Blog

feito

Vendo Artigos etiquetados em: feito

Taís Araújo tem aulas de capoeira com mestre de Lázaro Ramos

Para viver a golpista Sheila no seriado “O Dentista Mascarado”, Taís Araújo recorreu à capoeira. A revelação foi feita pela atriz durante coletiva para apresentar o seriado realizada nesta segunda (18) em um hotel na zona sul do Rio.

“O seriado tem muitas cenas de ação e sento necessidade de ter um melhor condicionamento físico”, contou Taís, que tem feito aulas com o mesmo professor que treinou o marido, Lázaro Ramos, para a novela “Lado a Lado”. Na trama o ator interpretou o capoeirista Zé Maria.

“Eu já havia feito capoeira quando fiz a Preta de ‘Da Cor do Pecado’. Está sendo ótimo”, frisou a atriz, que abriu mão das férias de três meses pelo seriado.

“Tinha planejado viajar com o Lázaro e o João, mas não consegui recusar esse trabalho. O texto é maravilhoso e o elenco incrível. É também uma coisa nova na minha carreira”, opinou ela referindo-se a fazer parte de uma série cômica.

“Lázaro é um grande parceiro e entendeu que era importante para mim”, disse Taís quando indagada se o parceiro não ficou decepcionado em adiar a viagem.

Sobre o filho, João Vicente, ela garantiu que o menino é “levado” e que tem tido tempo para acompanhar todo seu desenvolvimento.

“Ele já fala e é uma graça. Ainda não colocamos ele na escola, mas tenho tempo para ficar com ele, em um seriado gravamos menos”, explicou a atriz que afirmou que a mudança de visual não confundiu o filho.

“João já é um bofe, nem repara nessas coisas de cabelo. Cheguei em casa depois de ter cortado e ele me pegou na mão e me levou ao quarto dele como se nada tivesse acontecido”, relembrou Taís aos risos.

“O Dentista Mascarado” é escrito por Alexandre Machado e Fernanda Young e tem direção de José Alvarenga. A estreia acontece no dia 5 de abril.

 

Fonte: http://celebridades.uol.com.br

Aconteceu: Projeto Jovem Cidadão & Batizado de Capoeira

Porto Murtinho (MS) – A Associação Cultural de Capoeira Escravos Brancos, em parceria com a Prefeitura de Porto Murtinho, por meio da Secretaria de Assistência Social, promoveu no último fim de semana, o batismo de Capoeira feito por mestres e contra mestres de Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Maranhão e do Piauí.

O evento teve uma grande receptividade do público, que lotou o Cine Teatro Ney Machado Mesquita, até o Prefeito Nelson Cintra Ribeiro entrou na roda para abrilhantar o evento.

Ao todo, 27 participantes do projeto Jovem Cidadão, promovido pela Secretaria de Assistência Social, receberam cordas verdes ou amarelas. O batismo foi feito pelos professores Samurai (Campo Grande) e Cachorrão (Jardim); A graduada Zangada (Timon/MA), os mestrandos Hiato (Bela Vista) e Jardel (Caracol) e dos mestres Kbça, Acidente e Barnabé (Campo Grande), Gordinho (Ponta Porã), Ratinho (Aquidauana), Guerreiro (Dourados), Albino e Kelson (Teresina/PI) e Ulisses (Olinda/PE).

Além de fazer o batismo e troca de cordões, os mestres visitantes tiveram ainda, passeio pela cidade, rodas de capoeira para divulgação do evento, papoeira (batepapo) com mestres e convidados, e por fim, um passeio de barco pelo Rio Paraguai.

Carta Aberta: Grupo Botequim

O Grupo Botequim, fundado há 5 anos, tem feito um movimento de valorização do samba brasileiro através das rodas de samba que realiza em vários locais da cidade de Salvador.

As rodas são gratuitas e com uma participação crescente de pessoas interessadas na valorização de nossa cultura. Todos podem cantar, sambar, tocar instrumentos, e muitas vezes até compartilhar da comida servida pelos anfitriões dessas rodas. Esse é o verdadeiro sentido de comunidade, e é nisso que o Grupo Botequim acredita: a força do samba como manifestação agregadora de pessoas e de valores.

O Grupo Botequim foi convidado recentemente para representar a cultura brasileira num Festival Internacional de Música na cidade de Munique – Alemanha que acontece agora em julho. Além disso, o grupo já tem agenda em algumas casas noturnas de Paris – França, para o mesmo período.

Vários contatos foram feitos com instituições públicas e privadas, governos federal, estadual e municipal, editais públicos, etc…e não conseguimos o apoio para a compra das passagens aéreas, já que o festival não se responsabiliza pelas mesmas.

Em função disso, o Grupo Botequim tem feito várias ações no sentido de tentar levantar fundos para essas passagens como: passar o chapéu nas rodas de samba, eventos, venda de CDs, etc… e graças a esse esforço, e com a contribuição da comunidade que nos acompanha, já conseguimos comprar metade das passagens.

Porém ainda faltam algumas passagens para que o grupo possa viajar completo, e por essa razão, nos dirigimos à comunidade na tentativa de solicitar àqueles que se disponham, a contribuir com algo muito simples: A TRANSFERÊNCIA DE SUAS MILHAS DE EMPRESAS AÉREAS, para a compra dessas passagens que faltam.

Acreditamos que com a força de nossa comunidade, conseguiremos o nosso objetivo de representar com dignidade a cultura brasileira através do samba, que tanto respeitamos e valorizamos.

Àqueles que se disporem a contribuir, pedimos que entrem em contato com Daniela, nos números: 91357966 e 34994744 ou pelo e-mail: grupobotequim@yahoo.com.br

Nossos sinceros agradecimentos

 

Grupo Botequim

Nota de Falecimento: Mestre Bigodinho

Morre um dos maiores representantes da cultura popular da Bahia.

Morreu, nesta terça-feira (05/04/11), no hospital  em Santo Amaro, Mestre Bigodinho, conhecido por seu trabalho na capoeira, um Mestre conceituado

O enterro será realizado na Quinta dos Lazaros.

O mestre nos deixa a lembrança da importância de se valorizar e se reconhecer os constituintes da nossa cultura popular enquanto vivos.

Mestre Bigodinho

Reinaldo Santana – Mestre Bigodinho, Exímio cantador e tocador de berimbau, nascido em 13 de setembro de 1933 na cidade de Santo Amaro, na Bahia, começou na capoeira em 1950 com Mestre Waldemar Rodrigues da Paixão, permanecendo até 1970, onde se afastou devido a repressão e discriminação sofrida na época.

Em 1997, incentivado por seu amigo – o Mestre Lua Rasta, retornou ao convívio da capoeira, para a satisfação de todos que admiram essa nobre arte.

Mestre Bigodinho reside atualmente em Salvador/BA e viaja por todo o mundo levando seu conhecimento e amor pela capoeira.

 

“A Capoeira é uma defesa pessoal e cada qual se defende como pode na hora da necessidade. A capoeira não é valentia”.

“Faça pouco bem feito do que muito mal feito”.

 

Nossos mais sinceros pesames a todos os “membros da familia Santana” e nossa singela homenagem a um dos mais conceituados e respeitados mestres da nossa capoeiragem… Um cantador de timbre único e entoação ímpar… Muita paz para continuar gingando nesta “eterna roda da vida”.

Portal Capoeira


Onjó Angoma a Casa do Tambor

“A música me ama
ela me deixa fazê-la
a música é uma estrela
deitada em minha cama”
Paulo Cesar Pinheiro

Há muitos, mas não tantos anos, descobri o quanto a música me era importante. Especialmente a música popular, de raiz – aquela criada com caldo de sururu, mugunzá, canjiquinha e feijoada. Música da terra brasileira, da estância, do sertão, do banhado, do alagado, da mata, da serra, da caatinga, do quilombo e da praia.

Onjó Angoma nasceu do prazer, mas também da necessidade e da sorte. O prazer de ouvir o couro rufar, de sentir rolar o rolo, de chocalhar o ganzá, de sapatear na catira e gingar na capoeira. A necessidade de colocar o pão na mesa, rechear o bucho. E a sorte de conhecer o grande artesão que é Fernando Gupiara.

Fernando trabalha construindo instrumentos musicais há quase duas décadas. Atabaques, caixas de folia, pandeiros, berimbaus, xequerês, zabumbas, pandeiros, caxixis, cuícas – com todos eles se entende, a todos eles dá vida.

Onjó Angoma é um lugar para poetizar, e também uma loja. Cada produto exposto está à venda, a menos que explicitamente informado o contrário. Com umas poucas exceções, cada instrumento é feito artesanalmente, e por isso nunca haverá dois iguais.

Aceitamos encomendas de qualquer porte, e despachamos para qualquer lugar do mundo.

Agora deixe de cerimônia, e passeie um bocado. Seja bem-vindo para ver, ouvir e batucar !

Axé,
Teimosia

 

Onjó, s. f. Casa, rancho, cafua. Do umbundo “onjó”, casa. Angoma, s. f. (1) Nome genérico, no Brasil, dos tambores da área banta. (2) Do termo multilingüístico “ngoma”, tambor, através do quimbundo ou do quicongo.

Menino, quem foi teu mestre?

Ouvi falar de Ângelo Augusto Decanio Filho pela primeira vez em 1997, ao assistir o documentário "Pastinha – Uma vida pela capoeira". Lá estava ele, sentado defronte ao computador e falando sobre como os dois capoeiristas se tornam um durante o jogo – o Transe Capoeirano.

Conheci o trabalho de Ângelo Augusto Decanio Filho no início de 2003, remando na internet atrás de boas fontes de informação sobre capoeira.

Clica daqui, clica dali, e esbarrei com o site "Capoeira da Bahia".
Fiquei ao mesmo tempo exultante e intrigado com a qualidade e a quantidade de material como tinha coisa boa de ler, e como diabos uma só pessoa poderia ter feito tudo aquilo ?
Seria ele um "polvo humano" com 8 braços para digitar ?

Read More

Mestre Bigodinho – Reinaldo Santana

Reinaldo Santana – Mestre Bigodinho:
 
Exímio cantador e tocador de berimbau, nascido em 13 de setembro de 1933 na cidade de Santo Amaro, na Bahia, começou na capoeira em 1950 com Mestre Waldemar Rodrigues da Paixão, permanecendo até 1970, onde se afastou devido a repressão e discriminação sofrida na época. Em 1997, incentivado por seu amigo – o Mestre Lua Rasta, retornou ao convívio da capoeira, para a satisfação de todos que admiram essa nobre arte.
 
Mestre Bigodinho reside atualmente em Salvador/BA e viaja por todo o mundo levando seu conhecimento e amor pela capoeira.
Mestre Bigodinho é o padrinho da Associação de Capoeira Nação, motivo de orgulho e satisfação para todos que fazem parte da ACN.
 
"A Capoeira é uma defesa pessoal e cada qual se defende como pode na hora da necessidade. A capoeira não é valentia".
 
"Faça pouco bem feito do que muito mal feito".
 
Mestre Bigodinho

FALECIMENTO DO MESTRE MAMUTE 22 NO RJ, DO GRUPO BONFIM

É sempre triste e desagradável dar notícias como esta… mais o compromisso com a informação e a nossa solidariedade, tão comum aos capoeiristas… nos fazem render esta última homenagem ao Mestre…
 
"Chora capoeira… Capoeira chora… Adeus Adeus… Boa Viagem Mestre Mamute 22"
Luciano Milani

 
FALECIMENTO DO MESTRE MAMUTE 22 NO RJ, DO GRUPO BONFIM
É COM MUITA LÁSTIMA QUE COMUNICO A COMUNIDADE DA CAPOEIRA, QUE
LAMENTAVELMENTE FALECEU NO RIO DE JANEIRO HÁ POUCAS HORAS, APÓS SOFRER DE
DOIS INFARTES E COMA POR 3 DIAS, O GRANDE IRMÃO DA CAPOEIRA, SECRETÁRIO DA
FEDERAÇÃO DE CAPOEIRA DO ESTADO DO RJ, O MESTRE MAMUTE 22 DA BONFIM.
O SEPULTAMENTO SERÁ FEITO ÁS 16H NO CEMITÉRIO DA SULACAP

FCERJ

 Fatima Colombiano – Mestra Cigana RJ  federacaonacionaldecapoeira@hotmail.com

LUTE CONTRA O ESTRESSE

Aprenda a espantar o estresse em segredo
http://www.terra.com.br/saude/
 
Formatação/Editoração modificada por AADF

Seu escritório é muito barulhento? Você se sente incomodado com os telefones estridentes e as vozes altas entrando na sua sala? Você recebe ligações indesejadas e visitantes que atrapalham a sua concentração? Tem muita coisa para fazer em muito pouco tempo? Ainda por cima, seus colegas e chefes não param de solicitar sua atenção a cada minuto? Se você respondeu "sim" a mais de duas dessas perguntas, saiba que sua situação é normal.

"Todos nós sentimos estresse no trabalho."

Por causa de telefones celulares, bipes, telefones e e-mails, as pessoas são sempre requisitadas", disse o psicólogo John Arden, diretor de treinamento do Kaiser Permanente Medical Center, em Vallejo (Califórnia), e autor de Surviving Job Stress (Sobrevivendo ao Estresse do Emprego), que será lançado neste mês nos Estados Unidos. "As pessoas correm na ilusão de que estarão disponíveis o tempo todo, então não têm calma e ficam perpetuamente tensas."

Mas, e se pudéssemos reduzir a tensão sem drogas, de graça e sem ir ao médico? Você pelo menos tentaria? Será que isso é possível? O psicólogo sugere uma série de atitudes simples e discretas que podem ajudar muito. O principal é manter a calma, respirar fundo e começar. Vamos lá?

Reuters Health

Descanse sem ser notado

Veja alguns de exercícios que, além de fáceis, são discretos o suficiente para que ninguém perceba que você está descansando, e por isso não fiquem pedindo para você fazer outras coisas.
 

  • Faça a respiração abdominal: Finja que está lendo ou olhando para a tela do computador. Enquanto isso, esvazie os pulmões murchando a barriga, e depois inspire enquanto incha a barriga. Repita este exercício quantas vezes quiser. Além de relaxante, ele faz você absorver muito mais oxigênio e desacelera o coração, melhorando seu estado físico e mental.
  • Alongue o tronco: A região do tronco é uma das que mais sofre quando estamos tensos. Para relaxar essa musculatura, prenda as mão atrás da nuca e recline-se na cadeira como se tivesse pensando em algum problema da empresa e respire profundamente. Lembre-se de fazer uma expressão pensativa.
  • Relaxe o braço: Dê um clique no mouse e relaxe o braço bem l-e-n-t-a-m-e-n-t-e. Parece até que você está trabalhando no computador, mas na verdade está descansando.
  • Relaxe as pernas: Ainda sentado, levante sua perna esquerda embaixo da mesa e contraia os músculos. Depois relaxe devagar e abaixe a perna. Repita com a perna direita.
  • Descanse os olhos: Diga que está com dor de cabeça, e saia de sua mesa por um minuto. Procure uma sala vazia onde possa sentar-se e feche os olhos. Respire profundamente dez vezes e, mais calmo, volte ao que estava fazendo.

Os exercícios acima são chamados de "técnicas de relaxamento progressivo"

Disse John Arden:
 

  • "Todos nós podemos tirar benefícios de aprender como diminuir o estresse",
  • "Vejo um monte de gente completamente esquecida de como o estado mental pode afetar o corpo."

    Ginástica no trabalho

    1 – Alongamento para ombros

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semi-flexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos, solte os braços e faça o mesmo exercício para o outro lado.

    Obs: Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada, desde que a coluna esteja ereta.

    2 – Alongamento para tríceps

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos, solte os braços e faça o mesmo exercício para o outro lado.

    Obs: Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada, desde que a coluna esteja ereta.

    3 – Alongamento para braços e costas

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos.

    Obs: Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada, desde que a coluna esteja ereta.

    4 – Alongamento para o pulso

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição, com o cotovelo para baixo, por cerca de 10 a 15 segundos. Repita com o outro braço.

    Obs:Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada, desde que a coluna esteja ereta

    5 – Alongamento para joelhos, pernas e coluna lombar

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos.

  • Obs: Mesmo que haja dificuldade para fazer este exercício no começo, escolha um cantinho, chame um colega e crie este hábito. Não levará mais do que 5 minutos, e seu corpo agradece.

    6 – Alongamento para joelhos, pernas e coluna lombar

    Em pé, com os pés juntos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos. Se agüentar, estique os joelhos, mas sem forçar.

    Obs: Mesmo que haja dificuldade para fazer este exercício no começo, escolha um cantinho, chame um colega e crie este hábito. Não levará mais do que 5 minutos, e seu corpo agradece.

    7 – Alongamento para o pescoço

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semi-flexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos. Repita para o outro lado.

    Obs: Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada.

LUTE CONTRA O ESTRESSE

Aprenda a espantar o estresse em segredo
http://www.terra.com.br/saude/
 
Formatação/Editoração modificada por AADF

Seu escritório é muito barulhento? Você se sente incomodado com os telefones estridentes e as vozes altas entrando na sua sala? Você recebe ligações indesejadas e visitantes que atrapalham a sua concentração? Tem muita coisa para fazer em muito pouco tempo? Ainda por cima, seus colegas e chefes não param de solicitar sua atenção a cada minuto? Se você respondeu "sim" a mais de duas dessas perguntas, saiba que sua situação é normal.

"Todos nós sentimos estresse no trabalho."

Por causa de telefones celulares, bipes, telefones e e-mails, as pessoas são sempre requisitadas", disse o psicólogo John Arden, diretor de treinamento do Kaiser Permanente Medical Center, em Vallejo (Califórnia), e autor de Surviving Job Stress (Sobrevivendo ao Estresse do Emprego), que será lançado neste mês nos Estados Unidos. "As pessoas correm na ilusão de que estarão disponíveis o tempo todo, então não têm calma e ficam perpetuamente tensas."

Mas, e se pudéssemos reduzir a tensão sem drogas, de graça e sem ir ao médico? Você pelo menos tentaria? Será que isso é possível? O psicólogo sugere uma série de atitudes simples e discretas que podem ajudar muito. O principal é manter a calma, respirar fundo e começar. Vamos lá?

Reuters Health

Descanse sem ser notado

Veja alguns de exercícios que, além de fáceis, são discretos o suficiente para que ninguém perceba que você está descansando, e por isso não fiquem pedindo para você fazer outras coisas.
 

  • Faça a respiração abdominal: Finja que está lendo ou olhando para a tela do computador. Enquanto isso, esvazie os pulmões murchando a barriga, e depois inspire enquanto incha a barriga. Repita este exercício quantas vezes quiser. Além de relaxante, ele faz você absorver muito mais oxigênio e desacelera o coração, melhorando seu estado físico e mental.
  • Alongue o tronco: A região do tronco é uma das que mais sofre quando estamos tensos. Para relaxar essa musculatura, prenda as mão atrás da nuca e recline-se na cadeira como se tivesse pensando em algum problema da empresa e respire profundamente. Lembre-se de fazer uma expressão pensativa.
  • Relaxe o braço: Dê um clique no mouse e relaxe o braço bem l-e-n-t-a-m-e-n-t-e. Parece até que você está trabalhando no computador, mas na verdade está descansando.
  • Relaxe as pernas: Ainda sentado, levante sua perna esquerda embaixo da mesa e contraia os músculos. Depois relaxe devagar e abaixe a perna. Repita com a perna direita.
  • Descanse os olhos: Diga que está com dor de cabeça, e saia de sua mesa por um minuto. Procure uma sala vazia onde possa sentar-se e feche os olhos. Respire profundamente dez vezes e, mais calmo, volte ao que estava fazendo.

Os exercícios acima são chamados de "técnicas de relaxamento progressivo"

Disse John Arden:

  • "Todos nós podemos tirar benefícios de aprender como diminuir o estresse",
  • "Vejo um monte de gente completamente esquecida de como o estado mental pode afetar o corpo."

    Ginástica no trabalho

    1 – Alongamento para ombros

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semi-flexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos, solte os braços e faça o mesmo exercício para o outro lado.

    Obs: Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada, desde que a coluna esteja ereta.

    2 – Alongamento para tríceps

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos, solte os braços e faça o mesmo exercício para o outro lado.

    Obs: Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada, desde que a coluna esteja ereta.

    3 – Alongamento para braços e costas

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos.

    Obs: Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada, desde que a coluna esteja ereta.

    4 – Alongamento para o pulso

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição, com o cotovelo para baixo, por cerca de 10 a 15 segundos. Repita com o outro braço.

    Obs:Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada, desde que a coluna esteja ereta

    5 – Alongamento para joelhos, pernas e coluna lombar

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos.

    Obs: Mesmo que haja dificuldade para fazer este exercício no começo, escolha um cantinho, chame um colega e crie este hábito. Não levará mais do que 5 minutos, e seu corpo agradece.

    6 – Alongamento para joelhos, pernas e coluna lombar

    Em pé, com os pés juntos e os joelhos semiflexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos. Se agüentar, estique os joelhos, mas sem forçar.

    Obs: Mesmo que haja dificuldade para fazer este exercício no começo, escolha um cantinho, chame um colega e crie este hábito. Não levará mais do que 5 minutos, e seu corpo agradece.

    7 – Alongamento para o pescoço

    Em pé, com os pés paralelos e os joelhos semi-flexionados, mantenha esta posição por cerca de 10 a 15 segundos. Repita para o outro lado.

    Obs: Se não houver outro jeito, este exercício pode ser feito na posição sentada.