Blog

premio

Vendo Artigos etiquetados em: premio

FCP realiza oficinas de capacitação para o Prêmio Culturas Populares

Os cursos são uma iniciativa do MinC, com apoio da Fundação Cultural Palmares, e vão preparar produtores culturais negros do Estado para participarem da premiação

Valorizar a cultura e a arte afro brasileira e capacitar os produtores culturais negros para incluí-los nos editais de fomento a cultura. São os objetivos das oficinas de capacitação para o Prêmio Culturas Populares, do Ministério da Cultura (MinC), propostas pela Fundação Cultural Palmares, que ocorrem de 8 a 29 de maio, em São Paulo/SP.

Para a premiação, o MinC oferecerá, em todo estado de São Paulo, 13 oficinas. Dessas, cinco serão organizadas pela FCP por meio de sua representação no estado, com o objetivo de mobilizar os agentes culturais negros para que desenvolvam propostas de acordo com o edital. As atividades vão prepará-los para preencher os roteiros de inscrição, cadastrar as ações, utilizar as ferramentas do Sistema MinC, entre outros. As oficinas serão realizadas em parceria com organizações do movimento negro paulista.

Poderão participar grupos negros de umbanda, candomblé, escolas de samba, quilombos, congada, maracatu, rituais e festas populares, arte popular, mitos, histórias e outras narrativas orais, processos populares de transmissão de conhecimentos, medicina popular, culinária popular, pinturas, desenhos, grafismos, artesanato e expressão plástica, escritos, danças dramáticas, audiovisual, entre outros.

Prêmio Culturas Populares – Desenvolvido pelo Ministério da Cultura por meio da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC), o prêmio tem como objetivo reconhecer a atuação de mestres, grupos e comunidades responsáveis por iniciativas exemplares que envolvam as expressões das culturas populares brasileiras. O edital, que tem inscrições abertas até 5 de julho, receberá propostas de projetos que desenvolvam atividades de difusão e práticas de expressões populares em processo de esquecimento.

A edição de 2013 homenageará o ator, produtor e cineasta Amácio Mazzaropi, nascido em São Paulo em 9 de abril de 1912. Serão premiados 350 participantes, divididos em 170 na categoria Mestres, 170 nas categorias Grupo/comunidade formal e informal e 10 para “Mestres In Memoriam”, como reconhecimento ao legado de valorização da arte e da cultura brasileira.

 

Informações para a imprensa

Mara Karina Silva

Assessora de Comunicação da Fundação Cultural Palmares

mara.silva@palmares.gov.br

Tel: (61) 3424.0165/9831.0215

 

 

 

Livro “Pastinha – O menino que virou Mestre de capoeira”

Livro do jornalista José Barreto sobre Pastinha é um dos finalistas do Prêmio Jabuti e resgata a história da iniciação de Vicente Perreira Pastinha na arte da capoeira.

Salvador – O livro “Pastinha – O menino que virou Mestre de capoeira” é um dos finalistas do 54º Prêmio Jabuti, na categoria infantil. Escrito pelo jornalista baiano José de Jesus Barreto, ilustrado pelo artista plástico Cau Gomez (mineiro radicado na Bahia) e editado pela Solisluna Editora – sediada em Lauro de Freitas – o livro resgata a história da iniciação de Vicente Perreira Pastinha na arte da capoeira. Nascido no Pelourinho, o menino aprendeu a jogar com o negro banto e ex-escravo Benedito e tornou-se o criador da Capoeira Angola da Bahia.

A lista de finalistas foi divulgada ontem à noite (20) e inclui nomes consagrados como Ziraldo, criador de “O menino maluquinho”, o contista Ignácio de Loyola Brandão e o poeta e cronista Fabrício Carpinejar. Em 2010, uma obra publicada pela Solisluna Editora ficou em terceiro lugar na categoria projeto gráfico do Prêmio Jabuti, com o livro “Rico Lins: uma gráfica de fronteira”, de Rico Lins.

 

O vencedor do 54º Prêmio Jabuti deve ser divulgado no dia 18 de outubro e a lista completa dos finalistas pode ser conferida no site da premiação: http://www.premiojabuti.com.br/resultado-fase1-2012

 

Pastinha foi lançado em fevereiro deste ano em Salvador e nos últimos meses foi apresentado na III Feira do Livro Infantil de Fortaleza e na V Feira Literária de Porto Seguro. A obra é o 11º título do catálogo infantojuvenil da Solisluna Editora, que tem 27 livros publicados. História, cultura afro-brasileira, não ficção, arte visual e poesia estão entre os temas mais recorrentes no catálogo geral da editora.

 

A história narrada em “Pastinha – O menino que virou Mestre de capoeira” foi baseada em uma entrevista do capoeirista, datada de 1967. A partir desse material, o jornalista e escritor José de Jesus Barreto reconta essa trajetória, juntamente com os desenhos do artista gráfico Cau Gomez, que dão ao livro um toque de obra de arte.

 

http://www.jornaldamidia.com.br

Bahia: Mestre Curió condena a elitização da capoeira pelas universidades

Considerado a lenda viva da capoeira na Bahia, o Mestre Curió, de batismo Jaime Martins dos Santos, capoeirista angoleiro descendente da linhagem Banto, revelou para uma plenária cheia de capoeiristas, mestres, professores e alunos, que os brancos ainda continuam discriminando e explorando os negros, apontando como prova a criação da lei que impõe sobre os capoeiristas a obrigatoriedade do curso acadêmico de educação física para ensinar capoeira. “Nossa universidade é a vida, respeite-se a capoeira como uma lição de vida da resistência popular, pois ela nasceu da vivência das senzalas e cresceu com as experiências de rua”, retrucou o ícone da capoeira baiana durante o I Encontro Territorial da Capoeira Viva Meu Mestre, realizado em Itaberaba, no sábado e domingo últimos (28 e 29 de julho), pela ONG Fundação Paraguaçu e a Associação de Capoeira Jiboia da Bahia.

Contrariando a propaganda oficial sobre o fim da discriminação racial, Curió surpreendeu ao afirmar que a exploração dos brancos sobre as etnias negras ainda existem e condenou que os  conselhos regionais  e federal de Educação Física –CREF, que exigem o curso de educação física de mestres e professores capoeiristas para ensinar a capoeira. “O Cref não pode e nem têm do direito de fiscalizar a capoeira em lugar nenhum. Essa é mais uma exploração sobre os negros, para enriquecer os poderosos, mas não nos enganam não!”, protestou Curió.

Discriminação cultural

Mestre Curió,que se apresentou acompanhado por sua esposa e Mestra Jararaca, de batismo Valdelice Santos de Jesus, considerou também como “discriminação cultural” a exclusão dos Pontos de Cultura que tenham sofrido falhas na prestação de contas, como ocorreu com o convênio assinado pela Escola de Capoeira Angola Irmãos Gêmeos Mestre Curió, que funciona no Forte de Santo Antônio em Salvador. “O governo deveria colocar orientadores para organizar as contas, porque o projetonão paga o contador nem advogado”, reclamou Curió criticando “como é que o mestre trabalha no projeto e não pode receber por seus esforços de ensinar, por que é presidente da entidade. “Isso é uma forma de discriminação cultural e exploração dos capoeiristas que sempre são pessoas pobres de baixa renda”.

Doutor Honoris Causa

O Mestre Curió e popularmente conhecido por seus trabalhos realizados no Brasil e em diversos outros países, levando através suas palestras, as suas vivências sobre a Capoeira de Angola. O consagrado capoeirista baiano nasceu em 1937, no interior da Bahia e desde os oito anos de idade, pratica a Capoeira de Angola. Recebeu o titulo de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do México; Laureado com o titulo de Mestre dos Saberes (recebe e transmite o conhecimento de forma oral) reconhecido pelo Ministério da Cultura e da Educação (MEC); e recebeu em 2006, o título de Embaixador da Cultura Brasileira, pela ONU.

Inaugurada a Casa do Mestre Orlando

No encerramento do evento, o Mestre Curió acompanhou os capoeiristas e promoveram a inauguração da Casa do Mestre Orlando Corderino dos Santos, pioneiro da capoeira em Itaberaba. A Casa do Mestre foi construída em função do Prêmio Viva Meu Mestre, concedido aos tradicionais mestres da capoeira, através edital do Ministério da Cultura e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. Foram premiados 100 mestres em todo o Brasil, com um prêmio de R$15 mil, dentre eles o Mestre Orlando Corderino dos Santos, criador da Academia ACOCO, na década de 60, quando chegou vindo de Salvador, onde aprendeu capoeira com os mais tradicionais mestres baianos. A indicação do mestre ao prêmio foi realizada pelo jornalista editor, Salvador Roger de Souza, através projeto da ONG Fundação que defende a cultura e o meio ambiente.

Com a verba do prêmio foi construída a casa própria do mestre que antes morava numa tapera na periferia da Rua do Rio. Descontado o imposto de renda, entrou na conta do mestre, na Caixa Econômica, apenas R$11.600,00 que foi insuficiente para a execução da obra que custou R$17.597, cuja conclusão contou com ajuda da ONG e do jornal O Paraguaçu que investiram a diferença de R$ 5.997,00. A obra contou com os mutirões dos capoeiristas e amigos do mestre, sob a coordenação do pedreiro e capoeirista Jair Jibóia. A pintura da casa foi realizada pelo apoio do mestre Zé Bunitin Rebouças e a Academia de Karatê Dô de Itaberaba.

Fonte: http://www.oparaguacu.com

Portal Capoeira pelo 4º ano consecutivo no TOPBLOG

Pelo 4º ano consecutivo, o Portal Capoeira www.portalcapoeira.com, concorre, ao Prêmio TopBlog *.

Nas últimas 3 edições do premio, fomos contemplados com o “selo TOP 100” como um dos 100 principais blogs de Arte e Cultura do Brasil.

Acreditamos que novamente iremos alcançar nosso objetivo: Figulrar entre os 100 principais sites de Arte e Cultura!!!

Contamos com o seu importante apoio para que possamos levar a nossa arte-luta e todas as suas manifestações correlatas ao mais alto nível de divulgação. Acesse o nosso site, clique no banner do prêmio Topblog, informe seu nome e email e depois valide seu voto. Este ano a novidade é a possibilidade de um voto mais simples e direto utilizando as redes sociais (Facebook e Twitter).

 

  • Participe e ajude o nosso portal a ser pelo 4º ano consecutivo o TOP 100 do Brasil!!!

 

 

TÍTULO : Portal Capoeira
CATEGORIA :Arte e Cultura
CODIGO :12849
DESDE :08-2005
AUTOR / RESPONSÁVEL:Luciano Milani
URL :portalcapoeira.com

 

 

 

 

 

* SOBRE O PRÊMIO

O Prêmio Top Blog Brasil 2012 abre inscrições para a 4ª edição com o tema Empreendedorismo Digital.

Prêmio Top Blog é um sistema interativo de incentivo cultural destinado a reconhecer e premiar, mediante votação popular (júri popular) e acadêmica (júri acadêmico), os blogs brasileiros mais populares que possuam a maior parte de seu conteúdo focado para o público brasileiro, com melhor apresentação técnica específica a cada grupo (Pessoal e Profissional ) e suas respectivas categorias.

As inscrições para participação na edição 2012 do Prêmio Top Blog estão abertas e para inscrever seu blog basta acessar o link ‘inscrição aqui’ no portal ou acessar o site do prêmio,www.topblog.com.br/2012/premio, ler o regulamento e seguir as instruções. 

Podem inscrever-se no Prêmio Top Blog todas as  pessoas que residam em endereço brasileiro, podendo cadastrar-se com um ou mais blogs, desde que cada um possua endereço (URL) próprio com conteúdo e especificações técnicas correspondentes ao grupo e categorias descritas no regulamento.

DIVULGUE SEU BLOG!

Ao cadastrar-se no Prêmio Top Blog automaticamente  seu  blog já está indexado ao portal de conteúdo e seus posts passam a ser divulgados em nossa rede social de blogs – RedeLogs . Além do Prêmio, o TopBlogpossui plataformas de indexação  e publicação de conteúdo colaborativo com  função de divulgar a blogosfera brasileira.  Somamos atualmente uma biblioteca com mais de 250 mil blogs indexados.  Para indexar seu blog e divulgar o conteúdo, entre em contato com nosso atendimento editorial, pelo email:faleconosco@topblog.com.br.

AUDIÊNCIA 2011

Visitas: 4.203.600
Páginas vistas: 18.368.700
Visitantes únicos: 911.934
Base de emails: 1.185.000
Emails enviados: 4.300.000
Inscritos: 17.900
Impressões do selo: 1.160.000.000
Blogs indexados: 253.635
Votos computados: 1.462.000
Selos/Page View: 2,3 Bilhões

 

 

 

PORTAL DE CONTEÚDO PARTICIPATIVO

Portal Top Blog é uma plataforma WEB 2.0 que disponibiliza aplicativos multimídias para divulgação de conteúdo de blogs no formato texto e vídeo. O portal mantém parceria com vários canais de informação: IDEIA Socioambiental, Dinamize, Lomadee, ECOD, YOUTUBE, Espaço Mix – MEGATV, SEBRAE-SP, PRNewswire,  COLUNISTAS e BLOGUEIROS de diversos segmentos (Celebridades, Cultura, Comunicação, Esportes, Games, Humor, Música, Política, Saúde, Tecnologia e Variedades, entre outros). Todo o conteúdo do Portal Top Blog é colaborativo, com o objetivo de divulgar o conteúdo produzido pela blogosfera brasileira, somando uma biblioteca com mais de 250 mil blogs agregados. Caso você queira indexar e divulgar, ou remover o conteúdo de seu blog no Portal Top Blog, entre em contato com nosso atendimento editorial, por meio do email: faleconosco@topblog.com.br

Para saber mais sobre o Prêmio Top Blog 2012  clique aqui ou acesse o Hotsite no endereço:http://www.topblog.com.br/2012/premio.

IDEALIZAÇÃO E REALIZAÇÃO

Top Blog é uma iniciativa da Insere Comunicação WEB  LTDA  e  tem o incentivo cultural  de vários parceiros do setor  de mídia digital. Para participar desta rede de divulgação e incentivo cultural entre em contato com nosso atendimento editorial, pelo email:faleconosco@topblog.com.br ou clique aqui.

DIVULGAÇÃO INSTITUCIONAL

Top Blog é uma grande rede de divulgação viral pela rede internet. A expectativa é que 500.000 blogs participem fazendo campanhas para divulgar e disputar o voto dos leitores de blogs (eleitores), população estimada em 28 milhões de internautas. Além da divulgação viral, será realizada campanha institucional sobre o Prêmio Top Blog em mídias on-line e off-line (TV, Rádio, Mobile e Internet) com abrangência em todo o território nacional. Para participar desta rede de divulgação e incentivo cultural entre em contato com nosso atendimento editorial, pelo email: faleconosco@topblog.com.br ou clique aqui.

Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras será lançada no Rio de Janeiro

2ª Edição do Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras será lançada no Rio de Janeiro

Criado para estimular e incentivar as expressões artísticas de estética negra, será lançada no próximo dia 28, no Rio de Janeiro, a 2ª Edição do Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras. A Fundação Cultural Palmares (FCP) e o Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos Neves (CADON), são responsáveis pela realização do Prêmio, apoiados pelo patrocínio da Petrobras.

A cerimônia de lançamento, promovida pela FCP, acontecerá no Auditório Gilberto Freyre, no Palácio da Cultura Gustavo Capanema, a partir das 18h. O evento reunirá 300 convidados e contará com uma apresentação cênico-musical da atriz Iléa Ferraz, com uma adaptação especial para ocasião de A Botija de Ouro, de Joel Rufino. A cerimônia contará com as presenças de Eloi Ferreira de Araujo, Presidente da Palmares; Ruth Pinheiro, Presidente do CADON, além de representantes da Petrobras.

Prêmio – Este ano, o Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras dedica sua edição às comemorações do Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes, como forma de reconhecimento às expressões artísticas e culturais, contribuindo para a continuidade de suas atividades. O prêmio é coordenado pelo Departamento de Fomento e Promoção da Cultura Afro-brasileira (DEP) da Fundação Cultural Palmares.

A primeira edição do Prêmio, realizada em 2010, foi elaborada a partir do contato próximo aos grupos, artistas e companhias, que trabalham com a produção artística de matriz africana, e em atendimento à demanda do Fórum de Performance Negra. Foram contemplados vinte projetos das cinco regiões brasileiras, totalizando mais de um milhão de reais em prêmios.

Como na última edição, a premiação será dividida em três categorias: artes visuais, dança e teatro. Poderão se inscrever pessoas jurídicas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, que trabalhem com a temática cultural negra. Serão contemplados quatro projetos por região do País, inéditos ou não, a serem concretizados em 2012, totalizando um milhões e cem mil reais em prêmios.

Inscrições – As inscrições estarão abertas no período de 10 de outubro a 24 de novembro de 2011, serão gratuitas e poderão ser preenchidas diretamente na página do Prêmio: www.premioafro.org. Os projetos inscritos serão avaliados por uma comissão de membros indicados, e serão considerados os critérios de excelência artística, histórica e efetiva contribuição artística para a cultura afro-brasileira, pertinência do conteúdo à questão afro-brasileira, qualificação dos profissionais e viabilidade técnica de execução. Após a divulgação dos resultados, será realizada uma cerimônia de premiação para os vinte projetos vencedores.

Serviço:

O que: Lançamento da 2ª Edição do Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras.
Onde: Auditório Gilberto Freyre no Palácio da Cultura Gustavo Capanema (Rua da Imprensa, 16 – Centro Rio de Janeiro)
Horário:
18h

Mais informações: www.premioafro.org e  www.palmares.gov.br
Organização: Fundação Cultural Palmares

Realização: Fundação Cultural Palmares e Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos Neves
Apoio: Petrobras

São Paulo: Prêmio Top Brasil de Artes Marciais

O Prêmio Top Brasil de Artes Marciais é a maior premiação jamais vista no país que visa o reconhecimento público dos mais variados destaques no ano de 2011. Serão confirmados os vencedores no dia 03/12 (Cerimônia de Homenagem) e no dia 04/12 haverá o evento comemorativo no Ginásio do Ibirapuera.

Para participar do evento de premiação, como candidato ou como expectador, visite o site da empresa promotora Forseti Eventos Esportivos (www.grupoforseti.com.br), ou ainda o site da CBKFS (www.cbkfs.com.br). Sobre o campeonato visite o site www.fatshan.com.br.

Existem várias categorias de premiação, divididas por modalidade marcial e entre os principais estilos de cada segmento. O Brasil vai conhecer, finalmente, quem são os talentos que fazem da arte marcial um espetáculo impressionante e cada vez mais crescente.

No evento do dia 03/12, além da revelação e premiação dos talentos marciais, haverá ainda brilhantes apresentações marciais realizadas pelos TOPs de cada segmento. Brevemente será divulgada uma lista prévia com nomes já confirmados.

Se você deseja estar nesta festa, ao lado de nomes consagrados das artes marciais, para fazer contatos, colher autógrafos, tirar fotos, se apresentar, ou para qualquer outro objetivo, GARANTA JÁ O SEU INGRESSO, pois as vagas são limitadas.

Outras informações também podem ser obtidas pelo e.mail: academias@ig.com.br, ou pelos telefones (11) 6134-9081 / 7508-9942. No site do Grupo Forseti você encontra outros telefones para contatos.

Com cobertura garantida pela Revista Academias, o evento terá a presença também de empresários, patrocinadores, políticos e celebridades que estão contribuindo para o crescimento do setor marcial no Brasil.

Não fique de fora e não perca a oportunidade de estar ao lado do maior time marcial do país.

GTPC divulga resultado provisório do Prêmio Viva Meu Mestre Edição 2010

A Comissão de Seleção, nomeada pela Portaria nº.231 do dia 5 de julho de 2011 torna público o resultado preliminar do Edital Nº 1/2010, Prêmio Viva Meu Mestre – Edição 2010. Seguindo o disposto no item 10.6 do edital, a Comissão decidiu pela não habilitação das candidaturas relacionadas à punga maranhense, pela não habilitação de três inscrições que não anexaram cartas de apoio, pela habilitação de duas candidaturas antes não consideradas por terem sido extraviadas internamente e pela habilitação de duas candidaturas que haviam sido desabilitadas pela falta de assinatura em suas respectivas fichas de inscrição. Em conseqüência, a Comissão homologou uma nova listagem de inscrições não habilitadas que segue abaixo.

O prazo para recurso deste resultado preliminar é de três dias úteis a partir da data da publicação. Conforme item 7.7 do edital, os recursos deverão ser enviados em formulário próprio (Anexo 3) para o seguinte endereço:

Prêmio Viva Meu Mestre – Edição 2010
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan
Departamento de Patrimônio Imaterial – DPI
SEPS 713/913 Edifício Lucio Costa,  4º andar
70.390.135 – Brasília – DF

ou a por cópia digital do formulário de recurso do resultado preliminar (Anexo 3) devidamente preenchido e assinado para o e-mail dpi@iphan.gov.br. Devido a problemas técnicos no e-mail institucional do Iphan, os recursos também deverão ser enviados ao e-mail: dpi.iphan@gmail.com

Após análise e julgamento dos recursos, a comissão de seleção publicará a homologação do resultado final do concurso no Diário Oficial da União.

As listas anexas contêm o resultado preliminar da seleção do Edital 001/2010 – Prêmio Viva Meu Mestre, a saber: candidatos classificados até a 100º posição (em ordem alfabética), candidatos classificados entre a 101º e a 112º posição (em ordem decrescente de classificação) e listagem dos candidatos não classificados. Serão premiados os mestres classificados até o 100° lugar e que atenderem à convocação que será publicada após a homologação do resultado final do concurso no Diário Oficial da União. Conforme os termos do edital, caso alguma convocação não seja atendida, o Iphan convocará, sucessivamente, os candidatos melhor classificados até completar-se o número total de prêmios disponíveis.

Anexos

Lista preliminar de candidatos classificados entre a 1ª e a 100ª posição ( ordem alfabética)

– Lista preliminar de candidatos classificados entre a 101ª e a 111ª posição (ordem alfabética)

Lista preliminar de candidatos habilitados e nao classificados (ordem alfabética)

Lista definitiva de candidatos não hatilitados

DOU – Resultado provisório 1

DOU – Resultado provisório 2

CD “CAPOEIRA DE BESOURO” vence 2 categorias no Prêmio da Música Brasileira

CD “CAPOEIRA DE BESOURO” de Paulo Cesar Pinheiro vence 2 categorias no Prêmio da Música Brasileira

A CAPOEIRA se fez presente e vencedora no tradicional e respeitado PRÊMIO DA MÚSICA BRASILEIRA que em sua 22a edição premiou o cd “CAPOEIRA DE BESOURO” de Paulo Cesar Pinheiro como vencedor das duas categorias a que concorreu: Melhor Álbum Regional e Melhor Projeto Visual.

A cerimônia de premiação aconteceu no último dia 6 de julho no Teatro Municipal do Rio de Janeiro onde Paulo Cesar Pinheiro recebeu os troféus ao lado de Zeca Pagodinho, Monarco, Mauro Diniz, Emílio Santiago, Alcione, Elba Ramalho, Arnaldo Antunes, Lulu Santos, Vanessa da Mata, Roberta Sá, Zezé Di Camargo e Luciano entre outros vencedores das demais categorias.

O cd “CAPOEIRA DE BESOURO” produzido por Luciana Rabello, é uma homenagem a Besouro Mangangá, à capoeira, à Bahia, ao Brasil. Nada mais natural e bonito que tenha sido abraçado e apresentado ao mundo através do olhar e das bênçãos de Maria Bethânia – legítima e fiel filha de Santo Amaro da Purificação, que lançou o cd através de seu selo/gravadora QUITANDA.

O cd “CAPOEIRA DE BESOURO” contou com a participação dos capoeiristas Victor Lobisomem e Mestre Camisa que tocaram os berimbaus ao lado dos renomados músicos Maurício Carrilho(violão), Celsinho Silva(pandeiro), Paulino Dias(atabaque e percussão) e Luciana Rabello(cavaquinho).

A carreira de Paulo Cesar Pinheiro teve inicio com Besouro, quando o poeta em parceria com Baden Powell venceu a Bienal do Samba com “Lapinha” – samba imortalizado na voz de Elis Regina, composto sobre refrão recolhido em rodas de capoeira:

“Quando eu morrer me enterrem na Lapinha/Calça-culote, paletó-almofadinha.”

Assim, sem ter idéia da carreira que iniciava e da grandeza do que iria construir na nossa música, Paulo adentrava os portais da música e da poesia, aos 16 anos, conduzido pelas mãos da CAPOEIRA e de Besouro Mangangá.

Em 2006, foi montado o musical “Besouro Cordão de Ouro”. As músicas do cd foram feitas originalmente para esta peça que também Recebeu o Prêmio Shell de Teatro na categoria Melhor Música e Direção Musical! E o Besouro continua seu voo.

A comunidade da CAPOEIRA agradece a PAULO CESAR PINHEIRO a oportunidade de levar nossos BERIMBAUS e a música da nossa arte a mais um reconhecimento de nosso valor através do PRÊMIO DA MÚSICA BRASILEIRA !

Iphan: Prêmio “Viva meu Mestre”

Prorrogado o prazo do edital Viva Meu Mestre – Mestres e Mestras de Capoeira

A União, por intermédio do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, torna pública a prorrogação do período de inscrição para o Concurso Público “Prêmio Viva Meu Mestre – Edição 2010”, regulamentado pelo EDITAL DE PREMIAÇÃO Nº 001 – DPI, de 25 de outubro de 2010, publicado no D.O.U. no dia 29 de outubro 2010. As inscrições poderão ser apresentadas até o dia 12 de dezembro de 2010. Márcia Sant Anna – Diretora do Departamento de Patrimônio Imaterial.

Link: http://portal.iphan.gov.br/portal/montarDetalheConteudo.do?id=15690&sigla=Noticia&retorno=detalheNoticia

 

100 prêmios, no valor de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) para cada premiado: Mestres e Mestras de Capoeira, com idade igual ou superior a 55 (cinqüenta e cinco) anos, cuja trajetória de vida tenha contribuído de maneira fundamental para a transmissão e continuidade da Capoeira no Brasil.

A União, por intermédio do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em parceria com a Fundação Cultural Palmares e com as Secretarias Executiva, da Identidade e Diversidade Cultural e de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, divulga e estabelece as regras do Concurso Público “Prêmio Viva Meu Mestre – Edição 2010”.

Este concurso é uma ação vinculada ao Programa de Salvaguarda e Incentivo à Capoeira – Pró Capoeira, observando-se as leis nº 8.666/1993 e 8.313/1991; o Decreto nº 3.551/2000; o Decreto nº 5.761/2006, art. 10, inciso IV; a Portaria MinC nº 29/2009; a Convenção para Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, e a Convenção sobre a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, da UNESCO; os Seminários Nacionais de Políticas Públicas para as Culturas Populares; e o registro, em 15 de julho de 2008, do Ofício de Mestre de Capoeira e da Roda de Capoeira como patrimônio cultural imaterial brasileiro.

Para saber mais sobre este concurso, baixe o Edital “Viva meu Mestre” (basta clicar no link)

Capoeiristas do Sul e Sudeste fazem roda de discussão no Rio

Rio de Janeiro – Capoeiristas dos estados do Sul e Sudeste se preparam para uma roda de discussão, a partir de hoje (27), no Rio. A meta é levantar sugestões para um plano nacional de salvaguarda, com medidas principalmente para a profissionalização. No evento, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lança um prêmio para os mestres da modalidade.

Capoeirista há 40 anos, mestre Levi Tavares de Souza, de 53 anos, diz que os professores querem empregos formais e aposentadoria. Com a profissionalização, ele acredita que ficam protegidos os saberes tradicionais da prática, conhecida por aliar arte, cultura e história. O mestre lembra que desde que a capoeira deixou de ser crime, na década de 30, a questão não foi discutida.

“A capoeira não sofre mais o preconceito de antes – não é mais associada à marginalidade”, disse, lembrando que a luta que mistura golpes rápidos e movimentos acrobáticos à dança, ao som de atabaques, foi criminalizada dois anos depois da Abolição da Escravatura (1888). “Mas os mestres esbarram na exigência do diploma de educação física e na formalização”, reclamou.

No encontro chamado Pró-Capoeira, os participantes também debatem a internacionalização da prática, levada para fora do país por vários mestres, além de formas de organização social, ações que estimulam o uso da capoeira na educação e no lazer e maneiras de garantir a preservação do meio ambiente na elaboração de instrumentos musicais como o berimbau.

“Os instrumentos são fabricados de madeira e sementes. São materiais que exigem formas adequadas de manejo”, destaca a coordenadora-geral de salvaguarda do Departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan, Teresa Paiva Chaves. “A roda de capoeira precisa da musicalidade, precisa desses instrumentos, mas com sustentabilidade”, acrescenta.

Considerados Patrimônio Cultural Imaterial pelo Iphan há dois anos, a Roda de Capoeira e o Ofício dos Mestres passaram a exigir políticas públicas de promoção e de preservação. Nesse sentido, o instituto também lança hoje o prêmio Viva meu Mestre, que oferecerá R$ 15 mil para os professores mais velhos, em situação de vulnerabilidade social.

O edital será conhecido no encontro e contemplará professores escolhidos pelos próprios alunos. Podem participar do lançamento do prêmio e do encontro  praticantes e instituições ligadas à capoeira no Sul e Sudeste. O evento será realizado no Centro de Convenções SulAmérica, no centro, e contará com representantes da Fundação Palmares e do Ministério da Cultura.

As sugestões aprovadas no Rio para o plano nacional de salvaguarda  se somarão a contribuições de todo o país, que voltarão a ser discutidas no ano que vem em Brasília. O documento ainda contará com contribuições da roda de discussões da Região Centro-Oeste, que se reúne em  novembro. O Pró-Capoeira no Nordeste foi realizado em setembro, em Recife.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br