Blog

futuro

Vendo Artigos etiquetados em: futuro

A ÉTICA NOS MANUSCRITOS DE PASTINHA

Mestre Pastinha deixou traçado nos seus manuscritos  o roteiro do código de conduta (ética) dos capoeiristas de todas as  categoria (mestres, alunos e graduados).
As grandes preocupações do Venerando Mestre sempre foram o futuro da capoeira e os capoeiristas do futuro.
Talvez antevendo a transformação da capoeira-jogo num desporto pugilístico, em detrimento dos seus aspectos educacionais e lúdicos.
O  abandono do ritmo ijexá, majestoso, solene, gerador de movimentos elegantes e pacíficos, pelos toques rápidos e de caráter belicoso, é a base sobre a qual vem se desenvolvendo uma capoeira, mais preocupada em “soltar os golpes” que em se esquivar do movimentos de potencial agressivo, característica predominante entre os capoeiristas do passado aparentemente invisíveis e intangíveis como o vento (daí a lenda do desaparecimento sob forma de besouro, bananeira ou de simplesmente deixarem de ser vistos nos momentos de perigo) .
A influência da violência cada vez maior da sociedade moderna vem desviando a atenção dos verdadeiros fundamentos da capoeira, tornando-a em mais um fator de violência, sob o falso manto de defesa pessoal e de arte marcial, mero pugilato executado sob um fundo musica de caráter belicoso.
Mister se faz o retorno às origens, diria Frede Abreu, lembrando as  palavras singelas do nosso Mestre, no seu dialeto afro-baiano, um verdadeiro código de ética.
Seus conselho, guardados e obedecidos,  certamente tornariam desnecessária uma regulamentação ou codificação extensa e prolixa.


“Os mestre não pode ensinar com discortez nem de modo àgressivo, não . devemos procurar ficar isolados por que nada podemos fazer sem amôr ao esporte.”
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7a, linhas 15-19)

O egoismo, a agressividade, a deslealdade, o orgulho, a vaidade, os interesses mercenários, levam ao isolamente – reverso da esportividade.


“O bom capoeirista nunca se exalta procura sempre estar calmo para poder reflitir com percisão e acerto; não discute com seus camaradas ou alunos, não touma o jogo sem ser sua vez; para não aborrecer os companheiros e dai surgir uma rixa; ensinar aos seus alunos -sem procurar fazer exibição de modo agresivo nem apresentar-se de modo discortez…”
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7a, linhas 19-23)

A calma é indispensável à reflexão, à correção dos movimentos, à adaptação do jogo entre os pares,  tornando o espetáculo mais belo e seguro. Todo capoeirista deve ser cortês, evitando aborrecer ou irritar seus companheiros, enquanto mantém sua própria tranqüilidade!
Decanio Filho – A herança de Pastinha, (pág. 24)


“…sem amôr a nossa causa que é a causa da moralisação e aperfeicoamento desta luta tão bela quanto util: à nossa educação fisica; …”
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7b, linhas 4-8)

A prática da capoeira deve ser regida pelo amor a esta arte,  instrumento de educação e não de discórdia!


“… não devemos procurar ficar isolado, porque nada podemos fazer; é muito certo o trocado popular que diz: a união faz a força:…”
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7b, linhas 8-11)

Só o respeito mútuo, a observação dos princípios básicos esportivos (lealdade, humildade e obediência as regras) e a conservação da camaradagem permitem a união indispenável ao progresso da capoeira!


“…o nosso ideal de uma capoeira perfeita escoimada de erros, duma raça forte e sadia que num futuro proximo daremos ao nosso amado Brasil.”
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7b, linhas 14-17)

A prevenção dos erros por uma conduta educada, respeitosa, gentil, levará ao aprimoramento do nosso povo.

A ÉTICA NOS MANUSCRITOS DE PASTINHA

Mestre Pastinha deixou traçado nos seus manuscritos  o roteiro do código de conduta (ética) dos capoeiristas de todas as  categoria (mestres, alunos e graduados).
As grandes preocupações do Venerando Mestre sempre foram o futuro da capoeira e os capoeiristas do futuro.
Talvez antevendo a transformação da capoeira-jogo num desporto pugilístico, em detrimento dos seus aspectos educacionais e lúdicos.
O  abandono do ritmo ijexá, majestoso, solene, gerador de movimentos elegantes e pacíficos, pelos toques rápidos e de caráter belicoso, é a base sobre a qual vem se desenvolvendo uma capoeira, mais preocupada em "soltar os golpes" que em se esquivar do movimentos de potencial agressivo, característica predominante entre os capoeiristas do passado aparentemente invisíveis e intangíveis como o vento (daí a lenda do desaparecimento sob forma de besouro, bananeira ou de simplesmente deixarem de ser vistos nos momentos de perigo) .
A influência da violência cada vez maior da sociedade moderna vem desviando a atenção dos verdadeiros fundamentos da capoeira, tornando-a em mais um fator de violência, sob o falso manto de defesa pessoal e de arte marcial, mero pugilato executado sob um fundo musica de caráter belicoso.
Mister se faz o retorno às origens, diria Frede Abreu, lembrando as  palavras singelas do nosso Mestre, no seu dialeto afro-baiano, um verdadeiro código de ética.
Seus conselho, guardados e obedecidos,  certamente tornariam desnecessária uma regulamentação ou codificação extensa e prolixa.


"Os mestre não pode ensinar com discortez nem de modo àgressivo, não . devemos procurar ficar isolados por que nada podemos fazer sem amôr ao esporte."
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7a, linhas 15-19)

O egoismo, a agressividade, a deslealdade, o orgulho, a vaidade, os interesses mercenários, levam ao isolamente – reverso da esportividade.


"O bom capoeirista nunca se exalta procura sempre estar calmo para poder reflitir com percisão e acerto; não discute com seus camaradas ou alunos, não touma o jogo sem ser sua vez; para não aborrecer os companheiros e dai surgir uma rixa; ensinar aos seus alunos -sem procurar fazer exibição de modo agresivo nem apresentar-se de modo discortez…"
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7a, linhas 19-23)

A calma é indispensável à reflexão, à correção dos movimentos, à adaptação do jogo entre os pares,  tornando o espetáculo mais belo e seguro. Todo capoeirista deve ser cortês, evitando aborrecer ou irritar seus companheiros, enquanto mantém sua própria tranqüilidade!
Decanio Filho – A herança de Pastinha, (pág. 24)


"…sem amôr a nossa causa que é a causa da moralisação e aperfeicoamento desta luta tão bela quanto util: à nossa educação fisica; …"
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7b, linhas 4-8)

A prática da capoeira deve ser regida pelo amor a esta arte,  instrumento de educação e não de discórdia!


"… não devemos procurar ficar isolado, porque nada podemos fazer; é muito certo o trocado popular que diz: a união faz a força:…"
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7b, linhas 8-11)

Só o respeito mútuo, a observação dos princípios básicos esportivos (lealdade, humildade e obediência as regras) e a conservação da camaradagem permitem a união indispenável ao progresso da capoeira!


"…o nosso ideal de uma capoeira perfeita escoimada de erros, duma raça forte e sadia que num futuro proximo daremos ao nosso amado Brasil."
Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha (pág.7b, linhas 14-17)

A prevenção dos erros por uma conduta educada, respeitosa, gentil, levará ao aprimoramento do nosso povo.

OS MENINOS CAPOEIRISTAS DE NATAL

Canelão é uma figura incrivelmente dotada por Deus, daquelas que nos fazem parecer pequenos ante sua grandeza e nos demonstram o poder do Criador.
Fotografo (todas as fotografias são de sua lavra), músico. compositor, coreógrafo, mestre de capoeira, remador, pintor, dotado de grande habilidade manual e criatividade; destaca-se sobretudo pelo trabalho incessante em busca da Cidadania dos Meninos de Rua de Natal; pela humildade e capacidade de amar a todos e em especial, aos pequeninos… um legitimo herdeiro das palavras de Jesus.
Fundador da Academia Boa Vontade desperta, em todos os que dele se avizinham, uma enorme boa vontade e simpatia, que o ajudam a construir seu Ideal e manter os Meninos Capoeirista de Natal.

Vale a pena conhecer a maior e melhor Academia-Família do Brasil
O Projeto Axé Canelão inaugurou festivamente o Edifício Boa Vontade
Uma Lar e uma Escola para os Meninos Capoeiristas de Natal
Garantia de Abrigo, Carinho, Paz, Conforto, Educação
Promessa dum Futuro para os Meninos de Rua
Luz de Esperança conduzindo à Cidadania
Exemplo a ser imitado
Axé Mestre Canelão!

Canelão não é bobo
Como bom brasileiro conhece,  reconhece e pede
A proteção dos orixás
Kaô! Kaô! Kabessi!

Planejado e construído pela "prata da casa" 
O Edifício da Boa Vontade
Mostra o retoque do pequeno pátio fronteiriço

Aqui a lavagem do passeio
Ainda sem "água de cheiro"

A Travessa que abriga o Edifício Boa Vontade recebeu acabamento e beleza com a Roda
Espaço que atrai os Meninos de Rua
Ao abrigo da Boa Vontade
Onde podem se agregar à Família dos Meninos Capoeiristas de Natal

Capoeira se joga no interior da roda
Ao derredor da roda
No círculo da Boa Vontade

Mesa farta e "Boa Vontade"
Alimentam os Capoeiristas do Amanhã
Cidadãos do Mundo

Eternamente criança
Canelão acompanha o "jogo da vida
Manifestado na alegria dos meninos
Enquanto forma o Cidadão do Futuro

Vovô Capoeira, o aluno mais velho do mundo
O cidadão de Ontem brinca com o Cidadão do Amanhã
Parceria entre Bisavô e Bisneto
Que só a capoeira produz

Na euforia da Roda Inaugural
Decanio exibe sua felicidade

Depois da Festa de Inauguração
A foto do congraçamento

Decanio, o menino mais idoso da Família da Boa Vontade
Ouve lições de cidadania do Mestre Canelão
Entre a Rua revolta e o calmo espraiar da Família
Unidas pelo Oceano Azul da Esperança

Natal ao longe…
Saudade que dói
Fica no coração
Gravada em letras douradas
A Esperança que ilumina o Futuro
Dos Meninos Capoeiristas de Natal

Ética de Pastinha

Segue original dos procederes éticos de Pastinha – da forma como eles os deixou escritos.
 
"Os mestre não pode ensinar com discortez nem de modo àgressivo, não . devemos procurar ficar isolados por que nada podemos fazer sem amôr ao esporte. O egoismo, a agressividade, a deslealdade, o orgulho, a vaidade, os interesses mercenários, levam ao isolamento – reverso da esportividade.”

"O bom capoeirista nunca se exalta procura sempre estar calmo para poder reflitir com percisão e acerto; não discute com seus camaradas ou alunos, não touma o jogo sem ser sua vez; para não aborrecer os companheiros e dai surgir uma rixa; ensinar aos seus alunos -sem procurar fazer exibição de modo agresivo nem apresentar-se de modo discortez…"

“A calma é indispensável à reflexão, à correção dos movimentos, à adaptação do jogo entre os pares, tornando o espetáculo mais belo e seguro. Todo capoeirista deve ser cortês, evitando aborrecer ou irritar seus companheiros, enquanto mantém sua própria tranqüilidade!”

"…sem amôr a nossa causa que é a causa da moralisação e aperfeicoamento desta luta tão bela quanto util: à nossa educação fisica; …"

"… não devemos procurar ficar isolado, porque nada podemos fazer; é muito certo o trocado popular que diz: a união faz a força:…"

“Só o respeito mútuo, a observação dos princípios básicos esportivos (lealdade, humildade e obediência as regras) e a conservação da camaradagem permitem a união indispenável ao progresso da capoeira!”

"…o nosso ideal de uma capoeira perfeita escoimada de erros, duma raça forte e sadia que num futuro proximo daremos ao nosso amado Brasil."

“A prevenção dos erros por uma conduta educada, respeitosa, gentil, levará ao aprimoramento do nosso povo.”


Read More

Aquecimento Terrestre

  • Aquecimento Terrestre

  O clima da Terra está mudando. Secas na Amazônia, enchentes da Argentina e sul do Brasil, expansão da malária e dengue, derretimento de geleiras próximas aos pólos do Planeta. Especialistas afirmam que estas são as primeiras manifestações das mudanças climáticas que enfrentaremos em futuro próximo provocadas por alterações na composição química da atmosfera do planeta.
A indústria, a produção de energia e o transporte queimam quantidades gigantescas de petróleo, carvão mineral e gás natural gerando anualmente bilhões de toneladas de gás carbônico que são lançadas à atmosfera, alterando assim o seu delicado equilíbrio. O problema é que o gás carbônico trabalha na atmosfera como as paredes de vidro numa estufa de plantas tropicais, segurando parte do calor que na sua ausência seria perdido para o Universo.
Se queimarmos mais de um quarto das reservas hoje conhecidas de petróleo e outros combustíveis fósseis estaremos quebrando de vez o equilíbrio climático e impossibilitando talvez o futuro das novas gerações.
Este futuro não é necessário. Todos os dias o Sol nos envia energia mais que suficiente para a satisfação das necessidades presentes e futuras da humanidade. Tecnologias de aproveitamento da energia solar e de outras fontes renováveis de energia estão disponíveis.
Em nome das gerações futuras, a humanidade deve exigir das indústrias de energia e combustíveis, e também dos governos das nações,ação imediata para substituição do consumo de combustíveis fósseis por fontes renováveis de energia.

Read More

Casa do Futuro

Casa do futuro terá até privada que analisa urina
Imagine chegar do trabalho em casa e ser recebido pelo robô da família, que reconhece sua voz e o lembra que você esqueceu do aniversário de sua mulher, antes de alertar que o hospital acaba de ligar. Você vai ao escritório e usa um painel sensível ao toque para ativar seu serviço de mensagens em vídeo, em uma tela que ocupa metade da parede. Um médico aparece e diz: "Estive monitorando sua urina pela Internet. Você está gordo demais, o nível de açúcar em seu sangue é muito alto e você anda exagerando na cerveja".
Isso talvez se pareça com uma cena de Os Jetsons, o popular desenho animado de ficção científica dos anos de 1960, que oferecia um vislumbre do que as casas e a sociedade poderiam se tornar em 2062, mas é possível que sua casa se torne mais semelhante à dos Jetsons dentro de apenas alguns anos.
Corporações japonesas, da fabricante de vasos sanitários Toto a gigantes da eletrônica como a Matsushita, estão investindo milhões no desenvolvimento de produtos para esse lar do futuro, onde todos os aparelhos estarão conectados a uma rede, acessíveis de qualquer lugar e a qualquer hora.
Read More