Blog

passar

Vendo Artigos etiquetados em: passar

Dia da Mulher Negra

Dia 25 de julho é o Dia Internacional da Mulher Negra Latinoamericana e Caribenha. A data celebra a resistência da mulher negra e coloca em pauta o combate à discriminação étnica e de gênero.

O Dia Internacional da Mulher Negra Latinoamericana e Caribenha foi criado em 25 de julho de 1992, durante o I Encontro de Mulheres Afro-Latinoamericanas e Afro-caribenhas, em Santo Domingos, na República Dominicana. Mulheres negras de 70 países estiveram presentes no encontro.

Alvos de duplo preconceito as mulheres negras têm histórias de luta, coragem e resistência e, em suas batalhas cotidianas, dão sua contribuição para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Mas ainda há muito o que conquistar pois as mulheres negras ainda sofrem descaso, depreciação e violência, recebem os menores salários e são as principais vítimas do desemprego.

É por isso que o Dia Internacional da Mulher Negra Latinoamericana e Caribenha não deve passar despercebido, mas ganhar visibilidade, já que, mesmo após 18 anos, suas motivações continuam atuais.

Fontes:

Crédito da imagem: www.cachorrosolitario.com

Neila Vasconcelos – Venusiana
capoeiradevenus.blogspot.com

São Caetano – SP: Sesc oferece aulas gratuitas de capoeira

O Sesc São Caetano ministrará aulas gratuitas de capoeira nos próximos três sábados do mês de agosto (11, 18 e 25), sempre das 13h às 14h. As inscrições já estão abertas e as vagas são limitadas. Para participar é preciso ter mais de 7 anos.
 
As aulas incluem as duas modalidades da capoeira: a Angola, que se caracteriza pelo estilo mais próximo de como os escravos jogavam, e a Regional, a mais recente, que apresenta elementos de artes marciais e um jogo rápido, com quedas, rasteiras e cabeçadas. Os alunos vão conhecer as regras e as músicas relacionadas à luta, além de aprender a tocar berimbau.
 
Inventada pelos escravos, vindos da África no século XVI, a capoeira nasceu como forma de resistência à opressão. Praticado em segredo, o esporte transmitia a cultura dos praticantes. Com o passar do tempo, a capoeira se espalhou pelo País, ganhou adeptos e ficou caracterizada pelos movimentos ágeis e pelo uso da música.
 
Ginástica Postural
Até o dia 27 deste mês, a unidade oferece no programa Corpo e Expressão aulas gratuitas de Ginástica Postural, que visa o alinhamento postural e a melhoria da força e da flexibilidade muscular por meio de posturas e exercícios de alongamentos. As aulas são realizadas todas as quartas e sextas-feiras, às 11h.
 
O Sesc São Caetano fica na rua Piauí, 554, bairro Santa Paula. Mais informações pelo telefone 4233-8800.

Fonte: http://www.reporterdiario.com.br

Capoeira cidadã

 

Ricardo Mourão, 17 anos, conta que era bagunceiro demais. ?… Eu ficava brigando o dia inteiro na rua… Sempre tinha reclamação lá em casa, minha mãe brigava comigo… Eu não tinha nada pra fazer!?

Ao passar pela porta da Associação de Capoeira Ladainha, a ladainha da rua, a vida cheia de erros, tudo fica para trás. Weverton Couto, 11 anos, é um bom exemplo: ?depois de começar a fazer capoeira eu aprendi que não é na porrada que se resolve tudo… É na conversa?, conta o garoto.

Arte, luta ou esporte? A capoeira é tudo isso e mais um pouco. Música, força, ginga… Tudo muito sedutor para quem não tinha um objetivo. De acordo com o mestre Gilvan, a capoeira como instrumento pedagógico é contagiante. ?Cada criança que entra aqui, não tem vontade de sair… Nós colocamos na escola, o comportamento do aluno melhora…?

Em 14 anos, mais de 15 mil alunos já passaram pelas oficinas. Paulo Henrique, 23 anos, começou aos nove. Hoje, participa do projeto como instrutor de capoeira. ?Pra mim, isso aqui é tudo. Coisa melhor não tem?, confessa.

Atualmente, 300 crianças e adolescentes aprendem capoeira de graça. Cada um contribui como pode. O galpão funciona no quintal da casa de mestre Gilvan. Os uniformes foram doados e as aulas são dadas por ex-alunos.

Edílson Lima é um ex-aluno que para se formar precisou dar aulas de graça durante o estágio. Caso contrário, nada de diploma. Ele gostou tanto da experiência que depois de formado, continua ajudando. ?A gente faz um bem à sociedade. Tira a criança de onde ela estava aprontando e, com a capoeira, mostra o outro lado da vida?.

A idéia é ensinar outras crianças, mas falta estrutura. A meta é ambiciosa: passar de 300 para duas mil jovens até o final do ano. O projeto ?Gingando para o Futuro? está à procura de parcerias com empresários. Com 15 reais por mês, dá para adotar um aluno. Quem quiser participar, pode entrar em contato pelo telefone 475-2511.

Imagens: Romildo Gomes

http://dftv.globo.com/

Roda de Angola – Prof. Lambari

 
Professor Lambari, Butantã, São Paulo, convida para Roda de Capoeira no próximo sábado (30/abril).
 
RODA DE ANGOLA
O Professor Lambari estará realizando Roda de Capoeira Angola neste final de semana, dia 30 de Abril, à partir das 11h00 da manhã.
 
O endereço:
Rua EDIWADI CAMILO, 840
"Cidade Balneário Mario Moraes"
Próximo ao bairro Jardim Ferreira, Butantã-SP

 
Para chegar, seguir pela Rua Eliseu de Almeida, sentido Taboão. Passar pelo MACRO, e em seguida pelo Farol; Virar a Direita.

Qualquer informação adicional, ligar para (11) 3751-2034.

Foto por Luiz Carlos Big: Mestres Pinguim, Careca & Lambari – Out2004