Blog

gladson

Vendo Artigos etiquetados em: gladson

Boas Festas: Mestre Gladson e alunos da Projete Liberdade Capoeira

Queridos amigos Mestres, Contra-Mestres, Professores, alunos e demais entusiastas da nossa CAPOEIRA,

“Desejamos a todos, um findar de ano, onde possamos, de olhos cerrados, olhar para dentro e, fazer um retrospecto de tudo que nos foi oferecido de bom e necessário para o nosso crescimento físico, espiritual e material e, do muito, que pudemos externar aos nossos companheiros desta jornada terrena. Tomara que, na contabilidade divina, não tenhamos débito nos nossos cartões de Liberdade, Igualdade, Fraternidade e Caridade. E, se assim for, tenhamos em 2014, mais um ano repleto de LUZ DIVINA, onde o DEUS de cada um, nos mostrará sempre, que, não existe pobre tão pobre, que não tenha nada para DOAR e, rico tão rico, que não tenha nada para PEDIR. Portanto, que nos seja dada a possibilidade de olhar ao nosso entorno e, podermos CREDITAR a todos os nossos Irmãos, as benesses iluminadas, que sempre estão ao nosso dispor e, as vezes não conseguimos enxergar. Digo no mais alto brado: Tudo que precisamos enxergar, para a realização do especificado, está no contexto de uma RODA DE CAPOEIRA, onde o ditar do ritmo de nosso Mestre Maior, sempre nos mostram o que é: PAZ, AMOR, CARIDADE, DIGNIDADE, AFETO, RESPEITO, HONESTIDADE, HARMONIA, COMPREENSÃO e, outros quesitos mais, que nos ajudarão a melhorar a Qualidade de Vida do Universo como um todo. ACREDITEMOS.”

Um Feliz Ano Novo, extensivo a todos os seus Familiares,

Grande Abraço e Beijos a todos,

Gladson e alunos da Projete Liberdade Capoeira

 

* Dica do editor:

Visite: http://projeteliberdadecapoeira.com.br/

SP: Congresso Brasileiro de Capoeira Escolar

Nos dias 26, 27 e 28 de Agosto de 2011 será realizado o Congresso Brasileiro de Capoeira Escolar no Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo (CEPEUSP) sob a coordenação de Gladson de Oliveira Silva e Vinicius Heine.

No evento acontecerão Palestras, Oficinas, Mesas Redondas e Apresentação de Trabalhos e Rodas de Confraternização. Entre os convidados e palestrantes estarão:

– Antônio Cesar de Vargas – Mestre Toni Vargas; – Gladson de Oliveira Silva – Mestre Gladson; – Prof. Dr. Pedro Abib (Pedrão de João Pequeno); – Prof. Dr. Sergio Antônio Silveira; – Prof. Ms. André Luís de Oliveira; – Prof. Ms. João Perelli; – Prof. Esp. Marcio Rodrigues dos Santos – Contra-Mestre Márcio; – Prof. Esp. Mauricio Germano (Contra-Mestre Pelé); – Prof. Esp. MBA Vinicius Heine.

 

O objetivo do evento é gerar reflexões e ações acerca da Capoeira nos espaços educacionais como uma ferramenta de desenvolvimento humano e transformação social.

Nos últimos anos a Capoeira vem se consolidando como um poderoso elemento de formação humana em Escolas, Universidades, Praças, Parques, Projetos Sociais, entre outros, em função da sua riqueza e diversidade. Muitos resultados positivos têm sido obtidos através de projetos e ações que envolvem a Capoeira nesses espaços.

Em particular na escola, a Capoeira está presente nas aulas regulares, em diferentes disciplinas, como Educação Física, Artes, História, Geografia, entre outros. Ao mesmo tempo, a Capoeira tem sido oferecida em cursos extracurriculares e em projetos especiais e em muitos casos os programas são coordenados por profissionais da Capoeira (Mestres, Contra Mestres, Professores e Instrutores).

Enfim, são diversas as ações envolvendo a Capoeira no ambiente escolar, assim como diversos são os profissionais envolvidos nestas ações.

Mas afinal, quais são as tendências e perspectivas da Capoeira Escolar no Brasil e no mundo? Que ações realmente estão sendo feitas? Quais os resultados? Quais os caminhos para se potencializar a Capoeira nesses espaços? Quem são os profissionais envolvidos no desenvolvimento dessa área? Quais são os estudos e publicações relacionadas ao tema? Que tipo de estratégias tem sido implementadas? Quais as características da pedagogia da Capoeira Escolar? Quais ações governamentais tem sido levadas a efeito para uma maior presença da Capoeira no ambiente escolar? Que competências os profissionais devem desenvolver para atuar com a Capoeira no ambiente escolar? Quais as contribuições que a Capoeira, esta rica manifestação da cultura popular brasileira, oferece para a escola?

 

São muitas as questões e reflexões relacionadas ao tema Capoeira Escolar. Um tema rico, fascinante e multidisciplinar. Por isso, o Congresso Brasileiro de Capoeira Escolar: Educação, Cultura e Cidadania na Escola pretende ser um espaço para o encontro, a reflexão, a troca de experiências e a produção de novos olhares, novos saberes, novos entendimentos e novas perspectivas para a Capoeira, a Escola, a Pedagogia, a Criança, a Cultura, a Educação e a Cidadania no Brasil e no mundo.

 

PROGRAMAÇÃO:

26 de Agosto – Sexta-feira

15:00h – Chegada dos participantes e entrega do material

17:00h – Mesa de Abertura

Local: Auditório A – CEPEUSP

18:00h – Palestra e vivência de Abertura – Prof. Vinicus Heine

Tema: Capoeira Escolar – Tendências e Perspectivas

19:00h – Palestra com Prof. Dr. Sérgio Roberto Silveira

Tema: Currículo e Capoeira na Rede Pública Estadual de Ensino de São Paulo

20:00h – Palestra e Vivência com Gladson de Oiveira Silva e Vinicius Heine

Tema: Jogos e vivências educacionais em Capoeira

Local: Auditório A e NURI – CEPEUSP

27 de Agosto – Sábado

8:30h – Oficina de Abertura – Prof. Esp. Márcio Rodrigues dos Santos

USP: Capoeira, Cultura e Educação

No dia 24 de Julho de 2010 (Sábado) das 13:00 às 22:00h acontecerá em São Paulo, o Curso: Capoeira, Cultura e Educação. Será ministrado pelo Mestre Gladson e Prof. Vinicius Heine e fará parte da programação do VII Encontro Internacional de Esporte e Atividade Física, promovido pelo Instituto Phorte Educação, Universidade Gama Filho e Phorte Editora (inscrições através do site oficial do evento: http://www.institutophorte.com.br/vii-encontro-internacional-esporte-atividade-fisicacursos.php?tipo=1/) Maiores informações pelo telefone (011)2714-5678.

O Curso acontece pela terceira vez durante o Encontro Internacional do Instituto Phorte Educação. Este ano, houve um aumento da carga horária do Curso, que passou de quatro para oito horas, uma função de uma solicitação dos participantes das edições anteriores.

Neste curso serão abordados importantes temas relacionados aos temas Capoeira, Cultura e Educação, tais como: O Educar através dos movimentos da Capoeira, Integrando Educação e Cultura Popular, O Papel do Professor no processo Educativo da Capoeira, Dinâmicas e vivências educativas, A Dimensão Coletiva da Educação através da Capoeira, Educar para a Inclusão, O papel do prazer no aprendizado da Capoeira, As Emoções e a Inteligência Emocional na Educação da Capoeira.

O objetivo é criar um fórum de reflexão e discussão de importantes temas relacionados à pedagogia e ao processo de ensino e aprendizado da Capoeira. Reunirá profissionais da Capoeira (pesquisadores, Professores, Mestres e Contra Mestres) que atuam em Escolas, Universidades, Academias e Projetos Sociais em diferentes estados do Brasil.

O Encontro Internacional do Instituto Phorte Educação encontra-se na sua 7ª Edição e é um dos mais importantes Congressos em temas relacionados à Educação Física, ao Esporte e à Atividades Físicas. É um grande orgulho para a Capoeira, ver a nossa modalidade ocupando esse espaço e se fazer representar, mostrando o seu valor e sua relevância social.

O curso será teórico prático e as discussões acontecerão dentro de um contexto de vivências, dinâmicas e atividades próprias para o ensino da Capoeira em contextos educacionais. O curso tem como referência bibliográfica os livros Capoeira do Engenho à Universidade, de autoria do Mestre Gladson (cuja 4ª edição, corrigida e ampliada, acontecerá em breve pela Phorte Editora) e Capoeira um Instrumentos Psicomotor para a Cidadania, de autoria do mestre Gladson e do Prof. Vinicius Heine (professores do Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo – CEPEUSP e coordenadores da Projete Liberdade Capoeira www.projeteliberdadecapoeira.com.br).

Os interessados devem se apressar em se inscreverem até o dia 15 de Julho. Após esta data, os valores da inscrição sofrerão uma pequena correção.

Participe! Venha trocar experiências e refletir sobre questões importantes do universo e da atuação da Capoeira.

Seminário de Capoeira e Cultura Brasileira 2009

As manifestações culturais do Brasil são importantes elementos na formação de crianças, jóvens, adultos e idosos. A Capoeira, o Maculelê, o Samba de Roda, a Puxada de Rede, o Maracatu, o Frevo, o Coco, o Bumba Meu Boi, o Jongo, a Percussão Corporal e a Dança Afro são algumas das mais interessantes manifestações culturais brasileiras. Extremamente ricas em histórias, cantos, instrumentos e movimentos. Representam uma forma muito privilegiada de interação social e desenvolvimento físico, mental e emocional.

A USP, a mais importante Universidade do Brasil e da América Latina, é um centro privilegiado de produção e disseminação de conhecimentos relacionados às práticas culturais. O CEPEUSP, desde 1972, oferece a Capoeira como curso regular sob a coordenação dos Professores Gladson de Oliveira Silva e Vinicius Heine, sendo um centro de referência em relação à prática, à pesquisa e à extensão da Capoeira.

O Seminário de Capoeira e Cultura Brasileira pretende ser um espaço de vivências e um fórum de reflexões acerca do resgate e da valorização das manifestações culturais brasileiras e principalmente, ser um espaço de confraternização e de celebração entre representantes dessas correntes culturais.

Pretende proporcionar um entendimento amplo e plural das manifestações culturais brasileiras e seu papel na formação da identidade do povo brasileiro.

PROGRAMAÇÃO

Dia 7 de Novembro (Sábado)

– 8:30h – Chegada e Credenciamento dos Participantes

– 9:00h – Abertura do Evento

– 9:30h – Oficina de Capoeira Angola – Mestre Plínio

– 11:00h – Oficina de Bumba meu Boi e Danças Brasileiras – Tião Carvalho

– 12:30h – Intervalo para Almoço

– 14:00h – Oficina de Percussão Corporal – Dani Zulu (Barbatuques)

– 15:30h – Oficina de Dança Afro – Kelliy Anjos

– 17:00 – Show Musical – Txai Brasil

Dia 8 de Novembro (Domingo)

– 9:00h – Oficina de Capoeira e Cultura Brasileira – Mestre Alcídes e Sr. Durval

– 10:30h – RODA DE MÚSICA / MÚSICA DE RODA – Oficina de canto, percussão e dança com Renata Amaral e André Magalhães do grupo A Barca

– 12:00h – Intervalo para almoço

– 14:00h – Oficina Danças Brasileiras e Capoeira – Fernando Corrêa – Instituto Brincante

– 15:30h – Orquestra de Berimbau – Dinho Nascimento

– 17:00h – Roda de Confraternização

– 18:00 – Encerramento e entrega dos Certificados

LOCAL E DATA

Módulo 4 do CEPEUSP (Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo – Cidade Universitária – Butantã – São Paulo – SP)

Data: 7 e 8 de Novembro de 2009 (Sábado e Domingo)

Horário: das 9:00 às 19:00h

INSCRIÇÕES

Taxa de Inscrição:

– R$50,00 (cinquenta reais) até 30 de Outubro

– R$55,00 (cinquenta e cinco reais) até 6 de Novembro

– R$60,00 (sessenta reais) no dia do evento.

Como se Inscrever:

– Pessoalmente no CEPEUSP: Sala 8 do Velódromo de Segunda a Sexta das 9:00 às 16:00h

– Via Depósito Bancário – Consultar disponibilidade de vagas!!!

– Nossa Caixa Nosso Banco

– – Agência: 0864-8

– – Conta Corrente: 13000294-8

– Enviar Fax (11-3091-3362) com comprovante de depósito confirmando inscrição e os seguintes dados: Nome, Idade, Telefone, E-mail, Endereço, Instituição a que pertence.

– Trazer o comprovante de depósito no dia do evento!

VAGAS LIMITADAS!


Maiores Informações

Prof. Mestre Gladson de Oliveira Silva:
E-mail: [email protected] br

Prof. Vinicius Heine:
E-mail: [email protected] com

Site Oficial do Evento:
www.seminariodecapoeira2009.wordpress.com

SP: 10 anos Capoeira Berim Brasil

Com a presença de diversos convidados de renome como por exemplo Mestre Gladson, Mestre Burgues e Mestre Gegê, o Grupo Berim Brasil, sob a organização e a batuta do grande irmão e camarada Mestre Wellington, prepara a festa de comemoração aos 10 anos de caminhada.

Na programação fica o destaque para o curso de Primeiros Socorros, ministrado pelo Mestrando Léo Bombeiro e a Mesa Redonda com os Mestres Burgues, Gladson, Gegê, Canarinho, e convidados.

Comparecam… Cultura e divertimento garantido!!!

Luciano Milani

 

PROGAMAÇÃO:

Dia 05 de dezembro, sexta
Local: Rua Monte Serrat 230 , clube da cidade, ao lado do Metro Carrão.

A partir das 19h00min
Mestre Burguês presenteia O Berim Brasil e todos com uma palestra.

Mesa Redonda com os Mestres Burgues, Gladson, Gegê, Canarinho, e convidados.
Publico: Educadores em geral..

20h30min
Roda aberta.

Dia 06 de dezembro, Sábado

14h00min
Aula de puxada de rede – Ministrante Mestre Zambi

15h00min
Aula de Primeiros Socorros – Ministrante Mestrando Léo Bombeiro.

15h30min
Aula de Maculelê – Ministrante: Contra Mestre Monise

16h30min
Aula com Mestre Gladson.

Preço Investimento: boa vontade de querer somar e aprender..Gratis

17h30min Homenagem aos camaradas do Berim Brasil.

18h00min Inicio das graduações dos alunos

A partir das 22h00min

Festa de encerramento

1° Berimbalada

Ingressos: mais info 11-26070050 ou 11-26013123
Patrocinio: Rabodearraia.com

 

IMPORTANTE:

Estaremos arrecadando todo o tipo de ajuda para os nossos irmãos do Sul de nosso país.
Roupas alimentos não perecíveis etc.
Traga sua ajuda, unidos seremos fortes.

Livro: Capoeira Um Instrumento Psicomotor para Cidadania

Dos autores Gladson de Oliveira Silva (Mestre Gladson) e Vinicius Heine (Professor Vinicius), o livro Capoeira Um Instrumento Psicomotor Para Cidadania aborda a Capoeira sob o enfoque pedagógico, educacional, cultural e social. Fruto de 40 anos de experiência no processo de ensino e aprendizagem da Capoeira em diferentes contextos: Escolas, Universidades, Academias, Clubes e Projetos Sociais, o livro analisa como a Capoeira pode contribuir para a formação do ser humano em sua totalidade.

O pré lançamento do Livro acontecerá durante o V Encontro Internacional de Atividade Física e Esporte no dia 16 de Julho de 2008 (quarta-feira), das 13:00 as 17:00hs, em São Paulo, onde os autores ministrarão um curso com base no livro. Maiores informações sobre o curso (local, datas, horários, valores de inscrição) no site http://www.phorte.com.br/encontro/

O lançamento oficial acontecerá no dia 26 de Agosto (Terça-feira) na FNAC da Avenida Paulista, a partir das 19:00hs (AV. PAULISTA, 901 Térreo Mez. e 1º subsolo, ext.Alameda Santos,960 – Bela Vista). Também durante a XI Clínica de Capoeira que acontecerá no CEPEUSP nos dias 29, 30 e 31 de Agosto de 2008.

O livro é recomendado para profissionais da Capoeira em geral (Mestres, Contra Mestres, professores, monitores e instrutores), professores de educação Física e Esporte, Pedagogos, Educadores, Sociólogos, Historiadores, Cientistas Sociais, Antropólogos, Psicólogos, Agentes Sociais, Líderes Comunitários e amantes e admiradores da arte da Capoeira em geral. Os conteúdos abordados trazem elementos essenciais para os que acreditam no educar e no transformar através da Capoeira e que trabalham em diferentes contextos e com diferentes faixas etárias. Especialmente para aqueles que querem ampliar os seus conhecimentos e sua capacidade de atuação humana e profissional. Os conteúdos abordados e as atividades práticas propostas se aplicam a alunos de Capoeira em diferentes níveis de treinamento.

O livro é didaticamente "dividido" em duas partes. A primeira parte é composta por sete capítulos que tratam dos seguintes temas: Capoeira e Cidadania, Capoeira Escolar, O Caráter lúdico do Jogo da Capoeira, O Processo educativo na Capoeira, A Utilização de Materiais Pedagógicos, O Ritual da Capoeira e A Criança e a Capoeira.

A segunda parte do livro trás atividades mais aplicadas e ferramentas pedagógicas para o ensino da Capoeira e é composta por maia cinco capítulos: Jogos e Brincadeiras de Capoeira, Rodas Cantadas, Os movimentos da Capoeira, Maculelê e Músicas.

O livro é prefaciado pelo professor, educador, filósofo e pensador do mundo da Educação e da Educação Física João Batista Freire, professor aposentado da UNICAMP e atual professor do Centro de Educação Física e Esportes da Universidade do Estado de Santa Catarina (UESC). Autor de diversos livros relacionados ao fazer pedagógico, dentre eles "Pedagogia do Futebol", "O Jogo, entre o riso e o choro", "O Jogo dentro e fora da escola", "De Corpo e Alma, o discurso da motricidade" e "Educação de Corpo Inteiro: Teoria e Prática de Educação Física".


No prefácio, João Batista Freire afirma:

"Li de sopetão o texto todo, pelo prazer que me deu. Tal como ladainhas entoadas nas rodas de capoeira, as palavras fluem com leveza e paixão. O livro é um canto, é um samba de roda. É poético; e é contundente".

João Batista Freire

A quarta Capa do Livro Capoeira Um Instrumento Psicomotor para a Cidadania é assinada por Raimundo César Alves de Almeida o Mestre Itapoan, que após a leitura do livro afirmou:

"A seriedade com que trata as diversas facetas da Capoeira fará, com certeza, deste livro leitura indispensável para todos aqueles que acreditam na nossa arte de lutar sorrindo, como só nós brasileiros sabemos fazer. Estudo definitivo para quem quer lidar com crianças de forma responsável e divertida, além de mostrar aos adultos como é fácil ser criança, como se faz para acordar a criança que existe em todos nós. Estou fascinado e rezando a todos os Orixás para que este livro venha logo a público".


Mestre Itapoan

O livro trás conteúdos atualizados em linguagem simples e direta. Além da sua dimensão reflexiva e filosófica apresenta aplicabilidade prática tanto dos conceitos apresentados como das atividades e dinâmicas propostas. Aborda o tema da Capoeira de forma ampla e profunda.

O Livro colocará o leitor em contato com o universo da Capoeira em sua dimensão cultural, educacional, lúdica e social. Ampliará a compreensão dos fundamentos e princípios pedagógicos da Capoeira; a Capoeira como forma de transformação social e filosofia de vida. A Capoeira como forma de arte e de expressão humana e como elemento essencial para a construção de uma sociedade mais digna, mais humana e mais fraterna. Demonstra o valor sócio, histórico e cultural da Capoeira: um instrumento psicomotor para a cidadania.

O livro é amplamente ilustrado com fotos de alta qualidade e apresenta um acabamento gráfico impecável produzido pela excelente equipe da Phorte Editora, a mais importante Editora da área de Educação Física e Esporte do Brasil.

Os autores são professores de Capoeira do CEPEUSP (Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo), da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer do estado de São Paulo e do Projeto Porta Aberta (Projeto Social desenvolvido no Parque Santo Dias – Capão Redondo – zona sul da Capital paulista).

Abaixo apresentamos um breve resumo dos Capítulos do Livro e um currículo resumido dos autores.

Capoeira Um Instrumento Psicomotor para CidadaniaO Primeiro Capítulo aborda conteúdos teóricos e filosóficos em torno do tema Capoeira e cidadania. Trás reflexões sobre o potencial da Capoeira em promover inclusão social e formação humana junto a crianças, jovens e adultos que vivem em situação de vulnerabilidade social. Trás depoimentos dos alunos e relatos de experiências do Projeto Porta Aberta, um projeto social que acontece desde 2001 no Parque Santo Dias, São Paulo, sob a coordenação do Mestre Gladson e o do Professor Vinicius). Ainda neste Capítulo é abordada a questão da violência, suas possíveis origens e seu entendimento dentro da dinâmica maior da sociedade.

O segundo capítulo do livro, Capoeira Escolar aborda e contextualiza a inserção da Capoeira na escola e trás uma reflexão sobre a seguinte questão: "Capoeira na escola ou capoeira da escola?". É analisada a importância da Capoeira no contexto escolar como forma de resgate da cultura popular e como instrumento para o desenvolvimento integral dos alunos. O Capítulo trás ainda reflexões sobre a importante relação entre a Capoeira, a escola e a família e a Capoeira, a escola e a comunidade.

O Terceiro Capítulo aborda o tema do Caráter Lúdico no Jogo da Capoeira. A ludicidade, o brincar, o jogar são elementos centrais na metodologia, na filosofia e na pedagogia do trabalho desenvolvido pelos autores. Assim, é feita uma ampla reflexão sobre o elemento lúdico e sua importância no processo educativo e social da Capoeira.

O quarto capítulo aborda o Processo educativo na Capoeira, sua perspectiva histórica e os diferentes elementos e processos educacionais presentes no jogo da capoeira, nos seus movimentos, cantos e músicas, bateria de instrumentos e principalmente na Roda de capoeira, onde todos os demais elementos entram em síntese.

O quinto capítulo analisa a importância e o diferencial pedagógico proporcionados pela utilização de materiais pedagógicos nas aulas de Capoeira.

O sexto capítulo analisa o Ritual da capoeira e seus diferentes elementos: a bateria, os tocadores, a postura, entrada e saída da Roda, a espera, o canto e o coro.

O Capítulo sete, por sua vez, fala da importante relação entre a Capoeira e a criança. E aborda, dentre outros aspectos, os motivos que levam as crianças a praticarem capoeira, o papel dos pais no processo de ensino e aprendizagem da Capoeira, os benefícios da capoeira para as crianças, por que as crianças podem desistir da capoeira? O que fazer para incentivar? As características comportamentais das crianças que devem ser levadas em consideração pelo professor. A relação entre conteúdo geral x específico. E o papel da Capoeira na promoção da saúde física, mental, emocional e social das crianças. Trás ainda uma declaração dos Direitos do Jovem Capoeirista.

Currículo resumido dos autores

Gladson de Oliveira Silva – Mestre Gladson

40 anos de experiência de trabalhos relacionados à Capoeira. Discípulo de Aírton Neves Moura – Mestre Onça – discípulo de Mestre Bimba.

Professor de Educação Física formado e Pós graduado pela UniABC.

Professor de Educação Física e Capoeira do CEPEUSP (Centro de Práticas esportivas da Universidade de São Paulo) e da Secretaria de Esportes, Turismo e Lazer do Estado de São Paulo.

Coordenador do Projeto Porta Aberta – Projeto Social desenvolvido no Capão Redondo – SP.

Coordenador da Projete Liberdade Capoeira: Escola de Capoeira que desenvolve projetos em Escolas, Universidades e Projetos Sociais no Brasil (São Paulo e Pelotas – RS) e no Exterior (Argentina, Peru e Espanha).

Coordenador de diversos Cursos e Congressos de Capoeira realizados pelo CEPEUSP (Capoeira e Ginástica Olímpica, Festival Cultural de Capoeira, Gincana de Capoeira, Clínica de Capoeira, Fundamentos Pedagógicos da Capoeira, Torneio Brasileiro Inter-Univesidades de Capoeira)

Ministrou Cursos e Workshops de Capoeira no Japão, Argentina, Peru, EUA, Espanha e Rússia.

Ministrou Cursos e proferiu Palestras na área de Capoeira em congressos e eventos em diferentes Estados do Brasil.

Professor do primeiro curso de especialização em Capoeira Escolar da Unb (Universidade de Brasília)

Ministrou Curso de Capacitação de Professores em Secretarias Municipais de Educação (São Paulo, Santo André e Santana do Parnaíba)

Consultor do INDESP (Instituto Nacional de desenvolvimento do Esporte)

Diretor de Capoeira da Federação Universitária Paulista de Esportes (FUPE)

Diretor de Capoeira da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU)

Técnico tetra campeão Brasileiro dirigindo a Equipe Paulista pela Federação Paulista de Capoeira (FPC).

Técnico campeão dos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) dirigindo a equipe escolar de Capoeira de São Paulo

Diretor Técnico da Federação paulista de Capoeira (FPC) durante 15 anos.

Coordenador da Capoeira na Olimpíada Infanto-Juvenil da Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Esportes

Autor de diversos artigos relacionados a capoeira publicados em revistas e páginas da Internet.

Autor da Revista de Capoeira da Editora Três – 1983.

Autor do Livro Capoeira do Engenho a Universidade.

Recebeu a Medalha Anchieta pela Câmara Municipal de São Paulo pelos serviços prestados à Capoeira.

Vinicius Heine – Professor Vinicius

17 anos de experiência em trabalhos relacionados a Capoeira. Discípulo do Mestre Gladson.

Bacharel em esporte formado pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo.

Pós graduado pela Universidade Politécnica da Catalunha – Espanha e pela Universidade Gama Filho.

Professor de Educação Física, Capoeira e Atividade Física Individualizada do CEPEUSP (Centro de Práticas esportivas da Universidade de São Paulo).

Coordenador do Projeto Porta Aberta – Projeto Social desenvolvido no Capão Redondo – SP.

Coordenador da Projete Liberdade Capoeira: Escola de Capoeira que desenvolve projetos em Escolas, Universidades e Projetos Sociais no Brasil (São Paulo e Pelotas – RS) e no Exterior (Argentina, Peru e Espanha).

Coordenador de diversos Cursos e Congressos de Capoeira realizados pelo CEPEUSP (Capoeira e Ginástica Olímpica, Festival Cultural de Capoeira, Gincana de Capoeira, Clínica de Capoeira, Fundamentos Pedagógicos da Capoeira)

Ministrou Cursos e Workshops de Capoeira no Canadá, Argentina, Peru, EUA, Espanha, França e Rússia.

Ministrou Cursos e proferiu Palestras na área de Capoeira em congressos e eventos em diferentes Estados do Brasil.

Ministrou Curso de Capacitação de Professores em Secretarias Municipais de Educação (São Paulo, Santo André e Santana do Parnaíba)

Autor de diversos artigos relacionados à capoeira publicados em revistas e páginas da Internet.

 

Capoeira Um Instrumento Psicomotor para Cidadania

 
  • Maiores informações no blog http://capoeiraecidadania.blogspot.com/

Aconteceu: Clínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica Olímpica

Aconteceu nos dias 10 e 11 de maio a Clínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica Olímpica. Realizado pelo CEPEUSP (Centro de Práticas esportivas da Universidade de São Paulo) em parceria com a Projete Liberdade Capoeira, sob a coordenação do Mestre Gladson e dos Professores Vinicius Heine e Leandro Romualdo. O evento contou com a participação de 80 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, todos capoeiristas, provenientes de diferentes grupos de São Paulo.

O Mestre Geraldinho e o professor Andrezinho, do Grupo Cordão de Ouro – Associação Santa Maria, estiveram presentes com um grupo de alunos.

Mestre Nelson do Grupo Ginga Paulista também marcou presença com seus alunos.

O curso aconteceu em clima de descontração e amizade. Foram trabalhadas diversas técnicas acrobáticas da Capoeira, tais como Parada de mãos, a Parada de cabeça, Flic, flac, Salto Mortal de frente e de costas, Reversões, Quipes de cabeça e de nuca, entre muitos outros.

Clínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica OlímpicaClínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica Olímpica
Na Fotos da esquerda para a direita: Professores Ivan, Renato, Mestre Nelson, Mestre Gladson,
Professores Vinicius Heine e Roberto MacFadeen da Projete Liberdade Capoeira.
Professor Leandro Romualdo demonstrando a importância do alongamento.

 

Além da parte técnica, aconteceram duas palestras que engrandeceram a programação do curso. Uma sobre Aspectos Nutricionais aplicados ao Treinamento da Capoeira, proferida pela nutricionista Patrícia Peres e outra sobre Aspectos Psicológicos do Treinamento da Capoeira, proferida pelo professor e psicólogo Roberto MacFadden.

O Curso de Movimentos Acrobáticos acontece uma vez por ano, sempre no mês de maio e está na sua quinta edição. Em geral a aceitação do curso tem sido bastante grande, já que os conteúdos trabalhados possibilitam aos praticantes vivenciarem as técnicas acrobáticas da Capoeira dentro de uma proposta pedagógica e didática. O objetivo é incentivar os alunos a inserirem as acrobacias no jogo de Capoeira de forma equilibrada e responsável, de maneira a não ferir a essência do jogo da Capoeira e, principalmente, não ferir a si mesmos, já que sabemos que a execução dos movimentos acrobáticos apresentam um alto índice de incidência de lesões musculares e articulares. Para que isso não aconteça é preciso treinar gradativamente, adaptando-se ao movimento.

Para os professores e Mestres de Capoeira este curso é uma excelente oportunidade de aumentar o seu conhecimento acerca da didática par o ensino dos movimentos acrobáticos da Capoeira.

Foi reafirmada e idéia de que as acrobacias são uma parte da Capoeira, que tem como movimentos principais os ataques, as defesas, os contra ataques, os movimentos ritualísticos (como as chamadas de Angola) e os movimentos de chão. Os movimentos acrobáticos contribuem com a beleza e a plasticidade do jogo da Capoeira. Quando pensamos em acrobacias não devemos pensar em eficiência do jogo e sim em arte e expressão. O importante é executar as acrobacias em harmonia com os demais movimentos. Um jogo com ataques, defesas e contra-ataques, onde são realizados alguns movimentos acrobáticos torna-se um jogo bonito de admirável.

Agradecemos a todos que participaram do evento e esperamos contar com a presença de outros capoeiristas no próximo ano.

Maiores informações e fotos do evento podem ser acessadas no site www.projeteliberdadecapoeira.com.br ou no blog www.projeteliberdadecapoeira.blogspot.com ou ainda através do e-mail [email protected] com o Mestre Gladson ou [email protected] com o professor Vinicius Heine.

 

Mestre Alcides – USP: CEACA

Aos poucos nossa Capoeiragem vai sendo remapeada.
Temos que concordar com alguns sábios mestres-administradores:
"Não há como definir uma política – pública ou privada – para a Capoeira se não fizermos, antes, um diagnóstico do estado da arte da capoeira e dos capoeiras.
 
Este artigo, escrito por Miltinho Astronauta, segundo suas próprias palavras, faz parte "ATLAS DA CAPOEIRA EM SÃO PAULO".
 
Nós, do Portal Capoeira, não apenas apoiamos a iniciativa, como fazemos parte dela.
 
Esta coluna "Jovens Mestres", será um espaço para disponibilizarmos alguns "perfis de mestres" e histórias da capoeira paulista e paulistana, como de qualquer outro lugar do país ou do mundo… o que precisamos é de material humano, didático e muita vontade…
 
Mas a obra completa, ou seja, o ATLAS de São Paulo, será construido coletivamente, e todos os segumentos da capoeira serão contemplados.
Digamos que estamos numa "corrida saudável", no qual a questão é: qual Estado será o primeiro a lançar seu ATLAS? Soube que no Maranhão a "coisa" está bem adiantada, e na Paraíba, terra de "Mestre Lendro Barros" – que nos emprestou seus cordéis para adaptarmos como ladainhas de angola – já estão também fazendo o dever de casa. Por lá, na Paraíba, Bené é a figura em ação.
 
Vamos, então, a um resumo da Capoeira de Mestre Alcides, Capoeira na USP, da qual já apreciei quanto estava em São Paulo… bons tempos…
 
Luciano Milani

Capoeira no Instituto Oceanográfico, USP, São Paulo
 
O Centro de Estudos da Capoeira – CEACA – oferece aulas de capoeira para alunos e funcionários da USP, no Butantã
 
 Jornal do Capoeira – www.capoeira.jex.com.br
Edição 66 – de 26/Mar a 01/Abr de 2006
 
Historicamente, desde pelo menos o final dos anos 60, a Capoeira está na Universidade. Senão como disciplina, está pelo menos como atividade cultura e desportiva. Na USP (Universidade de São Paulo), Capital, Butantã, salvo engano os mestres Eli Pimenta e Gladson são os precursores. O primeiro por dar aulas aos alunos e funcionários, com atividade de lazer (1969), e o segundo por ter inserido a capoeira no currículo escolar da Usp (1970/71).
 
Mestre Gladson continuou seu trabalho no CEPEUSP – Centro de Praticas Esportivas da USP – onde ensina até hoje. Mestre Eli Pimenta, que iniciou Capoeira com Mestre Suassuna, depois passou pelo Cativeiro (de Mestre Miguel Machado), deu aulas na USP entre os anos de 1969 à 1982 (não sei precisar se houveram interrupções nos treinos de capoeira). Uma das fases de Mestre Eli na USP foi no antigo "Barracão", posteriormente demolido. O Grupo era o Grupo de Capoeira Senzala. Já em 1969 integra-se ao grupo de capoeiras o jovem Alcides de Lima, hoje Mestre Alcides. Pouco depois (1971) chega também o Dorival dos Santos – Mestre Dorival. No ano de 1988 mestre Alcides funda o Centro de Estudos e Aplicação da Capoeira – CEACA. Ambos formam-se mestres em 1992, pelas mãos de Mestre Eli Pimenta. Na foto ao lado estão os Mestres Alcides, Eli Pimenta e Dorival, durante Cerimônia de Formatura, USP, 1999.
CEACA
 
Academia de Capoeira Senzala, USP, 1978: Batizado que contou com a presença dos seguintes mestres:
Eli, Miguel Machado, Caio, Rodolfo, Cidão, Alcides, Alemão, Saruezinho e outros.
 
CEACANa foto ao lado está o Mestre Alcides, jogando capoeira com a Edith, enquanto Elci, hoje Ouvidor Geral do Município de São Paulo observa.
 
Mestres Alcides e Dorival formaram os seguintes capoeiras: a) Turma 1 (1998): Paulinho Baraúna, Querido de Deus (Fabrício L. Silva), Jacaré (Denilson Almeida) e Luis Carlos Batista; b) Turma 2 (2002): Flexa (Ronaldo Amaral).
 
O CEACA ministrou aulas de Capoeira na Colorado State University, em Fort Collins, EUA, no ano de 1995. Fruto daquele primeiro trabalho, o CEACA mantém até hoje uma filial sob sua coordenação naquela cidade. O CEACA mantém ainda outras filiais: San Juan, em Porto Ricoç Bowie, Maryland (EUA) e Bordeaux, França.
 
Em São Paulo, Mestre Alcides desenvolve atualmente diversos trabalhos, sendo um deles no Lions Club (Av. Corifeu – Butantã) e o outro no Instituto Oceanográfico da USP (I.O.), na parte baixa da Rua do Matão, próximo ao Restaurante dos Professores.
 
Foi com grande satisfação que recebi de Mestre Alcides a informação que um projeto sob sua coordenação foi selecionado pelo programa Ponto de Cultura, do Ministério da Cultura. Este projeto vai ser desenvolvido na Escola Amorim Lima, no Butantã. Além do CEACA, de São Paulo, somente um outro grupo do Paraná foi contemplado com o incentivo do MinC.
Capoeira no I.O.
 
 As aulas de capoeira do Instituto Oceanográfico acontecem no Grêmio do I.O. as segundas e quartas-feiras, à partir das 18h00 e até as 19h15. Informações podem ser obtidas com o professor Lagarto (11) 9825-6298, ou com o Instrutor Rodrigo Pança (11) 9482-7985, ou com o Mestre Alcides no local.
CEACA
 
Sobre a Capoeira na USP
 
Para finalizar este artigo, gostaria de esclarecer que tão breve possa levantar mais informações sobre a história da capoeira na USP, e vice-versa, voltaremos e este editorial. Temos conhecimento dos trabalhos ali desenvolvido por diversos mestres, contramestres e professores como Gladson de Oliveira Silva, Pingüim (Luis Antônio Nascimento Cardoso), Vinícius Heine, João Sarará (João Luis Uchoa Passos), Thiaguinho (Thiago Uchoa Passos), Nego Folha (Márcio Custódio de Oliveira), o grupo Nzinga (M.Janja); o pessoal do Abada e da Malungos. Em breve retornaremos à esta Roda de Informações sobre a Capoeira.

 

Jornal do Capoeira – www.capoeira.jex.com.br