Blog

referência

Vendo Artigos etiquetados em: referência

Palmares promove exposição de arte africana

Em comemoração ao Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes, a Fundação Cultural Palmares promoverá, de 13 a 20 de outubro, a exposição Expressões Africanas, com o acervo de 15 embaixadas do Continente Africano. Serão expostas peças artesanais, artefatos, quadros, móveis e esculturas que retratam a cultura da África do Sul, Angola, Botsuana, Benin, Cabo Verde, Cameroun, Costa do Marfim, Egito, Gana, Guiné-Equatorial, Guiné-Bissau, Mauritânia, Moçambique, Namíbia e Quênia.

O curador é o professor do Instituto de Artes e Coordenador do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da Universidade de Brasília, Nelson Inocencio. Segundo ele, as peças que compõem a exposição foram escolhidas de acordo com o que cada objeto representa para o seu país e o significado de cada uma. A intenção é explorar o sentido dos objetos para cada uma das sociedades representadas.

“Existe uma ideia de que a arte africana é uma arte primitiva. Nosso propósito é defender um outro olhar, proporcionar uma perspectiva didática e educativa com suas características e referências estéticas”, disse.

Além de celebrar o Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes, a exposição pretende mostrar que a África não é uma referência somente para os africanos. “Divulgar a África é promover a pluralidade, a diversidade e importância da Diáspora Africana, que tanto contribuiu para a formação da identidade de vários países”, explica Inocencio.

Para o presidente da Fundação Cultural Palmares, Eloi Araujo, a exposição se destaca por ser uma das principais ações da Palmares, dentro do Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes, e conta com a participação do Ministério da Cultura (MinC), da Câmara dos Deputados e das Embaixadas dos países africanos no Brasil. “ Esta mostra terá a riqueza, a beleza, a criatividade de artistas africanos, cuja criação encanta e sensibiliza povos de todos os matizes”, destaca.

A exposição Expressões Africanas foi desenvolvida pelo Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra da Fundação Cultural Palmares e será aberta no dia 13 de outubro, às 17 horas, no Salão Branco do Congresso Nacional, em Brasília.

Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes – Essa proposta está de acordo com o fato de que o ano de 2011 foi eleito pela Organização das Nações Unidas como o Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes, com o objetivo de erradicar a discriminação racial contra o africano e seus descendentes, que são os povos mais vitimados pelo racismo. Neste ano, ganham destaque as medidas relacionadas à maior participação do negro nas políticas públicas, bem como as ações que têm por objetivo fornecer uma maior informação cultural sobre os povos, as tradições e a diversidade cultural da África e seus descendentes.

Serviço

O quê: Exposição Expressões Africanas
Onde: Salão Branco do Congresso Nacional
Quando: de 13 a 20 de outubro
Visitação: A partir do dia 14/10 (Segunda à sexta-feira, das 9h às 19h / Sábados e domingos, das 9h30 às 17h30. Entrada Franca)
Mais informações: (61) 3424-0165/ 3424-0166

Documento Final: I Seminário Baiano de Proposições de Políticas Públicas para a Capoeira

Prezados

Encaminhamos anexo o documento final, como resultado das sistematizações do I Seminário Baiano de Proposições de Políticas Públicas para a Capoeira, realizado nos dias 11 e 12 de dezembro de 2010, no Forte da Capoeira, na cidade de Salvador.

Esse seminário contou com a representação de 59 grupos e associações de capoeira de todo o estado da Bahia, além de pesquisadores e lideranças comunitárias entre outros demais interessados.

Esperamos que esse documento possa ser uma referência no sentido de contribuir com as discussões encaminhadas pelo IPHAN através do Pró-Capoeira, durante o seminário final previsto para acontecer em Salvador no ano de 2011.

Pedro Abib

Comissão Organizadora do Seminário

Estrangeiros visitam a Bahia para aprender Capoeira

A cidade de Salvador está recebendo 15 estudantes universitários que estão na cidade para conhecer um pouco mais da Capoeira de Angola. O grupo foi trazido pelo Departamento de Estudos Afro-Americanos da faculdade de Oberlin College, de Boston (EUA) e fazem parte do curso de sociologia e neurologia. Além dos americanos, outro grupo, com sete colombianos, também visita a cidade para aprender mais sobre o esporte. Os visitantes fazem parte do Grupo de Capoeira Volta ao Mundo, de Bogotá.

“A Capoeira Angola está bem representada aqui, por isso sempre tivemos a Bahia como referência. Além disso, a cidade tem uma agenda cultural muito rica e o lugar é muito gostoso. Vamos ficar para aproveitar mais a cidade e conhecer o Carnaval”, disse o colombiano Juan Pablo, 25 anos.

 

De dança ou luta proibida pelas autoridades, a Capoeira virou patrimônio cultural brasileiro, tornou-se grande atrativo da Bahia e tem seduzido turistas de todos os lugares do mundo, como o grupo de estudantes norte-americanos, da Oberlin College, que veio a Salvador aprender os segredos da Capoeira Angola.

Há duas semanas na capital baiana, os estudantes aproveitaram para conhecer alguns dos principais pontos turísticos de Salvador como o Pelourinho, o Mercado Modelo e o Elevador Lacerda. Segundo o coordenador da Acanne, Mestre Renê Bitencourt, as aulas se dividem em teoria e prática.

“Temos a aula teórica sobre história da Acanne, do samba de roda e do mestre Paulo dos Anjos, que inspirou a criação da associação. Nós trabalhamos o movimento em torno da ginga que o baiano tem para deixar o corpo solto, além de aula de berimbau”, explica Bitencourt.

Já os primeiros passos no esporte estão sendo iniciados com os mestres da Acanne, grupo que há 25 anos leva a Capoeira Angola e os ensinamentos do mestre Paulo dos Anjos a alunos de Minas Gerais e  do Rio Grande do Sul, no Brasil, além da França e Estados Unidos.

Sete colombianos também visitam a cidade e estão aprendendo mais sobre a capoeira. Eles fazem parte do Grupo de Capoeira Volta ao Mundo, de Bogotá, vieram à Bahia de forma independente participar de um evento em dezembro, mas, encantados com a cidade, resolveram permanecer até o Carnaval.

“A Capoeira Angola está bem representada aqui. Por isso sempre tivemos a Bahia como referência. Além disso, a cidade tem agenda cultural muito rica. Vamos ficar para aproveitar mais a cidade e conhecer o Carnaval”, disse o colombiano Juan Pablo, 25 anos.

 

Dança, canto e sagacidade

 

Para a superintendente de Serviços Turísticos da Secretaria de Turismo da Bahia, Cássia Magalhães, a Bahia, conhecida internacionalmente como a ‘Meca da Capoeira’, contribui de forma importante para o fluxo turístico do Estado.

“A Capoeira –  ao lado do Candomblé – é o principal elemento cultural e étnico capaz de disseminar a cultura baiana. É um sistema de valores que mistura dança, canto e sagacidade. E, por isso, um instrumento turístico muito significante para o estado”, diz.

 

Fonte: http://www.mercadoeeventos.com.br/ – http://www.nordesturismo.com.br

Seminário de Proposição Para Políticas Públicas da Capoeira da Bahia

Nos dias 11 e 12 de dezembro, os mestres, contra-mestres e professores de capoeira estarão reunidos em um seminário que pretende discutir as metas e políticas públicas da capoeira na Bahia, além de propor a manutenção dessa tradição ancestral para a capoeira mundial.

Trata-se de um movimento destinado a discutir a posição dos capoeiristas, na meca da capoeira do mundo. Os seminários devem produzir uma proposta que deverá ser entregue ao Ministro da Cultura Juca Ferreira, ao Governador Jacques Wagner e a bancada baiana de deputados federais eleitos.

Seguindo a proposta de discussão dos encontros Pró-Capoeira realizados pelo MINC, os mestres estarão reunidos com vistas a garantir que a tradição de capoeira seja mantida e disseminada nos cinco continentes, evitando que a arte-luta se torne objeto de descaracterização cultural.

Ainda dentro da proposta dos Seminários de Capoeira, será discutida a sugestão de transformar o Forte de Santo Antônio Além do Carmo, mais conhecido como Forte da Capoeira, em um Centro Nacional e Internacional de Referencia para estudos étnicos voltados ao tema.

Vejam abaixo a programação:

11/12 Sábado

9:00 Credenciamento

10:00 Mesa de Abertura

12:00 às 13:00h Intervalo para Almoço

13:00  às 17:00h  GT´s

1- Capoeira Identidade e Diversidade

2- Políticas de Fomento e Auto Sustentabilidade

3- Capoeira e Educação/ Esporte e Lazer

4- Regulamentação

12/12 Domingo

09:00 Plenária Final – produção do documento

 

LOCAL: FORTE DA CAPOEIRA – Largo do Santo Antonio – Salvador-BA

Diretório de Academias e Grupos de Capoeira

Mestres, Contra mestres e Professores: Colaborem com o Portal Capoeira para que sejamos uma referencia de conteúdo e serviços para toda a comunidade capoeirística, faça sua inscrição em nosso diretório!

Read More

Porto Alegre: Federação Riograndense de Capoeira necessita de 4 oficineiros

 

A Federação Riograndense de Capoeira necessita de 4 oficineiros para ministrarem aulas de capoeira para Prefeitura Municipal de Porto Alegre em 4 turnos e um sábado Salário R$ 450,00 + Vale Transporte interessados deverão entrar em contato com o Mestre Gavião Fone: 9812.8737

FEDERAÇÃO RIOGRANDENSE DE CAPOEIRA
Entidade de Direção, Administração e Regulamentação Esportiva
CENTRO DE REFERÊNCIA DA CAPOEIRA GAÚCHA

Mestre Presidente Gavião – mestregaviao@gmail.com
http://www.mestregaviao.portalcapoeira.com
(051) 9812.8737

Secretário Gigante
(051) 8144.8525

RS: Filmagem para TVE 7 Federação Riograndense de Capoeira

A Federação Riograndense de Capoeira e Liga Regional de Capoeira do Estado do Rio Grande do Sul, vem por meio desta convidar seus filiados para filmagem dia 27 proximo as 14:30 na Usina do Gasômetro para o programa do canal 7 TVEprograma Hip hop Sul, com mano Nezo como entrevistador. Os interessados deverão estar devidamente uniformizados de branco.

Maiores informações Ligue Federação:
(051)9812.8737
Atenciosamente,
Mestre Gavião

 

FEDERAÇÃO RIOGRANDENSE DE CAPOEIRA
Entidade de Direção, Administração e Regulamentação Esportiva
CENTRO DE REFERÊNCIA DA CAPOEIRA GAÚCHA

LIGA REGIONAL DE CAPOEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
 
Fundada da em 23 de outubro de 2006 – Rua Marcilio Dias 1081 – Menino Deus – Porto Alegre – RS – Brasil – Fone: – 9812.8737 – www.rs.portalcapoeira.commestregaviao@gmail.com

 
Mestre Presidente Gavião
(051) 9812.8737
Secretário Gigante
(051) 8144.8525

Fundação AlphaVille promove batizado de capoeira do grupo Renascer

Capoeira pode ser luta, dança, esporte, jogo, defesa pessoal, ginástica, folclore, arte, educação física, brincadeira, arte marcial, dentre outras definições. Berimbau, pandeiro, atabaque, reco-reco, agogô são os instrumentos usados para ritmar este bailado que era praticado, escondido, nas senzalas como uma brincadeira de Angola, e atualmente é uma manifestação da cultura brasileira, uma forma bonita e alegre de expressão física e intelectual. A capoeira é também fator de transformação social e isto será comprovado, amanhã, 24 de fevereiro, às 18h00, no Centro de Referência Sócio Ambiental e Cultural Cuiabano da Fundação AlphaVille, braço social da AlphaVille Urbanismo. 
     
Num clima de alegria a comunidade assistirá o primeiro batizado da turma de capoeira do bairro Renascer. O grupo foi formado no ano passado para atender uma das reivindicações da população da região, durante o Fórum de Desenvolvimento Local realizado pela Fundação AlphaVille. 
     
Miriam Sewo, agente de Desenvolvimento do Centro de Referência Sócio Ambiental e Cultural Cuiabano, disse que o grupo foi formado em novembro do ano passado e conta com 20 integrantes entre adultos, jovens e crianças. “A capoeira foi muito bem aceita por todos no bairro. Neste curto período de atuação, já percebemos mudanças positivas nas atitudes dos integrantes, mais comprometimento, respeito e integração”, ressalta. 
     
O batizado de capoeira é uma festa de integração do calouro, é sua estréia na roda de capoeira. Durante o batizado do grupo Renascer os alunos jogarão com o mestre de Mirassol do Oeste, Valmir Salustiano – Jacaré, e o professor José Sidney Gonçalves de Oliveira que irão “batizá-los”, com a faixa da primeira graduação.
     
      Toques & instrumentos 
     
O toque dos instrumentos comanda o ritmo e as características do jogo. Entretanto, nem todos os toques que dizem ser da capoeira são utilizados nas rodas com jogos específicos para eles. Os toques têm uma característica interessante. Muitos deles têm nomes de santos católicos, como é caso do São Bento Pequeno, São Bento Grande, Santa Maria e Ave Maria. 
     
O Berimbau, instrumento africano, é o principal utilizado na capoeira, dita o ritmo do jogo, é ele que comanda o toque a ser executado. O pandeiro é uma evolução do adufe, um instrumento de proveniência mourisca e de termo árabe, e chegou no Brasil através dos portugueses. O Atabaque, é instrumento oriental muito antigo entre os persas e árabes, já era usado na poética medieval e era um dos preferidos dos reis, que o utilizavam em festas, jograis e nos conjuntos musicais. 
      
O Reco-Reco é feito de gomo de bambu com sulcos transversais sobre o qual se passeia uma haste. Existe um outro Reco- Reco, industrializado, de metal, mas seu som não serve para a capoeira. O Agogô é instrumento musical de percussão de ferro, entrou no Brasil por via africana. É bastante utilizado nos folguedos populares, no samba e nas cerimônias religiosas. 
     
A música também é um importante ingrediente numa roda, estimula os jogadores, agita o público e transmite mensagens através de suas letras. A capoeira é a única luta do mundo que tem acompanhamento musical. Atualmente os capoeiristas estão cada vez mais criativos. Na disputa de um novo mercado, o das gravações de CDs, muitas músicas têm surgido com temas bastante variados.

Resultado: Projeto Capoeira Viva

A seleção das propostas foi realizada por uma Comissão de Seleção, constituída por especialistas e estudiosos da capoeira.

Na avaliação das propostas, a Comissão de Seleção levou em conta:

  • importância do projeto no reconhecimento da capoeira como bem cultural;
  • efeito multiplicador da proposta;
  • capacidade de execução;
  • perspectivas de continuidade;
  • benefícios quantitativos e qualitativos para a comunidade (e/ou comunidades) onde o projeto se realiza;
  • o “peso” da iniciativa na matriz cultural da região;
  • no caso de acervos, a riqueza, o volume e a disponibilidade para o acesso;
  • nas experiências socioculturais, o número de indivíduos beneficiados com a experiência; a importância do projeto na qualificação dos indivíduos;
  • melhoria na qualidade de vida; instrumentação para recuperação da auto-estima.

Os integrantes da Comissão de Seleção, bem como os membros participantes da Comissão Organizadora da Chamada Pública não tiveram qualquer vínculo com as iniciativas inscritas.

As decisões da Comissão de Seleção são soberanas e sobre elas não caberão recursos.

* Os projetos selecionados poderão ser aprovados na íntegra ou sofrer cortes nos valores previstos, de acordo com a avaliação técnica do orçamento e do plano de trabalho proposto, por decisão da Comissão de Seleção.


 

Resultado: Projeto Capoeira Viva

1. Seleção da Categoria Acervos Documentais
total do fomento: R$270.000,00

25892 –Acervo Frede AbreuBAR$75.000
26289 –Projeto Centro de Referência da Capoeira CariocaRJR$75.000
26544 –Casa de Memória da Capoeira no AcreACR$50.000
26011 –Implantação do Centro de Referência, Estudo, Pesquisa e Memória da CapoeiraBAR$40.000
26529 –Acervo Cultural de Capoeira Artur Emídio de Oliveira da EEFD/UFRJRJR$30.000


2. Seleção da Categoria Incentivo à Produção de Pesquisa, Inventários e Documentação
total do fomento: R$360.000,00

25934 –Livro – Fundamentos da CapoeiraGOR$12.000,00
26088 –Projeto "A Capoeira do Vale do Paraíba"SPR$12.000,00
26109 –Rucungo – Pesquisa sobre elementos ancestrais da Capoeira em manifestações da
cultura popular do Maranhão africano
MAR$20.000,00
26138 –Capoeira e CinemaBAR$16.000,00
26155´-Fundação Mestre BimbaBAR$12.000,00
26156 –Capoeira, Berimbau & Literatura de CordelRJR$12.000,00
26183 –Memórias da capoeira do RecôncavoBAR$20.000,00
26201 –Capoeiragem do Rio – Resistência de uma CulturaRJR$20.000,00
26250 –Livro – “ Capoeira Especial e Adaptada”SPR$20.000,00
26278 –A trajetória da capoeira na ParaíbaPBR$15.000,00
26284 –Eu, CapoeiraBAR$15.000,00
26302 –Doutor Mestre João Pequeno. A história do negro no Brasil através da
Capoeira Angola
MGR$20.000,00
26314 –Mestre AnaniasSPR$18.000,00
26332 –Reunir CapoeiraRJR$13.000,00
26341 –Capoeira Frevendo na TelaPER$15.000,00
26409 –Painel de documentação sobre a capoeira baiana em Salvador (1940/1970)BAR$15.000,00
26417 –Capoeira Angola e Religiões de Matriz Africana: Que relação é esta?RSR$12.000,00
26485 –Documentário – A Reunião dos 9SPR$17.000,00
26500 –Só MandingaSPR$14.000,00
26510 –Coleção Capoeira VivaRJR$15.000,00
26511 –As musicalidades das rodas de capoeira: diálogos interculturais, campo
cultural e atuação de educadores
SCR$18.000,00
26598 –DVD autorado "Pastinha! Uma vida pela capoeira"RJR$14.000,00
26610 –Capoeira Viva – Touro e DentinhoRJR$15.000,00


3.Seleção da Categoria Socioeducativos / Entidades Governamentais
Certificado de Qualificação

25.929 –CAPOEIRA PARA TODOSMG
25.960 –CAPOEIRA NA ESCOLAGO
26.022 –VIVENCIANDO O ESPORTERS
26.065 –FAÇA ARTERS
26.166 –VIVA CAPOEIRA VIVASP
26.176 –EDUCAR CAPOEIRANDOMG
26.264 –ESCOLA DE CAPOEIRA ANGOLEIROS DO SERTÃOSP
26.095 –BATE CORAÇÃO DE PERCUSSÃORN
26.270 –CAPOEIRA E ARTEMG
26.285 –CAPOEIRA ESPORTIVA E EDUCATIVAMG
26.366 –CAPOEIRA RAÍZES, GINGA, FORÇA, CONCENTRAÇÃO E EDUCAÇÃOSP
26.367 –CAPOEIRA EM ALTEROSAMG
26.379 –CAPOEIRA ARTE E LUTA-PROJETO SOCIAL-EDUCACIONAL COM CRIANÇAS E  
ADOLESCENTES PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS
PR
26.437 –PROJETO NOVO HORIZONTEES
26.593 –CAPOEIRA NA EDUCAÇÃO INFANTILSP


4. Seleção da Categoria Socioeducativos / Grupo Informal
Fomento = R$ 5.000,00

25885 –Ajagunã: Oficina de Capoeira e CidadaniaMG
25924 –Caminhando com o MestreRJ
25970 –Projeto Capoeira e ComunidadeSP
26053 –Encontro Vivência – Capoeira, um veículo educacionalRJ
26063 –Capoeira Cultura & ArtePB
26140 –Capoeira para o PovoBA
26143 –Capoeira AtivaPE
26268 –Casa do CapoeiraSP
26274 –Ginga na roda das diferençasRS
26322 –Casa da CapoeirançaRJ
26334 –Muleki é tuBA
26410 –Gingando no ItapoãDF
26466 –Santa CapoeiraRJ
26497 –Capoeira Angola: Valorização e difusão de sua importância sócio-histórica dentro da
Zona Portuária
RJ
26600 –Projeto Dandara Zumbi DandaraBA


5. Seleção da Categoria Socioeducativos / Organizações sem fins lucrativos
Fomento = R$ 15.000,00

25942 –Uma Proposta Social de CapoeiraAC
25975 –Alimentando Esperanças com a CapoeiraSP
25980 –Comunidade CapoeiraPI
26101 –Intelecapoeira. nº 0001PE
26107 –Capoeira OficinaMT
26133 –Projeto Comunidade CapoeiraMG
26144 –Projeto Resgate Cultural e Social – AcarboBA
26148 –Mariô – CapoeiraBA
26152 –CapoerêBA
26207 –II Curso de Formação de Educadores Populares de Capoeira numa
Perspectiva Intercultural
SC
26217 –Educa-se também com a CapoeiraMA
26283 –Projeto Criança Capoeira Esporte e CulturaTO
26421 –

Capoeira Angola e Identidade Étnica: a construção de estratégias pedagógicas em
educação social

RS
26468 –Capoeira – Patrimônio, Tradição e ResistênciaRJ
26597 –Capoeira Odô IyáAL

 

http://www.capoeiraviva.org.br