Blog

uol

Vendo Artigos etiquetados em: uol

O Herói de Damião – A Descoberta da Capoeira

Em livro, garoto procura um herói da sua cor e encontra os mestres de capoeira

Aos sete anos de idade, o menino Damião resolve brincar de herói, vestindo capa, cinto e chuteira. Mas, ao invés de ficar feliz, ele se sente contrariado, pois sente que para ser igual ao herói tem que ficar desbotado. “Não tem herói da minha cor?”, esbraveja.

Essa é a história do livro “O Herói de Damião – A Descoberta da Capoeira”. O personagem principal é um garoto negro que sai pelo mundo atrás de uma figura heróica com a qual possa se identificar. Essa andança acaba dando certo: Damião encontra lutadores de capoeira, o gingado inventado por negros para se defender no século 16.

Envolvido pela brincadeira, Damião começa a ensaiar passos dessa luta que parece dança. O leitor que acompanhar a saga também poderá se encantar com a capoeira e arriscar movientos como ginga, cócoras e arpão, ensinados passo a passo ao longo do livro. Depois de entrar para o esporte, Damião ainda sai todo corajoso e acaba percebendo que, não importa a cor, todas as pessoas podem ser heróis.

Na história, Damião procura um herói negro como eleO Herói de Damião – A Descoberta da Capoeira

Texto de Iza Lotito
Ilustrações de Paulo Ito
Editora Girafinha
R$ 30

Mais informações: UOL Crianças

* DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

* VOCÊ CONHECE O MUSEU AFRO BRASIL?

* DEZ CURIOSIDADES

Fonte: UOL Crianças – http://criancas.uol.com.br

Malungos: 25 anos de Capoeira Angola

Uma Homenagem aos 25 anos de Capoeira Angola dos Mestres Valmir, Paloca, Janja, Paulinha e Boca de Rio.
 
Convidado: Mestre Cobra Mansa
 
 
 
Contatos:
 
FICA Bahia:
 
Rua Carlos Gomes, 111, Ed. Esther Moura Franco, 5° andar, Salvador – Ba
CEP 40060 333 – tel.: 0055 (71) 3321-7365 – cel.: 0055 ( 71) 9133-4048
e-mail: ficasalvador@ficabahia.com.br
 
NZINGA Núcleo Salvador:
 
Rua Alto da Sereia, 2 – 3º a – Rio Vermelho – Salvador BA
tel. (71) 9973 8970
e-mail: institutonzinga@uol.com.br

Oficina com Mestre Cobra Mansa

Oficina com Mestre Cobra Mansa
 
quando: de segunda (30/01) a sexta (03/02)
horário: das 19:00 às 21:30 hs.
 
onde: Grupo Nzinga de Capoeira Angola
endereço: av. Silvio Dante Bertacchi, 1255
 
quanto: R$ 50,00 ou R$ 15,00, a aula avulsa
inscrições: 3721 3456 ou 3502 2126 com Dênis,
    ou no endereço derosilva@uol.com.br
 
VAGAS LIMITADAS!

Não deixem o Tendal Fechar – Tendal da LAPA em sp

NÃO POUPE TEMPO, NEM ESFORÇOS…
Após 16 anos de existência, o Espaço Cultural Tendal da Lapa corre o risco de fechar.
A Prefeitura do Município,  o Estado  e a Subprefeitura Lapa, propõem que o Tendal seja transformado em um poupatempo, ignorando sua história e sua importância não só
para a região, como para toda a cidade de São Paulo.
Atualmente o espaço cultural oferece  24 oficinas gratuitas  para para a população, do teatro à escultura, passando pela dança, graffiti, canto, circo, mosaico e gaita.
Além de oferecer espaço para ensaios, exposições, shows, teatro, concertos e convivência. Tudo sempre gratuito.
Se você não concorda com o fim da Casa de Cultura, envie um email de protesto para as autoridades abaixo, com cópia para vivaotendal@uol.com.br . Eles são os responsáveis pelo fechamento da Casa de Cultura.
 
Paulo Magalhães Bressan – Subprefeito da Lapa
lapa@prefeitura.sp.gov.br , paulobressan@prefeitura.sp.gov.br 
Roberto Nappo – Chefe de Gabinete da Subprefeitura Lapa
rnappo@prefeitura.sp.gov.br 
Rosângela Mota Zanetti – Coordenadoria de Ação Social – Sub Lapa
rzanetti@prefeitura.sp.gov.br  
Carlos Augusto Calil – Secretário – Secretaria Municipal da Cultura – SMC
ccalil@prefeitura.sp.gov.br
Celino Cardoso- Deputado Estadual PSDB
ccardoso@al.sp.gov.br   – (11) 3886-6772/3886-6773
Vera Lucia Tokairim – Superintendência Poupatempo
vtokairim@sp.gov.br
Getúlio Cesar de Paula – Ouvidor do Poupatempo
gpaula@sp.gov.br
Acesse tambémo site:  www.vivaotendal.cjb.net e saiba como contribuir para que o tendal não feche. Seu apoio é muito importante!
O Tendal da Lapa fica na rua Guaicurus, 1100 – Lapa – SP
vivaotendal@uol.com.br

Pastinha… da Bahia à África – 1966


 
Capoeiristas que representaram o Brasil em 1966, no 1º Festival de Arte Negra em Dakar, sob o comando de Mestre Pastinha.
 
Na foto: Mestre Pastinha, Mestre Gato, Mestre Jõao Grande, Mestre Gildo Alfinete, Mestre Roberto Satanás, e Camafeu de Oxoossi.


Artigo da revista Praticando Capoeira Especial, Ano1 – Nº4
letts@uol.com.br
 

Arquivo: Gildo Alfinete