Blog

resende

Vendo Artigos etiquetados em: resende

Alexandre Serfiotis defende capoeira como projeto cultural e social

O candidato a deputado federal Alexandre Serfiotis (DEM) defendeu que a capoeira pode ser modelo de projeto cultural e social, pois ajuda na inclusão social e no combate ao consumo de drogas. A afirmação foi feita durante uma reunião com 100 pessoas de cinco grupos de capoeira da região, no sábado, no bairro Cidade Alegria, em Resende.

Serfiótis ainda destacou o trabalho de outros projetos culturais e sociais, além da capoeira, em sua maioria desenvolvidos por grupos, associações e organizações não governamentais de todo a região Sul do Estado e se comprometeu a lutar por novos recursos federais nesses setores.

– A capoeira, além de promover a cultura Afro-Brasileira, sem dúvida presta um papel social muito grande à nação. Mas os trabalhos realizados por grupos, como os de Capoeira, também representam uma valiosa ferramenta à própria saúde pública do país, porque promovem o exercício de atividades saudáveis e ajudam afastar nossas crianças e jovens das drogas, por exemplo – opinou Serfiótis.

O candidato foi além e afirmou que, por ser um exercício físico, a Capoeira também pode ser um modelo de programa para a saúde pública, cujas ações no país ele considera muito tímidas.- Percebo uma ação muito tímida do Poder Público em implantar ações sociais e culturais dentro dos projetos de saúde pública no Brasil, por isso este é um segmento que pretendo encampar durante minha legislatura – assegurou.

A economista Janaina Dias, que é membro de um grupo de capoeira e participou do evento, acredita que misturar cultura e saúde pública é uma ideia inovadora. “São idéias avançadas, vindas de um candidato jovem, com propostas inovadoras, que serão muito importantes para nossa região”, disse.

O encontro foi organizado pelo mestre Nilson (Negão), do Grupo Senzala, e pelo professor Edu, do Grupo Capoeira Gerais – ambos de Resende -. Além de seus grupos, estavam presentes capoeiristas de Itatiaia, Barra Mansa, Volta Redonda, Pinheiral e até de São Paulo. A reunião foi o terceiro compromisso de Alexandre Serfiótis neste sábado, após participar de eventos em Porto Real e Volta Redonda.

No mesmo dia, à noite, o candidato encontrou a diretoria da Associação das Igrejas Evangélicas, no Bairro Castelo Branco, ainda em Resende. Em seguida, o candidato compareceu ao aniversário da Igreja Quadrangular, em Porto Real.

 

Fonte: Diário do Vale – http://www.diariodovale.com.br

Mulheres capoeiristas se reúnem em Teresina – Piauí

O 4º Encontro Feminino de Capoeira acontecerá na Frei Serafim com Coelho de Resende

Para comemorar o Dia da Mulher (8/3) no próximo dia 9 de março no cruzamento das avenidas Frei Serafim com a rua Coelho de Resende a partir das 19h, acontecerá o 4º Encontro Feminino de Capoeira.

As mulheres estão cada vez mais presentes nos esportes como a capoeira. Segundo o instrutor George Fredson, o contramestre Touro, o encontro já vem sendo realizado há quatro anos e este ano as mulheres capoeiristas apresentarão um show de maculêlê, samba de roda e um grande ‘aulão’ de capoeira.

Entre os grupos participantes já estão confirmados o Raízes do Brasil, Zumbi, Abadá, Oscapoeira, Cordão de Ouro, Capoeirarte, Arte Luanda, Beira-Mar, Legião Brasileira e Escravo Branco.

Touro explica que é muito importante a participação das mulheres na capoeira e que o movimento de mulheres capoeiristas está se consolidando a cada dia em Teresina.

Itatiaia: Batizado e troca de cordas do grupo de capoeira Raiz de Angola

Raiz de Angola realiza evento para batizado e troca de cordão
 
ITATIAIA – Com o objetivo de realizar o batizado e a troca de cordas de um grupo de atletas, o grupo de capoeira Raiz de Angola promoverá nos dias 12 e 13, na Associação de Moradores da Vila Magnólia, seu décimo primeiro encontro.
 
O evento, que reunirá 12 grupos de capoeira de diversas cidades, como Resende, Volta Redonda, Barra do Piraí e Angra dos Reis, começa sábado, pela manhã, com uma apresentação de roda de capoeira no Calçadão de Resende, seguida de uma aula de capoeira, às 15 horas, na associação de moradores da Vila Magnólia e uma roda de capoeira no Centro da cidade, às 19 horas.
 
Para domingo está previsto um curso de capoeira às 9 horas, uma roda de apresentação às 14 e, às 15 horas, o batizado e troca de cordas de 85 alunos. “Vai ser uma festa de confraternização entre os mestres e alunos. Um encontro de energia, cultura, troca de informações e muita emoção”, afirma o mestre Nilson Correa da Rocha, mais conhecido como mestre Negão. Segundo ele, o batismo é o primeiro passo da preparação do aluno para posteriormente receber a primeira corda, a qual simboliza o primeiro nível de graduação na capoeira. O batizado acontece depois que o atleta tiver pelo menos oito meses de prática do esporte.
 A Voz da Cidade – http://www.avozdacidade.com