiquetados em: ensinou

Cananéia: Foi o meu Mestre quem me ensinou – homenagem ao Mestre Reginaldo Santana

Grupo de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim de Cananéia homenageia o grande mestre Reginaldo Santana

Entre os dias 21 e 22 de Abril, Cananéia receberá capoeiristas de todo o Brasil para o evento “Foi o meu Mestre quem me ensinou – homenagem ao Mestre Reginaldo Santana”, através do Grupo de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim – Vale do Ribeira.

Esse evento tem como objetivo incentivar a prática desportiva e cultural como forma de garantir a saúde e a qualidade de vida através de atividades físicas e educativas gratuitas para crianças, jovens e adultos, bem como, resgatar e divulgar a cultura afro-brasileira em nosso município.

Ao mesmo tempo entregará o mais nobre título da Capoeira, o de “grão-mestre”, ao mestre Reginaldo Santana. Este, conhecido por todos como Mestre Régis, é nascido em 27 de junho de 1957 na cidade de Itabuna, na Bahia, é filho de Lindaura Gonçalves de Almeida e Renato Santana e começou a capoeira aos oito anos de idade com o mestre Antonio Rodrigues, por incentivo de seu irmão mais velho Ireneildo Gonçalves de Souza. Ainda adolescente mudou para o Distrito Federal e depois para Ribeirão Preto onde treinou intensamente e passou a competir pela Associação Kapoeira do mestre Canhão (onde se consagrou).

Mestre Régis é fundador do Grupo de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim em 1978, na cidade de Passos, Minas Gerais. Régis soma sua história de vida títulos, entre eles, nove vezes Campeão Brasileiro de Capoeira (estilo Combate), oito vezes Campeão da Grande Roda Brasileira de Capoeira, Bi – Campeão Paulista de Capoeira, Campeão da Copa Serra Vox, Campeão da Copa Brasil-EUA e Campeão do troféu “Antonio Carlos Magalhães”.

O evento “Foi o meu Mestre quem me ensinou – homenagem ao Mestre Reginaldo Santana” terá uma programação repleta de atividades como apresentações culturais, exibição de vídeo-documentários, roda de prosa, música, danças e muita Capoeira.

A cidade de Cananéia espera receber representantes de diferentes regiões do Estado de São Paulo e dos Estados do Paraná, Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Em especial os mestres Sena (Poços de Caldas/MG), Kauê (Jundiaí/SP), Maciel (Passos/MG), Pedrinho (Belo Horizonte/MG), Marcão (São Paulo/SP), Beto (Franca/SP), Juan (Pariquera-Açú/SP) e Grilo (Pitangueiras/MG).

O que é ser Grão-mestre? – É o mais alto grau em Ordens honoríficas ou de Mérito. É a máxima autoridade de uma ordem, tem poder quase absoluto, geralmente limitado no tempo por uma eleição entre os membros da ordem a que pertence. Portanto, são poucos dentro da Capoeira Brasileira que recebem esse título, entre esses, está o Mestre Camisa Roxa, considerado o melhor aluno de Mestre Bimba e após este mês de Abril, também o Mestre Reginaldo Santana.

O evento conta com a parceira da Prefeitura Municipal de Cananéia, Rede Cananéia e Ponto de Cultura “Caiçaras”. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas através do Blog: www.capoeirasenhordobonfim.blogspot.com.br ou com Lilia Souza no telefone: (13) 8120-1330 e e-mail: [email protected]

 

Resumo do Evento:

Evento: “Foi o meu Mestre quem me ensinou – homenagem ao Mestre Reginaldo Santana”.

Dias: 21 e 22 de Abril de 2012.

Local: Praça Theodolina Gomes (Tiduca) – Centro, Cananéia/SP.

 

DiariodeIguape.com

Capoeira Angola & Meio Século de Mestre Jaime

Homenagem Portal Capoeira aos 51 anos de Mestre Jaime de Mar Grande
 
A Capoeira do Vale do Paraíba tem duas grandes vertentes. Uma delas tem sua raiz no Cordão de Ouro de Mestre Suassuna, e chegou à São José pelas mãos do então jovem Everaldo Bispo – Mestre Lobão. A “outra capoeira” que chegou em nossa região veio para cá pelas mãos do Sergipano Paulo dos Anjos, carinhosamente chamado de Mestre Paulo. Como fruto de seu trabalho em São Paulo, mestre Paulo deixou diversos “anjinhos de angola” semeados pelo Vale, dentre eles os Mestres Jequié, o saudoso Josias, o Alcapone, Raimundinho, Vital e Reinaldo. Mestre Jequié, por sua vez, formou Mestre Dominguinhos, hoje um expoente angoleiro paulista que anda ensinando sua arte pela europa (França, Inglaterra & Alemanha).
 
Na Bahia, Mestre Paulo preparou diversos mestres, sendo um deles o Mestre Jaime de Mar Grande (que neste mês comemorou 51 anos). Sobre mestre Jaime, quem o conhece saberá que estou fazendo uma descrição completa. Pessoa simples no viver e sábio no conhecimento. Sempre viveu a Capoeira Raiz (Angola Mãe) dentro dos fundamentos que seu mestre lhe ensinou, sem se entregar aos modismos e sem se entregar ao mercantilismo como fizeram outros detentores dos saberes de nossa angola. Quando todos dizem que capoeira angola só tem uma forma de ser vivenciada e entendida, mestre Jaime é sincero em dizer que a Capoeira é de todos e para todos, não tem um único dono e não é “escrava” de ninguém. Mestre Jaime participou de uma oficina de Angola promovida por Mestre Marrom (Grupo Irmãos Guerreiros – Taboão da Serra – SP). O que aprendi em pouco mais de uma hora de oficina com Mestre Jaime, levaria anos, talvez décadas para aprender em “outras escolas”. Até porque, infelizmente, o que se percebe, pelo menos em São Paulo, é que as faces da Angola que nos foi ensinada principalmente no final das décadas dos 80 e início dos 90 (que acabou influenciando diversos grupos), foi de acordo com a conveniência de quem as ensinou. Temos em São Paulo excelentes trabalhos de angola, capoeiras “funcionais”.
 
Capoeira Angola & Meio Século de Mestre Jaime
 
Mestre Jaime, para a felicidade dos capoeiras paulistas e paulistanos, está há bom tempo na Terra da Garoa, e por aqui deverá ficar por pelo menos mais uma década. Acredito que será o tempo suficiente para ele semear muitos conhecimentos e sedimentar bons exemplos a serem seguidos. Mestre Jaime, que nossos Orixás estejam sempre em sintonia, e que tua permanência entre nós ultrapasse Mais Meio Século.
 
Miltinho Astronauta
Capoeira Angola NGOLO – São José dos Campos

DR. JOSÉ “CISNANDO” LIMA, A PEDRA FUNDAMENTAL DA REGIONAL

DR. JOSÉ "CISNANDO" LIMA

Tudo começou com ele!

Cisnando trazia no coração um sonho…
aprender capoeira enquanto estudava medicina em Salvador…
Cisnando trazia no bolso uma senha…
o acesso ao Palácio e ao Interventor da Bahia, o Ten.Juracy Magalhães…
Cisnando encontrou Bimba no Curuzú – bairro da Liberdade…
Bimba ensinou o jogo de capoeira a Cisnando…
Cisnando ensinou a Bimba a nomenclatura acadêmica  e a pedagogia da capoeira…
Bimba aprovou a sistematização do ensino da capoeira…
Cisnando sugeriu a Bimba a criação da Luta Regional Baiana…
um passo adiante do jogo da capoeira…
no rumo da defesa pessoal…
Cisnando levou Bimba ao Palácio…
para mostrar a luta regional baiana ao Ten. Juracy Magalhães…
Juracy facilitou o ensino da capoeira sob o rótulo de luta regional…
autorizou o funcionamento do "Clube de União em Apuros"…
na Roça do Lobo…
a primeira academia de capoeira do mundo!
Juracy conduziu Cisnando e Bimba ao Presidente Getúlio Vargas…
Getúlio acreditou na Luta Regional Brasileira como esporte e cultura…
Getúlio abriu as portas do mundo para Bimba…
Bimba abriu os olhos do mundo…
para as manifestações culturais áfrico-brasileiras!


DADOS BIOGRÁFICOS
gentileza de seu filho Hildebrando "Kimura"

José Cisnando Lima nasceu em 9 de Outubro de 1914, no Sítio Santa Rosa, Crato/CE.
Ingressou na Faculdade de Medicina da Bahia em 1932 , formando-se em 1937.
Iniciou suas atividades profissionais em Sta. Bárbara/Ba.
Regressou à sua terra natal, em 1943, clinicando em varias cidades do sul do estado até 1950, quando retornou a Sta. Bárbara/BA.
Sonhador, empreendedor, apaixonado pela agricultura, trouxe colonos japoneses para incrementar as técnicas agrícolas em sua propriedade e foi pioneiro na irrigação das suas culturas, o que o conduziu à presidência do Sindicato Rural de Feira de Santana/BA.
Eleito vereador em Feira de Santana, foi líder do partido situacionista neste município.
Nomeado médico da Secretaria de Agricultura, foi requisitado paras a função de legista da Secretaria de Segurança Pública.
Exerceu os cargos de Supervisor Estadual da Merenda Escolar e representante federal da Campanha Nacional para a Merenda Escolar.
Eleito Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, assumiu a Prefeitura local durante 4 meses por motivo de saúde do prefeito em exercício.
Dois anos depois dedicou-se inteiramente à psiquiatria, fundando duas clínicas particulares para doentes mentais.
Ensinou biologia no Colégio Santanópolis, no Instituto Guimarães e no Educandário da Casa São José.
Aprendeu Jiu-jitsu com Takeo Yano antes de chegar a Salvador.
Com Takamatsu, 5o dan da Shotokan e 2o da Kodokan, praticou e estudou o karatê.
Um dos seus colonos japoneses o iniciou em Kendô e Bojitsu.
A sua equipe de japoneses, oriunda da TakuDai, incluía Saito Masahiro, 2o dan pela Kodokan e 1o dan pela Shotokan,  que ensinou Judô e Karatê no Spartan Gym de Dr. Geraldo Blandy Motta e no Gremio da Escola de Politécnica, com o qual também pratiquei as duas artes marciais.

Pra Cantar 2…

Capoeira jurou bandeira

Iêê…
Capoeira jurou bandeira
pediu seu santo sua proteção
entrou na roda, olhou o parceiro
ô, mas olhando o chão pediu perdão
ê, mas deu uma volta de saudação
oi, ainda na roda falou:
Capoeira, eu sou baiano
oia, Mestre Suassuna foi quem me ensinou
estendeu a mão
ê, lá no cumprimento
o pé no peito logo levou
ô, mas subiu do chão que nem corisco
prá confirmar o que havia dito
Capoeira nesse dia
ê, lutou tudo que sabia
ô, mas se não lutasse perdia
amor no peito de Maria
moça do seu coração
jogou no ar e no chão
fez diabrura do cão
oi, rezando uma oração
ê, lá homem de corpo fechado
ô, mas não teme ferro de matar
Ogum é meu padrinho
ô guerreiro do céu e guarda na lua
e na terra meu peito é de aço
ê, lá faca de ponta não fura
ê, viva meu Deus

iê, viva meu Deus, camará

iê, viva meu Mestre

iê, viva meu Mestre, camará

iê, que mestre meu

iê, que mestre meu, camará

iê, que me ensinou

iê, que me ensinou, camará

CAPOEIRA DE ANGOLA

Jogar Capoeira de Angola
Não é brincadeira
Menino vem ver lelê
Com a cabeça no chão
Vai saindo de aú
Completando rolê
Eu fui lá no cais da Bahia
Jogar Capoeira
Lembrei de Pastinha de
Seu Aberê lelê
Capoeira de Angola
Não é brincadeira menino vem ver(Coro)
Camisa sempre falou
Solte o corpo menino
Deixe de falar
Tem que ter sentimento
Para Capoeira de Angola jogar(Coro)
Você diz que entra na roda
Com ginga de corpo sabe balançar
Tem que ser mandingueiro
Para Capoeira de Angola jogar

CHORA CAPOEIRA

Chora capoeira
Capoeira chora
Chora capoeira
Mestre Bimba foi embora
Chora capoeira
Capoeira chora
Chora capoeira
Mestre Bimba foi embora
Mestre Bimba foi embora
Mas deixou jogo bonito
Deve estar jogando agora
Numa roda no infinito
Chora capoeira…
Mestre de capoeira
Existe muitos por aí
Mas igual ao Mestre Bimba
Nunca mais vai existir
Chora capoeira…
Mestre Bimba foi embora
Para nunca mais voltar
Disse adeus à capoeira
E foi pro céu descansar
Chora capoeira…
Atenção capoeirista
Por favor tire o chapéu
Que Mestre Bimba está jogando
Numa roda lá no céu
Chora capoeira…
No dia da sua morte
Berimbau silenciou
Sete dias de luto
Toda Bahia ficou
Chora capoeira…

Read More