Blog

palacio

Vendo Artigos etiquetados em: palacio

Roda de Capoeira e Ofício dos Mestres de Capoeira

Roda de Capoeira poderá ser reconhecida como Patrimônio Cultural brasileiro
A prática e o conhecimento da manifestação devem ser reconhecidos como Patrimônio Cultural brasileiro

A Capoeira, arte que já sofreu intensa perseguição no Brasil, é a próxima manifestação candidata a Patrimônio Cultural brasileiro. O pedido de registro será apreciado pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) na reunião do dia 15 de julho, no Palácio Rio Branco, em Salvador.

A proposta prevê o registro da Roda de Capoeira, caracterizada como elemento estruturador e fundamental dessa manifestação, no Livro das Formas de Expressão. O processo de registro inclui, também, a inscrição do Ofício dos Mestres de Capoeira no Livro de Saberes.

Responsáveis pela divulgação desta atividade em mais de 150 países, os mestres terão, provavelmente, sua habilidade de ensino reconhecida. Cerca de 20 grupos baianos de Capoeira, juntamente com outros do Rio de Janeiro e do Recife, estarão em frente ao Palácio, se apresentando e aguardando o resultado da reunião.

Às 19h30, no Teatro Castro Alves, será aberta a exposição Na Roda da Capoeira, produzida a partir do inventário de referência cultural, realizado entre 2006 e 2007, para o registro da manifestação como Bem Cultural de Natureza Imaterial. Pinturas, esculturas em barro, instrumentos musicais, xilogravuras e folhetos de cordel compõem a mostra, que retrata o universo da Capoeira.

Em seguida, no mesmo local, haverá um grande evento em homenagem à Capoeira, oferecido pelo Ministério da Cultura, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Fundação Cultural Palmares e pelo Governo do Estado da Bahia. Já estão confirmadas as apresentações de Roberto Mendes e Marienne de Castro, baianos do Recôncavo, dos percussionistas Naná Vasconcelos, Wilson Café e Ramiro Musotto, além do mestre capoeirista Lourimbau.

Programação

15h – Palácio Rio Branco – Praça Tomé de Sousa, s/ nº, Centro

* Reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Iphan/MinC, no Salão dos Espelhos
* Apresentação de grupos de Capoeira, em frente ao Palácio Rio Branco

19h30 – Teatro Castro Alves – Praça 2 de Julho, s/ nº, Campo Grande

* Abertura da exposição Na Roda da Capoeira
* Apresentações de Roberto Mendes, Naná Vasconcelos, Wilson Café, Ramiro Musotto e Mestre Lourimbau, no Teatro Castro Alves

Informações à Imprensa

Assessoria de Comunicação do Iphan: (61) 3326-8014/6864 e ascom@iphan.gov.br, com Helena Brandi ou Carine Almeida.

Assessoria de Comunicação do MinC: (61) 3316-2240/2205 e redacao@minc.gov.br, com Márcio Bueno ou Carol Lobo.

* Publicado por Comunicação Social/MinC – http://www.cultura.gov.br/site/2008/07/10/aviso-de-pauta-32/

3 de Agosto: Dia do Capoeirista – Reflexão – Matéria IV

É válido que o Capoeirista tenha um dia… para ser comemorado… uma data para ser lembrada… afinal a capoeira é praticada em mais de 150 países dos 5 continentes, somente no Brasil somos mais de 5 milhões de capoeiristas!!!
Mais esta data, significa o que???
Por que dia 3 de agosto… qual o seu significado para a história da capoeira…
Já conversei com vários Mestres de Renome… e ainda não tive uma posição…
O que ficou claro é que a data refere-se a uma convenção qualquer… assim como o dia das mães… Natal… da sogra…
Se o dia do capoeirista fosse comemorado, por exemplo no dia 2 de Julho… eu saberia o motivo e acharia coerente a data…
Alguém poderia esclarecer e iluminar esta questão… ou será que este dia… esta data… se resume apenas a uma decisão politica?… como sugere o texto abaixo:
DIA DO CAPOEIRISTA
Lei nº 4.649, de 07 de Agosto de 1985
Institui o “Dia do Capoeirista”,
a ser comemorado anualmente,
no dia 3 de agosto,
O GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO:
Faço saber que a Assembléia Legislativa
decreta e eu promulgo a seguinte Lei:
Artigo 1º – Fica instituído o “Dia do Capoeirista”,
a ser comemorado, anualmente, no dia 03 de Agosto.
Artigo 2º – Esta Lei entrará em vigor na data
de sua publicação. Palácio dos Bandeirantes,
07 de agosto de 1985.
FRANCO MONTORO
Publicada na Assessoria Técnico-Legislativo,
aos 7 de agosto de 1985.
Um grande axé e de qualquer forma um feliz dia do capoeirista!!!
Ainda vai uma frase feita, que serve pra tudo… e duvido que alguém ainda não a tenha usado… Dia da mães é todo o dia… (ao justificar por que esqueceu a data… ou não deu um presente…talvez o verdadeiro motivo da data.. ?!?!)
Dia do capoeirista é todo dia… é toda hora… é a todo momento… é quando toco o meu instrumento….
Iêêê… viva a capoeira
Iêêê… viva a capoeira… camará…

ESPANHA: Capoeira, Dança, Futebol e F1

OVIEDO, ESPANHA – Campeão mundial de Fórmula 1 em 2005, o espanhol Fernando Alonso foi a grande atração da oitava edição do “Dia da Solidariedade”, evento realizado na manã deste sábado, em Oviedo, para arrecadar recursos em benefício de crianças carentes da região. A partida de futebol de salão entre esportistas locais, incluindo jogadores do Oviedo e Sporting de Gijón, foi o momento mais esperado do dia. O piloto da Renault participou do evento em 2004 e este ano repetiu o feito de distribuir brinquedos para as centenas de crianças que compareceram ao Palacio de los Deportes, todas atrás também de um contato mais próximo com o ídolo. Mas a festa não se resumiu ao jogo entre os famosos, com os colégios de Oviedo realizando apresentações. O evenco começou com uma demonstração de capoeira e houve ainda apresentação de dança do Colegio Ventanielles, partidas de futebol entre alunos de escolas municipais, competição de ginástica realizado pelo Gimnasio Oviedo Sport, show de artes marciais e diversos eventos com as crianças de Oviedo.