Blog

tarde

Vendo Artigos etiquetados em: tarde

O Autor na Praça comemora 12 anos

O Autor na Praça comemora 12 anos em Tarde poética com o “Sarau do Grupo Raizarte” e participações musicais

O Autor na Praça começou em maio de 1999, tendo como primeiro convidado o dramaturgo Plínio Marcos, motivo pelo qual a tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto, onde acontece os eventos leva seu nome. Para celebrar os 12 anos do projeto vamos realizar uma tarde poética com a participação do “Sarau Grupo Raizarte”, formado pela poeta Tula Pilar e seus filhos, Amanda, Pedro e Dandara, Pilar é autora do livro “Palavras Inacademicas”. Além de leituras teremos participações dos músicos Bilo Mariano, Léo Dumont, Salatiel Silva e o poeta e brincante Paulo Netho, que juntos tem apresentado o espetáculo “Balaio de Dois” em vários espaços culturais (No próximo dia 2 de junho, o “Balaio de Dois” participa do programa Quintal da Cultura, TV Cultura de São Paulo, ao vivo no horário das 14h30 às 17h30).

Na mesma tarde haverá venda coletiva do novo número da Revista OCAS (Organização Civil de Ação Social), com a presença da Pilar, o Daniel, que é vendedor assíduo na praça e outros convidados. O cartunista Junior Lopes participa do evento realizando caricaturas do público.

 

Serviço:

O Autor na Praça comemora 12 anos em Tarde Poética com o Sarau do grupo Raizarte

Dia 28 de maio de 2011, sábado, a partir das 14h.

Espaço Plínio Marcos – Tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto – Pinheiros.

Informações: Edson Lima – 9586 5577 – edsonlima@oautornapraca.com.br

Realização: Edson Lima e AAPBC.

Apoio: Casa Puebla, AEUSP – Associação dos Educadores da USP, Artver, Max Design, Cantinho Português, TV da PRAÇA, Enlace-media.com e Restaurante Consulado Mineiro.

 

O grupo Raizarte surgiu com a proposta de Pilar e seus filhos há 11 anos para promover saraus, sua própria arte e agregar novas trocas de saberes e culturas. Dandara tem 5 anos, com sua meninice alegra à todos e cria felicidades sempre que está presente. Pedro Lucas, declama desde Castro Alves até os mais simples Rapers da periferia. Ele tem 15 anos, estuda e joga basquete, mas mesmo assim acha tempo de participar de todos os Saraus que realiza com sua família. Samantha, a mais velha, tem 23 anos, trabalha com arte em cabelos. Enfim, Pilar, a mãe de todos, produz, trabalha, cria, vende Revista OCAS, dança, fotografa e sempre agita Saraus em diversos pontos da cidade, entre eles, o Sarau do Binho, as segundas-feiras no Campo Limpo e na sede da Revista OCAS todas as segundas-feiras à tarde.

 

“A arte é uma magia, a gente aprende mas ninguém ensina” – Plínio Marcos, padrinho do projeto

Osasco: Tarde dos Cantadores

Estaremos realizando no dia 19 de Setembro mais uma edição da “Tarde dos Cantadores”, que ano passado levou um grande público, entre capoeiristas, simpatizantes, familiares e amigos, ao Clube Palmeiras. Este ano vamos levar a nossa festa a Osasco, contando com a presença de todos que ano passado engrandeceram a nossa festa.

Como no ano anterior toda a renda será revertida para a reconstrução do CEMB – Centro Educacional Mestre Bimba – as obras estão a todo vapor, muita coisa já foi feita, mas muita coisa ainda vem por ai. Venham celebrar a música da capoeira, a cultura brasileira!

Ingressos R$ 10,00

Toda a renda será revertida para a reconstrução do CEMB

Obs. Lançamento do CD do Boa Voz – 3 vol.

Local:
Centro de Eventos Pedro Bortolosso
Av. Visconde de Nova Granada, 513
Jd. Alvorada
Osasco – São Paulo – Brasil

Instrutor Lampanche
ABADÁ-CAPOEIRA

Araxá: Capoeira e roda de samba encerram atividades do Sesc/Verão 2010

Criançada também contou com rua de lazer durante o encerramento do evento.

Foram encerradas com sucesso as atividades do Projeto Sesc/Verão, promovidas pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) de Araxá.

Na tarde do último sábado (6), aconteceu a Oficina de Capoeira, ministrada pelo Mestre Petróleo, da Associação Cultural Esportiva de Capoeira Zumbahia. Além do aquecimento e alongamento com os movimentos básicos da capoeira, houve aulas de acrobacia, saltos e instrumentação com berimbau, pandeiro, atabaque e canto.

No domingo (7) pela manhã, aconteceu o Encontro de Capoeiristas de Araxá, Santa Juliana e São Gotardo, encerrada com uma belíssima roda de capoeira. Os jovens praticantes mostraram suas habilidades e respeito à cultura, tanto nos movimentos quanto nos cantos.

A criançada que esteve presente no domingo também pôde participar da rua de lazer, contando com totó, pingue-pongue, piscina de bolinhas e pula-pula.

A tarde de lazer, esporte e diversão foi encerrada com uma roda de samba na piscina com a Banda Beja, que tocou repertório variado da música popular brasileira, samba e pagode, num clima de entusiasmo e alegria, encerrando de forma marcante o Sesc/Verão 2010, que deixa saudades. Ano que vem tem mais!  Janeiro e fevereiro de 2011 prometem…

Informe Sesc/Araxá – http://diariodearaxa.com.br

Projeto Capoeristas do Bem reúne crianças de Mãe Luiza

No bairro de Mãe Luiza, crianças estão aprendendo valores importantes, como disciplina e respeito pelo próximo, através das aulas de capoeira realizadas pela organização não-governamental Casa do Bem. Fundado há oito meses, o grupo de pequenos capoeiristas celebrou, na tarde deste sábado, na Escola Estadual Dinarte Mariz, a troca de cordão, uma mudança de nível no aprendizado dessa dança/luta, herança de nossas raízes negras.

O grupo Capoeiristas do Bem, como é chamado, possui atualmente 26 integrantes, na faixa de 8 a 12 anos. As aulas acontecem três vezes por semana, à tarde, e além de capoeira é ensinado também maculelê, samba de roda, noções de música e fabricação de instrumentos. “Esse trabalho é importante pois temos que mudar a imagem que a sociedade natalense tem de Mãe Luiza. Nosso trabalho aqui é ajudar essas crianças a darem importância ao futuro”, diz o mestre Josenilson “Petinha” , coordenador do projeto.

Pais, amigos e parentes dos capoeiristas-mirins foram prestigiar o evento, formando uma pequena platéia. Fotografando os passos dos filhos estava a auxiliar de cozinha Grace Silva Nascimento, mãe de Lucas, 7 anos, e de Bruno, 8. “É melhor eles estarem aqui do que na rua aprendendo o que não presta”, comenta, visivelmente orgulhosa.

O evento contou com a participação de capoeiristas experientes, que se apresentaram para os alunos do projeto e para os demais presentes, dando um verdadeiro show de técnica e agilidade. No pátio da escola soava berimbau, tambores e cantos.

O presidente da Casa do Bem, jornalista Flávio Rezende esclarece que as aulas de capoeira estão sendo realizadas na Escola Estaual Dinarte Mariz até que a construção da sede própria da ONG seja concluída. “Quando estiver pronta todas as nossas atividades serão transferidas para lá.” Os Capoeiristas do Futuro se apresentam amanhã à noite no Teatro Alberto Maranhão.

 

Fonte: Tribuna do Norte – http://tribunadonorte.com.br

Para saber mais: www.casadobem.org.br.

TCU condena mestre de capoeira a pagar R$ 51 mil por não prestar contas

Em matéria publicada no famoso jornal da Bahia o A Tarde, Pedro Moraes Trindade, o Mestre Moraes GCAP, condenado pelo TCU por não prestação de contas, vimos por obrigação e por respeito ao nossos leitores e amigos, abrir um canal de reflexão e até de entendimento a todas as questões que envolvem nosso amigo e grande mestre Pedro Moraes.

O Portal Capoeira se coloca a inteira disposição para ajudar a manter uma comunicação unilateral entre os intervenientes e os orgãos competentes para que esta incomoda situação possa ser esclarecida e solucionada.

Desta forma desejamos a toda família GCAP, principalmente na figura de seu mestre, muita força e dissernimento para superar com dignidade esta situação.

Luciano Milani

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o mestre de capoeira Pedro Moraes Trindade, 58 anos, a pagar cerca de R$ 51 mil como pena por ter recebido R$ 29.923 do Ministério da Cultura (Minc), em 2005, e nunca ter prestado conta da verba. Conhecido como mestre Moraes, o acusado é responsável pelo Grupo de Capoeira Angola Pelourinho (GACP), que funciona no Forte Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador.

Depois de ter seu projeto aprovado no Minc, Moraes assumiu a responsabilidade de utilizar o dinheiro com seminários, oficinas, exposições sobre a capoeira angola, além de produzir um CD temático. O capoeirista garante que a verba foi aproveitada de acordo com as normas estipuladas pelo Minc, mas admite que foi “inexperiente e não soube lidar com as burocracias na prestação das contas”.

A decisão do TCU foi divulgada no início desta semana. Na casa do mestre Moraes, a notificação chegou pelo correio anexada com dois boletos: um de R$ 47.265,11, referente ao valor recebido do Minc e acrescido com juros, e outro de R$ 4 mil como multa por não justificar o uso da verba pública.

O mestre Moraes diz não ter tido apoio ou orientação do Minc para o encaminhamento burocrático da prestação de contas. A única nota fiscal apresentada por ele é de R$ 10.750, referente a confecção de cinco mil cópias do CD. Moraes garante que em 2006 enviou ao ministério uma caixa com um CD e as fotos retiradas nos eventos dedicados a capoeira. “Recebi uma carta de cobrança, mas liguei diversas vezes para o ministério e não consegui falar”, relata, após lembrar que tinha se comprometido a dar mil cópias do CD ao Minc, o que não aconteceu.

PENALIDADE – Há 37 anos como professor de capoeira, Moraes terá 15 dias para recorrer da sentença ou o caso irá para a Justiça e seus bens podem ser penhorados. De acordo com o relator do processo, o ministro Marcos Bemquerer, o acusado foi procurado nos últimos dois anos, sem nunca justificar como utilizou o dinheiro.

“A prestação de contas deveria ter acontecido em 2006, dois meses após a utilização da quantia”, explica. Se apresentar sua defesa no prazo, Moraes será julgado por outro relator do TCU. Caso seja absolvido, pode ter o valor do débito reduzido ou até quitado. Mas se for considerado culpado de novo, terá de arcar com o custo.

O GACP é um dos sete grupos que funcionam dentro do Forte Santo Antônio, reformado em 2006 e conhecido hoje como Forte da Capoeira. Em sua defesa, mestre Moraes garante que o dinheiro foi aplicado em um ciclo de palestras, oficinas e exposições que aconteceram em março de 2006.

Com fotos e recortes de jornais da época, Moraes gastou no período mais de R$ 10 mil com a produção do CD Ligação Ancestral, com oito composições dele em cânticos da capoeira. “Terei de procurar as notas fiscais da época, mas houve outros gastos como as 300 camisas confeccionadas para os eventos”, pontua.

FiISCALIZAÇÃO – O caso de mestre Moraes é um exemplo do que acontece com instituições ou pessoas físicas que não prestam conta do dinheiro público recebido. O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Marcos Bemquerer afirma que a área cultural é a mais atingida por esse problema, que envolve falta de fiscalização dos órgãos e despreparo dos que pleiteiam verba.

Em setembro deste ano, no Paraná, o TCU condenou o artista plástico Francisco Vaz Lino a pagar R$ 327 mil por não registrar como gastou o dinheiro recebido pelo Ministério da Cultura (Minc). Em outubro um caso semelhante envolveu a representante da Associação Artis Colegium de Londrina, Irina Ratcheva, obrigada a devolver R$ 83 mil ao Minc.

“Falta fiscalização, os projetos nunca são acompanhados de perto”, diz Bemquerer. Para piorar, o poder público demora para cobrar o dinheiro dado e muitas instituições já não existem quando o TCU exige a comprovação dos gastos, ficando difícil reaver o dinheiro.

Como solução mais imediata, o ministro sugere maior rigor na escolha dos beneficiados em editais, com prioridade às entidades que tenham mantido a regularidades nas finanças em projetos anteriores.

O presidente da Associação Brasileira de Capoeira Angola, Virgílio Ferreira, lamenta que tenha sido difícil conseguir dinheiro para apoiar projetos de capoeira. “Tentei duas vezes e não consegui“, assinala. Sobre a denúncia contra o mestre Moraes, disse acreditar que se trata de um caso isolado.

Desde quinta-feira o Minc foi procurado para comentar o assunto, mas não se pronunciou sobre o caso até o fechamento da matéria.

 

Fonte: Eder Luis Santana, do A TARDE On Line – http://www.atarde.com.br

Foto: Elói Corrêa/Agência A Tarde

UFRN realiza 4º Encontro de Capoeiragem em P. Negra

O Departamento de Educação Física da UFRN, em parceria com o Centro Cultural Corpo Livre de Capoeira, promove hoje e amanhã, o “4º Encontro de Capoeiragem”. O evento tem a finalidade de fazer com que capoeira do Estado se torne cada vez mais forte e continue conquistando espaço na sociedade.

Na abertura será realizada uma roda de capoeira, a partir das 18h, na Feira de Artesanato de Ponta Negra. Já no sábado a programação será na Escola de Música da UFRN: durante a manhã haverá oficinas de capoeira, dança afro, samba de roda e maculelê. À tarde ocorrerão batizados de capoeira e apresentação do Grupo Parafolclórico da UFRN.

Nesta edição, o Encontro contará com a participação de vários mestres de capoeira de outros estados como, Pernambuco, Ceará e Paraíba.

Mais informações sobre o 4º Encontro de Capoeiragem, pelo telefone: 8805-6571.

Brasil: Gilberto Gil confirma saída do Ministério da Cultura

Gilberto Gil, foi sem dúvida um dos políticos da história recente do Brasil, que mais lutou pela nossa CAPOEIRAGEM.

Podemos referir a criação do Projeto Capoeira Viva, o celebre discurso em Genebra (ONU) e o registro da Capoeira como patrimônio imaterial brasileiro.

Em nome de toda equipe do Portal Capoeira, agradecemos e desejamos todo o axé do mundo para nosso querido Artista-Ministro Gilberto Gil…

Ministro se reúne com Lula à tarde para definir data de saída; Gil não disse se vai indicar substituto

SÃO PAULO – O ministro da Cultura, Gilberto Gil, confirmou nesta quarta-feira, 30, que vai deixar o comando do ministério, segundo informações da Agência Brasil. Ele disse que vai se reunir com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta tarde para discutir a data de sua saída. Na agenda oficial do presidente, o encontro está marcado para as 16h30. O anúncio foi feito, no Rio, durante a abertura de um seminário sobre direito autoral.

Gil, no entanto, não quis antecipar quando pretende deixar o cargo ou se vai indicar o substituto. "A notícia será notícia no tempo certo", disse. O ministro avaliou como positivo seu mandato, mas exaltou o trabalho de toda a equipe. Segundo ele, esse período foi "importantíssimo no Ministério da Cultura, por acaso, com o ministro Gil à frente".

Ainda de acordo com o ministro,outro aspecto positivo no comando da pasta foi o reconhecimento como Patrimônio Cultural Brasileiro de elementos da cultura regional como a capoeira, o frevo, o samba de roda e a pintura corporal dos índios.

Gil está no ministério desde o primeiro mandato Lula, em 2003. Desde a semana passada, aumentaram os rumores sobre sua saída. Não é a primeira vez que o cantor diz que vai deixar o governo. No fim do ano passado, ele havia anunciado sua saída, mas voltou atrás a pedido de Lula.

O ministro interino, Juca Ferreira, chega nesta quarta-feira, 30, da Bolívia, após encontro com ministros da Cultura do Mercosul. O interino em exercício é Alfredo Manevy. Gil também acaba de chegar de sua turnê pela Europa e retoma as atividades artísticas no dia 2, quando fará show em Itaipava (RJ). No dia 8, vai a Curitiba (PR), e no dia seguinte toca em Florianópolis (SC).

Gil argumenta que quer voltar à carreira artística e já disse que os discursos prejudicam suas cordas vocais. "Treinei minha voz para o canto, e não para discursos", afirmou na primeira tentativa de deixar o governo. Em outubro do ano passado, Gil foi submetido a uma cirurgia nas cordas vocais para a retirada de dois cistos.

O Estado de S.Paulo – http://www.estadao.com.br

I Festival Internacional de Capoeira do Grupo Ginga Camará 2008

PROGRAMAÇÃO

Dia 11 de Julho (sexta-feira)

10h-12h – Aulão na Praia da Nazaré (Prof. Marcha Lenta)
Tarde – Convivio na Praia da Nazaré
19h – Animação de Rua (Praça Principal da Nazaré)

Dia 12 de Julho (sábado)

10h – Workshop de capoeira com Mestre Robson Bocão e com Mestre Marcelo
13h – Almoço
15h – Workshop de Capoeira com Mestre Robson Bocão e com Mestre Marcelo
18h – Roda Aberta
20h – Jantar

Dia 13 de Julho (Domingo)

15h – Abertura
15:30 – Exibição do vídeo-documentário Memórias do Recôncavo: Besouro e outros Capoeiras, (Pedro Abib)
16h30 – Roda de Professores e Mestres convidados
17h – Formatura dos graduados
17h30 – Cerimonia de entrega de graduações
19h – Roda de encerramento

NOTAS:

Os cursos no Sábado vão ser divididos em iniciantes e avançados, ficando uma turma com cada Mestre de manhã e à tarde as turmas trocam de Mestre.

Os workshops serão Sexta e Sábado e terão um custo de 20 €.
Temos alojamento para alunos, mas é necessário trazer saco cama.

 

Urb. Quinta do Amparo, Edifício Bela-Vista R/c Esq. – 2415-583 Leiria

TLM: 91 4435862 / 91 3970930

www.ginga-camara.com – papagaiocamara@hotmail.com

Lobato: De campo de petróleo a portal do subúrbio

Mestre Gato (José da Silva Cunha) aos 69 anos mantem vivo o sentimento de carinho e camaradagem através da capoeiragem. *

Santa Luzia, Prainha, Jardim Lobato, Boa Vista do Lobato, Alto do Cabrito, Joanes (nome de uma das ilhotas cercadas por manguezais que existiam na região) são algumas das subdivisões do primeiro bairro do subúrbio ferroviário, espalhadas em três administrações regionais. Apesar da vista privilegiada da Enseada dos Tainheiros, na Ribeira, a fama vem do fato de ter sido o local onde foi descoberto o primeiro poço de petróleo no Brasil, em 21 de janeiro de 1939, período da campanha nacionalista do presidente da época, Getúlio Vargas, O Petróleo é nosso.

Os atuais moradores chegaram em casas construídas pelo Estado, após uma enxurrada que destruiu várias casas em áreas próximas, conhecidas como Bananeira (Baixa do Fiscal), Cacau e Santa Luzia. O aposentado José Olimpo da Silva, 75 anos, conhecido como Zé da Mula, fez parte do grupo que formou o bairro. “A gente perdeu tudo, ficou morando um tempo na Estação da Leste e, para construir aqui, carregava o material nas costas”, contou. O apelido vem da época que percorria diversas feiras da cidade.

Todo o sofrimento e trabalho fizeram nascer o amor pelo Lobato. “Vivo aqui há mais de 50 anos. Todos os meus filhos (ele só sabe que tem mais de 10) nasceram e foram criados no Lobato, e não tenho motivo para não gostar daqui. Todos os dias pego meu peixe fresco nas barcas que vêm de Plataforma e sou feliz”. Hoje, ele só quer saber de se debruçar sobre o balcão de sua mercearia, olhando o movimento da rua e conversando com os vizinhos, e lembrar do tempo que paquerava na seresta que acontecia em um antigo bar na entrada da Rua do Amparo.

Com a mesma mentalidade do vizinho, José da Silva Cunha, conhecido como Mestre Gato, aos 69 anos, tem o trabalho voltado a incutir o sentimento de carinho pelo bairro na nova geração. Por meio da capoeira, as lições são dadas no projeto Renascendo Cidadania, onde 56 jovens e adultos entre 5 e 30 anos aprendem “a não ir para o lado esquerdo”, como ele mesmo costuma falar. “Tenho orgulho de ter tirado cerca de 90% dos jovens do tráfico daqui com a capoeira, que vence tudo, maculelê, samba- de-roda e puxada de rede. Eles têm que mudar a imagem que o bairro tem de violência, ser homens de bem”. No meio da conversa, uma das alunas, Marcela Santos Castro Dias, 8 anos, vem orgulhosa mostrar ao mestre que tirou 10 na escola. “Ela que não tire, não. Se não for bom aluno e não obedecer a pai e mãe, não fica”, dá o recado.

Meire Oliveira, do A Tarde
http://www.atarde.com.br
Foto: Elói Corrêa/Agência A Tarde

* Grifo Portal Capoeira

Portugal: Festival de capoeira Grupo Ginga Brasil

Programação dia 7( sexta ) a noite: 19:30 Roda de capoeira/ chegada dos participantes

Dia 8 ( sábado) manhã 10:00 Curso com mestre nenê/ 15:00 Tarde lançamento do livro Capoeira a Roda das nações.

Dia 9 (Domingo ) manhã 10:00 curso com mestre nenê/ Tarde 15:00 Batizado capoeira

Local: Pavilhão da Escola secundária nº 2 São João da Madeira

Preços: Curso/ camisa / Livro 25 euros
curso 15
Livro 10

Clique para ampliar o cartaz….

Observação : Trazer sacos de cama para dormida no pavilhão.
Contactos 933979356 / cangaceiro16@hotmail.com

Presenças confirmadas

Mestre Nenê
Mestre Chapão
Mestre Cotta
Contra Mestre Caramuru
Professor Ariranha
Professor Birita
Professor Milani
Professor Lesma
Formado Cigano
Formado Chocolate
Instrutor Leão
Instrutor Goiaba
Estagiário Faisca
Estagiário Palito