Blog

Abril 2007

Vendo Artigos de: Abril , 2007

Portugal: 6º Baptizado e Encontro Internacional de Capoeira do grupo Capoeira Beija-Flor

O 6º Baptizado e Encontro Internacional de Capoeira do grupo Capoeira Beija-Flor está a chegar!!!!
 
Passado um ano desde o sucesso total do 5º Baptizado do grupo Capoeira Beija-Flor®, temos agora à porta mais um evento: o 6º Baptizado e Encontro Internacional de Capoeira do grupo Capoeira Beija-Flor®.
Preparado para a difícil tarefa de superar o espectáculo apresentado em 2006, o evento deste ano foi organizado ao pormenor, no sentido de fazer subir ao palco o melhor da essência da capoeira. Para além de abrirmos horizontes e mostrarmos ao público o trabalho desenvolvido pelo grupo Capoeira Beija-Flor®, contamos com a presença confirmada de grandes personalidades do mundo da capoeira. Será, decerto, um evento a não perder!
 
Ao longo deste ano, muito trabalho foi feito. O Professor Brancão conseguiu avançar ainda mais com o projecto da Associação Desportiva e Cultural Capoeira Beija-Flor, estando esta prestes a abrir as suas portas; levou a capoeira ainda a mais pessoas, duplicando o número de locais de treino e investindo cada vez mais nos jovens; promoveu convívios, não só para os beija-flores, como para os seus familiares e amigos; realizou o primeiro Campeonato interno de capoeira e musical do grupo Beija-Flor; divulgou a capoeira em inúmeras apresentações; marcou presença em eventos, demonstrações em ginásios, em escolas, em programas televisivos, entrevistas para os media, entre outros, que decorreram ao longo destes meses, nos quais toda a magia Beija-Flor foi transmitida e encantou todos os que presenciaram!!!!Dos mais pequeninos aos mais velhos, temos cada vez mais praticantes e interessados em nos acompanhar. Aos poucos, vamos construindo a família Beija-Flor que alcançou já um patamar de excelência pelos momentos proporcionados.
 
Como sempre, não podemos baixar as mãos e graças a este pensamento, ao esforço e dedicação do nosso Professor, conseguimos chegar ao 6º Baptizado e Encontro Internacional de Capoeira do grupo Capoeira Beija-Flor®!!!!
 
Este baptizado vai reflectir o trabalho em que o Professor Brancão tem vindo a investir ao longo dos tempos. Pois além de contar com muita capoeira, o programa inclui novas danças e coreografias espectaculares que irão encantar todos os que apreciam esta arte que encerra em si um misto de cultura, luta e dança! Para quem já nos conhece, vai ter a confirmação de que todos os dias o grupo Capoeira Beija-Flor® consegue surpreender com novas actuações, com caminhos traçados cada vez mais longe. Para quem for assistir pela primeira vez ao que temos preparado para estes três dias, sentir-se-á contagiado pela energia positiva e pela magia dos beija-flores, não ficando indiferente ao empenho demonstrado.
 
Numa reminiscência das origens e culturas da capoeira, poderemos conhecer um pouco mais desta arte, num espectáculo muito elaborado, a ser realizado numa das mais nobres casas portuguesas: a Casa do Artista (Teatro Armando Cortez). Haverá a oportunidade de contactar com diversos Mestres de capoeira, vindos de diferentes partes do mundo, assim como participar num aulão livre, no qual tanto os experientes como aqueles que gostariam de se iniciar nesta arte se poderão integrar.
O programa: Prometedor…
O espectáculo: Inesquecível…
O grupo: Beija-Flor® – fundado, dirigido, encaminhado e acarinhado pelo Professor Brancão, desde 1998.
Contamos com todos para mais esta iniciativa e deixamos disponível o programa a realizar. Caso pretendam mais informações, não hesitem em contactar-nos!
PROGRAMA
 
4 de Maio (sexta-feira)
 
19h30m: Roda Aberta com mestres convidados
22h30m: Encerramento
Local: ESCOLA SECUNDÁRIA EÇA DE QUEIRÓS – OLIVAIS
 
5 de Maio (sábado)
 
15h00m: Workshops com Mestres convidados
17h00m: Roda
18h00m: Encerramento
Local: POLIDESPORTIVO DA PRAÇA D. FERNANDO AMADO
19h00m: Apresentação de Capoeira Beija-Flor
Local: DESPOLAZER – FIL
 
6 de Maio (domingo)
 
15h00m: Apresentação do trabalho Beija-Flor
15h30m: Dança Axé
Dança Maculêlê
Dança Puxada de Rede
Dança Guerreira
Dança do Côco
16h15m: Espectáculo Musical
16h30m: Apresentação de Mestres
16h45m: Roda de Mestres
17h15m: Troca de Graduações
18h00m: Baptizado
19h00m: Roda Aberta
19h30m: Encerramento
20h00m: Jantar e Fados
 
Local: TEATRO ARMANDO CORTEZ
CASA DO ARTISTA
 
Todo o trabalho de bastidores que tem sido feito é a prova da dedicação e profissionalismo que o nosso querido Prof. Brancão tem pela Capoeira e pelo nosso Grupo!!! Ele é realmente uma forte inspiração para todos nós, para nos empenharmos mais a cada dia que passa e uma verdadeira força da natureza.
 
Axé Professor Brancão!!!!!!!!!
Axé grupo Capoeira Beija-Flor®!!!!!!!!
 
 

Campeonato Europeu Aberto de Capoeira – Portugal / 2007

CAMPEONATO EUROPEU DE CAPOEIRA
Portugal / 2007
 
A história de campeonatos acompanha o Grupo Muzenza de Capoeira desde a sua fundação no Brasil em 1972. O seu presidente, António Carlos de Menezes (Mestre Burguês), começou por acompanhar e treinar vários campeões brasileiros de capoeira. Com a difusão desta modalidade pelo mundo, em 2000, surgiu a ideia de organizar campeonatos de capoeira a nível mundial.
A capoeira é um dos principais factores responsáveis pela difusão da língua portuguesa pelo mundo. Neste evento, teremos a oportunidade de reunir em Portugal praticantes desta modalidade de todas as idades, sem discriminação de sexo, raça ou credo e oriundos de vários países da Europa, que vão aprendendo a língua portuguesa não só pelos nomes dos movimentos, como pelas letras das músicas cantadas na roda.
O Grupo Muzenza de Capoeira tem sido um dos grandes precursores desta modalidade, estando presente em mais de 30 países neste momento, como a Austrália, o Japão, os Estados Unidos da América, Israel e quase todos os países da Europa, onde a capoeira tem uma expressão significativa.
 
Em Portugal, o Grupo Muzenza implantou-se há mais de dez anos, estando hoje presente de Norte a Sul do país, contando com mais de 500 praticantes. Crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, jovens e adultos, juntam-se em aulas, promovendo um convívio saudável e a troca de experiências.
 
Em Janeiro do corrente ano, foi organizado no Brasil o 4º Campeonato Mundial Aberto de Capoeira, mostrando o desenvolvimento deste tipo de eventos a um nível mundial. É no seu seguimento que vimos agora apresentar o Campeonato Europeu Aberto de Capoeira – Portugal / 2007.
 
 
 
PROGRAMAÇÃO
 
Dia 1 (sexta-feira): Monte Abraão – aulas com os convidados e roda
 
Dia 2 (sábado): Monte Abraão – aulas com os convidados, futebol convívio, exposição de fotos, palestras (Mestre Sanhaço) e campeonato de música
 
Dia 3 (domingo): Complexo Desportivo do Monte Abraão – campeonato de capoeira: infantil, adulto
 
Organização: Mestre Burguês / Mestre Sargento
 
Contactos:
 
Tel: (00351) 963 548 283 – Mestre Sargento

Brasilia: Capoterapia ajuda no equilíbrio

O som do berimbau é o sinal de que a aula vai começar. As palmas dos alunos revelam a motivação para o que vem a seguir. Em pouco tempo, todos já estão de pé, prontos para formar um círculo e fazer, durante cerca de 40 minutos, os exercícios da capoterapia. Criada por Gilvan Alves, subsecretário de Cultura de Taguatinga, a terapia adapta movimentos da capoeira para os alunos do curso, todos deficientes visuais.
Há cerca de dois meses, a aula é realizada às quintas-feiras, na Biblioteca Braile de Taguatinga, próxima à Praça do Relógio. Alongamento, música e canto fazem parte das atividades propostas pelo Mestre Gilvan, como é chamado pelos alunos. Todos os exercícios remetem a atividades corriqueiras, como lavar roupas e estender as peças no varal. “A terapia não exige tecnicamente os movimentos da capoeira”, afirma o criador da modalidade. Mas são suficientes para alegrar os alunos que participam da dança.
“A dificuldade do deficiente visual para fazer atividade física é muito grande”, afirma Rosilene Caires, aluna de capoterapia. Ela conta que os exercícios que aprendeu ajudaram a dar mais equilíbrio ao corpo. Desde que as aulas começaram, Rosilene não perdeu uma sequer. A animação da aluna pode ser percebida em poucos minutos: após o alongamento inicial, ela já coloca os sapatos de lado e se concentra nos exercícios seguintes.
 
“Além de melhorar o desempenho físico, é uma família que a gente ganha”, afirma Nelci Maria Mota, integrante do grupo da terceira idade que também tem aulas de capoterapia. No final da aula, o mestre recita um pequeno texto sobre a importância do abraço: “Abraçar rejuvenesce, não tem efeitos colaterais indesejáveis e é um remédio milagroso”. A aula de termina com um longo abraço entre os alunos.
 
 
Fonte: Tribuna do Brasil – http://www.tribunadobrasil.com.br
Data: 27 de abril de 2007

Bahia: Projeto Capoeira Instrumento de Educação

O Ponto de Cultura de Capoeira Ginga e Malícia vem através deste, convidar a vossa Sr. (a) a participar da nossa programação de inserção sócio-educacional e cultural através do Projeto Capoeira Instrumento de Educação, que está completando 15 anos de atuação oferecendo para a comunidade cursos e oficinas totalmente gratuitos, para todas as idades nas mais diversas áreas do conhecimento que em muito tem contribuído com o crescimento cultural da comunidade. Uma programação diversificada será oferecida à comunidade nos dias 27, 28 e 29 de abril de 2007. Na oportunidade teremos a presença de convidados do cenário político e artísticos pedagogos e intelectuais baianos que irão tratar da questão de melhoria e da qualidade de vida da comunidade e a violência no bairro, que é um assunto de extrema urgência e de interesse de todos. Sua presença é de fundamental importância neste debate. Venha participar e exercer a sua cidadania. Colaborando para melhoria da nossa comunidade.
 

PROGRAMAÇÃO
 
Dia: 27/04 – Abertura: Lançamento do novo Site do Grupo, Mostra de Vídeo de algumas ações do Projeto Capoeira Instrumento de Educação e Fórum de Debate sobre melhorias da qualidade de vida da comunidade e a questão da violência.
Local: Escola Municipal Engenho Velho da Federação.
 Horário: 18h30min.
Convidados: Macota Valdina (Historiadora e Educadora), Profª. Lia Paiva. Alexandro Reis (Coordenador da UNEGRO), Heloisa Cabral (Conselho Comunitário do Rio Vermelho), Rosa Villas Boas (Diretora do Teatro SESI), Olívia Santana (Vereadora), Amélia Conrrado (Doutora em Educação na UFBA), Ricardo Biriba (Doutor em Artes Cênica da UFBA), Jorge Papapá (Músico e Compositor), Beatriz Pereira (Diretora do Posto de Saúde do Eng. Velho), Lazaro Pereira (Proj. Escola Aberta), Kátia Aparecida Oliveira (Coordenação de Eventos e Divulgação da Economia Solidária).
 
Dia 28/04 – Pela manhã às 9h: Visita ao Ponto de Cultura de Capoeira Ginga e Malícia, Inauguração do novo projeto do grupo em convênio com o Ministério da Cultura denominado Ação Griô, Oficinas de Capoeira (com Mestres Zambi e Traíra da UNICAR) e Design Gráfico (Profº Jailson Santos), Artes Plásticas e Cartum (Com Cartunista Cau Gomes).
Pela tarde às 14h: Voluntariado Jovem – Debate social com o Grupo de Teatro Falando Sério.
AS 16h30min: Batizado de capoeira e Mudança de Graduação – Roda de Capoeira Regional Tradicional, demonstração da seqüência do Mestre Bimba jogo de iuna e os toques de berimbau da Capoeira Regional.
Local: Sede Ginga e Malícia.
 
Dia 29/04 – Programação Especial com o Palco Móvel.
Pela manhã às 9:00h, Roda de Capoeira Infantil  e Recreação (Coordenação Luanda Marcelo), Logo apos Roda Aberta para adultos.
Local: Escola Municipal da Comunidade.
11:00h Abraço Pela PAZ na Baixa da Égua com Culto Evangélico.
Local: Na Baixa da Égua.
Pela tarde às 14:00h Caminhão da Cultura
Local: Largo da Rua Neide Gama.
Atrações artísticas:
Samba Chula do Recôncavo com Maestro Nelito, Os Pagoleiros com Maestro Queinho, Hip Hop, MPB, Atração Teatral, Performance de Teatro de Bonecos, Grupos de Dança e a na oportunidade será entregue documento “Abaixo Assinado” ao SR. Prefeito da Cidade do Salvador, reivindicando asfaltamento da Rua Neide Gama e recuperação do sistema de esgoto da Baixa da Égua.
 
Venha participar desse evento e exerça sua cidadania.
 
Realização:
Grupo de Capoeira Ginga e Malícia – UNICAR
 
Parceiros:
Escola Municipal Engenho Venho da Federação, Conselho Comunitário Social e de Segurança do Rio Vermelho, CIEE (Council on International Educational Exchange), Paulo das Frutas e Lideres de Grupos Culturais do bairro.
 
Direção
Valcir Batista Lima (Mestre Marinheiro)
Coordenação Cultural
Mel Nascimento
 
APOIO:  MINISTÉRIO DA CULTURA, CULTURA VIVA, PROJECT GEM, TEATRO SESI RIO VERMELHO.
 
Atenciosamente,
Valcir Batista Lima (Mestre Marinheiro)
Presidente da Instituição.
Contatos: (71) 3261-3699 / (71) 8809-9077
E-Mail: gingamalicia1@hotmail.com

Mato Grosso: Publicação reunindo redações e ladainhas de Capoeira é lançada

Publicação reunindo redações e ladainhas é lançada
 

Idéias que buscam transformação, valorização das diversidades e respeito às diferenças. Redações elaboradas por alunos da rede municipal, estadual e particular de ensino revelam sensibilidade diante do tema "Combatendo o Racismo, Construindo a Paz". Vencedores do Iº Concurso de Redação com a temática Étnico-Racial, realizado no ano passado, pela Prefeitura de Cuiabá, por meio da Vice-Prefeitura/Diretoria de Políticas Especiais, os textos agora estão reunidos numa publicação, que traz também ladainhas de capoeira, escolhidas em concurso promovido pela Federação Mato-Grossense de Capoeira.

O catálogo será distribuído nas escolas municipais, e também disponibilizado no primeiro acervo temático sobre Gênero, Raça/Etnia e Direitos Humanos do país, anexo à sede do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, na Avenida Tenente Coronel Duarte (Prainha).
 
A publicação foi lançada na manhã desta quarta-feira, por ocasião da implantação da Casa Brasil unidade Cuiabá no Espaço Silva Freire, e contou com a participação de mestres de capoeira, que apresentaram uma das ladainhas integrantes do catálogo. Além das redações, o compêndio traz ilustrações dos alunos da Fundação Bradesco.
 
Segundo a vice-prefeita, Jacy Proença, a publicação é fruto de um esforço muito grande, do desafio de desenvolver políticas públicas de transformação positiva, e o resultado foi extremamente gratificante, tanto é que o Concurso alcançou sua segunda edição. "O Concurso foi parte integrante dos eventos do compuseram a Agenda Única, em celebração ao Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro. A participação foi excelente, tivemos muitos parceiros. A seleção das redações, por exemplo, foi feita em parceria com a Academia Mato-Grossense de Letras", afirmou a vice-prefeita.
 
Nesta segunda edição, as inscrições podem ser feitas entre 1 e 31 de agosto, devendo o participante retirar o formulário na Vice-Prefeitura ou na Secretaria de Educação, Desporto e Lazer de Cuiabá. "Lançamos agora para que as escolas trabalhem com o aluno a temática "Combatendo o Racismo, Construindo a Paz", daí ele vai escrever textos mais elaborados", informou Jacy Proença.
 
O Concurso de Redação "Combatendo o Racismo, Construindo a Paz" tem como objetivo contribuir na implementação da Lei 10.639/03, que altera a LDB para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino Pública e Privada e obrigatoriedade do ensino da "História e Cultura Afro-Brasileira", fomentado o desenvolvimento de políticas educacionais que promovam a igualdade racial e o respeito à diversidade.
 
24Horas News – Cuiabá,MS

Porto Alegre: Projeto “Capoeira em Cartaz”


 

Mês

Proponente

Filme/Documentário Loca/Horário
28 – Abril Paulo Antônio da Costa A Capoeira com instrumento de preservação ambiental e Mandinga em Mahatean CECOPAM – rua Arroio Grande nº 50 – 9h
26 – Maio Ana Lúcia Schutz Silva Fio da Navalha e Pastinha uma vida pela capoeira PF Gastal /Usina do Gasômetro – 9h
30 – Junho Gustavo Lemos de Azevedo Mandinga em Mahatean PF Gastal /Usina do Gasômetro – 9h
28 – Julho Áfricanamente Mestre Curió O Guardião da Tradição PF Gastal /Usina do Gasômetro – 9h
25 – Agosto Onílio Rodrigues da Silva Capoeiragem na Bahia e Capoeira da Bahia Década de 80 – Narração em Espanhol PF Gastal /Usina do Gasômetro – 9h
29 – setembro Vitor Hugo Narciso Capoeira Mercado Modelo da Bahia e Mandinga em Mahatean CESMAPA – Lomba do Pinheiro – 9h rua Jaime Rollemberg de Lima nº 108 – Parada 4
27 – Outubro Celestino Jr dos Stos Conceição Ladia da Martinica e Dança de Guerra do Mestre Bimba Academia Buffalo – Oscar Pereira nº 2336

 

Informações através do fone 3212-6373.                                                             

  Camilo de Lelis
  Coordenador da Descentralização

Belém: Grupo apresenta ensinamentos da capoeira

Um forma diferente de apresentar a filosofia e os movimentos da capoeira é o que o Grupo Capoeira Brasil fará no próximo domingo (22), no Coliseu das Artes, no Espaço São José Liberto, a partir das 18 horas. Com entrada franca, a apresentação terá dois momentos bem distintos: a primeira consiste na leitura de textos que trazem a base teórica da capoeira e, na segunda etapa, a consolidação desses ensinamentos, com a mostra dos movimentos característicos da capoeira.

Segundo Fábio Fernandes, graduado corda azul do grupo, hoje o 'Capoeira Brasil' reúne, em Belém, cerca de 70 integrantes. Atuando há 10 anos na capital paraense, o grupo foi fundado há 25 anos, tendo como principais representantes os mestres Paulinho Sabiá, que está na França; Boneco (o ex-ator Beto Simas), que divulga a capoeira nos Estados Unidos, e Paulão, que está na Holanda. Os grandes mestres, frisa ele, estão no exterior, onde a capoeira é mais valorizada e incentivada como cultura popular.

Surgida no tempo da escravidão como única forma de os escravos atacarem os feitores das fazendas e capitães-do-mato (que caçavam os escravos fugidos), a capoeira foi, ao longo do tempo, ganhando novos elementos, agregando valores e se tornando contemporânea.

Durante a apresentação no São José Liberto, um ator interpretará textos sobre a escravidão e a história do negro no Brasil, para que o espectador conheça o universo da capoeira. Em seguida, serão mostradas as várias possibilidades musicais, ao som de berimbaus e violões. Na última parte, toda a evolução dos capoeiristas.

"Vamos fazer uma apresentação bem didática, para formação de platéia, fazendo com que as pessoas se identifiquem com a filosofia da capoeira", ressalta Fábio Fernandes.

Serviço: Apresentação do Grupo Capoeira Brasil. Domingo (22), às 18h, no Coliseu das Artes – Espaço São José Liberto. Entrada Franca.

Fonte: Agência Pará – http://www.pa.gov.br/noticias2007/04_2007/20_15.asp
 
Socorro Costa – São José Liberto
 
Coordenadoria de Comunicação Social do Governo do Estado
Fone: (91) 3202-0911 e 3202-0912, fax: 3202-0913
E-mail: redacao@agenciapara.com.br

UNIFESP, Transplantados & Capoeira – Conhecer para Contribuir…

TRANSPLANTADOS: CONHECER PARA PODER CONTRIBUIR. – A CAPOEIRA DÁ SUA CONTRIBUIÇÃO.
 
Neste mês de abril a Escola Paulista de Medicina, da Universidade Federal de São Paulo está dando melhor ênfase a divulgação do seu programa permanente de divulgação e orientação visando levar a conhecer a realidade e necessidades das pessoas portadoras de órgãos transplantados.
 
O Grupo de Capoeira Berimbau Brasil, dirigido por Mestre João Coquinho, conta com, a colaboração do estagiário Ademar Mires Antunes, 26, anos Nemo, ou Sapo. Ademar é transplantado renal. operado pela equipe do Médico Dr. Medina, em 21-08-2003, cujo sucesso possibilitou Ademar a ingressar no Berimbau Brasil já em janeiro seguinte, 2004.
 
Dia 12  deste  o Berimbau Brasil apresentou uma Roda na  Associação dos Transplantados da mesma Universidade, com a participação “estrela” do estagiário Ademar. Mestre João Coquinho levou alguns “capoeiras”, e mesmo sendo em dia de semana, valeu a apresentação e o intercambio.
 
Ademar, transplantado renal,  de camisa preta“Demonstrar que as necessidades do transplantado em nada diminui suas aptidões nem as possibilidades de realização profissional, paralelamente a um esforço a convencer ao mundo empresarial, explicou a Profa. Carmem Rosa Pujol, Coordenadora da Associação, a  contratar transplantados”. Conta Mestre Coquinho: ”Ademar treina normalmente, nestes três anos evoluiu como qualquer outro, hoje ministra capoeira tanto no Grupo, como na Academia Up-Fitiness Center, (a quem agradecemos), onde é monitor titular”, frisou.
 
Dia 28 deste mês de abril, a Assistente Social Carmem Pujol, em nome da Associação dos Transplantados convidou Mestre João Coquinho a voltar e apresentar uma Roda, “uma grande Roda” nas dependências da Universidade, parte integrante do encerramento dessa etapa da campanha.
 
Obrigado, Carmem. Estaremos lá.
Mestre João Coquinho.

Governo do Rio adere a Fórum de Promoção da Igualdade Racial

Rio de Janeiro – O governo do Rio de Janeiro firmou nesta terca-feira (17) termo de adesão ao Fórum Intergovernamental de Promoção da Igualdade Racial. O convênio foi firmado com as presenças dos ministros Orlando Silva Jr., dos Esportes, e Matilde Ribeiro, da Secretaria Especial de Políticas para a Promoção da Igualdade Social, além do governador Sérgio Cabral.
 
Durante a solenidade, também foi assinado Termo de Cooperação Técnica para a implantação de programas de apoio às 25 comunidades quilombolas do estado do Rio de Janeiro. Pelo acordo, o Sesi-RJ vai realizar o censo demográfico da população fluminense de afrodescendentes – que servirá de parâmetro para que seja traçado um diagnóstico da situação socioeconômica dessa população de modo a orientar a aplicação nas comunidades quilombolas fluminenses dos programas Cozinha Brasil, Alimentação Inteligente e Alfabetização de Jovens e Adultos.
 
Para a ministra Matilde Ribeiro a adesão do Rio ao Fórum presta uma enorme contribuição para a redução das desigualdades no país, principalmente ao promover a igualdade social e racial.
 
“É uma iniciativa, envolvendo os governos federal e estadual, que já deveria estar acontecendo no país desde a época da abolicão da escravidão. Os governos hoje, aqui estão se comprometendo a desenvolver ações conjuntas visando à inclusão e a geração de oportunidades tendo como foco os grupos que vem sofrendo discriminação histórica no país: como os negros, os indígenas e ciganos, entre outros”.
 
O convênio assinado entre o governo do estado e a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial tem como objetivo estabelecer parcerias para o desenvolvimento de ações que beneficiem as populações negra, indígena, cigana, judaica, árabe e muçulmana, que constituem os grupos étnico-raciais historicamente discriminados.
 
Na ocasião também foram firmadas com o CO-Rio, a União e o governo do estado parcerias para promover a interação de jovens, assim como dos internos do Degase, aos eventos dos Jogos Pan-americanos.
Já com a Confederação Brasileira de Capoeira foi criado o projeto Ginga Brasil, visando à promoção da capoeira como um elemento cultural, social e político a ser desenvolvido em quilombos e comunidades carentes.
Ao final da cerimônia houve uma apresentação do cantor e compositor Altair Veloso e uma demonstração de grupos de capoeira. Convidados, o governador Sérgio Cabral e o ministro dos Esportes, Orlando Silva Júnior, arriscaram alguns passos de capoeira no meio do salão Nobre do Palácio Guanabara.
 
Entre os diversos convidados, estiveram presentes as atrizes Ruth de Souza, Chica Xavier e Maria Ceiça, atual superintendente de Igualdade Racial do estado, os atores Milton Gonçalves, Antonio Pitanga, as cantoras Sandra de Sá e Eliane Pitman, e o índio pajé Tobi, da etnia tupi-guarani.
 
O Rio de Janeiro será o primeiro estado da federação a implementar o projeto de resgate das populações remanescentes de quilombos. A escolha partiu da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República e do Conselho Nacional do Sesi.
 
Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil