Gingando pela Paz: Relatos de um capoeirista em terras haitianas
25 Mar 2009

Gingando pela Paz: Relatos de um capoeirista em terras haitianas

Mais de 3000 haitianos cantam a capoeira!   Mal desembarcamos no Haiti e já botamos a mão na massa, ou melhor, já

25 Mar 2009

Mais de 3000 haitianos cantam a capoeira!

 
Mal desembarcamos no Haiti e já botamos a mão na massa, ou melhor, já pegamos no berimbau. O evento, Tambores pela Paz, ou em idioma Criole, Tambou Lapé. Não poderíamos imaginar o que nos aguardava. A ansiedade era grande. Como seríamos recebidos? Qual seria a reação deles ao assistir uma apresentação de estrangeiros e de uma coisa que eles nunca tinham visto até então. Cerca de 3000 pessoas disputavam o único espaço iluminado no Bairro de Delma. pessoas nas lajes buscavam o melhor lugar. Várias apresentações de rap e rara (vide o blog) levantaram a multidão. Responsabilidade grande!

Armando o berimbau. Coração batendo apressado, descompassado. Uma prece, uma certeza. Tudo vai dar certo!

Olhos desconfiados, de estranhamento. E foi o berimbau começar a falar. E foi a boca começar a cantar e o inesperado aconteceu. Todos em uníssono responderam ao coro. Palmas, sorrisos! E a capoeira marcou a união de duas culturas, de dois povos irmãos. E naquele momento já não haviam bandeiras, nacionalidade, fronteiras. Todos falavam a mesma língua e o berimbau comandava a festa.

Agradecimento especial ao Coronel Ubiratan Ângelo que ao viola relembrou seu tempo de capoeirista, a Beija-Flor que deu um show com a sua capoeira e levantou a galera. E ao Querido mestre Genaro, criador da música “Paranê”, uma das músicas mais cantadas no mundo!

Confira a primeira parte do vídeo pelo link:
 
 

Contramestre Saudade
Coordenador Gingando pela Paz Brasil/Haiti
Viva Rio
www.vivario.org.br

 

Mobile: (509) 3798-0888
MSN:
flaviusoares@hotmail.com
Skype: flaviosaudade
Blog:
http://flaviosaudade.wordpress.com

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

4 × four =