Blog

maio

Vendo Artigos etiquetados em: maio

Ginga Porto

OBJECTIVOS

Difundir, valorizar e divulgar a Capoeira como meio de cultura popular, promover a integração social e o lazer entre alunos.Respeitar os costumes e tradições numa dimensão crítica e reflexiva, conscientizando a população da importância da Capoeira como instrumento de Educação e Cultura.

PROGRAMAÇÂO

Quinta-Feira (8 de Maio) – Apresentação de Puxada de Rede. Roda de capoeira que marca o inicio do XIX Encontro Internacional de Capoeira, Praça da Ribeira do Porto – Porto das 20 ás 22 horas

Sexta-Feira (9 de Maio) – Roda de capoeira com todos os convidados, Estação da Refer de São Bento – Porto das 20 ás 22 horas.

Sábado (10 de Maio) – Junta de Freguesia do Bonfim (Campo 24 de Agosto, em frente ao metro do Campo 24 de Agosto)10:00 ás 18.30 hrs – Oficinas de Capoeira, Palestra  e Rodas de Capoeira . 
20:00 – Roda de capoeira que marca o encerramento do 3ºdia do XIX Encontro Internacional de Capoeira, Praça da Ribeira do Porto – Porto das 20 ás 22 horas

Domingo (11 de Maio) – Junta de Freguesia do Bonfim (Campo 24 de Agosto, em frente ao metro do Campo 24 de Agosto)10:00– Roda de capoeira que marca o início do último dia do XIX Encontro Internacional de Capoeira, Praça da Ribeira do Porto – Porto das 10 ás 12 horas
15:00  – XIX Batizado e Troca de Graduações, na Junta de Freguesia do Bonfim . 
19:00  – Festa de Encerramento do XIX Encontro Internacional de Capoeira – Guindalense  – Escadas dos Guindais.

CONVIDADOS

Mestres: Barão, Nilson, Magôo, Caramúru, PernaLonga e Nagô.

Contramestres: Marcha-Lenta, Papagaio, Milani e Fantasma.

Professores: Pelé, Stress e Canela-Seca.

HISTÓRIA

Associação de capoeira Lagoa da Saudade foi fundada em 1987 pelo Mestre Barão em Santos, Brasil, onde ainda mantem as suas raízes. Em 1995 vem para Portugal e fundou o Grupo, já tendo realizado XVIII Encontros internacionais de capoeira. É em Portugal que em 1996, José Cláudio dos Santos, Mestre Barão, recebe sua graduação de Mestre de Capoeira pelos seus Mestres presentes: Mestre Corisco (fundador do Grupo ASCAB) e Mestre Bandeira (fundador do Grupo Arte de Gingar –Só Capoeira)

 

* Julio Pedro Ribeiro – PIU – Associação de capoeira Lagoa da Saudade

Livro Jogo de Discursos é lançado em Pernambuco e Minas Gerais

O livro Jogo de Discursos: A disputa por hegemonia na tradição da capoeira angola baiana, de autoria do jornalista e capoeirista Paulo Magalhães, terá dois lançamentos nacionais neste mês de maio.

No dia 18, sábado, a partir das 19:00, o lançamento será em Olinda (PE), no 1º Encontro da ACANNE Pernambuco. Realizado nos dias 17, 18 e 19 pela Associação de Capoeira Angola Navio Negreiro, no Espaço Alternativo, o evento contará com oficinas do Mestre Renê Bitencourt (BA) e rodas de capoeira angola. O evento é organizado pelos capoeiristas Eduardo Ramos (Baygon) e Marco Antônio (Baixinho), e constitui um marco na articulação de mais uma linhagem angoleira no estado de Pernambuco.

No sábado seguinte, dia 25, a partir das 14:00, o lançamento ocorrerá na Gruta da Lapinha, em Lagoa Santa (MG), durante X Encontro de Culturas de Raiz – Lapinha Museu Vivo. Em seguida, haverá a mesa redonda: “Cultura de Raiz e Globalização”, com a participação dos mestres Zé do Lenço (BA), Dunga (MG) e Ernestino (PI), representantes da velha guarda do samba, do reinado de N. Srª do Rosário, pesquisadores e representantes do poder público. O evento é organizado pela Associação Cultural Eu Sou Angoleiro, sob a direção do Mestre João Bosco, e a programação completa pode ser encontrada no endereço http://www.eusouangoleiro.org.br/.

O livro Jogo de Discursos: A disputa por hegemonia na tradição da capoeira angola baiana trata da diversidade de concepções sobre a tradição na capoeira angola, a partir de mestres representantes de diferentes linhagens. As estratégias políticas de legitimação da capoeira angola e) as disputas em torno de sua organização ao longo da história são discutidas, utilizando fontes como jornais, observação direta e cerca de 20 entrevistas com mestres angoleiros renomados.

 

Maiores informações:

Paulo Magalhães: (71) 8741-1251 / 9273-7765

Eduardo Ramos (Olinda): (81) 9882-7467

Gercino Alves (Lagoa Santa): (31) 8561-5456

 

Serviço

 

Pernambuco:

O quê: Lançamento de Jogo de discursos: a disputa pela hegemonia na tradição da capoeira angola baiana no 1º Encontro da ACANNE

Quando: 18 de maio, a partir das 19h

Onde: Espaço Alternativo (Av. Guararapes, 847 – Jardim Atlântico – Olinda – PE)

Quanto: entrada gratuita

 

Minas Gerais:

O quê: Lançamento de Jogo de discursos: a disputa pela hegemonia na tradição da capoeira angola baiana no X Encontro de Culturas de Raiz – Lapinha Museu Vivo

Quando: 25 de maio, a partir das 14h

Onde: Museu da Lapinha (Gruta da Lapinha, acesso pelo km 44 da MG-010, direção Serra do Cipó – Lagoa Santa – MG)

Quanto: entrada gratuita

2ª Edição: Sinhá Chamou pra Jogar

Acontecerá nos dias 10 e 11 de Maio de 2013, a 2ª edição do evento internacional de Capoeira, “Sinhá Chamou pra Jogar”. O evento, de realização do Grupo Capoeira Brasil, do renomado Mestre Boneco, é um encontro internacional de capoeira organizado por mulheres e direcionado a todos os capoeiristas.

Homens e mulheres poderão participar, mas o comando das rodas e as aulas serão de liderança inteiramente feminina. “O objetivo do evento é mostrar a força que a mulher exerce hoje, não só na capoeira, como em qualquer outra profissão”. – explica a Mestre Magali, idealizadora do evento.

“Sinhá Chamou pra Jogar” consiste numa homenagem a todas as mulheres capoeiristas do mundo e acontece no mês de Maio em comemoração a abolição da escravidão.  Serão dois dias de cursos, oficinas e rodas de capoeira com muita energia, que promoverão a interação entre capoeiristas de todo o mundo. “Sinhá” é como os escravos chamavam as mulheres de seus senhores e o evento representa a união das raças e a quebra de barreiras sociais.

Os cursos, oficinas e rodas acontecerão em lugares distintos da Barra da Tijuca de acordo com a programação abaixo:

6ª feira (10 de maio de 2013)

 

·         19:30 às 20:30 – Aulão de Maculelê com Professora Claudinha

·         20:30 às 22:00 – Rodão de Abertura

 

Sábado (11 de maio de 2013)

 

·         09:00 às 10:00 – Café da Manhã na Praça do Ó

·         10:00 às 12:00 – Aulão e Roda na Praça do Ó

·         13:00 às 14:30 – Almoço no Clube Oásis

·         15:00 às 15:40 – Vivência

·         15:40 às 16:20 – Aulão com Mestra Francesinha (Grupo A) / Aulão com Contramestra Sabrina (Grupo B)

·         16:20 às 17:00 – Aulão com Mestra Francesinha (Grupo B) / Aulão com Contramestra Sabrina (Grupo A)

·         17:00 às 18:00 – Roda de Encerramento

·         21:00 – Festa de Confraternização


Sinhá Chamou pra Jogar – Oásis Clube – Av. Prefeito Dulcídio Cardoso, 3007, Barra da Tijuca,  Rio de Janeiro , RJ –  CEP: 22630-021 / 09 a 12 de Maio / R$100 (evento completo + camisa) / R$80 ( evento completo sem camisa) www.sinhachamouprajogar.com.br

 

 

Júlia Rangel

Burbury Multicomunicação – www.burbury.com.br – facebook.com/burburymulticomunicacao

Sinhá Chamou pra Jogar

Acontecerá entre os dias 09 e 12 de Maio de 2012, o evento internacional de Capoeira “Sinhá Chamou pra Jogar”. O evento, de realização do Grupo Capoeira Brasil, do renomado Mestre Boneco, é um encontro internacional de capoeira organizado por mulheres e direcionado a todos os capoeiristas.

Homens e mulheres poderão participar, mas o comando das rodas e as aulas serão de liderança inteiramente feminina. “O objetivo do evento é mostrar a força que a mulher exerce hoje, não só na capoeira, como em qualquer outra profissão”. – explica a Mestre Magali, idealizadora do evento.

“Sinhá Chamou pra Jogar” consiste numa homenagem a todas as mulheres capoeiristas do mundo e acontece no mês de Maio em comemoração a abolição da escravidão. Serão quatro dias de cursos, oficinas e rodas de capoeira com muita energia, que promoverão a interação entre capoeiristas de todo o mundo. “Sinhá” é como os escravos chamavam as mulheres de seus senhores e o evento representa a união das raças e a quebra de barreiras sociais.

Os cursos, oficinas e rodas acontecerão em lugares distintos da Barra da Tijuca de acordo com a programação abaixo:

4ª feira (9 de maio de 2012)

20h às 21h – Oficina de Maculelê (Professora convidada)

21h às 22h – Oficina de Capoeira e Roda (Formada convidada)

 

5ª feira (10 de maio de 2012)

20h às 21h – Oficina de Samba de Roda (Professora convidada)

21h às 22h – Oficina de Capoeira e Roda (Formada convidada)

 

6ª feira (11 de maio de 2012)

20h às 21h – Oficina de Tambor de Crioula (Professora convidada)

21h às 22h – Oficina de Capoeira e Roda (Formada convidada)

 

Sábado (12 de maio de 2012)

10h – Roda no Pepê

15h – Roda de encerramento e apresentação

 

Sinhá Chamou pra Jogar – Oásis Clube – Av. Prefeito Dulcídio Cardoso, 3007, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro , RJ – CEP: 22630-021 / 09 a 12 de Maio / R$100 (evento completo + camisa) / R$50 (aula avulsa + camisa) / R$30 (aula avulsa) / R$25 (camisa) / www.sinhachamouprajogar.com.br

13 de maio – Cultura e política em celebração à data no estado de Pernambuco

Os eventos relativos ao 13 de maio espalham-se por todo o Brasil. Em Pernambuco, a agenda é extensa. O presidente da Fundação Cultural Palmares, Eloi Ferreira de Araujo, participa de atividades em Olinda e em Recife, onde acontecerão encontros com lideranças negras do estado, visitas a fundações e universidades e abertura de projeto turístico para a Copa do Mundo de 2014.

Seminários fazem parte da programação, que envolve a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), a Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur) e a Empresa de Turismo do estado (Empetur). Visitas a uma comunidade quilombola e a um núcleo de estudos afro-brasileiros e indígenas estimularão os debates sobre políticas públicas e ações afirmativas destinadas à inclusão de grupos socialmente vulneráveis.

Serão realizadas, ainda, manifestações de Xirê e Canto-Toré, em homenagem ao presidente da Palmares, Eloi Ferreira de Araujo. Promovidos pela Comunidade Tradicional de Terreiros de Pernambuco e pelos Povos Indígenas, ocorrerão durante a ação “Pérola Negra do Saber – Treze de Maio não é dia de negro!”, que objetiva, também, contribuir para a reflexão sobre a condição atual destas populações.

Xirê

Xirê é um rito caracterizado por uma série de cantigas e toques de instrumento executados durante as festas de candomblé. Há uma sequência pré-estabelecida de cantigas para todos os Orixás, começando com as cantigas de Ogum e seguindo-se as de Oxossi.

Fonte: Wikipedia

Toré

É dançado ao ar livre por homens e mulheres que, aos pares, formam um grande círculo que gira em torno do centro. Cada par, ao acompanhar os movimentos, gira em torno de si próprio, pisando fortemente o solo, marcando o ritmo da dança, acompanhado por maracás, gaitas, totens e amuletos e pelo coro de vozes dos dançarinos, que declamam versos de difícil compreensão, puxados pelo guia do grupo, no idioma da tribo.

Fonte: Blog “Índios, nossos antepassados, nossos irmãos”.

Programação

10 de maio
20h, Olinda – Jantar com lideranças do Movimento Negro e personalidades negras do estado.

11 de maio
08h, Olinda – Café da manhã com lideranças culturais de afoxés, maracatus, quilombolas, comunidades tradicionais de terreiros, legislativo e executivo de Olinda e do estado no Quilombo Xambá, bairro de Portão do Gelo.

10h, Olinda – Visita à turma de alunos sacerdotes e sacerdotisas e do curso Língua e Cultura Yorubá do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABIs), da Fundação de Ensino Superior de Olinda (Funeso), no Campus da União das Escolas Superiores de Olinda.

12h30, Olinda – Almoço com professores e gestores públicos.

15h, Olinda – Abertura do projeto: Turismo Étnico nas Comunidades de Terreiros e Quilombolas em Pernambuco – Copa 2014, na Empetur e Setur de Pernambuco. Recepção pelos Tambores Falantes de Pernambuco – Secretário de Turismo do Estado e Presidente da EMPETUR, André Correia, e outros Secretários de Estado.

19h, Recife – Abertura da segunda turma do curso de Formação para as Comunidades Tradicionais, de Terreiros e Povos Indígenas (Sacerdócio das religiões de matrizes africanas, afro-brasileiras e indígenas), na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Oferta de Xirê e um Canto-Toré, Comunidade quilombolas.

 

Fonte: http://www.palmares.gov.br

Mestres de capoeira de Cubatão são nomeados Diretores Regionais pela Federação Paulista

A cerimônia ocorreu no dia 30 de maio, na Câmara Municipal de Osasco

No último domingo, 30 de maio, na Câmara Municipal de Osasco, em São Paulo, os senhores Fábio de Oliveira Reis (Mestre Cabrito) e Marivaldo Souza Santos (Professor Coelho), ambos do Grupo de Capoeira Meninos Guerreiros de Cubatão foram nomeados Diretores Regionais, sendo reconhecidos oficialmente como representantes legais da Federação Paulista de Capoeira, no Município.

As nomeações foram frutos do reconhecimento do trabalho realizado por ambos, há mais de 20 anos, em prol da capoeira no Município. Na promoção de cursos, eventos culturais e esportivos, que difundiram a modalidade na Cidade. No evento, além das nomeações, houve o encontro de líderes de capoeira do Estado de São Paulo e as homenagens aos mestres e profissionais do Projeto São Paulo é uma Escola.

Participaram da cerimônia Osvaldo Verginio (Presidente da Câmara Municipal de Osasco), Mestre Carlão (Presidente do Projeto SAPOS), Mestre Valdenor (Presidente da Confederação Internacional de Capoeira – CIC), Mestre Marcial (Presidente da Federação Brasileira de Capoeira – FBC), Professor e Mestre Ronaldo Rogério de Oliveira Souza (Presidente da Federação Paulista de Capoeira – FPC) e do Professor e Mestre João Moreira (Vice-presidente da Federação Paulista de Capoeira – FPC).

Fonte: http://www.cubatao.sp.gov.br/

Piracicaba: 9º Encontro de culturas negras e 2º Seminário de Capoeira

A Associação Resgate da Capoeira “Mestre Mysso” e o Centro de Documentação , Cultura e Política Negra de Piracicaba, vinculado à Secretaria Municipal da Ação Cultural -SEMAC, realizam nos dias 28 e 29 de maio o 9º Encontro de Culturas Negras e 2º Seminário de Capoeira de Piracicaba, com o apoio da Prefeitura do Município de Piracicaba, SEMAC, SIEMACO, Difusão Cultural Afro-Brasileira e PR produções e eventos.

O evento terá espaço nas dependências da Sociedade Beneficente Treze de Maio e comemora os 30 anos de capoeira do Mestre Mysso e os 10 anos da Associação Resgate da Capoeira. No programa do evento estão inclusos palestras educativas, apresentação de jongo, Hip Hop, Batuqye de Umbigada, Oficina de Maculêlê e Oficina de Capoeira Angola e regional.

Programa

Sexta-feira, 28 – 19h00 – Abertura oficial; 19:30h – Oficina de Capoeira de Angola com Contra – Mestre Cenorinha; 20:30h – Apresentação de Batuque de Umbigada; 21:00h – Roda Livre de Capoeira e 22:00h – Encerramento.

Sábado, 29 – 8:30h – Oficina de Capoeira de Angola com Mestre Bigo ( aluno de Mestre Pastinha); 10:00h – Oficina de Capoeira com Mestre Biné (São Paulo) ; 11:00h-Oficina de Maculelê com Contra Mestre Rasta ( Ribeirão Preto); 12:00h – Intervalo para Almoço; 13:00h – Oficina de Capoeira Regional com Mestre Luizinho ( filho de Mestre Bimba ); 14:00h – Apresentação de Jongo; 14:30h – Seminário de Capoeira com : Dra . Letícia Vidor de Souza Reis, Mestre; Luizinho e Mestre Marrom; 16:00h – Oficina de Capoeira Angola com Mestre Marrom ( Rio de Janeiro); 17:00h – Batizado de novos Alunos da Associação Resgate da Capoeira e   19:00h – Jantar de Confraternização com todos os presentes.

As Oficinas são gratuitas (os que desejarem participar da Oficina de maculelê, deverá trazer duas madeiras de mais ou menos 60 cm), o almoço é por conta de cada pessoa. O jantar é parte integrante do evento. Confirmar presença até o dia 20 de maio.

Serviço

Informações com mestre Mysso e-mail: resgatedacapoeira@yahoo.com.br

Sociedade beneficente 13 de Maio – Rua Treze de Maio nº 1118 – Centro –

CONTATOS com Mestre Mysso (Rodemilson Laércio Theodoro): 19) 3035-2386 e 9682-6903

 

Fonte: http://www.canalrioclaro.com.br

Foto: Jornal do Capoeira – http://www.capoeira.jex.com.br

RJ: 20º Encontro de Capoeira Regiangola

Oficinas, cursos e palestras serão oferecidos durante todo o mês de maio

Desde o início deste mês e até o dia 30, a capoeira será tema principal em Teresópolis. Promovido pelo Mestre Sorriso, junto ao SESC-Rio e a Secretaria de Cultura, o 20º Encontro de Capoeira Regiangola reunirá durante todo o mês de maio alunos e interessados no esporte em cursos, oficinas, debates e palestras, finalizando o encontro com a entrega das cordas de graduação aos alunos do Regiangola.

“No último dia, no ‘aulão’, virão grupos de vários municípios como Macaé, São Gonçalo, Rio de Janeiro, para participar, além de quatro alunos da Itália, onde temos pólo há 3 anos, para receber aqui a corda”, explicou o Mestre Sorriso. De acordo com ele, todas as ações são abertas ao público, mas é necessária a inscrição pelo telefone 9236-0084, pois as oficinas serão em diferentes lugares.

Segundo Mestre Sorriso, a capoeira é muito bem vista internacionalmente, mas o brasileiro mesmo não dá tanto valor. “Os alunos de fora são mais interessados, prestam atenção em cada movimento e são extremamente dedicados. No Brasil, não são todos os alunos que são assim, são poucos na verdade. Acho que é porque a cultura é nossa, e vivenciamos muito, e acaba que não se dá tanto valor”, comentou. Ressaltando que atualmente a capoeira já conta com confederações internacionais, Mestre Sorriso afirmou que o objetivo é bem claro: a profissionalização e a busca de espaço nas Olimpíadas.

Os apoiadores do 20º Encontro de Capoeira Regiangola são: Lojas Bom Preço Auto Peças, Photo Santa Tereza, Tepel Pneus, Papelaria Globo, Posto Rezende, Neoderm, Só Cartuchos, Versom, Sérgio Gravações, Diário TV, TV Cidade, Rede Rio TV, Tere TV, SESC, LTD e Prefeitura de Teresópolis.

 

Fonte; http://odiariodeteresopolis.com.br

ACANNE: Programação de Maio

Maio: Abolição?

Em Maio, é o momento de nos questionarmos que espécie de abolição foi realizada, que liberdade queremos e como conquistá-la.

Importantes guerreiros da luta popular serão homenageados: Mestre Caiçara, Milton Santos, Malcolm X e Bob Marley.

Os debates relativos aos temas de sexta se concentrarão durante a semana, permitindo que os corpos se expressem livremente no ritual da roda.

Nosso quilombo continua de portas abertas. Axé!!!

 

7 – SEXTA – Roda de capoeira angola em homenagem ao nascimento de Milton Santos (dia 3) e Mestre Caiçara (dia 8)

14 – SEXTA – Roda de capoeira angola em homenagem à passagem de Bob Marley (dia 11), ao nascimento de Malcolm X (dia 19) e questionamento à falsa abolição.

21 – SEXTA – Palestra com Eduardo Oliveira: “A cosmovisão africana e a capoeira angola”. Roda de capoeira angola e mesa de frutas.

28 – SEXTA – Roda de capoeira angola em homenagem ao Dia da África (25) e aos nossos ancestrais.

 

São duas velas acesas, um cova cavada, entra eu ou você.

Vou pedir licença à morte pra jogar.

Só basta nós morrermos, colega velho, no dia que Deus quiser…

Mestre Caiçara

 

Capoeira Angola e Harmonia Ancestral

 

A possibilidade de nos harmonizarmos com a natureza, nos integrando ao todo (a Divindade) através do retorno à ancestralidade, foi uma das grandes lições da palestra de Jorge Conceição. Segundo ele, as desigualdades sociais e a agressão à natureza são resultantes do mesmo padrão de pensamento racionalista, cartesiano e eurocêntrico. A capoeira angola, imitando movimentos de animais e nos permitindo conhecer o corpo, nos propicia uma sintonia com o cosmos e é uma via de profunda transformação espiritual, social e ambiental.

 

Em Abril, começamos nossa compostagem orgânica com as cascas de frutas das sextas-feiras. Em breve, nossa horta comunitária poderá ser saboreada em companhia dos malungos.

Paulínia: Festival Nacional de Capoeira e Cultura Popular

Terceiro Festival Nacional de Capoeira e Cultura Popular acontece em abril e maio em Paulínia

O primeiro dia do Terceiro Festival Nacional de Capoeira e Cultura Popular acontece dia 24 de abril, em Paulínia, na Câmara Municipal. O evento começa às 9h e se estende ao longo do dia.

Na ocasião, os participantes vão debater o reconhecimento da capoeira enquanto profissão, meios de inclusão social por meio da prática do esporte e os horizontes da capoeira no Brasil e exterior.

No dia 9 de maio, no Theatro Municipal Paulo Gracindo,  das 14h às 21h, será comemorado o 36° Festival e haverá o “Primeiro Aulão de Capoeira Aberto de Paulínia”. Iram participar os mestres Tucano Preto, Marrudo, do Ceará, Tupeta, Cláudio e Tubarão, convidado especial da Suécia. Após as rodas de capoeira, apresentações individuais, troca de formatura e troca de cordas grupos de pagode vão encerrar o evento.

As atividades estão sendo organizadas pela Associação Educacional e Cultural de Capoeira Rainha do Engenho, com coordenação geral do Mestre Domingos.

Para outras informações ligue para (19) 3933-2003, 8152-1874, 9203-4435, ou mande e-mail para: mestre.domingos@hotmail.com.

 

Fonte: Paulinia News – http://www.paulinianews.com.br/