Blog

paulão

Vendo Artigos etiquetados em: paulão

Festival de Inverno: Grupo Capoeira Brasil

O objetivo do Festival e a Confraternização entre os Integrantes do GCB , e os Grupos amigos neste final de ano, e no ensejo aproveitamos para fazer um Seminário e discutir-mos as diretrizes do GCB para o ano que vai chegar 2010.

Programação

dia 12 sábado
12:00 – 15:00  workshops.
15:00 – 18:00  competicao masculina e feminina.
19:30 – Jantar de confraternizacao todos juntos.
20:00 – Festa Brasileira com DJ, Banda, Show de Capoeira e Maculele e Final da Competição
dia 13 domingo.
12:00 – 17:00 horas. workshops e Rodas.

Terug van weggeweest: hét Winterfestival !

Winter  festival  Tilburg 12 e 13 dec 2009 Organisatie: Mestre Paulao Ceara Programma: Zaterdag 12 dec 12:00 – 16:00 Workshops 16:00 – 18:00 Capoeira competitie 19:30 – 03:00 Diner en Braziliaans feest. Locatie: La Vida café en theater met een DJ uit Tilburg, Capoeira & Maculele show en dé El Niño band. Kosten voor diner en feest: € 10,- Zondag 13 dec 12:00 – 16:00 Workshops en Roda de Despedida. Slaapplaats: bij de Salto Kosten voor 2 dagen workshop: € 65- Contact: Mestre Paulao Ceara: +31-(0)6-33046841 of mpaulaoceara@hotmail.com

december

12 en 13 – Winter festival – Mestre Paulão Ceara

http://capoeirabrasil.nl

Tombamento da Capoeira como Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro

MOMENTO HISTÓRICO PARA A CAPOEIRA DO RIO DE JANEIRO

Numa iniciativa inédita, a Capoeira será tombada, pelo Governador do Estado do Rio de Janeiro como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio de Janeiro no dia 20 de novembro, data em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra.

O evento de tombamento será realizado no Monumento em homenagem à Zumbi dos Palmares localizado na Praça Onze. Esta semana ainda estaremos confirmando o horário para que todos (as) possam participar deste momento histórico.

A proposta de tombamento foi apresentada na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro pelo Deputado Estadual Gilberto Palmares, através do Projeto de Lei 2414/2009, atendendo a uma solicitação da Liga de Capoeira do Estado do Rio de Janeiro.

Dia Estadual da Capoeira

No dia 23 de novembro comemora-se, no Rio de Janeiro, o Dia Estadual da Capoeira. Criado através do Projeto de Lei 1890/2000, de autoria do então Deputado Estadual Artur Messias, hoje prefeito de Mesquita, este dia nunca foi comemorado oficialmente pelo Estado.

Para mudar este quadro, a Liga de Capoeira do Estado do Rio de Janeiro – LICAERJ, presidida pelo Mestre Paulão Rio Brasil, solicitou apoio ao Deputado Estadual Gilberto Palmares (PT), para que intercedesse junto ao Governo do Estado para que esta data fosse comemorada este ano.

Atendendo prontamente ao nosso pedido, o nobre deputado solicitou e conseguiu que esta data fosse incluída na agenda única COMEMORATIVA AO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA realizada em parceria entre os governos estadual e municipal (RJ) e a ALERJ (Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro).

Para comemorar esta data em grande estilo, o Deputado Estadual Gilberto Palmares irá homenagear Mestres de Capoeira que muito contribuíram e vem contribuindo para o desenvolvimento da Capoeira do Estado do Rio de Janeiro. Entre os Mestres a serem homenageados estão Mestres Paulão Muzenza, Edvaldo Baiano, Duda Pirata, Tio Régis, Arerê, Burguês, Dentinho, Darcy Malandrinho, entre outros. Além, é claro, das Mestras de Capoeira, dentre as quais China, Siomara e Surisan.

Portanto, não se esqueça dia 23 de novembro, às 18 horas, na Praça XV, Centro do Rio de Janeiro, você é o (a) nosso (a) convidado para comemorar conosco o Dia Estadual da Capoeira. Além de rodas de Capoeira, teremos apresentação de Maculelê (Associação de Capoeira Engenho) e Samba de Roda.

Este evento é realizado em parceria pela Liga de Capoeira do Estado do Rio de Janeiro, Gabinete do Deputado Estadual Gilberto Palmares, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), Liga Niteroiense de Capoeira – LINC, Super Liga Brasileira de Capoeira, Associação Grupo de Capoeira Quilombo do Arerê, Federação de Capoeira Desportiva do Estado do Rio de Janeiro (FCDRJ), Grupo Muzenza, Associação Cultural Rio Brasil Arte Capoeira e Rede Nacional da Capoeira (RJ).

A comissão que tem participado para a construção da programação do evento é composta pelos seguintes membros: Mestre Paulão Muzenza, Mestre Arerê, Mestre Burguês, Mestre Paulão Rio Brasil, Contramestre Caixote, Robertinho, presidente da Federação de Capoeira Desportiva do Estado do RJ.

Se você quer fazer parte deste momento histórico, traga sua instituição pra vir somar conosco nesta luta.

Venham participar! Tragam seus (as) alunos (as) e mostrem os seus trabalhos.

Projeto Capoeira no Museu realiza mini-curso de captação de recursos para projetos culturais

Em destaque as atividades de Novembro: Palestras sobre “Gestão e Orçamento Público de Políticas para a Capoeira” e “A Diáspora Africana e História da Capoeira no Rio de Janeiro”.

Confira abaixo os horários, locais e palestrantes convidados.

Promovido pelo Instituto Gingas de Cultura Afro-Brasileira, o Projeto Capoeira no Museu debate a preservação da história e dos personagens da capoeira no Estado do Rio de Janeiro, contemplando as diversidades de expressão desta arte, objetivando a salvaguarda de seus elementos culturais.

No dia 7, a programação conta com um micro-curso com mestre Paulão, que falará sobre “Gestão de Orçamento Público de Políticas para a Capoeira”. Este terá como objetivo orientar capoeiristas a afins sobre como pleitear verbas públicas para viabilizar projetos sócio-culturais que envolvam a capoeira como atividade.

Paulão, além de contabilista, tem vasta experiência em movimentos sociais, tendo participado de discussões sobre as Políticas Públicas de Esportes e de Promoção da Igualdade Racial para o Brasil apresentando propostas para a Conferência Nacional do Esporte e para a Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial em Brasília. Além disso, integrou o Conselho Municipal de Cultura de São Gonçalo, presidiu  a Federação de Capoeira Desportiva do Estado do Rio de Janeiro (1996 a 1998) e foi um dos fundadores da Confederação Brasileira de Capoeira.

 

 

Entrada Franca

Local: Museu do Ingá – Rua Presidente Pedreira, 78, Ingá.

Horário: 14h30

Mais informações: www.gingas.org.br/projetos comunicacao@gingas.org.br

Tel.: 2719-8185 / 9896-1769 / 8321- 4452

 

Novembro – dia 21

Promovido pelo Instituto Gingas de Cultura Afro-Brasileira, o Projeto Capoeira no Museu debate a preservação da história e dos personagens da capoeira no Estado do Rio de Janeiro, contemplando as diversidades de expressão desta arte, objetivando a salvaguarda de seus elementos culturais.

No dia 21, o projeto recebe o pesquisador Júlio César de Souza Tavares, graduado em História pela Universidade Federal Fluminense, mestre em Sociologia pela Universidade de Brasília e doutor em Antropologia pela University of Texas at Austin. O tema do encontro será “A Diáspora Africana e História da Capoeira no Rio de Janeiro”.

Entrada Franca

Local: Museu do Ingá – Rua Presidente Pedreira, 78, Ingá.

Horário: 14h30

Mais informações: www.gingas.org.br/projetos comunicacao@gingas.org.br

Tel.: 2719-8185 / 9896-1769 / 8321- 4452

 

Fonte: http://www.gingas.org.br

Mestre Burguês – Aniversário & Roda

Em homenagem e comemoração ao seu aniversário, o Portal Capoeira, publica uma matéria especial sobre: Antonio de Menezes, o Mestre Burguês, que no próximo dia 06 de Setembro estará comemorando o seu aniverário com uma grande roda*. Nesta matéria ainda disponibilizamos uma entrevista realizada pela Revista Praticando Capoeira nº 33. Desejamos muitas felicidades, saúde e paz a toda família Muzenza.

Mestre e Presidente do Grupo Muzenza, há 32 anos lecionando no sul do Brasil. Técnico e Mestre de 18 campeões brasileiros, Campeão Brasileiro em 1987 (pela Confederação Brasileira de Pugilismo), editou 2 livros de capoeira “O Estudo da Capoeira – 1976” e “Cânticos de Capoeira – 1978” Gravou 20 CDs, 6 DVDs e ministrou cursos em mais de 30 países, realizador de vários eventos mundiais.

Mestre Burguês

Mestre Burguês

Antonio de Menezes, o Mestre Burguês, nasceu em 06/09/1955 em Laranjeiras/SE. Aos três meses de idade mudou-se com a família para o Rio de Janeiro.

Aos doze anos de idade, deu seus primeiros passos na capoeira com um amigo de colégio, Nelson, em Ramos. Os dois para não apanhar do China, um menino que gostava de bater em todo mundo, compraram o livro "Capoeira Sem Mestre" e começaram a treinar.

Com o passar do tempo, entrou em contato com as rodas de Mestre Mentirinha em Ramos, Bonsucesso e identificaou-se com o estilo de Mestre Paulão, fundador do grupo Muzenza.

Nessa época, Mestre Paulão estava iniciando as aulas com Mestre Sillas, no Clube do Bolinha, e Burguês decidiu matricular-se.

O apelido resultou do fato de após arrecadar garrafas e chumbo pelas ruas e vender ferro velho, pagar adiantado a mensalidade de 3 meses.

Mestre Burguês, dedicou-se bastante à capoeira e depois de alguns anos, Mestre Paulão, ocupado com suas atividades na marinha, transferiu o comando do grupo a Burguês, que é o presidente até hoje.

Em 1975, após lecionar em Madureira e Meyer (RJ), foi para Curitiba, transferindo a matriz da Muzenza para o Paraná iniciando um trabalho voltado para as raízes da capoeira, implantando essa modalidade em clubes, escolas, comunidades carentes, univesidades e quartéis.

Ao longo de sua carreira realizou vários congressos, encontros nacionais, fundou a Federação Paranaense de Capoeira, a confederação


Entrevista: Revista Praticando Capoeira nº 33

Ha mais de 30 anos difundindo a capoeira no Brasil e no mundo desde que assumiu o comando do Grupo Muzenza, em 1975, transferindo a matriz para o Paraná, Mestre Burguês vem trabalhando incansavelmente pelo desenvolvimento da capoeira. Implantou trabalhos em clubes, academias, escolas, comunidades carentes, universidades e quartéis;fundou a Federação Paranaense de Capoeira e a Super Liga Brasileira; publicou vários livros; realizou inúmeros eventos, entre eles campeonatos mundiais, encontros e festivals; lançou dezenove CDs e dois DVDs.

Numa entrevista exclusiva para a revista Praticando Capoeira Mestre Burguês fala sobre o trabalho do Grupo Muzenza no Brasil e em outros paises, a expansão da capoeira no exterior, os maiores problemas que a capoeira e o capoeirista enfrentam atualmente, alem de dar dicas de como ser um capoeirista bem sucedido.

Entrevista

Praticando Capoeira: Como está, atualmente, o trabalho do Grupo Muzenza no Brasil e no exterior?

Mestre Burguês: O trabalho no Grupo Muzenza tem crescido especialmente nas escolas e comunidades carentes. Estamos procurando desenvolver cada vez mais o trabalho de alto rendimento. Também estamos trabalhando na divulgação e preservação dos verdadeiros mestres. No exterior, o trabalho tem crescido cada vez mais. Procuramos implantar a capoeira nas escolas de Portugal, Espanha e Israel. Tambem temos divulgado nosso trabalho com menores infratores e drogados, procurando sociabilizá-los através da capoeira. Já temos alcangado bons resultados!

Praticando Capoeira: Qual a tendência que a capoeira tende a seguir fora do Brasil?

Mestre Burguês: Me preocupa muito como a capoeira esta sendo vendida fora do Brasil, já que ela não para de crescer em todos os continentes. Muitos professores despreparados, que não estao transmitindo todas as vertentes que a capoeira oferece nem os seus fundamentos e tradições.

Praticando Capoeira: E dentro do Brasil?

Mestre Burguês A capoeira no Brasil está passando por uma série de crises, entre elas a falta de alunos. A tendência é o capoeirista voltar ao passado tendo que trabalhar em outra profissao e lecionar capoeira a noite ou nos finais de semana.

Praticando Capoeira: Como a capoeira é vista, hoje, fora do Brasil (tanto a Capoeira Regional como a Capoeira Angola)?

Mestre Burguês A Capoeira Regional tem sido vista como uma grande obra realizada pelo Mestre Bimba mas pouco transmitida como ela foi ensinada. A Capoeira Angola é bem vista apesar de ter poucos mestres divulgando a arte.

Praticando Capoeira: Os conflitos que acontecem entre os grupos no Brasil tambem existem no exterior?

Mestre Burguês Nao, pois a mentalidade dos capoeiristas no exterior e totalmente outra. Lá vemos professores ajudando colegas de outros grupos, que no Brasil são inimigos. Vejo que podera haver uma mudança de fora pra dentro do Brasil.

Praticando Capoeira: Quais os maiores problemas que a capoeira e o capoeirista enfrentam atualmente?

Mestre Burguês Um dos grandes problemas da capoeira é a falta de reconhecimento do governo com a nossa arte, já que ela é uma das grandes divulgadoras da nossa cultura. O capoeirista tem sofrido por nao ter sua profissão regulamentada.

Praticando Capoeira: Como resolvê-los?

Mestre Burguês Acredito que para tentar resolver essas questões precisaremos de muita união e amor pela capoeira.

Praticando Capoeira: Quais as dicas que voce daria para aqueles que querem se desenvolver na capoeira (em todos os sentidos): performance de jogo, financeiramente, reconhecimento na comunidade, etc?

Mestre Burguês Para você ter uma grande performance de jogo é necessário ter muita dedicação, procurar estar sempre atento em pesquisar e fazer cursos com os verdadeiros mestres tradicionais. Aqueles que querem crescer financeiramente na profissão, além de trabalhar muito, devem guardar tudo aquilo que ganham e investir bem para sempre ser um mestre bem sucedido financeiramente. 0 reconhecimento pela comunidade é só com o tempo e com o trabalho que apresentar.

Praticando Capoeira: Para você, o que e ser capoeirista?

Mestre Burguês Ser capoeirista é respeitar a arte, fazê-la com amor e a transmitir com honestidade, lealdade, educação e humildade. Ser capoeirista e ter caráter.

Praticando Capoeira: Fale um pouco sobre o novo CD que esta lançando.

Mestre Burguês Esse é o nosso 19° CD. Procuramos, como sempre, dar oportunidade as novas revelações do nosso grupo. São vinte cantigas no ritmo de Sao Bento Grande da Regional. O lançamento oficial aconteceu nos dias 26 e 27 de novembro, no Rio de Janeiro, no Encontro Brasil Intemacional Capoeira Muzenza.

Praticando Capoeira: Quais sao seus pianos para o futuro?

Mestre Burguês O langamento do terceiro DVD Muzenza, quatro livros que estão em fase final, o 20° CD e o 4° Mundial Muzenza no Rio de Janeiro.

 

Mestre Burguês* Mestre Burguês convida você para a Roda de capoeira do seu aniversário, neste próximo sábado, 6 de setembro de 2008, às 15:00 horas, no Colégio Militar do Rio de Janeiro, na Rua São Francisco Xavier, 267, Tijuca/RJ (Próximo ao Maracanã – Estádio de Futebol).
MAIORES INFORMAÇÕES:
55 (21) 9190.3234 / 9824.0348 / 9226.2196
Envia a todos AQUELE AXÉ !!!

Fonte: http://www.mestreburgues.com.br

Internacinal Capoeira Meeting in Utrcht Holland

Aconteceu em Utrecht veja vido e Site anexo.
Mestra Suely) Sao Farncisco/USA, Contra-mestra MArisa/USA. Chicago, Contra-Mestra Maria PAndeiro Bremen/Germany, Professora Ursula-Paris e muito mais…organizado por Mestre Paulão Capoeira Brasil – Holland
 
ObrigadarnAxé

MAria PAndeiro
 
http://www.youtube.com/watch?v=d-4K6h9Fqe8&search=capoeira%20women

Japão: Liga Japão de Capoeira

  • Informativo do Japão
     
    Foram Realizados as Primeiras Reuniões da Liga Japão de Capoeira 
Muito prazer meu nome e Renato Leão sou Prof. do Grupo Corrente Negra aqui no Japão e gostaria de informar no Brasil que ja tivemos duas reunioes estabelecidas uma no dia 02 /01/2006 na Região de Aichi Ken Nagoiya do qual foi estabelecida o Nascimento Da Liga Japão de Capoeira com Direcao de Paulo Rogerio Marques de Oliveira o Prof. Paulão do Grupo Mandinga e Vice Presidente o Prof. Renato Leão do Grupo Corrente Negra.
 
Estavam presentes na votacao os seguintes Dirigentes de Grupos : Mestre Vitor Do Grupo Wakonda, Contra Mestre Sílvio do Grupo Cais do Mar, Contra Mestre Moleza do Grupo Gaviões do Morro, Prof. Negao do Grupo Barauna, Prof. Alemao e Josef do Grupo Meninos da Bahia,rnProf. Eder e Felipe do Grupo Muzenza, Prof. Kenji do Grupo Garras de Ouro, Prof. Calunga do Grupo Guerreiros da Senzala, Prof. Trator do Grupo Marília Brasil,  Gilson, Panga entre outros presentes em seguida tivemos a segunda reunião que foi no dia 29 /01 /2006 na Região de Kansai e naquele presente momento foram discutidas pautas como:
 
Read More

ESPETÁCULO NAVIO NEGREIRO

 ESPETÁCULO NAVIO NEGREIRO – Direção Mestre Paulão



18, 19 e 20 de julho de 2005
Com apoio do GDF/GEDESC/CIEF, a Associação Arte Regional de Capoeira apresenta na sala Martins Pena do Teatro Nacional o espetáculo NÁVIO NEGREIRO nos dias 18, 19 e 20 de julho às 21h, com entrada FRANCA, direção de José Paulo Santos (Mestre Paulão) e Paulo D’ Paula (coreógrafo).
Síntese: O espetáculo é uma adaptação do livro. Que conta a saga dos negros (escravos) trazidos nos navios para serem vendidos no Brasil.
Ficha Técnica
Direção Geral: José Paulo Santos (Paulão)
Assistente de Direção: Lucineide Cristina, Raquel Amaral
Coreografias – Paulo D’Paula
Confecção de figurinos: Sidney
Preparação Vocal: Paulo D’Paula
Preparação Corporal: Sidney
Produção: Associação Arte Regional de Capoeira
Atabaques: José Paulo, Abiderman, Carlos Henrique
Iluminação: Teatro Sala Martins Pena
Elenco Navio Negreiro
53 personagens

 
Maiores Informações:
Paulão (e-mail: poll@tba.com.br)
9984-6510
Paulo D’Paula (Site: www.showbrincardeviver.com.br)
9655-4908