Blog

Eventos – Agenda

Vendo Artigos de: Eventos – Agenda (categoria)

Bahia: CD reúne cantigas históricas da capoeira baiana

Bahia: CD reúne cantigas históricas da capoeira baiana

A gravação do projeto aconteceu no Largo Pedro Arcanjo, no domingo (21)

A capoeira construiu sua história na Bahia e no Brasil através dos ritmos e vozes de diversas figuras marcantes. Algumas canções passaram de geração em geração mesmo sem saber quem é o real autor daquela letra. Outras ficaram marcadas pela sua musicalidade e ritmo, como a Capoeira Regional, que foi criada e disseminada pelo Mestre Bimba (1899-1974) na década de 1920.

Agora, mais do que nunca, essas canções podem ser ouvidas, entendidas e ecoadas. O Largo Pedro Arcanjo, no Centro Histórico, foi palco neste domingo (21) da gravação do primeiro CD com cantigas de capoeira da Bahia. Idealizado pelos mestres Dainho Xequerê e Tonho Matéria, responsável pela Associação Cultural de Capoeira Mangangá, a gravação do álbum, intitulado ‘Quando o Assunto é Capoeira’, reuniu 14 mestres e mestras para eternizarem as músicas.

“Esse é um momento único para capoeira da Bahia. Estamos reafirmando a importância das cantigas e valorizando os mestres. Isso faz com que as novas gerações tenham acesso à real letra, de um modo muito fácil”, afirmou Xequerê.

Entre as vozes que marcam o CD estão os mestres Boca Rica, um dos mais antigos que compõe o grupo, Pelé da Bomba, Bozó Preto, Já Morreu, Buguelo, Gajé, Malícia, Boca (do Maré), Dandara, Nani de João Pequeno e Brisa.

Conversa
Antes da gravação no palco, o evento promoveu uma roda de conversa que reuniu todos os mestres para debater sobre a capoeira e suas funções na sociedade, seguido de uma apresentação da Orquestra de Berimbaus Afinados (OBADX).

Bahia: CD reúne cantigas históricas da capoeira baiana Eventos - Agenda Musicalidade Portal Capoeira 1

O evento também promoveu uma roda de conversa entre os mestres (Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO )

O tema ‘Eu Também Canto a Bahia’, escolhido para guiar o lançamento do álbum, reforçou o ideal de que a capoeira, apesar de estruturar como um único movimento cultural, é formada por muitas outras vertentes e ritmos, cada um com sua particularidade.

“A capoeira é rica em um conjunto só. Mas, cada um faz o que é melhor para si, desenvolvendo seu estilo. Quem pratica sabe da importância de ter essa liberdade de ritmos”, disse Edenilton, 35 anos, conhecido como mestre Scooby. Neste domingo (21) como espectador, o professor pratica a arte há mais de 20 anos e dá aula no bairro de Luís Anselmo.

Para Carolina, ou melhor, a mestra Brisa, 41, o que une todas as vertentes da capoeira é a musicalidade, é o que conecta os dois corpos, dá o tom do gingado: “É o elemento fundante, que permeia o diálogo daqueles que estão ali. Mas, para você criar essa sinergia, você precisa de uma boa musicalidade”, defendeu.

O CD se tornou a materialização desse movimento. Para Tonho Matéria, além de disseminar e expandir o alcance da capoeira pelo país, a gravação coloca em pauta justamente o que o projeto insiste em discutir: a atuação da capoeira na sociedade.

 

A gente discute como levar essa música para dentro das salas de aula, falar sobre cultura, educação e até turismo. As pessoas não entendem que, muitas vezes, é essa prática que leva o jovem ao colégio, que transforma em um grande cidadão”, afirmou o mestre.

 

Capoeira de Angola x Capoeira Regional
O grande símbolo dessas vertentes apresentadas pela capoeira está na bifurcação, que separa a capoeira de Angola e a capoeira Regional. Criada pelo mestre Bimba (1899-1974) entre as décadas de 1920 e 1930, o estilo Regional da arte altera a formação da roda e como os capoeiristas se comportam dentro dela.

Com uma cadência mais acelerada, o estilo foi pensado para apresentações, e dispensava alguns instrumentos para guiar o ritmo. Entre eles, dois berimbaus, um pandeiro e o tambor, conhecido como atabaque.

Isso ia de encontro ao estilo chamado de Angola, que apresentava uma formação completa com três berimbaus, dois pandeiros e o batuque. Com isso, a musicalidade naturalmente se tornou mais complexa. Segundo Tonho, a variação Regional é “uma capoeira mais rápida e evolutiva”, que se destaca pela instrumentalização.

 

Fonte: https://www.correio24horas.com.br

 

Vinícius Harfush*

vinicius.harfush@redebahia.com.br | @_harfush

Mestre e Roda de Capoeira – Patrimônios Culturais

Rio Zoo e Iphan promovem o evento “Mestre e Roda de Capoeira – Patrimônios Culturais”

A Roda de Capoeira e o Ofício dos Mestres de Capoeira ganharam um evento em sua homenagem. A ação, fruto de parceria entre o Zoológico do Rio – Rio Zoo e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, tem como objetivo, além de dar continuidade às políticas de salvaguarda em prol do Ofício dos Mestres e da Roda de Capoeira, valorizar esses exemplares do nosso Patrimônio Cultural, homenagear os Mestres por conta de sua contribuição para a história e o desenvolvimento da Capoeira e dar posse dos membros do Conselho de Mestres de Capoeira do Estado do Rio de Janeiro.

O Conselho é constituído por 30 Mestres titulares, sendo 15 da região metropolitana e 15 do interior assim distribuídos: 3 da região médio-paraíba, 3 da região dos lagos, 3 da região serrana, 3 da costa verde e 3 da região norte-noroeste, além de 30 Mestres suplentes.

Surgida no século XVII estre os africanos escravizados como instrumento de socialização e defesa, a capoeira é hoje um dos maiores símbolos da identidade brasileira, está presente em todo o país e é praticada nos quatro continentes. A Roda de Capoeira e o Ofício dos Mestres de Capoeira foram reconhecidos pelo Iphan como patrimônio cultural imaterial do Brasil em 2008, e estão inscritos no Livro de Registro das Formas de Expressão e no Livro de Registro dos Saberes, respectivamente.

O evento, que contará com rodas de Capoeira e a presença de Baianas de Acarajé, cujo ofício também é registrado como patrimônio imaterial do Brasil desde 2005, terá entrada franca e será realizado das 10h às 15h, na entrada do Jardim Zoológico do Rio de Janeiro. 

 

Serviço:

Mestre e Roda de Capoeira: Patrimônios Culturais

Data: 30 de março de 2019

Horário: Das 10h às 15h

Local: RioZoo (Parque da Quinta da Boa Vista, S/N)

Póvoa do Varzim: Sinhá Mandou Chamar

Póvoa do Varzim: Sinhá Mandou Chamar

Escola de capoeira VIVÊNCIA, realizará nos dias 8/9/10 de Março de 2019 o 5° encontro feminino “Sinhá Mandou Chamar” na cidade da Póvoa de Varzim, Portugal.

“O evento não tem a presunção de criar um evento só para mulheres, como se elas precisassem deste tipo de movimento para ter espaço dentro da nossa arte, o intuito do evento é valorizar as mulheres que trabalham a capoeira de forma profissional dando a comunidade em geral esta visão de que as mulheres também são grandes profissionais da nossa arte, sejam elas instrutoras, professoras, contramestres ou mestres.”  Diz Vilma (Instrutora Sindel)

A edição deste ano conta com a presença de integrantes de varias escolas de Portugal e Espanha, tais como: Muzenza, Agbara, Aruê, Jogo de Negro, Ginga Camará, Reliquia do Espinho Remoso, Alto Astral, Nagô, Sul da Bahia, Iandê, Batuqueiros, Porto da Barra, Maculelê entre outros.

Póvoa do Varzim: Sinhá Mandou Chamar Capoeira Mulheres Eventos - Agenda Portal Capoeira

Todas as aulas são ministradas por mulheres mas aberta a toda gente.

O evento é de organização da Instrutora Sindel (Vilma) da ECV – Póvoa de Varzim.

SP: Evento Integrado e Formatura Gugu Quilombola

SP: Evento Integrado e Formatura “Gugu Quilombola”

Nosso amigo e colaborador Gugu Quilombola, está se formando contramestre de capoeira e convida a todos para a festa, que acontece esta semana São Paulo.

Gugu preparou uma semana repleta de atividades para celebrar sua formatura!

O Evento Integrado, será composto por diversas atividades entre Elas:

  • MULHERES DA GAROA
  • LANÇAMENTO DO CD CAPOEIRA OUTRA MANEIRA
  • ESPETÁCULO ODARA
  • RODA NA PRAÇA DA REPUBLICA

NÃO FIQUE DE FORA!

Uma semana inteira de muito aprendizado e muito conhecimento, tudo para a evolução da sua capoeira, e da nossa arte!

AGRADECIMENTO: GUGU QUILOMBOLA

Bom dia ! Bom dia ! Bom dia Maestria !!

Meus agradecimentos!

Muito obrigado por fazer da minha história, por me auxiliar a galgar está estrada em prol da nossa arte e cultura!

Obrigado por me apoiar e otimizar meus caminhos para que eu me mantenha firme, forte e motivado em todos os momentos!

Sou grato por tudo que a nossa arte tem me proporcionado, sei que tudo que vivo hoje é fruto dos que trabalharam nas gerações anteriores!!

Continuarei me dedicando e esforçando para elevar a nossa Arte e todos que nela estão!

Muito obrigado .

Nos vemos em breve, Tudo de bom sempre !

 

Localização

Rua Luiz Porrio, 463 – 1º andar
Bela Vista – São Paulo – SP
CEP – 01326-030
Brasil

Ler Mais: http://guguquilombola.com/evento2019-interesse

Porto: 8º Encontro de Capoeira “Irmãos de Roda”

Todos DIFERENTES… JUNTOS pelo mesmo… CAPOEIRA

Porto: 8º Encontro de Capoeira “Irmãos de Roda”

“A cada edição o Evento, que tem sido uma referência na Capoeira de Portugal, ganha mais corpo e mais visibilidade… os “Irmãos de Roda” extrapolam o contexto e a essência do que significa capoeiragem… fazendo valer a sua visão da unidade através das diferenças… e que tudo gira em torno da mesma capoeira…

O evento tem início nesta sexta-feira e continua até o próximo domingo, na cidade do Porto em Portugal.

 

Mais informações no cartaz em anexo e na página do Facebook.


Video do encontro de 2017

 

 

 

PARA MAIS INFORMAÇÕES:

julspedro@gmail.com | Tlm: 966883484

https://www.facebook.com/irmaosderoda/

Guimarães: VIVA SEU BIMBA!!!

Guimarães: VIVA SEU BIMBA!!!

Contramentre Careca (CCCB – Centro Cultural Capoeira Baiana) e seus alunos, convidam toda a comunidade para a comemoração do centenário da Luta Regional Baiana em Guimarães – PT.

Na semana do dia 23 de novembro (data do nascimento do Mestre Bimba) o CCCB tem-se planejado atividades com a proposta de apresentar a comunidade capoeiristica, representantes da Luta Regional Baiana, que atuam dentro e fora do Brasil. Os mesmos trarão ao público um pouco do seu conhecimento através de cursos, palestras, vivências e rodas, onde apresentarão aos praticantes, profissionais e simpatizantes, informações sobre a Capoeira Regional Baiana (evoluções técnicas, palestras sobre a historia e desenvolvimento da luta) além de rodas, objetivando a preservação e divulgação da Capoeira Regional Baiana.

Proposta:

•Difundir e divulgar a Capoeira Regional Baiana.Apresentar aos profissionais, praticantes e simpatizantes as evoluções técnicas da Luta Regional Baiana.
•Preservação do ritual da Capoeira Regional.Apresentar a comunidade capoeiristica os principais representantes da Capoeira Regional Baiana da atualidade.
•Apresentar ao público a história do criador da Luta Regional Baiana, o Mestre Bimba, tendo na sua data de nascimento um dia especial para a comunidade da capoeira.

Visite: www.capoeirabaiana.org

Conexão China – A capoeira encontra o kung fu

Conexão China – A capoeira encontra o kung fu

Em evento para convidados a celebrar o mês em quem o Brasil comemora sua Independência, a embaixada brasileira em Pequim apresentou nesta semana o curta-metragem “Capoeira encontra a arte marcial chinesa”.

O documentário é coproduzido pela Embaixada do Brasil e Flow Creative Content, em parceria com a Unesco, com apoio da gigante chinesa Tencent, está em fase final de tradução para a língua portuguesa.

O vídeo, que impressiona pela união de duas culturas aparentemente distantes, mostra o encontro dos mestres de capoeira brasileiros com mestres das artes marciais chinesas em Pequim e Hangzhou.

Ao explorar as diferenças e semelhanças entre suas artes, esses mestres discutem como as culturas tradicionais podem prosperar na sociedade moderna e ainda ajudar as pessoas a se relacionar com os outros e compreender a nós mesmos.

Conexão China – A capoeira encontra o kung fu Capoeira Portal Capoeira

Embaixada brasileira em Pequim apresentou em pré-estreia documentário de curta-metragem mostrando o encontro de capoeiristas e lutadores de kung fu. EMBAIXADA DO BRASIL, DIVULGAÇÃO

A produção faz parte da criação de uma Biblioteca Digital Aberta, projeto global lançado em 2015 pela Unesco, com o apoio financeiro e técnico suporte de Tencent. A idéia é promover o conhecimento inclusivo entre sociedades, criando uma rede internacional de esportes e jogos tradicionais, e salvaguardar e promover o patrimônio cultural imaterial por meio de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs).

 

Fonte:

Jornal do Comércio: https://www.jornaldocomercio.com/

“Maior é Deus, Grande é João”

“Maior é Deus, Grande é João”

O “Maior é Deus, Grande é João” é um movimento mundial
de valorização e reconhecimento ao Mestre João Grande.

 

"Maior é Deus, Grande é João" Capoeira Cidadania Eventos - Agenda Portal Capoeira

MAIOR É DEUS, GRANDE É JOÃO!

Só um mestre que há mais de 60 anos empenha-se na preservação e divulgação da cultura da capoeira pelo mundo, pode inspirar um movimento mundial de reconhecimento à contribuição que ele dedica até hoje a essa arte.

João Oliveira dos Santos, Mestre João Grande, hoje aos 85 anos, é o capoeirista que há mais tempo está em atividade no mundo, ícone vivo da capoeiragem tradicional. Considerado o mestre dos mestres pela comunidade capoeirística, é detentor de conhecimentos seculares, que vem repassando com humildade e entusiasmo ao longo de todos esses anos.

 

Sua atuação é um marco no ressurgimento e expansão da capoeiragem angola, que se livrou de ser extinta graças aos esforços de alguns mestres, entre eles e com destaque João Grande, um obstinado em manter sua estrutura inicial e ensinamentos elementares. Ele saiu do Brasil para abrir novas fronteiras para esta arte tão brasileira, o que beneficiou direta e indiretamente centenas de capoeiristas brasileiros que hoje trabalham no exterior.

A paixão com que João Grande abraçou a capoeira vem motivando praticantes e amigos dessa comunidade no mundo inteiro a abraçá-lo também. Assim nasce o movimento “Maior é Deus, Grande é João”, que envolve, no dia 29 de setembro, a realização de eventos de capoeira em mais de 15 cidades do mundo para arrecadação de fundos que irá premiá-lo por tudo que representa para a capoeira no mundo.b

A rotina de viagens do Mestre João Grande é exaustiva e compromete a sua saúde, por isso os capoeiristas se uniram para assegurar que o Mestre continue, no ritmo adequado à sua idade, a espalhar seus ensinamentos sem comprometer a sua qualidade de vida. O objetivo do fundo é possibilitar que o mestre, no país em que hoje reside, EUA, possa repassar suas lições de vida com tranquilidade e segurança.
O movimento “Maior é Deus, Grande é João” também irá disponibilizar plataforma de crowdfunding durante três meses para que qualquer pessoa que se sensibilize com a causa, possa fazer sua contribuição online. Idealizado coletivamente, o fundo de arrecadação nasce em respeito à vida do Mestre João Grande.

Os eventos de capoeira que integram a campanha contam com a participação de grandes mestres de diferentes linhagens da capoeira. A contagem da arrecadação acontecerá a 29 setembro às 17h de cada país, quando haverá a divulgação do valor. O lançamento oficial da campanha acontecerá em NY, mas o abraço ao Mestre João Grande é tão imenso quanto a sua importância para a capoeira, por isso eventos também acontecerão em Paris e Bordeaux (França), Porto e Lisboa (Portugal), Zurique (Suiça), Viena (Áustria), Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia (Brasil), Athenas (Grécia), Roma (Itália), Belgrado (Sérvia), Barcelona (Espanha), Estugarda (Alemanha), dentre outros.

 

Eu valorizo. Eu acredito. Eu apoio. Dê o seu abraço no Mestre João Grande!

 


 

GOD IS GREAT, JOÃO IS GRAND!


Only a master who has been involved in the preservation and dissemination of capoeira culture throughout the world for more than 60 years can inspire a worldwide movement in recognition of the contribution he has made to this art to this day.

João Oliveira dos Santos, Mestre João Grande (Master “Big John”), aged 85, the eldest living active capoeira practitioner in the world, is an icon of the traditional form of capoeira. Considered to be the master of masters by the capoeira community, he is a holder of secular knowledge which he has shared with humility and enthusiasm throughout all these years.

His practice is a milestone in the resurgence and expansion of the Angola style of capoeira, which persists thanks to the efforts of several masters, but especially thanks to João Grande, who was determined to maintain its pure form and elementary teachings. He left Brazil to open new frontiers to this quintessential Brazilian art, and hundreds of Brazilian capoeira practitioners, who work abroad today, have benefited from this move either directly or indirectly.

The passion with which João Grande embraced capoeira has motivated practitioners and friends of this community around the world to embrace him as well.  This is how the “God is Great, João is Grand” movement emerged.

September 29, 2018, marks the kick-off for capoeira fundraising events in more than 15 cities around the world, which will honor him for everything he represents to capoeira in the world.

Mestre João Grande’s travel routine is exhausting and compromises his health. For that reason, capoeira practitioners will unite to ensure that Mestre can continue to spread his teachings at a pace appropriate to his age, without compromising his quality of life.  The purpose of the fund is to enable the master to teach his life lessons in peace and safety in the United States, the country in which he now resides.

The “God is Great, João is Grand” campaign will provide a crowdfunding platform in the three months following September 2018, so that anyone who is moved by this cause can make their contribution online. Organized collectively, the fundraising idea originated out of respect for the life of Mestre João Grande.

The capoeira events unfolding throughout the campaign rely on the participation of other great masters of differing styles of capoeira. A tally and unveiling of monies raised will be held at on September 29 at 5pm in each country.

The official launch of the campaign will take place in New York, but as our embrace of Mestre João Grande has been as massive as his importance to capoeira, events will also take place in Paris and Bordeaux (France), Porto and Lisbon (Portugal), Zurich (Switzerland), Vienna (Austria), Rio de Janeiro, São Paulo, and Bahia (Brazil), Athens (Greece), Rome (Italy), Belgrade (Serbia), Barcelona (Spain), and Stuttgart (Germany), among other locations.

I value him. I believe in him. I support him. Honor Mestre João Grande!

 

Veja Também:

https://www.facebook.com/maioredeusgrandeejoao/

https://www.gofundme.com/maior-e-deus-grande-e-joao

m.me/maioredeusgrandeejoao

Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC

Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC

Projeto conta a história da capoeira no ABC; Atividade gratuita e aberta ao público geral

Nos dias 7, 8, 9 e 10 de Agosto, o Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC” que através de vivência, bate papo e workshop contará a história da prática na região do ABC e curiosidades sobre a manifestação sociocultural de origem afro-brasileira, que mistura luta, dança, elementos da cultura popular e música.

O projeto Conexão Capoeira ABC, propõe-se a ser um catalisador para discussões acerca das questões históricas da capoeira local, dos direcionamentos contemporâneos desta manifestação, um momento oportuno para formação e instrumentalização de mestres e professores de capoeira e de áreas correlatas, e ainda um espaço para a troca de saberes e experiências.

bate-papo

Ancestralidade: Corpo, Cultura e Religião

Abertura Conexão Capoeira ABC

07/08. Terça, às 19h30

Bate papo sobre a ancestralidade quando relacionada ao corpo, cultura e religião, trazendo para a discussão questões evolutivas, de apropriações e descaracterizações da cultura popular brasileira.

Com Rose Maria de Souza, Fabiano Maranhão e Diolino de Brito.

Mulher em Jogo

com Carla Yahn (Treinel Natureza)

08/08. Quarta, às 19h30

Bate papo histórico, cultural e musical sobre a participação da mulher na Capoeira. Hoje em dia, é quase impossível assistir a uma roda de capoeira, em qualquer canto do mundo, onde não haja a presença feminina. As mulheres, com todo o direito, estão conquistando a cada dia, mais e mais espaço nesse universo que durante muito tempo foi predominantemente um espaço masculino.

Carla Yahn possui graduação em letras com licenciatura plena pela UNESP (2007). mestrado em letras na área de literatura e vida social pela UNESP (2012). Tem experiência na área de Letras, Literatura, Linguagens e Educação. É professora na Rede Pública de Ensino – Educação Básica II. Arte Educadora pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo. Atua principalmente nos seguintes temas: cultura popular, cultura afro-brasileira, oralidade e capoeira. É treinel de capoeira angola pelo grupo “Os Angoleiros do Sertão”, Feira de Santana-BA.

A Roda de Capoeira: Cultura, Contos e Fundamentos

Com Mestre Maurão

09/08. Quinta, às 19h

História, ensinamentos, fundamentos, curiosidades e roda de Capoeira.

A Capoeira é considerada como uma prática cultural que se organiza em forma de sistema, constituindo-se pelos seguintes elementos: a roda, os toques musicais de berimbau, as músicas, a ginga e os movimentos corporais das dois estilos (Capoeira Regional e Angola). Há, portanto, uma interdependência, em que os participantes da roda deverão se revesar nestas diferentes funções no decorrer do jogo, ou seja: o capoeirista deverá saber desempenhar todas as formas necessárias para ocorrer o evento: tocará tanto o berimbau quanto o atabaque, o pandeiro, o agogô e o caxixi e ainda revezará com outros participantes jogando e também cantando.

Mestre Maurão inicia na capoeira em 1979, na cidade de Santo André/SP, no Grupo Nova Luanda, liderado por Mestre Valdenor, onde se formou no ano de 1985. Participou na década de 80 de vários campeonatos onde consagrou-se Tri-Campeão Brasileiro (consecutivo), além de ter sido por 14 anos Campeão Paulista.

workshop

Fundamentação teórica e metodológica para o ensino da Capoeira

com Eduardo Okuhara.

10/08. Sexta, às 9h30

Discussão sobre os elementos básicos fundamentais para o ensino da Capoeira.

Todo o profissional da área de Educação Física deve primar para que todo o aluno vivencie as diferentes formas que a cultura corporal de movimento tem oferecido, e incluído neste processo está a Capoeira.

Eduardo Okuhara, está doutorando em Educação no programa de Pós-graduação da UMESP. Mestre em Educação Física pela Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP (2006), área de concentração: Pedagogia do Movimento, Corporeidade e Lazer (Orientador: Prof. Dr. Wagner Wey Moreira). Atualmente é docente no curso de Educação Física e pedagogia da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) e do Centro Universitário Ítalo Brasileiro (UNIITALO). Coordenador e Professor de Capoeira do Projeto Capoeirando na Metô (Capoeira para pessoas com Síndrome de Down). Professor de Capoeira do Instituto Padre Leo Comissari e Membro do Grupo de Estudos da Fenomenologia das fases da vida da PPGE-UMESP. Membro do conselho editorial da Revista de Educação Física REBESCOLAR. Temas de interesse: Educação e linguagem, Educação Física Escolar, Motricidade Humana, Cultura Afro-brasileira, Capoeira e Fenomenologia.

Estratégias Metodológicas no Ensino da Capoeira para Crianças de 03 a 06 anos

com Adan Parisi e Carlos Alberto.

10/08. Sexta, às 14h

Atividades, jogos e brincadeiras que podem ser utilizadas como ferramentas para o ensino da Capoeira para crianças de 3 a 6 anos.

Os exercícios de Capoeira envolvem todas as partes do corpo e são executados associados a um ritmo que favorece a integração dos envolvidos, desenvolvendo de maneira eficaz os seguintes aspectos: Imagem do Corpo, Auto-Imagem, Equilíbrio, Associação Visual Motora, Coordenação, Movimentos de locomoção e movimentos uniformes, Orientação Espacial, Lateralidade, Direcionalidade.

O Ensino da Capoeira para Idosos

Uma Abordagem Cultural Plural Como Proposta Pedagógica.

Com Diolino de Brito e Regina Gerizani.

10/08. Sexta, às 14h

Jongo, Samba de Roda, Côco e outros elementos da cultura popular brasileira como ferramentas de facilitação no ensino da Capoeira para Idosos.

A capoeira é uma expressão cultural afro-brasileira desenvolvida por golpes e movimentos ágeis com mãos, pernas, cabeça, braços e elementos de acrobacia. Esta prática desperta o interesse, não somente de jovens mas também de idosos que veem nestes exercícios um meio de lazer e bem estar físico.

Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC Capoeira Portal Capoeira

SERVIÇO:

Sesc São Caetano

Dias 7,  8, 9 e 10 de Agosto

Rua Piauí -554 Santa Paula – São Caetano do Sul

Recomendação etária: livre

Ingressos: Retira de ingressos com 1h de antecedência na Central de Atendimento. Limitado a 4 ingressos por pessoa.

Telefone para informações: (11) 4223-8800

Para informações sobre outras programações acesse o portal sescsp.org.br/saocaetano

Horário de atendimento/bilheteria do Sesc São Caetano – De segunda a sexta, 9:00 às 21:30, sábados e feriados, das 9:00 às 17:30 .

Semana da Capoeira em Póvoa do Varzim, Portugal

Semana da Capoeira em Póvoa do Varzim, Portugal

Em Portugal, a cidade de Póvoa do Varzim, no norte do país, organiza a Semana da Capoeira. O projeto pretende, além de divulgar a própria arte marcial, promover a cultura brasileira, através da música, da cultura popular e do esporte. O evento acontece entre os dias 25 e 29 de julho e tem o detalhe interessante de ter sido decidido através de um “orçamento participativo”, isto é, foram os cidadãos – jovens, em sua maioria – que decidiram que uma porcentagem do orçamento do município seria destinada a esta iniciativa.

A valorização da capoeira no exterior

Este evento em Portugal é a prova do potencial que a capoeira tem, não só enquanto esporte, mas também enquanto veículo da cultura brasileira. Trata-se de levar nossos hábitos, tradições e costumes até ao exterior, sendo especialmente valioso e interessante quando se trata de Portugal, país com o qual temos uma ligação especial como não temos com nenhum outro, mesmo que muitos brasileiros e portugueses não reconheçam essa parte.

Póvoa de Varzim

Uma curiosidade de Póvoa do Varzim está no fato de aí se situar um dos 12 cassinos legalmente estabelecidos em Portugal. No país irmão os jogos de azar não são proibidos e a sociedade convive pacificamente com esse fato, estando os cassinos geralmente situados em zonas turísticas. Todo o brasileiro que visitar a Póvoa poderá assim jogar sem qualquer problema. Será que no futuro vai ter cassinos no Brasil desse jeito?

A capoeira em Portugal

Pode considerar-se que a capoeira tem um nível bem razoável de desenvolvimento em Portugal. O país dispõe de uma federação esportiva (equivalente a nossas confederações, como a COB), com milhares de praticantes regulares e diversos clubes por todo o país, inclusive de grandes times de futebol que apostam em outros esportes, como o Sporting de Lisboa.

O programa da festa

O programa do evento incluiu os seguintes pontos:

  • exposição sobre a Semana da Capoeira, explicando todo o evento, abrindo no primeiro dia.
  • workshop de capoeira e roda de capoeira inclusiva, também no primeiro dia.
  • workshops em dois lugares diferentes da cidade, de manhã e à tarde, terminando com nova roda de capoeira inclusiva.
  • o terceiro dia tem workshops e uma recepção oficial de mestres de capoeira nos Paços do Concelho, com o prefeito local.
  • o quarto dia tem workshops e rodas de capoeira, tanto de manhã como de tarde.
  • o último dia inclui espetáculos de dança, batizado e troca de graduações, e finalmente uma roda de encerramento.

Semana da Capoeira em Póvoa do Varzim, Portugal Capoeira Portal Capoeira 1

Os eventos são de acesso livre e grátis e promovidos em pontos centrais da cidade de Póvoa do Varzim, assumindo-se portanto como um elemento central de entretenimento e divulgação cultural da cidade durante o período.

 

Fonte: http://www.cm-pvarzim.pt/