Blog

percorrer

Vendo Artigos etiquetados em: percorrer

Secretária de Políticas para Mulheres destaca o “Outubro Rosa”

Considerando dados estatísticos que apontam as mulheres como maioria populacional no Brasil (52%), a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Vera Lúcia Barbosa, destacou hoje (27) a campanha do governo estadual de massificação do exame de mamografia em toda a Bahia. A iniciativa faz parte do chamado “Outubro Rosa”, movimento popular realizado mundialmente contra o câncer de mama.

Em audiência pública promovida na Assembléia Legislativa, a secretária disse que “o governo está fazendo a sua parte”, ao se incorporar à luta de movimentos sociais e de mulheres para a detecção e tratamento eficaz da doença. Ela citou o mutirão realizado pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado, que vai percorrer 28 microrregiões nos próximos meses.

A senadora Lídice da Mata reforçou a necessidade de promover a saúde integral das mulheres. “O câncer de mama e de útero são as principais causas da mortalidade de mães no Brasil. Precisamos de uma atenção especial para esta questão”, disse. O deputado estadual Rosemberg Pinto, proponente do debate, reforçou: “Se detectarmos precocemente o câncer, vamos salvar a vida de muitas mulheres”, frisou.

 

Assessoria de Imprensa:

Kleidir Costa  – 71 3117- 2819 / 8224-2737

Mestre de Capoeira e Ciclista vai percorrer 1.500 Km para visitar a Mãe em BH

Armando José Mendes da Silva, Mestre de Capoeira e Ciclista vai visitar a mãe em Belo Horizonte: Ele saiu nesta manhã (15) e vai percorrer aproximadamente 1.500 Km até chegar ao seu destino…

Parece loucura, mas o ciclista e mestre de capoeira, Armando José Mendes da Silva, 53, ou mestre ‘Capu’ como prefere ser chamado, vai percorrer 1.500 quilômetros em uma bicicleta. O objetivo é visitar a mãe de 64 anos que mora em Belo Horizonte/MG e ele não vê a mais de 20 anos.

Nem o tempo fechado desanimou Capu. Ele está determinado a chegar ao seu destino. Segundo ele, quando contou para a mãe ela ficou feliz e apreensiva, “a única coisa que ela disse foi que iria rezar por mim, que sabia que eu chegaria, mas que não ia esperar o dia, mas que eu vou chegar, eu vou”.

O mestre de capoeira não gosta de ônibus ou carro, prefere pedalar. “De bicicleta é melhor, me sinto mais confortável, sem pressa, converso com um e com outro e vou em frente. Estou levando uma barraca, roupas, uniforme da academia, fotos, documentos pessoais e a credencial de Cascavel”.

{flv}mestre_capu{/flv}

A família de Capu só vai vê-lo de novo daqui uns três meses. “Vou ficar mais ou menos um mês. Visitando a mãe mais um mês. Daqui uns três meses estou de volta. Minha esposa ficou meio triste, mas eu disse para ela que é a mesma coisa que um soldado que vai para uma missão, eu sou um ex-militar do exército se um dia estourar uma guerra tenho que comparecer na companhia e vou defender meu país”.

 

Fonte: Central Gazeta de Notícias – http://www.cgn.inf.br