Blog

gratuítas

Vendo Artigos etiquetados em: gratuítas

Capoterapia oferece 2,5 mil vagas para idosos no DF e no Entorno

Estão abertas 2,5 mil vagas gratuitas para Capoterapia, terapia que adapta capoeira a pessoas da 3ª idade, em 25 locais do DF e do Entorno. As atividades são realizadas por professores voluntários(confira os locais).

Atividades são gratuitas e realizadas por professores voluntários.
Diferença para a capoeira tradicional está no ritmo e na intensidade.

Uma das diferenças da capoeira tradicional para esse novo método está no ritmo e na intensidade. Assim como na capoeira, na capoterapia há a ginga, movimento tradicional da capoeira, e os alunos têm pequenas noções da esquiva, que é o ato de se desviar de um golpe. No entanto, não há saltos nem golpes mais contundentes.

A atividade também é indicada para cegos, pessoas com deficiência mental e cadeirantes. Já quem tem doença cardíaca deve evitá-la.

De acordo com o grupo, que divulga as atividades em um site, as vantagens para idosos são a diminuição da dependência química de remédios para hipertensão, diabetes, colesterol e a recuperação do vigor e ampliação da força e tonicidade muscular. Além disso, faz integração social e amplia o círculo de amizades.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aconteceu: Festival de capoeira em Peruíbe

Festival de capoeira marca programação esportiva em Peruíbe, neste final de semana

Evento terá presença de mestres e grupos de capoeira da região

Uma das modalidades esportivas mais praticadas no país, a capoeira terá destaque na programação do Verão Total Peruíbe 2014. Neste final de semana, será realizado o “Capoeirando à Beira-Mar”, com a participação de mestres e grupos de capoeira da região.

Com diversas apresentações gratuitas, o evento mostrará os aspectos culturais que marcaram a história da modalidade, com as técnicas, a dança e o ritmo que influenciaram na formação do esporte que é genuinamente brasileiro. Além das rodas de capoeira, o público poderá conferir apresentações de samba e maculelê.

O “Capoeirando à Beira-Mar” terá início neste sábado (18), às 9h, com uma roda de capoeira no Espaço Cultural Chico Latim (Avenida São João, s/n°). O mesmo local receberá às 19h um Festival de Capoeira, com a presença de vários grupos regionais. Já no domingo (19), às 9 horas, o público vai conferir uma aula aberta de capoeira na Praia do Centro. Todas as atividades são gratuitas.

O Verão Total 2014 é uma iniciativa da Prefeitura de Peruíbe, que promoverá diversas atrações culturais e esportivas até o final de fevereiro.

Guaratinguetá: Aulas gratuitas de capoeira

Guaratinguetá realiza aulas gratuitas de capoeira

Em Guaratinguetá quem quiser aprender capoeira pode se inscrever no Ginásio Municipal do Pedregulho. As aulas acontecem às terças e sextas-feiras, das 8h às 9h e, depois, das 17h às 6h da tarde.

Podem participar homens e mulheres a partir de sete anos de idade. Os interessados devem procurar o professor direto no ginásio, as aulas são gratuitas.

São Gonçalo: Aulas de Capoeira Gratuitas

Aulas gratuitas de capoeira em São Gonçalo

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo (MMSG) e a Associação de Capoeira Negrinhos de Sinhá VII vão oferecer, aulas gratuitas, de capoeira esse mês. Elas serão dedicadas às crianças a partir de 9 anos e adolescentes até 17 anos de ambos os sexos.

O objetivo desse trabalho é oferecer à população gonçalense mais uma alternativa para a busca da qualidade de vida. Além disso, o MMSG e a associação acreditam na formação de valores humanos éticos baseados no respeito, na socialização e na liberdade por meio das expressões artísticas.

As rodas vão acontecer toda quinta-feira, das 15h30 às 16h30

Fonte: São Gonçalo Online – http://www.osaogoncalo.com.br

(Foto: Divulgação)

São Caetano – SP: Sesc oferece aulas gratuitas de capoeira

O Sesc São Caetano ministrará aulas gratuitas de capoeira nos próximos três sábados do mês de agosto (11, 18 e 25), sempre das 13h às 14h. As inscrições já estão abertas e as vagas são limitadas. Para participar é preciso ter mais de 7 anos.
 
As aulas incluem as duas modalidades da capoeira: a Angola, que se caracteriza pelo estilo mais próximo de como os escravos jogavam, e a Regional, a mais recente, que apresenta elementos de artes marciais e um jogo rápido, com quedas, rasteiras e cabeçadas. Os alunos vão conhecer as regras e as músicas relacionadas à luta, além de aprender a tocar berimbau.
 
Inventada pelos escravos, vindos da África no século XVI, a capoeira nasceu como forma de resistência à opressão. Praticado em segredo, o esporte transmitia a cultura dos praticantes. Com o passar do tempo, a capoeira se espalhou pelo País, ganhou adeptos e ficou caracterizada pelos movimentos ágeis e pelo uso da música.
 
Ginástica Postural
Até o dia 27 deste mês, a unidade oferece no programa Corpo e Expressão aulas gratuitas de Ginástica Postural, que visa o alinhamento postural e a melhoria da força e da flexibilidade muscular por meio de posturas e exercícios de alongamentos. As aulas são realizadas todas as quartas e sextas-feiras, às 11h.
 
O Sesc São Caetano fica na rua Piauí, 554, bairro Santa Paula. Mais informações pelo telefone 4233-8800.

Fonte: http://www.reporterdiario.com.br

“Gingando em Londrina” realiza encontro de capoeira

Com o objetivo de integrar e fortalecer a capoeira na cidade, o projeto cultural Gingando em Londrina, por meio da Rede Cidadania da Secretaria Municipal de Cultura, realiza nesta sexta-feira (06) um encontro de capoeira. O evento está marcado para as 20h, no Centro Cultural Lupércio Luppi.

A programação do encontro inclui a apresentação de vídeo, a entrega do roteiro das atividades marcadas para 2007 em Londrina e rodas de capoeira com os participantes. O encontro visa integrar os grupos de capoeira que existem na cidade, incentivando-os a participar das atividades culturais com as quais o projeto se envolve.

Gingando em Londrina

De acordo com informações do N.Com da Prefeitura, o trabalho desenvolvido pelo Gingando em Londrina oferece 12 diferentes oficinas, gratuitas, nas cinco regiões da cidade, e ainda nos distritos rurais Warta e Irerê. No total, 450 pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos, são atendidos pelo projeto.

 

Bondenews
Redação Bonde
Londrina

Brasilia: Câmara faz homenagem à capoterapia

Aproveitando a ocasião da II Conferência Brasileira de Capoterapia, realizada em Brasília, a Comissão de Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Legislativa realizou, nesta manhã, sessão solene em homenagem a essa terapia fundamentada nos princípios da capoeira.
A capoterapia utiliza elementos da capoeira adaptados para pessoas da terceira idade, respeitando as condições físicas e características psicológicas próprias dessa faixa etária, com ênfase nos abraços e cantorias entre os participantes. Essa metodologia foi criada e vem sendo desenvolvida pelo Mestre Gilvam, instrutor de capoeira e presidente da Associação Brasileira de Capoterapia e da Associação de Capoeira Ladainha.
 
De acordo com a deputada Erika Kokay (PT), a capoterapia é uma atividade que deve ser apoiada oficialmente, devido aos "ganhos inquestionáveis que traz para os idosos. Já ouvi depoimentos de pessoas que praticam a capoterapia e agora têm mais gosto pela vida, relatando, inclusive, a melhora de dores de cabeça, reumatismos, disposição física e principalmente a melhora da auto-estima e da inibição", afirma.
 
Para o idealizador da terapia, Mestre Gilvam, somente agora o trabalho é devidamente reconhecido pelo Poder Público. "Há mais de 20 anos que procuramos apoio e somente no governo Lula fomos ouvidos e, mais importante, conseguimos firmar parceria com o Ministério do Esporte", comemora Gilvam. "Também estamos contentes por ajudar os nossos capoeiristas, que em muitos casos precisavam sair do País para sobreviver de sua arte", acrescenta.
Serviço:
 
Oficina Aberta de Capoterapia. Brasília/DF
 
100 vagas gratuitas A Associação Brasileira de Capoterapia oferece 100 vagas gratuitas de Capoterapia DIAS: todas as quartas-feiras de 9 às 10h LOCAL: Universidade Católica de Brasília Bl. "G" Tag. Sul CLIENTELA: acima de 50 anos PROF.º: Mestre Gilvan O QUE É CAPOTERAPIA? É uma terapia utilizando elementos da capoeira adaptada para pessoas da terceira idade, respeitando a condição física, as potencialidades, os limites e as características psicológicas individuais da clientela. A metodologia da Capoterapia foi criada e vem sendo desenvolvida pelo mestre em capoeira Gilvan Alves de Andrade, baseado na experiência, estudos , congressos, oficinas e fóruns sobre a modalidade esportiva, onde a equipe de instrutores é aperfeiçoada. "Saúde não é tudo, mas tudo não é nada sem saúde. (Schopenhaver) Associção Brasileira de Capoterapia
 
Associação de Capoeira Ladainha e Associação Brasileira de Capoterapia –  Av. Hélio Prates, QNL 30, Conjunto A, Lotes 31/33, Taguatinga Norte.
Telefones: 3475-2511 / 3475-2160
E-mail: ladainha.capoeira@globo.com
Site: www.capoterapia.com

Aulas gratuitas de capoeira no Centro do Rio de Janeiro

O Parque das Ruínas, em Santa Teresa, Centro do Rio, oferece aulas gratuitas de capoeira com o professor Pernalonga.
Os encontros acontecem todas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 19h às 20h30.
 
Os interessados podem se inscrever através de formulário obtido na secretaria do parque, que fica na Rua Murtinho Nobre 169.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 2252-1039.

Mato Grosso do Sul: Mostra Especial de Filmes sobre Capoeira

Uma boa dica para os habitantes do Estado de Mato Grosso do Sul e Região é a Mostra de Filmes sobre Capoeira, programada para o mês de Agosto… Confira!!!
 
Luciano Milani


Itaquiraí terá sessões gratuitas de cinema neste final de semana 
 
O município de Itaquiraí receberá na próxima sexta-feira e sábado, 28 e 29 de julho, as sessões gratuitas de cinema do projeto Vídeo Popular. Filmes como “Abril Despedaçado”, “Tió e a Árvore – Vida e obra de Zacarias Mourão” e “LavourArcaica” fazem parte da programação prevista para os dois dias. As exibições serão feitas na Escola Estadual Jardim Primavera, sempre a partir das 19h e abertas a toda população.
 
O Vídeo Popular é uma das ações de interiorização e democratização do acesso à arte e aos bens culturais em nosso Estado, promovidos pela Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. O projeto tem por objetivo apresentar gratuitamente filmes e documentários nacionais, viabilizando o acesso à sétima arte para que aqueles que não têm condições de ir às salas de cinema. Desde sua implantação cerca de 10 mil pessoas já assistiram às sessões realizadas em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas, Porto Murtinho, Jaraguari e Corumbá.
 
Para o mês de agosto está prevista uma mostra especial de filmes sobre “Cinema e Capoeira”, que será exibida em Campo Grande, nas doze
unidades de ensino de capoeira atendidas pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.