Blog

objetivo

Vendo Artigos etiquetados em: objetivo

Ponto de Cultura e Legião da Boa Vontade firmam parceria

Iniciativa dará continuidade a projeto de capoeira angola

O Ponto de Cultura ‘Batuque de Angola’ e a Legião da Boa Vontade (LBV) firmaram parceria para difundir a arte da capoeira angola. A iniciativa dá continuidade a um projeto que, durante os meses de agosto e setembro, ofereceu aulas de capoeira no espaço do Ponto de Cultura para crianças entre 7 e 11 anos atendidas pela LBV.

Segundo Jaquelene Linhares, coordenadora pedagógica do Ponto de Cultura, o projeto rendeu bons frutos. “As crianças mostraram muito interesse em continuar com as aulas de capoeira e a partir daí nós pensamos em abrir uma turma para que elas possam dar continuidade a essa aprendizagem”.

O projeto de extensão da LBV, coordenado pela educadora social Tatiane Souza, teve por objetivo passar conhecimento teórico e prático sobre a arte da capoeira para as crianças da instituição. “Elas adoraram as aulas. A maioria não conhecia e por não conhecer dizia que era chato, mas no final elas ficaram maravilhadas”, explica.

Para ela, o trabalho de divulgação da capoeira realizado pelo ‘Batuque de Angola’ despertou as crianças para a prática da atividade física aliada à difusão da riqueza da história e da cultura brasileira a partir das raízes africanas. “Durante a oficina elas puderam liberar as energias, conhecer os instrumentos e trabalhar questões como o respeito e a união”, destaca a educadora social.

Ponto

O Ponto de Cultura ‘Batuque de Angola’ atende a crianças e adolescentes do Bairro Industrial com aulas de capoeira e informática. O objetivo do projeto é promover o resgate da identidade cultural ligada às raízes africanas e a promoção da autoestima de jovens da comunidade.

A iniciativa do ‘Batuque de Angola’ é da Associação Abaô de Arte-Educação e Cultura Negra potencializada a partir da parceria da Secretaria do Estado da Cultura (Secult) e do Ministério da Cultura (Minc), através do Programa Cultura Viva. Em Sergipe, 30 instituições são beneficiadas pelo Programa ‘Pontos de Cultura’.

Através dessa parceria, iniciativas e projetos culturais já desenvolvidos por comunidades, grupos e redes de colaboração, são potencializados. Os Pontos de Cultura tem por finalidade fomentar a atividade cultural, aumentar a visibilidade das mais diversas iniciativas culturais e promover o intercâmbio entre diferentes segmentos da sociedade.

Fonte: Agência Sergipe de Notícias

Mulher e a Capoeira foi tema de evento no Centro de Criatividade

Neste sábado, dia 02 de junho, o Centro de Criatividade abrigou o evento ‘Aúa Ananã – Mulher na Roda é Pra Jogar’. A programação teve início às 15h e contou com palestra, apresentações artísticas, oficinas (capoeira angola, capoeira regional, maculelê, samba de roda e percussão), sorteios de brindes e desfile da capoeirista mais bela do Estado.

O evento, que conta com apoio da Secretaria do Estado da Cultura (Secult), pretende reunir mulheres, crianças e idosos em uma tarde de muitas atividades. Segundo uma das organizadoras, Nagile Gama, o objetivo do evento é despertar o olhar para o papel da mulher na sociedade tendo como viés a capoeira.

“A partir desse evento nós pretendemos montar um grupo só de mulheres para mostrar a força que a mulher tem na sociedade. E pretendemos usar a capoeira como um meio, e não como um fim. Esse será o pontapé inicial para uma luta maior”, explica Nagile.

A participação de mulheres e crianças no evento será gratuita, já os homens terão que pagar uma taxa simbólica de R$ 5. Mais informações pelos telefones (79) 9955-4664 e o 8863-7943.

Ascom Secult

Intercâmbio de capoeira em Criciúma

O Projeto Berizabu, difusor da capoeira, reúne todos os núcleos neste sábado, às 9h30min, para um intercâmbio no centro comunitário do Bairro Tereza Cristina, em Criciúma. A atividade incluirá aulões e rodas de capoeira com o mestre Falcão, de Goiânia, e os contramestres Fabinho e Chiquinho, de Florianópolis.

O grupo faz esse evento com o intuito de divulgar ainda mais a modalidade e o convite está aberto a todo o público interessado. De acordo com o facilitador e professor de capoeira da Casa da Família (Cras) do Bairro Santa Luzia, Lucas Barbosa, o Berizabu possui ramificações espalhadas pelo Brasil e até outros países. “Nosso objetivo também é que as pessoas conheçam a nossa linhagem de capoeira, além de fortalecer o vínculo dos próprios alunos da cidade nessa integração”, diz.

 

Fonte: http://www.atribunanet.com

Espanha: A Experiência Pedagógica da Capoeira

Centro de Estudos Brasileiros oferece um espaço para estudantes de doutorado brasileiros expostos à comunidade universitária e seus projetos de pesquisa.

Dentro desta área, próxima sexta-feira, 18 de novembro apresenta o seminário “A experiênciametodológica e pedagógica a arte da Capoeira em escolas públicas e privadas na cidade de Salvador de Bahia, Brasil“, de Jorge Odilon Daltro de Góes.

A capoeira é uma arte interdisciplinar que inclui várias educacionais, culturais, artes marciais e esportes. A arte da capoeira é história, filosofia de vida, música, dança, jogo, luta, ritmo, educação, cultura é a arte de brincar com nossos corpos no tempo e no espaço, não só do ponto de vista de habilidades motoras, mas a contextualização de sua própria identidadehistórica.

O seminário tem como objetivo discutir as bases históricas e ideológicas que fundamentam a arte da capoeira como educação formal, a partir da análise do processo de integração desse fenômeno no contexto escolar. Odilon Góes é advogado, professor e mestre da arte da capoeira, criador da técnica Hidrocapoeira.

programa

Perspectiva histórica comparativa, política e educação eo direito de propriedade pela Universidade de Salamanca.

A entrada é gratuita

Seminario: La experiencia pedagógica de la Capoeira

 

 

Lugar: Palacio de Maldonado-Plaza de San Benito, 1Fechas/Horarios 18/11/2011 – 18/11/2011 12:00

Organiza: Centro de Estudios Brasileños

Contenido: El Centro de Estudios Brasileños ofrece un espacio para que los doctorandos brasileños expongan a la comunidad universitaria sus investigaciones y proyectos. Dentro de ese ámbito, el próximo viernes, 18 de noviembre, se presenta el seminario “La experiencia metodológica y pedagógica del arte de la Capoeira en centros de enseñanza públicos y privados en la ciudad de Salvador de Bahia-Brasil”, impartido por Odilon Jorge Daltro de Góes. La capoiera es un arte interdisciplinar que incluye varios aspectos educativos, culturales, marciales, deportivos y artísticos. El arte de la capoeira es historia, filosofía de vida, música, danza, juego, lucha, ritmo, educación, cultura… es el arte de jugar con nuestro cuerpo en el tiempo y en el espacio, no sólo desde el punto de vista de la psicomotricidad, sino de la contextualización de su propia identidad histórica. El objetivo del seminario es discutir las bases históricas e ideológicas que fundamentan el arte de la capoeira como educación no formal, a partir del análisis del proceso de inserción de este fenómeno en el contexto escolar. Odilon Góes es Abogado, Profesor y maestro del arte de la capoeira, creador de la técnica Hidrocapoeira. Doctorando del programa Perspectivas Históricas Comparadas, la Política y la Educación y Derecho patrimonial” por la USAL. La entrada es libre hasta completar el aforo.

 

Correo: [email protected]

Fax:Teléfono: 923 29 48 25

Persona: Esther Gambi

 


Barra da Coroa: Capoeira & Roda da Amizade

CAPOEIRAS  DE BARRA  DO CORDA FAZEM RODA DA AMIZADE

Os moradores  das proximidades do Morro do Calvário, Centro e Altamira de Barra do Corda, foram surpreendidos na tarde de 31 de dezembro, por uma manifestação singular,  era o cortejo de capoeiras que subiam o   Calvário para realizarem a  segunda edição da Roda da Amizade.

De berimbaus e outros instrumentos de capoeira em punho, os mais de cem capoeiristas de Barra do Corda que participaram da manifestação,  se concentraram na Praça Maranhão Sobrinho, no Centro da cidade e com a alegria da vibração  de seus instrumentos, subiram o morro em cortejo. Na Porta da Igreja,  realizaram a 2ª Roda da Amizade.

O objetivo da manifestação, é lembrar à sociedade cordina  a importância da   capoeira vivenciada em Barra do Corda. A inciativa foi do Grupo Angoleiros da Barra, o GABA Capoeira  Angola, mas contou  com a participação dos alunos do Trabalho Educacional  Roda Mundo-Capoeira Angola, da Secretaria Municipal de Educação de Barra do Corda, cuja coordenação é do professor Irapuru;  do Grupo Passos da Liberdade, do Bairro Altamira, encabeçado pelo Formado Papagaio e pelo Professor Mateus;  e do Mundo Capoeira do Bairro Tamarindo, que tem a frente o Contra-Mestre Macaco.

A  Roda da Amizade  teve início no reveion de 2009, e tem como objetivo principal promover a  confraternização entres os praticantes de capoeira de Barra do Corda, independente de estilo  ou  grupo, e lembrar que um dos maiores ensinamentos da arte capoeira, é a convivência e o respeito entre os diferentes.

O axé foi fortíssimo, e os capoeiras de Barra do Corda saudaram as conquistas de 2010,  tiveram suas energias renovadas para os desafios do ano de 2011 e demonstraram que Barra do Corda tem  inquestionável vocação para a Capoeira.

Ginga Terapia: Capoeira na melhor idade

Atletas da terceira idade participam de grupo de capoeira.

Há dois anos mais de 70 idosos foram convidados a participar do grupo de capoeira.

Autoestima e muita determinação. O projeto “Ginga Terapia” começou em 2004 atendendo crianças e deficientes físicos, mas só há dois anos esse grupo com mais de 70 idosos foram convidados a participar do grupo de capoeira.

Antes dos treinamentos o professor Sérgio Araújo faz uma bateria de exercícios para evitar qualquer distensão muscular. “O nosso objetivo é ajudar os idosos a terem um recurso de saúde”, explica Sérgio Araújo.

 

Fonte: http://gazetaweb.globo.com

São Gonçalo: JICAP – Jogos Infantis de Capoeira 2010

Rio de Janeiro: Fazenda Columbandê recebe Jogos Infantis de Capoeira.

Os Jogos Infantis de Capoeira 2010 (JICAP) serão realizados neste sábado, a partir das 9h, na Vila Olímpica da Fazenda Colubandê, em São Gonçalo.

Logo após a abertura oficial, os presentes poderão assistir a um aulão de capoeira com a participação de todos os inscritos. Só então, começa a competição, com os atletas divididos por faixa etária em três categorias :

  • A atletas de até 16 anos
  • B atletas de até 12 anos
  • C atletas de até 7 anos

Os Jicap tem como objetivo a cooperação entre os participantes e não a disputa competitiva tradicional dos demais esportes. Também por isso, a capoeira é uma atividade que promove forte integração social, com a participação de todas as classes sociais e visa o respeito e a amizade dos atletas.

 

Fonte: http://oglobo.globo.com/

Brincando com a Arte do Movimento

Projeto inédito de capoeira do Objetivo Sorocaba extrapola a sala de aula e vira livro e CD

  • Intitulado “Brincando com a Arte do Movimento”, projeto visa transmitir valores culturais e educacionais aos estudantes através da capoeira.
  • Mestre Moraes, reconhecido internacionalmente, encanta-se com o projeto realizado por alunos, pais e professores.

Um projeto inédito envolvendo alunos, pais e professores do Objetivo Sorocaba extrapolou os muros da escola e ganhou um seleto espaço junto dos livros e CDs educativo-culturais.

Intitulado “Brincando com a Arte do Movimento”, o projeto consiste em aulas de capoeira voltadas a alunos da Educação Infantil até o Ensino Médio, com o intuito de transmitir valores educacionais e culturais através da prática desse esporte.  Diferentemente de como acontece na capoeira comum, as aulas não são ministradas com o objetivo único de se ensinar a jogar o esporte, mas sim de passar uma nova arte aos estudantes e ensinamentos importantes à convivência pacífica e harmoniosa entre todos.

Os resultados positivos desse trabalho, que vem sendo realizado há cinco anos, superaram as expectativas e acabaram por dar origem a um livro e um CD com ilustrações e letras de músicas feitas por alunos, pais e professores.  Pela sua relevância cultural e ineditismo, o trabalho também ganhou a atenção e o apadrinhamento do mestre capoeirista “Ginga”, do Centro Cultural de Capoeira Irmãos Unidos, parceiro da escola nesse projeto.

O Mestre Moraes, conhecido internacionalmente e considerado o maior divulgador da capoeira no mundo, também tomou conhecimento do projeto e interessou-se, inclusive, por sua divulgação. Capoeirista preocupado com a musicalidade da capoeira, Mestre Moraes já recebeu uma indicação, em 2004, para concorrer ao Grammy com um disco do gênero. “A importância do projeto está, justamente, no resgate de um elemento de suma importância na prática da capoeira: a musicalidade, que tem sido colocada em segundo plano graças à supervalorização dispensada à vertente esportiva da capoeira. O Projeto pode contribuir para que a história da nossa sociedade seja contada às nossas crianças de forma lúdica, mas objetiva”, afirma o Mestre.

Moraes ainda ressalta a importância da obra extraída no “Brincando com a Arte do Movimento”, pois, segundo ele, o objeto da música de capoeira é a comunicação de fatos relacionados a um determinado grupo social através de códigos, só conhecidos por aqueles que pertencem a um grupo identitário. “Comungo com a ideia do projeto e pretendo divulgá-la para que outros professores de capoeira possam formar capoeiristas completos. Aqui na Bahia já temos várias escolas que têm a capoeira em sua grade curricular, mas observo que a preocupação da maioria dos professores é com a formação de atletas”, avalia.

Sobre o CD, o professor Cristiano Aparecido Amancio dos Santos, coordenador das atividades com capoeira da unidade Portal da Colina do Objetivo Sorocaba e idealizador do projeto, conta que se tratou de atividade interdisciplinar. “Para elaborar a capa do CD com as músicas cantadas pelos alunos, um professor fez o desenho, as crianças do Infantil foram as responsáveis pela pintura e o Ensino Médio é quem fez o acabamento, tudo isso durante as aulas, o que integrou várias disciplinas”, conta.

Cristiano ressalta a importância dessa iniciativa para a formação das crianças e jovens. “No ‘Brincando com a Arte do Movimento’, a capoeira vem como estratégia de contribuição na formação educacional desses alunos. Eu costumo dizer que, no trabalho com a capoeira durante as aulas, não estou formando capoeiristas, estou formando cidadãos, pessoas e que esses aprendem brincando o que ninguém consegue ensinar”, diz.

O professor ainda comenta que a ideia da produção de um livro e um CD surgiu de uma necessidade encontrada durante as aulas de capoeira. “No início, as crianças tiveram certa dificuldade em entender a cultura capoeirista. Por exemplo, muitas músicas apresentavam letras antigas com as quais os alunos não se identificavam e não entendiam. Foi dessa oportunidade que surgiu a ideia de realizarmos um trabalho onde eles próprios pudessem criar as letras das músicas para jogarem nas aulas. Eles inventam, cantam e adéquam isso a algumas coisas já prontas da capoeira, contando também com a ajuda dos pais na elaboração das letras”, revela.

O “Brincando com a Arte do Movimento”, continua o professor, também chega com a missão de quebrar tabus e preconceitos. “Insisti nesse projeto, principalmente, porque as pessoas julgam a capoeira sem conhecer. Existe, de fato, um preconceito sobre o esporte, mas a capoeira pode sim ser um agente de formação pessoal. Por isso mesmo, trouxemos os pais dos estudantes interessados para mais perto de nós para que pudessem conhecer o intuito dessas aulas e eles também se encantaram”, expõe.

O CD e o livro “Brincando com a Arte do Movimento” poderão ser encontrados nas unidades do Objetivo Sorocaba – Centro e Portal da Colina – e pelo site da editora Publit (www.publit.com.br).

 

Fernanda Burattini
Q! Notícia Comunicação
15 81191331
15 33262224

Maresias: Projeto Mareginga

O projeto Mareginga conta hoje com mais de 100 crianças da comunidade de Maresias e é realizado na escola municipal do bairro há 04 anos.

A associação cultural e esportiva de maresias tem como objetivo principal a inclusão social de crianças e jovens do bairro através de práticas culturais e esportivas.

A manifestação que está como carro chefe que engloba esporte,cultura e lazer por enquanto é a capoeira,onde tenho o apoio de muitos que estou enviando este email e ja temos quase 200 alunos do bairro de maresias e paúba treinando regularmente e gratuitamente a capoeira.

Com a associação(que é uma entidade sem fins lucrativos) o objetivo além de incluir e resgatar esportes e manifestações culturais tipicas do local são:

  • -Construção de sede própria
  • -palestras sobre problemas vividos na infancia eadolescencia(drogas,orientação sexual eprofissional)
  • -inclusão digital
  • -encaminhamento de jovens a cursos profissionalizantes e universidades
  • -resgate de jovens com passagens pela polícia e tentativa de incluilos a sociedade
  • -trabalho c a terceira idade e portadores de nescessidades especiais
  • -parceria com ongs,associações,empresas,governo pessoas fisicas e juridicas

Quem conhece meu trabalho sabe que estamos indo aos poucos mas sem perder tempo e evoluindo a cada ano,o bem comum ja esta sendo feito.

Tenho certeza que com a união de todos nosso bairro vai se tornar exemplo para o Brasil e o mundo.ea intenção é espandir o trabalho para outros bairros desão sebastião onde ocorrem o crescimento desordenado de população acho q só com iniciativas como essa é que poderemos criar um lugar melhor para seviver e se frequentar.

O estatuto da associação em breve estará no nosso site www.mandingamaresias.com.br preciso de orientações eapoio nesse trabalho como disse é um trabalho conjunto,todos quequiserem poderão se associar e participar.

Agradeço a todos que vem se aliando comigo nessa missão e vamos tocar pra frente!!!abraço a todos

Prof.Gustavo-simba capoeira

Dia Mundia da Atividade Física: A Capoeira vem mostrar o seu valor

11/04/2010 – DIA MUNDIAL DA ATIVIDADE FÍSICA: A CAPOEIRA VEM MOSTRAR O SEU VALOR

Atividade tem como objetivo difundir a capoeira, propor uma aula ao ar livre e conscientizar o público presente sobre a importância da capoeira como atividades física.

Estaremos oferecendo atividades culturais de capoeira, maculelê e jongo para todos que freqüentam o Parque Ecológico do Tietê.

Pretendemos reunir cerca de 150 pessoas de diversos bairros da zona leste que participarão das atividades orientadas pelos Instrutores da ABADÁ-CAPOEIRA.

A ABADÁ-CAPOEIRA, responsável por esta atividade, é uma entidade sem fins lucrativos que tem como objetivo a difusão da cultura brasileira através da capoeira. Seu exercício é um forte instrumento de integração social, pois trabalha com todas as classes e possibilita, também, a recuperação da noção de cidadania. Além disso, tem representação efetiva em todos os estados brasileiros e em 52 países.

Até mais,

Instrutor Lampanche

ABADÁ-CAPOEIRA