Blog

lançado

Vendo Artigos etiquetados em: lançado

Jogo de luta inspirado na capoeira será lançado para PC

O estúdio alemão Twelve Interactive, revelou em seu site o lançamento de mais um game de luta baseado exclusivamente na capoeira, arte marcial brasileira original da época da escravidão.

Martial Arts – Capoeira, que agora chega aos PCs, já teve versões para PlayStation 2, Wii, PSP e Nintendo DS, colocando lutadores de diversas nacionalidades em disputas do esporte que une dança e música.

O game traz um modo carreira, onde é possível treinar o seu personagem para aprimorar suas habilidades, ganhar campeonatos e atingir o status de maior capoeirista do planeta.

Como cenário para os embates, o jogo coloca os atletas em recriações de pontos turísticos por todo o mundo, como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, as piramides do Egito, e Times Square, em Nova Iorque.

Estão disponíveis doze capoeiristas no jogo, com habilidades divididas em força, velocidade, resistência, constituição física e talento acrobático.

 

Martial Arts – Capoeira será lançado no próximo dia 25, com preço de 20 euros (cerca de R$ 50). Mais informações, no site oficial (e verde-amarelo) do game.

 

Fonte: http://arena.ig.com.br

Bahia: Carnaval 2008 será lançado na próxima segunda-feira

Tendo um dos mais preciosos bens culturais da Bahia, a capoeira, como grande homenageada e uma convidada muito especial, Iemanjá, o Carnaval de Salvador será oficialmente lançado na próxima segunda-feira, dia 3 de dezembro. Será às 17h no Blue Tree Towrs, hotel localizado no Rio Vermelho, palco da festa para a Rainha das Águas que em 2008 cai num sábado de Carnaval. O prefeito João Henrique o o presidente da Emtursa – Empresa de Turismo S/A, Misael Tavares, vão anunciar as muitas novidades para a maior festa de participação popuilar do planeta.

A abertura do Carnaval, por exemplo, acontece no Campo da Pronaica, em Cajazeiras, onde serão entregues as chaves dfa cidade ao Rei Momo, rainha e princesas. A grande novidade para 2008 será a incorporação da festa de Iemanjá com a folia. Nesse sentido, o músico, compositor e cantor Carlinhos Brown está empenhado na concepção artística desse momento que será organizado sem interferir nas homenagens à Rainha do Mar, Odoiá!

O Carnaval 2008 de Salvador marca ainda a mudança no processo de captação de recursos que este ano foi entregue, através de licitação pública, a um pool de agências comandadas pelo publicitário Nizan Guanaes. Nesse sentido, todas as quatro cotas máster de patrocínio já foram negociadas – Schincariol, Vivo, Banco Itaú e Ponto Frio. Outras empresas também participarão com patrocínios menores, contemplando as mais diversas programações da festa, como a folia nos bairros.

Dentro do tema "O coração mundo bate aqui"., a capoeira foi escolhida pelo público em votação pela da internet, como homenageado, o que já foi homologado pelo Conselho do Carnaval, atendendo postulação de artistas e produtores culturais de Salvador, a exemplo de Geraldo Badá, Tonho Matéria, Mestre Boa Gente e Clarindo Silva, dentre outros. Sairá da capoeira o símbolo do Carnaval 2008 que será anunciado mais adiante.

Redação Carnasite

Projeto que usa capoeira como meio de inclusão social é lançado em Brasília

Aliar valores do esporte como disciplina e espírito coletivo à cidadania e ao desenvolvimento humano é a idéia do projeto Ginga Brasil, lançado hoje pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir).
 
O projeto, desenvolvido em parceria com a Confederação Brasileira de Capoeira, também tem como meta aproximar esse esporte das crianças e adolescentes que moram em comunidades quilombolas e nas periferias das cidades brasileiras.
 
Para o professor de capoeira Hugo Rocha, essa é uma forma de desenvolver o caráter do jovem, além de promover a cultura brasileira. “A capoeira é uma ferramenta de integração cultural das mais diversas raças do povo brasileiro”.
 
Além do Ginga Brasil, acordos para o lançamento de mais três projetos foram assinados em uma cerimônia que marcou os quatro anos de existência da Seppir. O objetivo é garantir recursos para o desenvolvimento sustentável e a geração de renda nas comunidades remanescentes de quilombos. Integram os projetos empresas, entidades sociais e ministérios.
 
O Energia Quilombola, desenvolvido em parceria com a Eletrobrás, é um deles. A ação prevê, na primeira fase, o incentivo à criação de aves na Bahia, o estímulo ao artesanato e à agricultura em Minas Gerais e a construção de usinas de beneficiamento de arroz no Maranhão.
 
Durante a ministra Matilde Ribeiro disse que, para os próximos anos, a Seppir pretende continuar e ampliar os programas iniciados. “Nós temos ações com quase todos os ministérios, com governos estaduais e municipais. Acho que o presidente Lula acertou em criar a secretaria em 2003, e agora ela tem que ser fortalecida”.
 
Ainda nesta quarta-feira, a comunidade quilombola Mel da Pedreira recebeu o título de propriedade de terra. A área fica no município de Macabá (AP).
 
Agência Brasil

Dicionário da Capoeira será lançado na I ECOCAPOEIRA

Dicionário de Capoeira no Portal Capoeira – Portal no Dicionário de Capoeira…
 
Foi uma enorme surpresa quando o Jornalista Mano Lima, autor do Dicionário de Capoeira, nos escreveu contando esta maravilhosa novidade.
Devido a importância e relevância de nossa site, os serviços prestados, a notícia e informação sempre dinâmicas e todo o leque de ferramentas e serviços oferecidos pelo Portal Capoeira, fomos incluídos na 2ª edição ampliada do Dicionário de Capoeira, como um verbete.
 
O Jornalista Mano Lima nos brindou com este fantástico presente e através deste ato, sela , imortaliza e referência a qualidade e importância do Portal Capoeira dentro da comunidade capoeirística.
 
Aproveitamos para noticiar que no mes de setembro o Portal Capoeira em parceria com o Jornalista Mano Lima, estará sorteando 2 Livros (Dicionário de Capoeira) autografados pelo autor, para os visitantes e leitores registrados no Boletim Informativo do Portal Capoeira.
 
Fica a dica para participarem do lançamento do Dicionário de Capoeira que terá lugar no III Encontro Internacional Ecológico de Capoeira do Amazonas – Iº. Eco-Capoeira do Amazonas, organizado pelo Mestre Squisito da Cia. do Terreiro.
 
Luciano Milani

DICIONÁRIO DE CAPOEIRA SERÁ LANÇADO NA I ECOCAPOEIRA
     A nova versão do Dicionário de Capoeira, lançado em 2005, já circula nas rodas de capoeira e, em breve, estará nas livrarias. A 2a. edição – revista e ampliada – tem 210 páginas e mais de 1.400 verbetes. O lançamento oficial será em Manaus, durante a I Ecocapoeira, evento que acontece de 17 a 20 de agosto, por iniciativa do Instituto Terreiro do Brasil. O autor do Dicionário é o jornalista Mano Lima, editor da revista Capoeira em Evidência. A obra foi construída a partir de entrevistas com mestres de capoeira da Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás e Brasília e de intensa pesquisa bibliográfica.

     Entre as novidades da 2a. edição estão verbetes com biografias de mestres, históricos de grupos de capoeira, fotos e ilustrações inéditas e um roteiro de filmes de capoeira. Segundo o autor, o Dicionário é uma &ldquoobra em construção&rdquo e está aberta a críticas e sugestões que levem ao seu aprimoramento e, principalmente, à valorização dos capoeiristas. Na apresentação da 2A. edição, Mestre Squisito enfatiza que o processo de  trabalho que Mano Lima segue é democrático e plural, baseado na dedicada e humilde coleta de palavras, como uma &ldquoverdadeira pescaria do conhecimento que jorra das cabeças dos mestres, dos professores, das rodas, da "papoeira".

     De acordo com Mestre Bamba (Bahia), o Dicionário se inspira numa idéia correta: &ldquoA capoeira segue um processo evolutivo e não pára de crescer&rdquo. Um dos méritos da obra, segundo Mestre Suíno, do grupo Candeias, é que ela reúne &ldquoexpressões raras e interessantes que poderiam perder seu significado com o tempo, mas que agora estão perpetuadas.&rdquo Para o ex-Ministro dos Esportes Agnelo Queiroz, que prefaciou a 1a. edição, "o dicionário é uma obra que o Brasil esperava e que já nasceu clássica".  Segundo Mestre Zulu, do Centro Ideário de Capoeira, a publicação é de "ldquoimensurável valia para o nosso meio e uma obra cujo gigantismo, promissão e livre criação dos capoeiras, forçosamente suscitarão ainda novas revisões, atualizações e ampliações".

     Para o mestre Luiz Renato, do grupo Beribazu, a publicação do Dicionário é mais do que oportuna. "Os diversos planos textuais que estruturam a capoeira como fenômeno cultural, a linguagem corporal, a musicalidade, a ritualística da roda, a simbologia da indumentária se conectam e condensam seus sentidos na linguagem oral e articulada. Assim, ao organizar o léxico da capoeira, Mano Lima escolhe enfrentar um desafio. E o faz muito bem porque, com humildade intelectual e rigor nos estudos que empreende, amplia suas fontes e enriquece seu trabalho em uma pesquisa permanente", declarou Renato.
      Como comprar o Dicionário?
     Entre em contato diretamente com o autor e receba pelo correio. O custo unitário é de R$ 30,00 (para encomenda simples, já inclusa a postagem). Os grupos que desejarem adquirir para revenda terão um desconto especial. O autor está à disposição para participar de encontros de capoeira e divulgar o seu trabalho.
      Mano Lima &ndash (61) 8407 7960
     www.manolima.com