Blog

celebração

Vendo Artigos etiquetados em: celebração

Fotógrafo paranaense expõe na França imagens da Festa de Iemanjá

O fotógrafo e jornalista André Zielonka abre na próxima terça-feira (10/11) a exposição “Festa de Iemanjá”, na Maison de L’Amérique Latine de Rhône-Alpes, em Lyon, sudeste da França. As imagens documentais apresentam a celebração à Iemanjá da comunidade de Arembepe, na Bahia. A exposição é parte da programação do Festival Zoom Brasil, organizado pelas associações francesas Grupo de Capoeira Angola Cabula (GCAC France) e Casamarela. O evento pretende valorizar a pluralidade da cultura brasileira por meio de uma programação que inclui artes plásticas, cinema, dança, teatro, música e fotografia. “As 17 imagens que vou expor são parte de uma documentação maior que venho desenvolvendo há 10 anos sobre a Capoeira Angola. Estou feliz com o convite e a oportunidade de apresentá-las fora do Brasil e espero que o trabalho seja bem aceito pelo público francês”, afirma Zielonka.

As fotos que serão expostas, segundo Zielonka, fazem uma narrativa cronológica da celebração à Iemanjá que ocorre em Arembepe, comunidade com cerca de 4 mil habitantes localizada a 45 km de Salvador. A festa acontece todos os anos no dia 2 de fevereiro e os preparativos envolvem centenas de moradores que desde a madrugada preparam as oferendas que serão levadas para o mar ao amanhecer. Iemanjá, a rainha dos oceanos, é uma divindade cultuada pelas religiões afro-brasileiras, mãe de todos os orixás e protetora dos lares e das famílias. Nossa Senhora dos Navegantes é sua representação católica. De acordo com o fotógrafo, ao contrário da festa em Salvador, na praia de Rio Vermelho, que atrai uma multidão de turistas, em Arembepe o ritual ainda conserva características muito antigas e tradicionais.  “É totalmente organizado pelos moradores e algumas pessoas participam da celebração há mais de 40 anos”, relata.

As imagens captadas por Zielonka documentam a festa nos anos de 2002 a 2006. “A maioria das fotos que levarei para a França já foi apresentada em exposição em Arembepe. Os quadros foram depois presenteados às pessoas da comunidade”, lembra. “Estabeleci uma relação de respeito e confiança com os moradores, que me convidaram para acompanhar o cortejo de barcos que levam as oferendas para o alto-mar,” ressalta. Como presente, Iemanjá recebe flores, perfumes, alfazema, colares, sabonetes, pentes, espelhos, bijuterias, entre outras oferendas. “A comunidade de Arembepe se prepara o ano todo para essa celebração. Tive o privilégio de ter o aval para documentar um ritual com tantos significados para a vida dessas pessoas”, conclui Zielonka.

Serviço:
A exposição acontecerá na Maison de L’amerique Latine
De 10 a 22 de novembro
Lyon – Rhône Alpes
France

Sobre André Zielonka:

Natural de Curitiba, André F. Zielonka é fotógrafo profissional há dez anos. Jornalista, trabalhou em jornais e revistas e, em 1999, mudou-se para os Estados Unidos em busca de estudo e de novas experiências fotográficas. Ao retornar para o Brasil, estabeleceu-se como fotógrafo profissional independente. É professor da Escola de Fotografia Omicron e da PUC-PR desde 2001. Durante esses anos, além de suas atividades como fotógrafo e professor, desenvolve os projetos Roda de Angola e a Mostra Caixola – projeções audiofotográficas.

Site/Blog do Fotógrafo: http://andrezielonka.blogspot.com

Fonte: http://www.paranashop.com.br/

Aconteceu: RJ – Oficina de Capoeira Angola Grátis

Mestre Jeronimo, de passagem pela Cidade maravilhosa, nos envia artigo sobre a visita ao contra-mestre Caixote (Grupo Muzenza) e ao Mestre Arerê (Quilombo Arerê)

Axé!

Estou de passagem no RJ, e fui convidado para prestigiar mais um evento.
Agradeço ao contramestre Caixote e o mestre Arerê pelo convite.

foto: mestre JC + grupo Muzenza

O evento desta quinta-feira faz parte de uma série de oficinas (grátis!) que o contramestre Caixote, grupo Muzenza, oferece durante toda a semana para acrescentar para a celebração do Batizado e Troca de Cordas do grupo que se realizará dia 2710/07 as 14hs.

O convido especial para a oficina de Capoeira Angola foi o mestre Arerê. O evento contou com a presença de alunos do Quilombo Arerê, da Pro. Darlem Costa, (filha do mestre Derli Ariri – Cidade de Deus), e outros graduados de outros grupos.

A Capoeira do RJ, do Brasil, está de parabéns por mais um evento que VISA acrescentar para a educação do povo, para o povo. A aula do mestre arerê, a Roda, foi um sucesso!

Muito me agradou ver em particular as crianças presentes ter uma aula aonde são direcionados para ter consciência dos deveres e direitos do cidadão, dos fundamentos da Capoera, exaltando a família, e a educação escolar, etc.

O mestre Arerê, com seu carisma “ de carioca” contando estorias da capoeragem do RJ, e outros fatos, fundamento de jogo, etc, o que faz com muita alegria, inspirando a criançada e os presentes a dar rizadas, aprendendo e curtindo ao mesmo tempo.

Durante o evento, mestre Arerê ressaltou entre outras coisas sobre a função dos nomes que são próprios da capoeragem, seus significados, inclusive, da origem do nome do Grupo Muzenza no RJ, que nasceu com o mestre mentirinha que passou para o irmão, mestre paulão, em seguida até chegar ao mestre burguês.

O contramestre caixote está convidando a todos que queiram participar desta celebração do Batizado do Grupo Muzenza.

Quando: dia 25/10/07, na Ciep Tancredo Neves, Rua do Catete, 77.

Informações: c. mestre caixote – Muzenza RJ [email protected]

Vamos rodar esse jogo pra ‘7 mares’.

Axé!

Mestre Jeronimo Capoeira – ‘Iconoclast JC’
www.myspace.com/mestrejeronimo

Iº Encontro Gingando pela Paz

Caros Mestre, Contra mestres, demais Educadores,
 
No próximo dia 16 de outubro, o Brasil viverá um momento de extrema importância para sua história: O Referendo sobre o Comércio de Armas e Munições.  Pela primeira vez na história, a população de um país irá decidir, através do voto, pela Proibição ou não deste comércio. 
Esta é uma Campanha Cívica, onde o apoio e a participação de cada um é necessária. A vitória do SIM no dia 23 de outubro irá refletir o anseio de uma nação que já não agüenta conviver com tantas perdas e quer dar um BASTA a este mal. Que deseja construir uma nova cultura de paz e de tolerância.
A capoeira sempre esteve presente nos momentos mais importantes da nossa história, mostrando-se defensora da liberdade. Este é o momento de lutarmos para libertar nossa nação deste mal. É hora de demonstrar a nossa força!
Para tanto, gostaríamos de convidá-lo a estar conosco no I Encontro Gingando Pela Paz, na Rua do Russel, 76 – Glória – RJ. Este é um momento de celebração e principalmente de conclamação daqueles que lutam, acima de tudo, pelo ideal de liberdade sob o signo da capoeira. Na ocasião, estaremos realizando nosso 1º Batizado.
Sua participação será extremamente importante, e nos traria muita felicidade.
OBS.: Devido a limitação de espaço, pedimos a confirmação da sua presença, assim como demais participações.
Enviamos maiores informações em anexo. E nos colocamos à disposição para qualquer dúvida.
 
Fraternal Abraço,
 
Flávio Soares
(saudade / RJ)
2555-3777 R: 3241
9923-2746

 
Read More