Blog

marciais

Vendo Artigos etiquetados em: marciais

I Mostra Nacional de Produção Científica em Lutas

1.ª Mostra Nacional de Produção Científica em Lutas é a novidade mais aguardada da 4ª Convenção Internacional de Artes Marciais (2013).

Sucesso de público e crítica por 3 anos consecutivos, a 4ª Convenção Internacional de Artes Marciais e Modalidades Esportivas de Combate será agraciada por uma novidade imperdível: A 1ª Mostra Nacional de Produção Científica em Lutas.

Os organizadores esperam com isso, não só constituir novo espaço físico e virtual de divulgação sobre os avanços na Ciência das Artes Marciais, como disponibilizar aos participantes da Convenção, atualização in loco, com os mais recentes trabalhos publicados.

Além disso, segundo Leandro Paiva, coordenador geral da convenção, existem três vantagens adicionais em participar da Mostra: a primeira é a seriedade e competência com que será conduzida, pois o coordenador técnico, Fabrício Boscolo Del Vecchio, além de faixa preta, é considerado o maior pesquisador brasileiro sobre o tema, com participação em mostras científicas no exterior, mais de 50 artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais, além de livros e capítulos de livros.

A segunda vantagem é que os trabalhos serão organizados, registrados em cartório e publicados em PDF como “Anais da 1ª Mostra Nacional de Produção Científica em Lutas”, com a possibilidade de alocar em futuro próximo os resumos e artigos completos na plataforma Scielo ou em Revista Online especialmente desenvolvida para isso.

Por fim, quem se inscrever na Mostra Científica automaticamente poderá participar neste dia da Convenção, gratuitamente, de todos os cursos com certificado.

 

Para saber mais e se inscrever, direto pelo site oficial: http://eventos.tatame.com/

Lázaro Ramos grava cena de luta: capoeira x jiu-jítsu

Trama retoma episódio histórico que marcou a popularização da capoeira

Lázaro Ramos ensaia coreografia de luta com Walter, Cocoroca (boné) e o dublê Rodrigo Oyie (de costas)

Um combate emocionante entre a capoeira e o jiu-jítsu, em Lado a Lado. De um lado do ringue, Zé Maria (Lázaro Ramos), do outro, o grande campeão de artes marciais Jun Murakami, professor de luta contratado pela Marinha. A gravação dessa cena exigiu espírito guerreiro de todos: Lázaro Ramos ensaiou exaustivamente todas as coreografias, foram recrutados 150 figurantes e montado um cenário que reproduz um pavilhão de lutas em 1910. Seriam os primórdios do MMA (sigla para Artes Marciais Mistas, em inglês)?

“A gente sempre se pergunta: o que acontece se uma pessoa de um estilo de luta enfrentar outra, de outro estilo? Inclusive eu fiquei sem entender como é que ia funcionar a cena, mas acabou indo bem”, conta Lázaro Ramos. A mistura de estilo de lutas está presente até no texto da cena, como lembra o ator: “Tem uma frase do texto que é boa, que o Jonas fala: ‘Imagina se alguém um dia junta jiu-jítsu com capoeira? Vai ser imbatível!’. No ensaio a gente falava de brincadeira: ‘Pô, Anderson Silva!’. De qualquer forma, quem for fã de MMA, vai se inspirar.”

 

Fonte: http://tvg.globo.com

1º Meeting Brasileiro de Ciências das Artes Marciais

O 1.° Meeting Brasileiro de Ciências das Artes Marciais é um evento nacional, cuja proposta é agregar conhecimentos aprofundados sobre aspectos da Preparação Física de Lutadores e, também, relacionado ao curso-tema principal do evento, apresentar proposta brasileira e mostrar na prática como deve ser avaliada a força, velocidade e potência dos principais golpes nas Lutas, Artes Marciais e Modalidades Esportivas de Combate, com destaque especial para o MMA.

Site oficial (inscrições):http://eventos.tatame.com/

Público alvo
Fãs de artes marciais e interessados em geral, praticantes, atletas, técnicos, profissionais e estudantes de Educação Física, Fisioterapia e Medicina.
Objetivo
Difundir a Ciência das Artes Marciais; Democratizar informações de difícil acesso; Fomentar troca de informações e contatos entre profissionais de diversas regiões do País e, por fim, ensinar na prática como o dia a dia da Ciência aplicada às Artes Marciais deve ser algo simples e fácil de executar.
Passaporte Garantido
Todos os participantes do Meeting terão acesso à feira Arnold Classic Brasil em todos os dias do evento.
Inédito
Pela primeira vez no Brasil, todo material coletado será filmado, editado e divulgado em um programa especial de um Canal de TV.
Pagamento
Pode ser feito com cartões VISA, AMEX e MASTERCARD. Aceitamos PAYPAL e boletos bancários. Em até 10 X sem juros.
*Certificado Garantido de participação no 1ª Meeting de Ciência das Artes Marciais (Registro e chancela com número de horas)
*Conteúdo à “La Carte”: você escolhe em qual participar, sem obrigatoriedade de assistir, necessariamente, todas as aulas do cronograma. Assista somente o que lhe interessa!
*Presença de campeões de MMA do UFC
*Diversas aulas práticas
1.° Meeting Brasileiro de Ciências das Artes Marciais

PFC Manhuaçu é sucesso na segunda edição

As dependências do Ginásio Poliesportivo Osvaldo Sad ficaram lotadas no último sábado, dia 9, para acompanharem a luta de artes marciais mistas que conquistou o Brasil. Esta foi à segunda edição do PFC Manhuaçu com lutadores da cidade e dos municípios de Lajinha, Caratinga, Alegre, Matipó, Iúna, Teófilo Otoni e Belo Horizonte.

A sigla MMA, que significa artes marciais mistas, inclui golpes de luta em técnicas de luta no chão vem chamando a atenção e novos adeptos. As artes marciais podem ser praticadas como sendo um esporte de forma regular ou em torneios, em que dois concorrentes tentam derrubar um ao outro.

O coordenador do evento, Jefferson Rocha destaca a importância do PFC Manhuaçu. “Isso está fazendo crescer a vontade de muitos praticarem o MMA. São combates que utilizam uma grande escala de técnicas permitidas, como golpes com os punhos, pés, cotovelos, joelhos, além de técnicas de imobilização, como lances e alavancas”, explica. O coordenador espera que, a partir de agora a cidade fique conhecida também como a “terra do MMA”, numa comparação com a força que o café tem. “Colocamos uma estrutura de padrão internacional, já que temos muitos atletas profissionais, que disputam MMA em outros estados e estiveram em Manhuaçu”, ressalta Jefferson Rocha.

VEJA AS PRINCIPAIS FOTOS

Marco Antônio (Marcão) se diz otimista depois da 2ª etapa do MMA e pede aos empresários que dêem o apoio necessário para patrocinarem o esporte na cidade. Marcão enaltece que outras regiões já estão tendo notícias do nível do evento de Manhuaçu e querem que as apresentações também aconteçam em outras partes do estado de Minas e Nordeste. “O MMA é uma modalidade de luta em que os praticantes não precisam seguir necessariamente um estilo específico de luta, por isso o nome de Artes Marciais Misturadas. O importante é que estamos fazemos algo de bom para Manhuaçu”, garante Marco Antônio.


RESULTADO DO CARD DO PFC MANHUAÇU 2ª ETAPA

No primeiro combate, Edinho – Capoeira Corpo e Ginga – Manhuaçu conseguiu vencer pela desistência de David Dutra – Jiu-jitsu – Academia Pit Bull – Manhuaçu.

Na segunda luta da noite, Pires – Jiu-jitsu – Equipe União – Iúna – ES venceu por submissão o lutador de Jiu-jitsu Vagner – Jiu-jitsu – Lajinha.

Já no terceiro combate, Plinio Ferreira – Jiu-jitsu- Equipe Fight Center – Lajinha superou Thiago Monteiro – Jiu-jitsu- Equipe Detroit MMA Belo Horizonte. Também finalizou a luta por submissão.

Henrique Batista – Equipe Maguila JJ Team / Full House e Detroit MMA – Linhares – ES venceu o capoeirista Bruno Ricardo – Capoeira Corpo e Ginga – Matipó, também por submissão.

Ratinho – Jiu-jitsu – Caratinga venceu Jorge “Wolverin” – Jiu-jitsu – Governador Valadares.

Asci – Jiu-jitsu – Equipe União – Iúna – ES venceu Rodrigão Jiu-jitsu – Equipe Detroit MMA – Belo Horizonte.

Lucas Gil – Jiu-jistu – Equipe One Teófilo Otoni  venceu por nocaute técnico Fernando “Pé Quente”, da Capoeira – Vilanova (Manhuaçu).

Ulisses – Sanshou – Equipe Strikers – Alegre ES superou por nocaute Ailton “Punho de ferro” – karate, capoeira – Santo Antônio do Grama – MG

http://www.portalcaparao.com.br

São Paulo: Prêmio Top Brasil de Artes Marciais

O Prêmio Top Brasil de Artes Marciais é a maior premiação jamais vista no país que visa o reconhecimento público dos mais variados destaques no ano de 2011. Serão confirmados os vencedores no dia 03/12 (Cerimônia de Homenagem) e no dia 04/12 haverá o evento comemorativo no Ginásio do Ibirapuera.

Para participar do evento de premiação, como candidato ou como expectador, visite o site da empresa promotora Forseti Eventos Esportivos (www.grupoforseti.com.br), ou ainda o site da CBKFS (www.cbkfs.com.br). Sobre o campeonato visite o site www.fatshan.com.br.

Existem várias categorias de premiação, divididas por modalidade marcial e entre os principais estilos de cada segmento. O Brasil vai conhecer, finalmente, quem são os talentos que fazem da arte marcial um espetáculo impressionante e cada vez mais crescente.

No evento do dia 03/12, além da revelação e premiação dos talentos marciais, haverá ainda brilhantes apresentações marciais realizadas pelos TOPs de cada segmento. Brevemente será divulgada uma lista prévia com nomes já confirmados.

Se você deseja estar nesta festa, ao lado de nomes consagrados das artes marciais, para fazer contatos, colher autógrafos, tirar fotos, se apresentar, ou para qualquer outro objetivo, GARANTA JÁ O SEU INGRESSO, pois as vagas são limitadas.

Outras informações também podem ser obtidas pelo e.mail: academias@ig.com.br, ou pelos telefones (11) 6134-9081 / 7508-9942. No site do Grupo Forseti você encontra outros telefones para contatos.

Com cobertura garantida pela Revista Academias, o evento terá a presença também de empresários, patrocinadores, políticos e celebridades que estão contribuindo para o crescimento do setor marcial no Brasil.

Não fique de fora e não perca a oportunidade de estar ao lado do maior time marcial do país.

Mato Grosso do Sul: 10º Festival de Artes Marciais e Lutas

Mestres e atletas de artes marciais repudiam associação do esporte com a violência

Durante o 10º Festival de Artes Marciais e Lutas de Mato Grosso do Sul, que acontece em Campo Grande neste fim de semana, estão reunidos no Ginásio Guanandizão 1.800 atletas, além de pais, treinadores e admiradores dos esportes.

Com as lutas em evidência no evento, o Midiamax foi conversar com pais, atletas e treinadores sobre a importância de ressaltar a prática esportiva e evitar as agressões físicas.

O professor Bento Vanildo Campos, de 52 anos, é proprietário de uma academia de boxe há dez anos em Ponta Porã e responsável por orientar vários atletas. Ele explica que nos treinamentos os alunos aprendem a não praticar violência e lutar por esporte, apenas.

“Quando um atleta se apresenta mais violento nós conversamos com ele e com os pais, dou exemplo de atletas renomados e fazemos treinamentos mais específicos com o aluno para ele gastar as energias dentro da academia”, destaca o professor.

Nauir Riods, de 14 anos, começou a treinar boxe com dois anos de idade, acompanhando sua irmã nas aulas. “Gosto de lutar, mas só dentro do ringue”, diz Nauir enquanto olha fixamente para o ringue, onde acontecia uma luta.

A mãe Marenil Fátima da Silva, de 45 anos, se enche de orgulho ao ver seu filho, atleta de karatê, Victor Hugo, de seis anos, ganhar uma luta no tatame. Marenil explica que seu filho começou a treinar no ano passado na escola e que adora o esporte.

Ela diz que Victor é um menino muito calmo e que o karatê ajuda em seu desempenho escolar e físico. “Não tenho medo dele se tornar violento, porque sei que o treinador ensina como ele deve agir”, destaca.

Já Lucas Ramos de Campos, de 23 anos, seis dos quais dedicados a capoeira e diz que aprendeu a modalidade em um projeto sócioeducativo da Capital. Para ele, pessoas que usam os golpes que aprendem nos esportes para brigar são covardes. “É uma covardia, porque a pessoa que luta sabe os pontos fracos do adversário e pode machucá-lo”, diz.

Lucas ainda ressalta que nunca se envolveu em brigas e nunca usou os golpes que aprende nas aulas de capoeira fora da academia, nem mesmo para defesa pessoal, além disso, explica que se alguém de seu grupo se envolver em brigas, é punido dentro da academia.

Atletas de 11 modalidades estão reunidas, sendo karatê oficial, kung-fu kuoshu, jiu-jitsu, taekwondo, muay-thai e judô, karatê tokay-kan, kung-fu wushu, lutas associadas e boxe.

 

Fonte: http://www.midiamax.com/

 

Tekken o filme

O famoso Eddy Gordo que começou com o grande Mestre Marcelo Caverinha que vive na California, e colocou todos os seus movimentos de sua capoeira plástica e eficiente, nos deixando o maravilhoso jogo para video game, que a melhor jogabilidade é com este personagem o Eddy, que agora no filme é protagonizado por Lateef Crowder *.

O foco do filme é em Heihachi Mishima, o líder da organização corrupta Tekken que está sendo investigado por assassinato. Em 2039, ele inicia um torneio de artes marciais para eleger o “Rei do Punho de Ferro”, lutador que ganhará a chance de se tornar seu guarda-costas pessoal. Porém, conforme alguns lutadores se reúnem, percebem que estão ligados por algo mais que seu desejo em parar com o reinado de Mishima.

Read More

Paulínia: Secretaria de Cultura irá promover semana de Capoeira

A partir do dia nove de maio, a Secretaria de Cultura com o apoio da Prefeitura Municipal de Paulínia irá promover a Semana da Capoeira. O evento contará com apresentações e palestras sobre uma das mais antigas formas de cultura popular, que mistura dança com arte marcial.

A programação será realizada nas instalações do Theatro Municipal da cidade.

O projeto foi divulgado através do Secretário de Cultura Emerson Alves, na última segunda feira, na primeira audiência pública do fungo municipal de cultura. O Secretário foi questionado sobre a falta de apoio a projetos na área de conscientização á cultura negra.

A Capoeira

A capoeira é uma expressão cultural brasileira que mistura luta, dança, cultura popular, música esporte, artes marciais e ás vezes até brincadeira. Desenvolvida no Brasil por escravos africanos e seus descendentes, é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, utilizando os pés, as mãos, a cabeça, os joelhos, cotovelos, elementos ginástico-acrobáticos, e golpes desferidos com bastões e facões, estes últimos provenientes do Maculelê. Uma característica que a distingue da maioria das outras artes marciais é o fato de ser acompanhada por música.

 

Fonte: http://portaldepaulinia.com.br/

CREF X Profissionais da Capoeira: Aprovação da Lei 1371/07

A Comissão de Educação e Cultura aprovou nesta quarta o Projeto de Lei 1371/07, da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), que determina que os  conselhos regionais  e federal de Educação Física CREF não podem fiscalizar e nem exigir o registro de profissionais de dança, capoeira, ioga, artes marciais e pilates.

Para o relator da proposta, deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), que é formado em Educação Física, a atuação dos conselhos é equivocada desde o ponto de vista cultural.

Na sua avaliação, há uma nítida diferenciação no ensino dos profissionais de dança, que é feito em suas faculdades específicas, e os conteúdos que são desenvolvidos nas escolas de educação física no tocante à dança e às atividades corporais.

Nova regulamentação:

“São duas questões distintas. Acho que fizemos justiça e estamos reconhecendo agora a necessidade do próximo desafio: que é desmembrarmos a lei que regulamenta a profissão de artista, que tem mais de 40 anos, com uma nova proposta de lei para a profissionalização da dança no Brasil”, informou a deputada. “É um compromisso que nós temos e vamos apresentar a partir de agosto.”

Profissionais da dança que acompanharam a votação aplaudiram a aprovação da proposta. A principal queixa desses profissionais é a de que os fiscais dos conselhos buscam fechar academias de dança porque os profissionais não são formados em educação física.

Tramitação

O projeto ainda será analisado, de forma conclusiva, pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

(Reportagem de Geórgia Moraes)

TRADUZINDO essa última frase,  significa que esse Projeto de Lei ainda será avaliado nessas Comissões, mas, a princípio, ele está aprovado e não precisa mais ser votado em Plenário. Dessa vez, prevaleceu a justiça e o bom senso sobre as aspirações dos Conselhos Regionais e Federal de Educação Física de encampar as nossas atividades. Este é um momento histórico para todos os profissionais de Yoga, dança, capoeira, artes marciais e Pilates! Namaste, obrigado e parabéns àqueles que tanto lutaram pela preservação dos nossos direitos!

Pedro Kupfer.

Enviado por Mestre Burgues – mestreburgues@hotmail.com

Gabão: Libreville – Apresentações do Raízes do Brasil

Grupo de capoeiristas brasileiros promovem diversas atividades na capital do Gabão

Integrantes do Centro Cultural de Capoeira Raízes do Brasil realizaram diferentes atividades, entre os dias 23 e 26 de maio de 2009, na cidade de Libreville. O grupo é composto por: Ralil Salomão (Mestre Ralil), Carey Million (Guru), George Fredson (Touro), André Costa (Foca), Nagi Ahmad (Nagi) e Rogério do Nascimento (Bocão).

No dia 23, os capoeiristas representaram o Brasil na XVIII Noite de Artes Marciais da Gabão. O maculelê também foi mostrado. As lutas com bastões, facas e navalhas no pé revelaram aspectos marciais que se encontram nas origens da capoeira. Outras modalidades marciais de diversos continentes e de grupos locais integraram evento. A noite contou com público significativo.

A praia, próxima ao Hotel Tropicana, foi palco para a segunda apresentação do Raízes (24/05). O público, formado em sua maioria por jovens, interagiu com a performance, apesar de Libreville não possuir grupos de capoeira. Mostras informais da modalidade, em espaços públicos, também fizeram parte do roteiro do grupo, na segunda-feira, dia 25.

Como última atividade, os capoeiristas visitaram a Escola Piloto São-Tomense, única escola primária local em que o ensino é conduzido em língua portuguesa. Os integrantes fizeram apresentações de capoeira e maculelê e mostraram às crianças vários movimentos de animais. As crianças reagiram positivamente, aprendendo alguns fundamentos da capoeira.  O mestre Ralil presenteou a escola com um berimbau e orientou os estudantes como tocá-lo.

O Diretor do Museu de Artes e Tradições do Gabão também recebeu um berimbau e afirmou que a instituição possui um exemplar do instrumento em seu acervo. Todas as atividades desenvolvidas pelo Raízes tiveram grande repercussão e difundiram a modalidade como importante traço da cultura brasileira.

Fonte: http://www.dc.mre.gov.br/