Blog

reginaldo

Vendo Artigos etiquetados em: reginaldo

Cananéia: Foi o meu Mestre quem me ensinou – homenagem ao Mestre Reginaldo Santana

Grupo de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim de Cananéia homenageia o grande mestre Reginaldo Santana

Entre os dias 21 e 22 de Abril, Cananéia receberá capoeiristas de todo o Brasil para o evento “Foi o meu Mestre quem me ensinou – homenagem ao Mestre Reginaldo Santana”, através do Grupo de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim – Vale do Ribeira.

Esse evento tem como objetivo incentivar a prática desportiva e cultural como forma de garantir a saúde e a qualidade de vida através de atividades físicas e educativas gratuitas para crianças, jovens e adultos, bem como, resgatar e divulgar a cultura afro-brasileira em nosso município.

Ao mesmo tempo entregará o mais nobre título da Capoeira, o de “grão-mestre”, ao mestre Reginaldo Santana. Este, conhecido por todos como Mestre Régis, é nascido em 27 de junho de 1957 na cidade de Itabuna, na Bahia, é filho de Lindaura Gonçalves de Almeida e Renato Santana e começou a capoeira aos oito anos de idade com o mestre Antonio Rodrigues, por incentivo de seu irmão mais velho Ireneildo Gonçalves de Souza. Ainda adolescente mudou para o Distrito Federal e depois para Ribeirão Preto onde treinou intensamente e passou a competir pela Associação Kapoeira do mestre Canhão (onde se consagrou).

Mestre Régis é fundador do Grupo de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim em 1978, na cidade de Passos, Minas Gerais. Régis soma sua história de vida títulos, entre eles, nove vezes Campeão Brasileiro de Capoeira (estilo Combate), oito vezes Campeão da Grande Roda Brasileira de Capoeira, Bi – Campeão Paulista de Capoeira, Campeão da Copa Serra Vox, Campeão da Copa Brasil-EUA e Campeão do troféu “Antonio Carlos Magalhães”.

O evento “Foi o meu Mestre quem me ensinou – homenagem ao Mestre Reginaldo Santana” terá uma programação repleta de atividades como apresentações culturais, exibição de vídeo-documentários, roda de prosa, música, danças e muita Capoeira.

A cidade de Cananéia espera receber representantes de diferentes regiões do Estado de São Paulo e dos Estados do Paraná, Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Em especial os mestres Sena (Poços de Caldas/MG), Kauê (Jundiaí/SP), Maciel (Passos/MG), Pedrinho (Belo Horizonte/MG), Marcão (São Paulo/SP), Beto (Franca/SP), Juan (Pariquera-Açú/SP) e Grilo (Pitangueiras/MG).

O que é ser Grão-mestre? – É o mais alto grau em Ordens honoríficas ou de Mérito. É a máxima autoridade de uma ordem, tem poder quase absoluto, geralmente limitado no tempo por uma eleição entre os membros da ordem a que pertence. Portanto, são poucos dentro da Capoeira Brasileira que recebem esse título, entre esses, está o Mestre Camisa Roxa, considerado o melhor aluno de Mestre Bimba e após este mês de Abril, também o Mestre Reginaldo Santana.

O evento conta com a parceira da Prefeitura Municipal de Cananéia, Rede Cananéia e Ponto de Cultura “Caiçaras”. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas através do Blog: www.capoeirasenhordobonfim.blogspot.com.br ou com Lilia Souza no telefone: (13) 8120-1330 e e-mail: liliabonfim2011@hotmail.com

 

Resumo do Evento:

Evento: “Foi o meu Mestre quem me ensinou – homenagem ao Mestre Reginaldo Santana”.

Dias: 21 e 22 de Abril de 2012.

Local: Praça Theodolina Gomes (Tiduca) – Centro, Cananéia/SP.

 

DiariodeIguape.com

Aconteceu: Encontrão de capoeira em Nova Iguaçu

A prefeitura de Nova Iguaçu realizou o 1º Encontrão de Capoeira pelo Meio ambiente do Programa Escola Aberta, que reuniu centenas de pessoas no sábado, 25 de setembro, na Vila Olímpica de Nova Iguaçu.

Foram 25 grupos de capoeira representando a cultura afro-brasileira, que conquista jovens, crianças e adultos. O evento foi aberto pela secretária de Educação, Dilcéia Quintela. “Estou feliz em abrir o primeiro encontrão de capoeira. Precisamos fazer com que chegue às 125 escolas, pois o esporte é fundamental para o desenvolvimento das crianças”, explicou.

O ginásio de esportes mais parecia um grande terreirão com os gingados e lutas dos capoeiristas. O encontro reuniu mestres, mestrandos e professores de capoeira do Escola Aberta, que formaram três grandes rodas representando as categorias infantil, feminina e adulto num belo espetáculo de dança e luta ao som de berimbaus, tambores e cânticos. Todas as apresentações foram acompanhadas pelo secretário Adjunto Pedagógico, Reginaldo Bastos e coordenadoras do Escola Aberta, Denise Andrade e Luciana Matta.

O presidente da Federação de Capoeira da Baixada Fluminense, Reginaldo Alves de Almeida, parabenizou a iniciativa da Secretaria de Educação em promover o encontro “A capoeira no Escola Aberta está ajudando a tirar muitas crianças da rua. Ela disciplina e ajuda a formar homens íntegros”, disse mestre Almeida.

Emerson de Oliveira, 14 anos e mais três irmãos praticam capoeira na Escola Municipal Nabor Otuki. “Antes da capoeira eu era brigão e passava muito tempo na rua. Agora estou disciplinado e trouxe minhas irmãs para o grupo”, contou o menino.

Quem esteve no local também participou de oficinas de artesanato, todas voltadas para o reaproveitamento. Além disso, a organização do evento inovou com o brinquedo “Vai e Vem” feito de garrafa pet, flores com galhos secos, reaproveitamento de jornal, bijuterias, pintura e pula-pula para a criançada. O encontrão contou com a participação das 55 escolas que desenvolvem o Escola Aberta, que é um programa do governo federal em parceria com as prefeituras e abre as escola aos sábados e domingos para a comunidade.

Fonte: http://noticias.sitedabaixada.com.br/

Capoeira Mangangá realiza encontro internacional

Capoeira, samba e axé music movimentam a Bahia na Semana da Independência. Capoeiristas do Brasil, Argentina, Espanha, México, Estados Unidos e Austrália participam do VI Encontro Cultural e Intercâmbio Internacional de Capoeira Mangangá. A programação acontece de 2 a 10 de setembro, em Salvador e outros municípios baianos, sob a coordenação do mestre Tonho Matéria. Aluno dos mestres King Kong e Macaco, Matéria é cantor, compositor e percussionista. Músico profissional, desenvolve projetos de inclusão social no bairro do Pau Miúdo, onde nasceu. Ex-vocalista dos blocos afro Ara Ketu, Ébano, Afreketê e Amantes do Reggae, compôs mais de 300 canções, gravadas por grandes intérpretes da música popular baiana e brasileira. Hoje, canta no Olodum, é diretor da Liga Baiana de Capoeira (LIBAC) e produtor de eventos.

Durante nove dias, cerca de 800 capoeiristas de três continentes participam desse intercâmbio cultural e esportivo, promovido pela Associação Cultural de Capoeira Mangangá –com o apoio do Forte da Capoeira, Terreiro de Jesus, Associação Brasileira de Capoeira Angola (ABCA, Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Prefeitura de Salvador e Governo da Bahia. No intervalo das atividades de capoeira, ocorrem vídeo-conferências, mesas- redondas, circuito histórico-cultural, visitas a museus e passeios opcionais.

Paralelamente, acontece XIV Encontro ACTB, com batizado e comemoração do aniversário do Mestre Reginaldo. Rodas livres, oficinas, papoeira e palestras sobre educação, saúde e turismo afro completam a programação. Entre os convidados especiais estão os mestres Marcos Gytauna (Argentina), Amém (Estados Unidos), Val Boa Morte (Austrália), Magayver (México), Boa Gente (Brasil), Gilson (Austrália), Boi (Estados Unidos) e Catitu (São Paulo).
No tarde de cinco de setembro, a programação ficou por conta do Mestre Boa Gente, que realizou animada roda em sua academia, no Vale das Pedrinhas. À noite, o destaque foi o Curso de Capoeira Infantil, ministrado por mestre Raimundo Kilombolas.

No dia sete de setembro, à tarde, acontece um grande evento no Forte da Capoeira, quando serão lançados o bloco carnavalesco Afro Capoeira – dirigido por Tonho Matéria – e os meus livros “Dicionário de Capoeira” (3ª. Edição) e “Eu, você e a capoeira” (infantil). O Afoxé Filhos de Gandhy, o coral da Unimed e a Orquestra Percussiva do Pelô animam a festa.

Depois, os participantes do encontro, seguem para Sauípe, onde haverão rodas livres, apresentações de maculelê e puxada de rede e um show do Olodum. O evento termina no domingo, na Escola Linces, em Itinga, com a tradicional cerimônia de batizado e troca de cordas, coordenada pelos mestres Reginaldo e Tonho Matéria.

 
Confira a programação
 

DIA 5 – QUARTA-FEIRA
10:00h – Curso infantil de capoeira com Mestre Raimundo Kilombolas
Local: Rua Professor Soeiro 18 – Bairro Pau Miúdo
14:00h – Passeata Orquestra de Berimbaus
16:00h – Roda de Capoeira
Local: Vale das Pedrinhas
Organização: Mestre Boa Gente
19:00h – Palestra sobre GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
20:00h – Roda Livre de Capoeira
Local: Rua Professor Soeiro 18 – Bairro Pau Miúdo

DIA 06 – QUINTA-FEIRA
10:00h – Aulão Integração Social
Local: Ginásio de Esporte da Escola Parque Caixa D’água
14:00h – Manifestação contra a violência e drogas
Local: Saindo da Escola Parque até o Bairro do Pau Miúdo
18:00h – Palestra com Mestre Dedé
Tema: Vivencia do Mestre Dedé e o Grupo Kilombolas
19:00h – Palestra com a Vereadora Olívia Santana
Tema: Políticas Públicas para a Capoeira
20:00h – Roda Livre de Capoeira
Local: Conselho de Moradores – Quadra C Final de Linha (Bairro Sete de Abril) ao lado do posto médico
21:00h Recreação opcional: Ensaio do Olodum

DIA 07
14:00h – Coquetel de lançamento do Bloco Afro Mangangá (Carnaval 2008)
Recepção: Negra Jhô
Abertura: Afoxé Filhos de Gandhy tocando clarins
Apresentação do Coral (UNIMED) executando músicas de capoeira (Maestro
Carlinhos)
Palestra com Dr. Leal (falando sobre a importância do Forte da Capoeira)
Apresentação por Slide sobre o Bloco Afro Mangangá
Apresentação da Orquestra Percussiva do Pelô com o (Mestre Bira Jackson)
Apresentação do Samba de Viola do Mestre Pelé da Bomba
Lançamento dos livros "Dicionário de Capoeira (3a. edição revista e ampliada) e "Eu, você e a capoeira" (livro infantil) do jornalista Mano Lima, colunista do Portal Capoeira e editor da revista Capoeira em Evidência.
17:00h – Saída para Sauípe
19:00h – Roda Livre Feminina e Apresentação de Maculelê / puxada de rede com Contra Mestra Bia

 
Dia 8
09:00h – Café da Manhã
10:00h – Arrastão com Sambão nos Hotéis
11:00h – Aulão na Praia da Oca – com os Mestres Val Boa Morte – Marcos Gytauna
12:00h – Almoço
16:00h – Work Shop de Berimbau com Mestre Reginaldo
18:00h – Palestra com o Mestre Máximo (Tema: Capoeira e os Zuavos)
19:00h – Roda Livre com todos os mestres contra mestres e professores
21:30h – Show do Olodum
 
DIA 09
09:00h – Batizado, Troca de Corda –
Juntos: Associação de Capoeira Toques de Berimbaus (Mestre Reginaldo e Associação Cultural de Capoeira Mangangá (Mestre Tonho Matéria), Roda de Mestres, contra Mestres, Professores e Formados
Roda de Alunos, Apresentação de Maculelê, Puxada de Rede e capoeira show
Local: Escola Linces – (Jardim das Margaridas) Itinga
19:00h – Recreação Opcional: Ensaio do Afoxé Filhos de Gandhy
 

Informações: Tonho Matéria – (71) 8126 9333

 

Capoeira Mangangá - Encontro Cultural e Intercâmbio Internacional de CapoeiraMano Lima (*)

 

(*) Enviado especial do Portal Capoeira, o autor é jornalista e editor da revista Capoeira em Evidência

Mano Lima, jornalista

(61) 8407 7960 mano.lima@yahoo.com.br
www.manolima.portalcapoeira.com