Blog

eco

Vendo Artigos etiquetados em: eco

Feliz Aniversário, mestre Squisito!

O capoeirista Reginaldo da Silveira Costa, Mestre Squisito, completa, em 11 de março de 2009, 56 anos de idade, nasceu em Montes Claros/MG no dia 11 de março de 1953, sendo filho de José Gomes Costa e Iracema de Paula, ambos mineiros, nascidos também em Montes Claros, já falecidos.

Parabéns e muitos anos mais de vida, com muita saúde, perseverança intemerata e ousadia intimorata para as mais puras realizações do espírito nas rodas da vida, nas marés sociais e na união familiar para que a capoeira continue a ter você na linha de frente a desbravar, a fomentar, a divulgar, a ensinar e a dignificar em tom maior e alto relevo o que é ser capoeira…

Mestre Squisito

“Seis de dezembro de 1974, sexta-feira, Academia Tabosa, quadra 505 Sul, sete da noite. Subo as escadas apressado com o coração disparado: era meu batismo de capoeira!

Mal consigo chegar ao vestiário e colocar a malha branca, novinha, colada no corpo que era o último modelo de uniforme lançado na Academia Tabosa. O ruído das pessoas, muitos mestres, muitos estranhos, um frio perpassa a barriga: é hoje! Troco atropeladamente a roupa e corro para o salão da academia, pois o Mestre já anuncia o começo da festa.

Todos se organizam em volta da roda. Parece que não cabe todo mundo e mesmo assim as pessoas se ajeitam e encontram uma maneira de ficarem o mais próximo possível. Berimbaus, pandeiros, atabaques, começam a orquestrar um ritmo afinado, produto de um ensaio que ninguém fez!

Yyêêêhhhhhhhhh!!!!!!! – Grita o Mestre Tabosa.

Aquele grito corta o ar e o tempo e transporta a todos para uma viagem mântrica através da História e reconta todas as agruras que já atormentaram a humanidade. É um grito de dor, contra a dor! A favor da liberdade, contra a escravidão! Exigia o fim do cativeiro, anunciava a festa!

Exorcizava todas as diferenças, exigia a igualdade! Respeitava a morte, mas anunciava a vida!

Fluía origem era o corpo, mas sua gênese era a Alma!

E o Mestre Tabosa solta a voz e começa a cantar: Ô luanda êh, pandêro! Luana êh Pará… E um coro de cem vozes responde: olêlê!!!!!!

E veio o meu arrepio, o meu primeiro arrepio de capoeira! Uma energia tão grande que os olhos se iluminaram de emoção, o coração disparou mais que o atabaque; a pele fez-se o corpo todo que pareceu expandir, inflado pela emoção e pelo axé!

Aquele eco ainda hoje percorre o meu coração e minha alma… Aquelas pessoas, a maioria pelo menos, não mais se encontram nessa Roda da Capoeira, estão por aí, na Roda da Vida, jogando a sua sobrevivência! Mas, dentro delas, na dimensão transcendental e atemporal do seu Espírito, cada uma guarda aquele eco, aquele grito, aquela roda!

Os Mestres que ali estavam são hoje parte daquele eco.

Meu Padrinho de Capoeira, Mestre Tonhão, onde quer que ele esteja, é hoje parte inseparável da minha vida na Capoeira!

A ele, e a todos os Mestres que estiveram presentes naquele momento, gostaria de poder entregar um prêmio inusitado: aqui está Mestre, o meu orgulho humilde de ter sobrevivido a todos os desvarios, percalços e barreiras que a estrada da vida me aprontou até agora e ter permanecido nessa roda de capoeira! Esse é o troféu mais significativo que posso lhe dar, a minha própria História, contada a partir de sua referência, do seu exemplo e do que você mostrou quando esteve presente naquele momento e que construiu adicionando sua energia àquela roda, àquele batismo, àquele grito, àquele arrepio! Naquele momento, você estava construindo a História da Capoeira, da capoeira de Brasília, do Brasil e do mundo! Você, Tonhão, Tarzan, Melquiades, Tranqueira, Sansão, Clodoaldo, Clodomir, Gil, Pombo de Ouro, Russo, Louro, Arraia, Monera, Adilson, Onça Tigre, Bertinho, Chibata, Vieira, Danadinho, Angoleiro, Fritz, Nenê, Beto, Jacinto, Cordeiro, Cabeludo, Periquito, Gavião, Leoná, Carlindo, Diabo-Louro, Futica, Cascavel, Rui, Alcides, e particularmente a Você, Mestre Tabosa, meu Mestre na Capoeira, e tantos outros, enfim, todos aqueles que fazem essa História, escrita a cada dia no labor dessa grande roda da vida, ao sabor dessa maravilhosa energia, que vem sendo reconstituída em cada um desses que fazem a passagem do bastão para a continuidade da História, da Capoeira, da nossa própria vida!

A eles essa homenagem quer chegar, a todos eles!”
 

Este texto foi gentilmente cedido ao Jornal do Capoeira por Danillo César “Canguru”, Editor do Jornal MUNDO CAPOEIRA, do Estado do Tocantins.

http://www.jornalmundocapoeira.com/?pg=noticia&id=447

Fonte: http://www.jornalexpress.com.br/noticias/detalhes.php?id_jornal=13170&id_noticia=1084

 

Mestre Squisito: [email protected]

Dois grandes acontecimentos capoeirísticos marcam a região Norte do Brasil

Dois grandes acontecimentos capoeirísticos marcam a região Norte do Brasil nos próximos meses. São eles: I Semana de Capoeira da Amazônia e III   Encontro Internacional Ecológico de Capoeira do Amazonas.
Ambos os eventos tratam de questões importantes para a nossa capoeira, o primeiro irá descutir as praticas culturais e os saberes no contexto das politicas publicas (fica aqui o comentário sobre um outro importante evento, o SENECA, que aconteceu no Sul do País, onde também foi abordado o tema "Políticas Publicas.) O segundo evento, sobre a supervisão de Mestre Squisito, irá tratar de assuntos importantes, tais como a "capoeira, o eco-turismo e a ecologia" inseridos em uma região de infinitas possibilidades onde a capoeira vem crescendo e as autoridades governamentais começam a abrir o olho para esta multifacetada arte…
 
Vale a pena conferir as progamações e propostas. com especial atenção ao evento sob a supervisão de Mestre Squisito
Luciano Milani

I Semana de Capoeira da Amazônia
 

De 03 a 10 de junho, acontece em Belém, a I Semana de Capoeira da Amazônia, que terá três momentos: palestras teóricas, mini-cursos e oficinas práticas. As atividades serão realizadas no Ginásio da UEPA (Universidade do Estado do Pará). As palestras trarão a antropóloga Leila Melo, que discutirá os saberes através das práticas culturais, além dela, a antropóloga Lígia Simonian falará sobre cultura, artes e saberes locais no contexto das políticas públicas.
 
Os mini-cursos divididos em três partes abordarão a história e historiografia da capoeira no Brasil e serão ministrados pelos professores Augusto Leal e Leila Melo, da UFPA (Universidade Federal do Pará). Nas oficinas, haverão aulas de ritmos e percussão, princípios da capoeira de Angola, além aulas de instrumentos como berimbau, atabaque e pandeiro.
 
Mais informações pelos telefones 8111 6142 ou 8113 1006.
 
Você pode concorrer a convites para a Semana de Capoeira, é só clicar no link abaixo:
http://www.orm.com.br/promocoes
 

Cidade Velha - Belem III   Encontro Internacional Ecológico de Capoeira do Amazonas
 
Iº. Eco-Capoeira do Amazonas
 
Programação:
 
 Quinta-feira – 17 Agosto de 2006
 
 18:00 – Reunião com a Coordenação e Assembléia Geral com os atletas de Manaus
 
 21:00 – Roda de recepção dos convidado de delegações de outros Estados e países
 
 22:30 – Jantar com os convidados
 
Sexta-feira – 18 agosto de 2006
 
 07:30   Café Regional
 
 09:00   Entrevista coletiva com os convidados.
 
 10:40   Excursão para Presidente Figueiredo.
 
 12:30   Almoço com a secretária de turismo.
 
 14:00   Visita ao refúgio Sacura-Mirá, do Mestre Gato.
 
 14:30   Palestra sobre a capoeira como conscientização ambiental e eco turismo na Amazônia.
 
 19:40   Jantar e reunião com o prefeito e autoridades representantes do estado e Município e capoeira.
 
 23:00   Retorno para Manaus.
 
Sábado – 19 agosto de 2006
 
 08:30   Iª. Conferência sobre o eco capoeira no Amazonas
 
Abertura com a leitura da programação e apresentação dos convidados, autoridades e entidades de classes representativas e esportivas, culturais sociais, ong’s  e entidades governamentais.
 
 09:00   Palestra com o Mestre Marreta – de Amsterdã – Holanda.
            Tema: Projeto Eco-turístico Brasil-Holanda.
 
 09:55   Palestra com a Secretaria de Turismo Dra.Arminda Mendonça
            Tema: O turismo e a capoeira.
 
 10:30   Palestra do Secretario de Esporte
            Tema: A capoeira como desporto.
 
 11:10   Palestra de especialista fonoaudiólogo
            Tema: Educação verbal.
 
 12:30   Intervalo para o almoço.
 
 13:30   Palestra com Mestres da Bahia
            Tema: Salvador: a Meca da capoeira.(Água de Beber)
 
 14:30   Palestra com o presidente da confederação brasileira de capoeira
            Tema: A  capoeira no Brasil e no mundo.
 
 15:00   Palestra com o mestre Umói de Souza – Portugal.
            Tema: Convívio Brasil-Portugal e projetos sociais com a capoeira em países de língua portuguesa.
 
 15:45   Palestra com desembargador – am
            Tema: respeito a integridade física.
 
 16:30   Lançamento do filme Bimba, a Capoeira Iluminada, de Luis Fernando Goulart
            Sobre a vida do Mestre Bimba (longa metragem) – www.mestrebimbaofilme.com.br
 
 18:30   Batizado de capoeira
 
 20:00   Jantar para os convidados
 
 21:30   Viagem para o município de Novo Airão (200 km selva a dentro).
 
Domingo – 20 de agosto de 2006
 
 07:30   Café regional com o Prefeito do Município, Autoridades e convidados.
 
 08:50   Batizado.
 
 11:20   Visita a pontos turísticos do município
 
 13:00   Almoço
 
 15:30   Retorno a Manaus.
 
 18:00   Roda de confraternização no Capoeiródromo na Ponta Negra
 
 
Obs: A programação poderá sofrer alterações e ajustes