Portal Capoeira PORQUE Cidadania Cultura e Cidadania
|

PORQUE

Este poema, de Sophia de Mello Breyner Andersen, denuncia as injustiças e desigualdades sociais, traz uma reflexão contundente sobre o atual panorama da nossa arte-luta… nossa capoeiragem…
Fica ai um importante exercicio de sensibilização e reflexão sobre posicionamento… pois todos os outros se calam… mas TU NÃO!!!

José Geraldo é Professor Universitário e amante das artes cênicas

PORQUE


Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão
Porque os outros têm medo mas tu não

Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN

Sophia de Mello Breyner Andresen foi uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX. Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua portuguesa, o Prémio Camões, em 1999.

#capoeira #capoeiragem #think

Artigos Relatados

0 0 votos
Avaliar Artigo/Matéria
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Luciana Delfini de Campos
Luciana Delfini de Campos
1 mês atrás

Simples, assim. Tudo dito, representado e sentido.