Blog

mogi

Vendo Artigos etiquetados em: mogi

Mogi Guaçú: Integração entre gerações – “cidadania em ação” leva capoeira aos idosos do centro dia

Integração entre gerações – “cidadania em ação” leva capoeira aos idosos do centro dia

Os idosos assistidos pelo Centro Dia do Idoso tiveram uma tarde diferente nesta terça-feira, dia 23. Eles acompanharam uma apresentação de capoeira feita por crianças e adolescentes de 11 a 14 anos, integrantes do Projeto Cidadania em Ação.

A apresentação, comandada pelo professor Renan Panciera, faz parte de uma iniciativa intergeracional do Centro Dia, com o objetivo de promover a integração dos idosos com crianças, adolescentes e jovens atendidos por outros programas sociais da Secretaria da Promoção Social.

O projeto envolvendo os idosos do Centro Dia começou no dia 14, com a apresentação de poesias, músicas e danças pelos integrantes do Programa Ação Jovem, que envolve adolescentes e jovens de 15 a 24 anos.

Os dois programas são desenvolvidos nos quatro núcleos do Cras (Centro de Referência em Assistência Social) da Prefeitura de Mogi Guaçu. As ações entre gerações envolvendo os assistidos do Centro Dia vão prosseguir em maio.

No dia 8, haverá apresentação de um grupo de dança, às 13h30. No dia 10, pela manhã, apresentação teatral. No dia 14, nova apresentação de dança. Todas as atrações envolvem os adolescentes e jovens do Cidadania em Ação.

Na apresentação desta terça-feira, os idosos assistiram a tudo sem perder um único movimento dos capoeiristas e aplaudiram no final.

 

O professor Renan, de 26 anos, que há quatro anos ministra aulas de capoeira no Cidadania em Ação, revelou ter sido sua primeira apresentação no Centro Dia. Disse que gostou muito da receptividade e que ficou impressionado com a atenção, interesse e respeito demonstrado pelos idosos.

A coordenadora do Cidadania em Ação, Roseane Bassi Vieira, ressaltou que este tipo de evento é importante porque proporciona a troca de experiências, vivências e informações entre as diferentes faixas etárias.

Uma das mais empolgadas com os resultados da apresentação de capoeira foi a coordenadora do Centro Dia, Daniele Aparecida Victal Luiz. Para ela, a energia dos mais jovens contagia os idosos, que sempre demonstram maior disposição depois destas apresentações.

 

Fonte: http://www.portalnovidade.com.br

Aconteceu: VIII Ginga Fest

Batizado e troca de cordas – Capoeira Luanda Mogi Mirim-SP

Em parcerias com a Prefeitura Municipal de Mogi Mirim (Departamento de Promoção Social e Departamento de Cultura e Turismo) aconteceu o oitavo Ginga Fest organizado pelo Núcleo Capoeira Luanda – Mogi Mirim.

O Projeto Capoeiragem começou em janeiro de 2005 com a Supervisão do Contra Mestre Guerreiro e do Instrutor Xavante e com a coordenação da pedagoga Graziete Bronzatto.

Desde seu início e até hoje as aulas de Capoeira e Danças afro-brasileiras são ministradas voluntariamente por Luciano Jannuzzi, Graduado Sofrimento,instrutor de capoeira e professor de Educação Física.
Esse ano participaram do evento cerca de 80 alunos com idade entre 3 e 18 anos.

No dia seguinte, 22 de junho aconteceu o quinto batizado e troca de cordas em Andrada/MG onde o Instrutor Marcão (núcleo-Capoeira Luanda- Andrada) no clima de maior festa, batizou mais de 100 aluninhos com idade entre 4 e 18 anos.

Mogi Mirim: Ginga Fest & Projeto Capoeiragem

O VI Ginga Fest, que acontece neste sábado e domingo, 9 e 10 de setembro, batizará e trocará a graduação de cerca de 160 crianças e jovens que freqüentam o Projeto Capoeiragem, desenvolvido pelo Derel (Departamento de Recreação, Esporte e Lazer) nos núcleos da Comunidade Aimirim da Santa Clara, Vila Dias, Jardim Paulista, Jardim Planalto, distrito de Martim Francisco e Horto de Vergel.
 
A abertura acontece com uma roda de capoeira, no sábado, a partir das 9h, na praça Rui Barbosa. No período da tarde haverá curso teórico ministrado pelo contra mestre Guerreiro, a partir das 14h, no Ginásio "Wilson Fernandes de Barros", no Tucurão. No mesmo local, a partir das 18h, acontecem o batizado e troca de graduações, seguidos pelo roda de capoeira de mestres, contra mestres e professores.
 
O Ginga Fest é uma espécie de vestibular para quem pretende mudar de corda (equivale à faixa no judô). No total, são 16 cordas. A mais alta é a de cor branca, que é a de mestre.
 
O evento prossegue no domingo, no Ginásio do Tucurão, com curso prático ministrado pelo contra mestre Guerreiro, a partir das 9h.
 
 
Inclusão Social
 
O Projeto Capoeiragem conta com a supervisão do professor Vilson Aparecido Ribeiro Rodrigues, o Xavante, do Grupo Candeias de Capoeira, de Mogi Mirim. A modalidade foi introduzida na atual administração com foco na inclusão social de crianças e jovens, entre 4 e 18 anos, que freqüentam os núcleos do Aimirim.
 
No total, já são cerca de 200 capoeiristas que participam das aulas nesses núcleos, as quais são ministradas em dois períodos – manhã e tarde – pelo professor Luciano Jannuzzi. Nos Jogos Regionais disputados recentemente em Bragança Paulista, ele ficou com a medalha de bronze. 
 
 
Fonte: Cosmo Online – http://www.cosmo.com.br