Blog

lança

Vendo Artigos etiquetados em: lança

Ricky Martín lança clipe com Capoeira, Samba e Futebol

Ricky Martín lança clipe para bombar na Copa

O clipe adotou um cenário brasileiro e mostrou algumas tradições daqui, como o samba, a “capoeira” e o futebol

Há poucos dias da copa, o cantor porto-riquenho Ricky Martín lançou o videoclipe de sua nova canção, “Vida”. A produção, gravada no Rio de Janeiro, pretende aproveitar o clima de festa da competição mundial para se destacar como mais uma ‘música da copa’. 

Além do cenário brasileiro, o vídeo mostra jovens jogando futebol, sambando e jogando capoeira ao redor do cantor. 
“Aqui está #VIDA minha gente!” – escreveu Martin no Twitter. 

“Me diverti muito viajando e gravando no Brasil. Estou emocionado de finalmente poder interpretar ‘Vida’ e compartilhar esta canção tão especial com o mundo”, afirmou Martin recentemente. 

Vale lembrar que em 1998, o cantor teve destaque na copa com a canção “A Copa da Vida”. (Com informações UOL)

{youtube}a3I7wBck0e4{/youtube}

 

“Fica a chamada de atenção para o Momento oportuno do lançamento do Video… O Tempero vem repleto de malandragem… quem pode dizer que o Cantor também não é capoeira…”
O Editor

Jornalista lança livros de capoeira no Museu Capixaba

Uma das obras instrumentaliza a capoeira na luta contra as drogas. Outra obra conta em 4 idiomas a história da capoeira no Brasil

O jornalista e mestre em Educação Mano Lima lança no dia 22 de janeiro, a partir das dezoito horas, no Museu Capixaba, o livro SEJA UM CRAQUE SEM PEDRA (a capoeira que dá rasteira nas drogas).

O evento é uma promoção da Federação de Capoeira do Espírito Santo, com o apoio da prefeitura municipal de Vitória.

Mano Lima é historiador e autor de outros livros, como o DICIONÁRIO DE CAPOEIRA, A GINGA DOS MAIS VIVIDOS (capoeira na terceira idade) e e “EU, VOCÊ E A CAPOEIRA”, que conta a historia da escravidao no Brasil e da capoeira, e foi editado em português, inglês, francês e espanhol.

Os livros do escritor já foram lançados em três continentes (Europa, Asisa e América) e em paises como Espanha, Holanda, Alemanha, Belgica, França, Portugal, Paraguai e Cabo Verde.

Além de escritor, o autor é diretor de jornalismo da TV Portal Capoeira e colaborador no mesmo site.

 

Serviço: O escritor está à disposição de outros grupos de capoeira para dar palestras e fazer o lançamento do seu livro. Para receber o livro, via correio, ou convidar o escritor para eventos de capoeira, no Brasil, ou exterior, os interessados podem fazer contato direto com o mesmo, nos telefones (61) 8101 0915 e (61) 9190 4256, ou no e-mail dicionariocapoeira@gmail.com.

Aguardo seu contato.
MANO LIMA    Jornalista(61) 9190 4256      OI (61) 8101 0915      TIM(27)30192707

fecaes
(27)99825 0727 VIVO CABRAL
(27)98147 6343  VIVO  CABRAL
(27)99234 3490  secretaria da fecaes

Lançamento do Livro O corpo na capoeira

Livro escrito pelo professor Eusébio Lôbo (Mestre Pavão) analisa movimentos da capoeira.
Foi lançado na sexta-feira (20/11), no Centro Coreográfico do Rio, a coleção de livros O corpo na capoeira, escritos pelo professor Eusébio Lôbo (Mestre Pavão), do Departamento de Artes Corporais da Unicamp.
Nos quatro volumes, o autor lança um olhar sobre os golpes da capoeira levando em conta características espaciais e cinéticas do movimento do corpo.
Fonte: idanca.net

 

De salto, Claudia Leitte faz passos de capoeira em show no interior de SP

A cantora Claudia Leitte mostrou em seu último show realizado no domingo (25) em Jundiaí, no interior de São Paulo, que tem o ‘gingado’ baiano. Em cima do palco, ela fez, pela primeira vez, passos de capoeira com seus bailarinos, sendo que estava de bota com salto alto. Mesmo assim, Claudinha conseguiu manter o equilibrio.

O show também marcou a despedida de Claudia do figurino todo preto, ‘de inverno’, que tem apresentado em seus shows. A partir do próximo sábado (31), ela estreia, na Costa do Sauípe, o figurino ‘de verão’, feito por Valério Araújo e Ian Acioly, com tons mais claros. Além dos looks, Claudinha lança uma nova música de trabalho.

 

Cantora Claudia Leitte mostrou que tem a ginga da Bahia – Claudinha conseguiu se equilibrar mesmo estando de salto

Foto: Divulgação – http://correio24horas.globo.com

Itabuna, lançamento do livro: CAPOEIRA: de luta de negro a exercício de branco no cenário grapiúna

Como diz a música:  "Sou da Bahia, sou lá de Itabuna… Terra do Mestre Magrelo, Luiz Medicina e também Suassuna… Sou da Bahia, sou lá de Itabuna, terra do Cacau, lá se planta beriba de dia e de noite na roda já tem berimbau…"
 
Terra de Grandes Capoeiristas e esperamos que este livro faça valer a tradição de bons capoeiristas e nos brinde com uma boa literatura direcionada a capoeiragem…
 
Luciano Milani

  Historiadora lança livro sobre Capoeira na região de Itabuna, Bahia.
 
Cláudia Viana lança o livro que conta, entre outras coisas, a história do esporte na região e expoentes do esporte na cidade
Cláudia Viana, professora de História e Geografia – mas com "História como especialidade", como ela mesma diz -, lança o livro "CAPOEIRA: de luta de negro a exercício de branco no cenário grapiúna". O lançamento oficial do livro acontece na próxima sexta-feira (11) na Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) às 19 horas.
 
A autora do livro diz que ele nasceu de uma publicação anterior. "Em 1999 fiz uma monografia com o mesmo nome do livro. Naquela época encontrei pouca coisa publicada sobre a história do esporte na região e eu queria explorar mais esse lado", comenta ela. "Daí a idéia. Após a publicação da monografia, fui informada de que ela era muito procurada na Uesc para ser consultada, exatamente por ser uma das poucas dessa natureza. Daí então nasceu a idéia de transformá-la em livro. Para isso ela foi revisada,  atualizada e teve alguns fatos e nomes acrescidos", explica a professora de História.
 
O início
 
De acordo com Cláudia, a capoeira era praticada em Itabuna já no começo da década de 50 com os capoeiristas de rua. "Eram os angoleiros que praticavam o esporte no meio da rua, sem um local definido. Também por isso eram marginalizados", afirma ela.
A inserção da capoeira e dos capoeiristas na sociedade grapiúna veio depois. "Carlos Dória, mais conhecido como Major Dória, fundou em 1958 a Academia Cultura Física e Capoeira Major Dória. Quem dava aulas era um branco, Maneca Brandão, filho de um ex-prefeito de Itabuna, Ubaldino. Só a partir daí a capoeira passou a ter destaque na sociedade e nos meios de comunicação, pois começou a ser praticada também pela elite", fala Cláudia, que é capoeirista desde 1993.
 
Homenagem
 
A historiadora diz ainda que o livro é uma forma de homenagem a capoeiristas que muito fizeram e fazem pelo esporte. "Não podemos nos esquecer de Mestre Bimba, que fundou a primeira academia em Salvador, ainda na década de 30. Ele que foi o professor de Maneca Brandão e merece ser homenageado", explica ela.
Mas o Mestre Bimba não é o único citado. "Há também o mestre Suassuna, capoeirista grapiúna que hoje mora em São Paulo, mas que tem alunos em mais de 30 países", afirma ela, que completa em seguida: "Bimba, Maneca Brandão, Suassuna, são vários nomes que não podem ser esquecidos. Em Itabuna temos Uesc, FTC e Facsul, três universidades com o curso de Educação Física e com a Capoeira como matéria curricular. Os mestres e grandes nomes do esporte devem ser homenageados".
O livro mostra como o Sul da Bahia, e não só Salvador e o Recôncavo foi importante para o desenvolvimento da capoeira no estado
 
Batizado
 
No dia seguinte ao lançamento do livro (12) haverá o XXVIII Batizado e Troca de Cordéis do grupo Raça. O evento, que acontece no Espaço Alternativo do grupo (localizado no Bairro da Conceição, em frente à barragem do Rio Cachoeira), será realizado pelo contramestre Risadinha e seus alunos formados, e tem início marcado para as 9 horas.
http://agora-online.com.br
Agora Online Itabuna/BA