Blog

izabel

Vendo Artigos etiquetados em: izabel

Lançamento da Coleção Capoeira Viva no Planetário da Gávea

Prezados amigos capoeiristas é com o maior orgulho que vamos realizar, no Rio de Janeiro, a primeira noite de autógrafos da Coleção Capoeira Viva, com o lançamento dos livros dos nossos parceiros Izabel e Bernardo. Acreditamos que seja a primeira coleção exclusivamente dedicada à capoeira e desejamos que tenha vida longa. Segue o convite, para quem está no Rio, e o release, para quem quiser saber um pouco mais. Os livros estão à venda nas livrarias, mas o legal é reunir a galera na roda. Esperamos vocês. Abraços, Raquel Silva

Coleção Capoeira Viva

  • Volume 1 – A Capoeira no Rio de Janeiro 1890 – 1950 – Izabel Ferreira
  • Volume 2 – A Arte da Negociação: a Capoeira como Navegação Social – Bernardo Conde

Exatos cinco meses depois de ter sido oficialmente declarada patrimônio cultural brasileiro, chegam às livrarias os volumes de estréia da Coleção Capoeira Viva, a primeira exclusivamente dedicada à publicação de livros sobre capoeira.

Marcada pelo estigma da marginalidade por mais de um século, a capoeira sempre foi tema de investigação nos círculos acadêmicos brasileiros e internacionais, especialmente no Rio e em Salvador, cidades que disputam sua maternidade. Entretanto, muito pouco disso chegou ao grande público.

A Coleção Capoeira Viva é composta por uma série de livros histórico-etnográficos adaptados de teses e dissertações acadêmicas. Foi criada com o intuito de tirar das prateleiras das bibliotecas da academia textos resultantes de relevantes pesquisas sobre o tema e dar acesso a importantes estudos que, ao abordarem a capoeira, suscitam questões que remontam aos primórdios da gênese da cultura brasileira.

“Jogo, luta, cultura, dança, esporte, brincadeira, instrumento de socialização… Muito se fala da capoeira, mas pouco se compreende. A Coleção Capoeira Viva tem a intenção de quebrar paradigmas e trazer a público a riqueza e as nuances desta manisfestação cultural, tão próxima de seus praticantes e admiradores e tão distante da maior parte da sociedade brasileira”, declara a jornalista Raquel Silva, diretora da coleção.

Coleção Capoeira VivaO primeiro volume, A capoeira no Rio de Janeiro 1890 – 1950, de Izabel Ferreira, aborda um período, entre o fim da República e meados do século XX, no qual a memória da capoeira carioca foi gradativamente apagada. Segundo a autora, isso se deve fundamentalmente ao fato de que com a implantação da República e o projeto de nação brasileira, a capoeira escrava lembrava a vergonha que foi o modelo escravagista praticado no país até então. A partir do início da década de 1940 a capoeira começou a se revestir com uma imagem mais adequada ao idéário nacionalista da época, ou seja, como arte genuinamente brasileira ou como luta nacional.

“Acredito que a análise da capoeira praticada no Rio de Janeiro neste período será útil à compreensão da capoeira que se faz contemporaneamente. Trata-se de entender a cosmologia construída ao longo das últimas décadas, incorporada ao imaginário dos capoeiristas, e que, nos dias atuais, se descortina em uma multiplicidade de discursos, de práticas e em uma rede de difusão que cobre quase todo o planeta”, declara a autora Izabel Ferreira, mestre em Ciências Sociais e especialista em Sociologia Urbana.

Coleção Capoeira VivaNo livro 2, A arte da negociação – A Capoeira como Navegação Social, o autor, Bernardo Conde, a partir de sua própria experiência, se debruça sobre a formação da identidade do capoeirista. Com uma cuidadosa análise que inclui o universo cultural que circunda a capoeira – samba, samba-de-roda, maculelê, candombé, malícia, mandinga etc. – o autor traça o panorama de um mundo à parte, cuja porta de entrada é a prática de um jogo em que não há nenhuma regra fixa e o oponente não é adversário e sim companheiro. Uma viagem fascinante, em que o leitor haole1, é conduzido por um local e, depois de uma breve passagem por concepções históricas da capoeira é apresentado a um universo muito particular, que vai se constituindo desde a dinâmica de iniciação de um discípulo até a incorporação do ethos da capoeira, que indica um modo de agir e pensar no qual o jogo da capoeira é transportado para a vida.

“Procurei, por intemédio da observação participativa e da depuração de fatos e situações vividas ao longo de minha trajetária, (re) interpretar comportamentos e ações que apontam para este possível ethos da capoeira. Num segundo momento tento estabelecer como o saber do jogo é acionado em diversos espaços sociais e como o cotidiano é traduzido pela ótica da roda de capoeira”, adianta Bernado Conde, professor universitário e doutorando em Ciências Sociais.

Sobre os autores:

Izabel Ferreira é cientista social, pós-graduada em Sociologia Urbana e Mestre em Antropologia Visual pelo PPCIS-UERJ. Professora de Sociologia da Universidade Gama Filho, entre 2000 e 2001. Desde 1998 realiza pesquisas históricas e iconográficas para exposições de arte, entre elas: “Flávio de Carvalho – 100 anos de um revolucionário romântico”; “Ismael Nery – a poética de um mito”; “Pancetti – o Marinheiro Só”; “No Tempo dos Modernistas – D. Olivia Penteado, a senhora das artes”; “Traço Humor & Cia”; “O Preço da Sedução – do espartilho ao silicone”; “Mary Vieira – o tempo do movimento”; “Homo Ludens – do faz de conta à vertigem”; “O Olhar Modernista de JK”, “O’Brasil – da terra encantada à aldeia global”, “Di Cavalcanti – um perfeito carioca”, Nippon, Galeria de Valores, entre outras.

Bernardo Velloso Conde é doutorando em Ciência Sociais pela UERJ, professor do departamento de Sociologia da PUC-RJ e professor de Antropologia Cultural na Univercidade. Desde 1982, quando ingressou no universo da capoeira, vem produzindo trabalhos que resultaram na publicação de diversos artigos sobre o tema. Atualmente pesquisa sobre a difusão da capoeira na Europa.

Raquel Martins Silva é jornalista, Mestre em Bens Culturais e Projetos Sociais pelo CPDOC/FGV. Trabalha, desde 1979, como produtora cultural. Atua em diversas áreas da comunicação, particularmente assessoria de imprensa, edição e produção de livros de arte e fotografia. Foi responsável pela coordenação editorial do livro Ismael Nery, que em 2005 recebeu o Prêmio ExcelênciaGráfica Werner Klatt. Escreveu o Guia da Copa França 1998. É coordenadora da Coleção Capoeira Viva, patrocinada pelo Minc, que publica ensaios acadêmicos sobre o tema. Uma das criadoras do Fundo Ângela Borba de Recursos para Mulheres, é verbete do livro Mulheres Negras do Brasil, que lista as mulheres negras que se destacaram em suas áreas ao longo da historiografia brasileira.

1 As expressões haole e local são gírias, oriundas do surf, que significam respectivamente pessoas de fora de uma sociedade específica e membros de uma sociedade.

QUEM SOMOS? QUE PRETENDEMOS?

Somos um grupo de estudiosos e praticantes do jogo de capoeira da Bahia, unidos pelo propósito de divulgar seus fundamentos técnicos, pedagógicos, filosóficos, médicos e psico-sociais, sem vinculação comercial, nem discriminações religiosas, sociais, culturais ou raciais.
Encaramos a capoeira como um bem comum, pertencente ao patrimônio da humanidade  e como tal a ser divulgado livremente, sem fronteiras geográficas, políticas, ideológicas ou comerciais.
Todo o material aqui apresentado poderá ser reproduzido e usado livremente, pressupondo-se que seja a citada a fonte como referência para outros interessados em intercâmbio, divulgação ou aprendizado.
Encarecemos a colaboração dos leitores informando falhas ou defeitos encontrados para que possamos corrigi-los, ao tempo em que propomos discutir com serenidade e compostura as divergências, procurando um denominador comum.
Lembramos que a capoeira é uma aquisição social recente, em fase de consolidação técnica, jurídica e filosófica, com tradição em plena elaboração, devendo as modificações propostas serem avaliadas com vista á evolução futura.
 
A. A. Decanio Filho


CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS AVANÇADAS DE CAPOEIRA
 
CEPAC 
 
Organização não-governamental, sem finalidades lucrativas, fundada por um grupo de estudiosos e praticantes da capoeira em 20 de agosto de 1996 na cidade de Salvador, Bahia, Brasil, com o objetivo de promover pesquisas, divulgação gratuita e intercâmbio de conhecimentos, desenvolvendo o fundo cultural ético, científico e lítero-filosófico em nossa comunidade, buscando integrar os praticantes desta arte-jogo-luta em todo o mundo.
 
PRESIDENTE : ANGELO AUGUSTO "DECANIO" FILHO
 
ENTIDADES CONSORCIADAS
 
Associação Brasileira de Professores de Capoeira
Liga Capoeira do Mundo
Filhos de Bimba Escola de Capoeira
Federação Baiana do Culto Afro-brasileiro
Fundação Mestre Bimba
Fundação Pierre Verger
Ginga Associação de Capoeira
Kaunde Capoeira
Associação de Capoeira Arte Brasil
Associação de Capoeira Boa Vontade
 
CORRESPONDÊNCIA E CONTATOS
 
e-Mail: adecan@terra.com.br
Correio: Rua Eduardo Dotto s/n – Vivenda Iemanjá
Praia de Tubarão – Paripe
Salvador/Bahia/Brasil
CEP 40800-010
Telefone
Residencial:
+55 (0xx) 71 3397-4309
+55 (0xx) 71 3397-0682
Celular:
+55 071 8804-5332
 
DECANIO
 
Angelo Augusto Decanio Filho, filho de Dr. Angelo Augusto Decanio e de Georgina de Barros Decanio, nascido em Salvador/BA/BR, em 12 de Fevereiro de 1923.
Casado com Maria Isabel Pereira Decanio.
Medico. Professor Universitário, Capoeirista.  Aluno de Mestre Bimba desde 1938.
Residente à Rua Eduardo Dotto, s/n – Vivenda Iemanjá – Praia de Tubarão/Paripe/Salvador/BA/Br  CEP 40801-970
Fones: residencial 55-071-33974309, móvel 55-71-999553468.
E-mail:
adecan@terra.com.br
Homepage: CAPOEIRA DA BAHIA ONLINE – CAPONLINE
URL:
http://www.capoeiradabahia.lmilani.com
CURRÍCULO VITAE
 
UNIVERSITÁRIO
 
Interno do Prof. Benjamin da Rocha Salles no Hospital de Pronto de Salvador, Bahia
Estagiário do Prof. J. Coelho dos Santos no Serviço de Anatomia Patológica do Hospital Sta. Izabel da Casa da Sta. Mizericordia da Bahia
Estagiário do Serviço de Ortopedia do Prof. Benjamin da Rocha Salles no Hospital Sta. Izabel da Casa da Santa Mizericorida da Bahia
Estagiário do Prof. Carlos Gama, catedrático de Clinica Neurológica da Faculdade de Medicina da Bahia
Estagiário de Prof. Edístio Pondé, catedrático de Clinica Neurológica da Faculdade de Medicina da Bahia
Estagiário do Dr. César Germano de Sá Bittencourt e Camara, Chefe de Clinica Cirúrgica do Hospital Sta. Izabel da Casa da Sta. Mizericordia da Bahia
Interno Concursado da Clínica Ginecológica do Prof. Alício Peltier Queiroz, da Faculdade de Medicina da Bahia
Prêmio Prof. Enjorlas Vampré, melhor trabalho em Clínica Neurológica em 1947
Estagiário do Laboratório de Análise Clínica da Cadeira de Clínica Médica do Prof. José Olímpio da Silva da Faculdade de Medicina da Bahia 
 
PROFISSIONAL
 
Médico de Guarda do Hospital Sta. Izabel da Casa da Sta. Mizericordia da Bahia
Assistente da Clínica Cirúrgica do Dr. Joaquim Figueiredo Neto do Hospital Sta. Izabel da Casa da Sta. Mizericordia da Bahia
Chefe de Clinica Cirúrgica do Hospital Sta. Izabel da Casa da Sta. Mizericordia da Bahia
Prof. Assistente Encarregado de Curso Prático de Anatomia Humana da EBMSP
Prof. Assistente Encarregado de Curso de Anatomia Humana da Escola de Farmácia da UFBA
Prof. Assistente Encarregado de Curso de Propedêutica Cirúrgica da EBMSP
Prof. Titular de Técnica Cirúrgica e Cirurgia Experimental da EBMSP
Prof. Titular de Clínica Cirúrgica da EBMSP
Cirurgião do Hospital Santo Antônio das Obras Sociais de Irmã Dulce
Sócio Fundador da Regional Baiana do Capítulo Brasileiro da Sociedade Internacional
Sócio Fundador do Capítulo Brasileiro da Sociedade Internacional de Angiologia
Sócio Fundador da Sociedade de Angiologia de Salvador
Consultor Cirúrgico do Hospital Santa Izabel da Casa da Santa Mizericorida da Bahia
Graduado em Medicina de Trabalho pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública
Professor de Ergonomia no Curso de Medicina do Trabalho da EBMSP
Presidente de Comissão Examinadora de Ginecologia do IAPC
Ginecologista concursado do IAPC
Médico-Perito do IAPI
Médico-Perito do INSS
Titulado como Especialista em Perícia Medica por Concurso do INSS
Coordenador do Plano de Ação Conjunta da S. R. da Bahia do INPS
Assessor Médico da Coordenação Regional de Acidentes do Trabalho da Secretaria Regional de Acidentes do Trabalho da S. S. S. da S. R. da Bahia do INPS
Especializado em Acupuntura pela União Nacional dos Profissionais em Acupuntura do Brasil
Fundador da Regional Bahia-Sergipe da União Nacional dos Profissionais em Acupuntura do Brasil
Professor de Acupuntura em Cursos de Acupuntura da Regional Bahia-Sergipe da União Nacional dos Profissionais em Acupuntura do Brasil
Prof. de Anatomia Aplicada à Acupuntura no I Curso de Acupuntura da Regional Paulista União Nacional dos Profissionais em Acupuntura do Brasil
Homenageado pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública com a  escolha do seu nome para o Instituto de Cirurgia Experimental
Comendador da Ordem do Mérito da Open International University for Complementary Medicines da OMS 
 
ESPORTIVO
 
Graduado em Capoeira por Mestre Bimba (1940)
Contramestre da Academia de Luta Regional Baiana de Mestre Bimba
Mestre (Lenço Branco) do CCFRB, pelo Mestre Bimba
Fundador e Primeiro Diretor do Departamento de Capoeira da Federação Baiana de Pugilismo durante a gestão de Fauzi Abdala João.
Médico da Federação Baiana de Pugilismo
Médico da Confederação Brasileira de Pugilismo
Médico do Departamento de Educação Física da Bahia
Médico da Federação Baiana de Natação
Curso de Extensão Universitária em Medicina Esportiva
Faixa preta 1?? dan em Judo
Membro do Tribunal de Justiça da Federação Baiana de Karatê
Representante da FBP e de Mestre Bimba no 1o Simpósio Nacional de Capoeira
Representante da F.B.P. e de Mestre Bimba no 1o Congresso Brasileiro de Capoeira na Escola de Aeronáutica
Diretor de Vela do Iate Clube da Bahia.
Fundador da Flotilha de Snipes do Aratu Iate Clube
Fundador da Flotilha de Laser de Iate Clube da Bahia
Fundador da Flotilha de Hobby 16 do Iate Clube da Bahia
Vice-comodoro do Aratu Iate Clube
Autor do Anteprojeto de Regulamentação da Capoeira à C.B.P. durante a Presidência de Pascoal Segretto Sobrinho
Médico-assistente e Cirurgião de Mestre Bimba
Filiado à ABPC
Consultor da Presidência da ABPC
Autor dos livros: A herança de Mestre Bimba. A herança de Pastinha. Falando em Capoeira.
Organizador e editor de Manuscritos e Desenhos de Mestre Pastinha.
Editor da Coleção São Salomão.
Webmaster de "Capoeira da Bahia Online"
http://www.capoeiradabahia.lmilani.com
Auditor do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Baiana de Karatê (1944-1996)
Palestrante no VI Encontro Nacional da ABPC (1996)
Palestrante no III Simpósio Universitário Cearense de Capoeira (1996)
Palestrante no II Encontro Nacional da Cia. Terreiros do Brasil (1996)
Palestrante no Seminário "Capoeira, do Popular para a Universidade" do Departamento de Educação III da Faculdade de Educação da UFBA (1996)
 
TRABALHOS, PESQUISAS, CONFERÊNCIAS E TEMAS MÉDICOS DESENVOLVIDOS
 
Incisão subcostal para abordagem da loja esplênica e renal
Tratamento do hiperesplenismo pela ligadura e seção da artéria esplênica
Portalização da artéria hepática no tratamento da hipertensão portal em cirrose hepática
Tratamento da síndrome pósflebite pela operação de Mário Degni
Esquistossomose ovariana e tubária
Ressecção istmotubária no tratamento da salpingite crônica
Miofascioplastia urocolpoperineal nos prolapsos genitais
Miofascioplastia colpocistouretral na incontinência urinária de esforço
Tratamento cirúrgico de divertículo uretral
Reconstituição de uretra por retalho de fundo de bexiga em fístula urogenital tocógena
Ureteroneocistostomia em fístulas ureterogenitais pós-operatórias
Tratamento do câncer uterino avançado pela excocleação pélvica
Esplenização dos linfonódulos mesentéricos na hipertensão portal e hiperesplenismo
Neurogangliectomia lombar no tratamento das arteriopatias obliterativas dos membros inferiores
Ressecção de plexos pré_sacro, hipogástricos e parametriais em leucoplasia e craurose vulvares
Aortografia no diagnóstico de tumores malignos
Aortografia no diagnóstico de obliterações arteriais de membros inferiores
Tratamento cirúrgico de Cisto de Baker
Tratamento cirúrgico de aneurisma poplíteo
Esplenoportografia dinâmica no diagnóstico da hipertensão portal esquistossomótica
Flebografia intra-hepática no diagnóstico das hepatopatias fibrosante
Ergonomia, informática e doenças profissionais (monografia para titulação como especialista em administração de hospitais públicos pela UNEB) 
 
TRABALHOS PUBLICADOS SOBRE TEMAS ESPORTIVOS