Blog

lbv

Vendo Artigos etiquetados em: lbv

Aulas de capoeira auxiliam na educação de jovens da LBV

Crianças e adolescentes que integram os programas socioeducativos da Legião da Boa Vontade (LBV) em João Pessoa estão participando de aulas de capoeira, ministradas voluntariamente pelo mestre Lucivan Laranjeira no Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição.

A atividade é utilizada como ferramenta educacional para auxiliar no desenvolvimento motor, cognitivo, socioafetivo e do espírito de cooperação dos alunos e, ainda, para incentivá-los a valorizar a cultura brasileira e a prática esportiva.

Sobre a ação, o professor e mestre de capoeira, Lucivan Laranjeira, fala da satisfação de realizar a atividade com crianças e adolescentes da instituição. “Quando fiquei sabendo da possibilidade de desenvolver esse projeto na LBV, eu fiquei muito feliz. É mais uma oportunidade de contribuir. A minha recompensa maior é a de saber que um aluno meu poderia estar na rua fazendo o que não deve e hoje está aqui aprendendo sobre a cultura brasileira”, ressaltou.

A modalidade é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, sendo uma expressão cultural brasileira que mistura arte marcial, esporte, cultura popular e música. O pequeno Pedro, de 7 anos, destacou o que já aprendeu participando das aulas de capoeira. “Já sei cantar as músicas que o professor ensinou e estou aprendendo os movimentos para um dia ensinar para outras pessoas”, concluiu.

Em João Pessoa, PB, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Rua das Trincheiras, 703 — Jaguaribe. Para outras informações, ligue: (83) 3198-1500.

 

http://www.ararunaonline.com

Ponto de Cultura e Legião da Boa Vontade firmam parceria

Iniciativa dará continuidade a projeto de capoeira angola

O Ponto de Cultura ‘Batuque de Angola’ e a Legião da Boa Vontade (LBV) firmaram parceria para difundir a arte da capoeira angola. A iniciativa dá continuidade a um projeto que, durante os meses de agosto e setembro, ofereceu aulas de capoeira no espaço do Ponto de Cultura para crianças entre 7 e 11 anos atendidas pela LBV.

Segundo Jaquelene Linhares, coordenadora pedagógica do Ponto de Cultura, o projeto rendeu bons frutos. “As crianças mostraram muito interesse em continuar com as aulas de capoeira e a partir daí nós pensamos em abrir uma turma para que elas possam dar continuidade a essa aprendizagem”.

O projeto de extensão da LBV, coordenado pela educadora social Tatiane Souza, teve por objetivo passar conhecimento teórico e prático sobre a arte da capoeira para as crianças da instituição. “Elas adoraram as aulas. A maioria não conhecia e por não conhecer dizia que era chato, mas no final elas ficaram maravilhadas”, explica.

Para ela, o trabalho de divulgação da capoeira realizado pelo ‘Batuque de Angola’ despertou as crianças para a prática da atividade física aliada à difusão da riqueza da história e da cultura brasileira a partir das raízes africanas. “Durante a oficina elas puderam liberar as energias, conhecer os instrumentos e trabalhar questões como o respeito e a união”, destaca a educadora social.

Ponto

O Ponto de Cultura ‘Batuque de Angola’ atende a crianças e adolescentes do Bairro Industrial com aulas de capoeira e informática. O objetivo do projeto é promover o resgate da identidade cultural ligada às raízes africanas e a promoção da autoestima de jovens da comunidade.

A iniciativa do ‘Batuque de Angola’ é da Associação Abaô de Arte-Educação e Cultura Negra potencializada a partir da parceria da Secretaria do Estado da Cultura (Secult) e do Ministério da Cultura (Minc), através do Programa Cultura Viva. Em Sergipe, 30 instituições são beneficiadas pelo Programa ‘Pontos de Cultura’.

Através dessa parceria, iniciativas e projetos culturais já desenvolvidos por comunidades, grupos e redes de colaboração, são potencializados. Os Pontos de Cultura tem por finalidade fomentar a atividade cultural, aumentar a visibilidade das mais diversas iniciativas culturais e promover o intercâmbio entre diferentes segmentos da sociedade.

Fonte: Agência Sergipe de Notícias

MS: Crianças de CG aprendem a ginga e a história da capoeira

A Legião da Boa Vontade na capital sul-mato-grossense realiza o projeto Capoeira no Brasil. Na atividade, os meninos e meninas atendidos pela Instituição, por meio do programa LBV: Criança – Futuro no Presente!, fazem pesquisas sobre a forte influência histórica dos africanos no Brasil. Ao todo, 200 crianças com a faixa etária entre 6 e 12 anos participam da iniciativa, que será desenvolvida durante o ano todo.

A proposta da LBV é relacionar os conhecimentos do grupo sobre o tema, promover o respeito mútuo quanto à cultura de cada participante, produzir peças visuais, estimular a interpretação individual e conjunta do assunto proposto, além de ressaltar a herança cultural deixada pelos africanos.

Durante a atividade, meninos e meninas, interessados e com muita disposição, conheceram o gingado da capoeira. Porém, a educadora social da LBV Fabiana Leopoldina acrescenta: “Não basta ter ginga; é importante que as crianças saibam a origem da dança, que conheçam seus instrumentos musicais, ritmos e movimentos para um bom desempenho na atividade”.

É notório o entusiasmo das crianças não só pela capoeira, mas também por conhecer outras importantes contribuições dos negros à sociedade em que vivemos. “Foram os negros que nos ensinaram a fazer arroz-doce, tapioca, bobó, feijoada, arroz, milho e outros pratos. A criatividade dos povos escravizados contribuiu para melhorar nossas refeições. Eles nos ensinaram a utilizar os cereais”, diz, eufórica, a atendida Cibele, de 11 anos.

Vitória, de 10 anos, ressaltou: “O estudo sobre a capoeira é muito divertido”. Ela conta que, com a ajuda das educadoras, fizeram “alguns pratos para nossa própria degustação”.

Em Campo Grande, MS, a Legião da Boa Vontade está localizada na Av. Marechal Deodoro, 5.055, Conjunto Aero Rancho — Setor VII. Para outras informações, ligue: (67) 3378-1700.

 

Fonte: http://www.msnoticias.com.br/