Blog

amarelo

Vendo Artigos etiquetados em: amarelo

Bragança Paulista: Projeto Municipal de prática e de Capoeira na rede Municipal de Ensino

Capoerira – Projeto Municipal de prática e de Capoeira na rede Municipal de Ensino termina o ano envolvendo 350 alunos

No último sábado, dia 7, a Prefeitura de Bragança promoveu o encerramento do Projeto Capoeira, desenvolvido em 12 escolas da rede municipal, envolvendo uma média de 350 alunos.

A cerimônia foi realizada no Ginásio Municipal de Esportes Francisco Virgili, na Vila Garcia, e contou com a presença da vice-prefeita e secretária de educação Professora Huguette.

O  evento marcou o batizado, ou seja, a entrega do primeiro cordão aos novatos, além da troca de cordões para os que já foram graduados. Dentro do projeto desenvolvido nas escolas são quatro graduações: cordão verde, amarelo, azul e verde-amarelo.

De acordo com o contra-mestre Mortal, que comanda os trabalhos na rede, este foi o melhor evento desde que começaram as graduações na capoeira, há 4 anos, e enalteceu a presença da vice-prefeita. “É importante salientar e valorizar o apoio que o esporte vem recebendo da atual administração, pois  isto com certeza se reflete no sucesso do projeto e principalmente numa maior participação dos alunos”, reforçou.

As atividades são desenvolvidas no contra-turno das aulas e em sua fala Professora Huguette reafirmou o compromisso com o projeto salientando os benefícios do esporte. ”É uma oportunidade ímpar para que esses alunos entrem em contato com uma parte importante da cultura brasileira, usufruindo dos benefícios da prática de capoeira, que desenvolve a disciplina e o respeito, além de estimular a coordenação motora”, enfatizou a vice.

 

Fonte: http://portalbraganca.com.br

Centro Esportivo de Capoeira Angola: 120 ANOS DE MESTRE PASTINHA

120 ANOS DE MESTRE PASTINHA

Evento comemorativo realizado em 05/04/2009

CECA / AJPP (Centro Esportivo de Capoeira Angola / academia de João Pequeno de Pastinha)

Forte da Capoeira / Forte de Santo Antônio Além do Carmo

Largo de Santo Antônio Além do Carmo / Salvador, Bahia. 

Mestre Pastinha (Vicente Ferreira Pastinha) nasceu em 05/04/1889. Era filho de José Señor Pastinha (descendência espanhola) e de Raimunda dos Santos (negra de Santo Amaro da Purificação). Aos dez anos de idade (há quem diga oito anos), começa a aprender capoeira com o velho Benedito. Aos 12 anos entra para a Escola de Aprendizes da Marinha e lá já ensina capoeira aos colegas. Desde 1941, assumiu – e levou adiante, até quase a sua morte em 13 de novembro de 1981, com 92 anos – o CECA (Centro Esportivo de Capoeira Angola), hoje comandado por seu ex-discípulo Mestre João Pequeno de Pastinha – que está situado no Forte da Capoeira (Forte de Santo Antônio Além do Carmo), em Salvador, Bahia.

Mestre Pastinha, tanto quanto Mestre Bimba (criador da capoeira Regional Baiana), foram e ainda são os maiores expoentes da capoeira, hoje praticada em mais de 130 países do mundo. 

Programação realizada:  

• 13:30h às 15:00h – Oficina de confecção de caxixí 

• 15:00h às 17:30h – Bate Papo:

• Mestre Pastinha e sua árvore genealógica e Viagem à África em 1966 – p/ Mestre Gildo Alfinete

• Dia a dia do Ceca, na década de 60 e M. Pastinha e o “balão” – p/ Mestre Vermelho de Pastinha

• Os ensinamentos de Mestre Pastinha – p/ Mestre Boca Rica

• Mestre Pastinha e o amarelo e preto – p/ Mestre Moraes

• Porque os João (J. Grande e J. Pequeno) não usam o amarelo e preto –  CECA (Forte Santo Antonio)

• Para quem Mestre Pastinha deu o “pulo do gato”? – p/ Mestre Bola Sete

• Outros temas – por Mestres: Ciro, Fernando, Faísca, Brandão, Felipe, Lampião, Joel, Adol 

• 17:30h às 19:30h – Roda de Capoeira dos sucessores de Mestre Pastinha e convidados, sob o comando de Mestre João Pequeno de Pastinha (91 anos), que inclusive entrou na roda e “vadiou”, para deleite dos presentes. 

• Presenças:

Além do grande número de convidados e do “público em geral”, participaram do evento Mestres e alunos de várias academias de capoeira de Salvador e outras cidades baianas, como também de outros estados, dentre os quais:

João Pequeno de Pastinha, Gildo Alfinete, Vermelho de Pastinha, Bola Sete, Fernando, Boca Rica e Moraes (estes, ex-discípulos de Mestre Pastinha).

E mais: Mestres Pelé da Bomba, Zoinho, Faísca, Bigodinho, Ciro, Serginho do Pero Vaz, Zé Pretinho e ainda, vindos de outras cidades e estados: Mestres Felipe, Lampião e Adol (Santo Amaro da Purificação), Fernando (Saubara), Joel (São Paulo), entre outros. 

Ficou reforçada a intenção de todos os mestres e alunos presentes, de com “União, Paz, Fraternidade, Fé e Trabalho”, não medirem esforços na luta pela valorização do legado de Vicente Ferreira Pastinha, Mestre Pastinha, como da consolidação da própria arte da Capoeira.   

Após o evento, houve uma confraternização, quando foram servidos pratos típicos, sucos e refrigerantes.

Fonte: [email protected]

Biriba, nome científico: Eschweira ovata

Nome vulgar: Imbiriba, Embiriba ou Biriba 
Nome científico: Eschweira ovata.
Habitar: interior da mata, restinga, borda da mata atlântica, solo arenoso argiloso. PE, RN,BA,SE,CE.Pernambuco PE, Rio Grande do norte RN, Bahia BA, Sergipe SE, Ceará CE.
Sementes: são grandes e irregulares.
Arvore: De porte linheiro, parte masculina amarelo vivo, produz ripas, varas para cercados, para galinheiros, madeira nobre para fabricação de berimbaus, instrumento músical, utilizado na Capoeira.
 
Caule, tronco: de cor cinza esverdeado, verde amarronzado, creme amarronzado, fibrosa com
tendência a formar "imbira" Designação de origem tupi (corrutela de ybira. casca).
Folhas: Crassas(duras), Cariáceas discolores, estreitas, com ocorrências frequentes.
Frutos: Imaturo – de cor verde maduros – de cor marron, em cápsulas
Flores: branca vistosa, com cheiro perfumado, em botões amarelo pálido, aromática, amarelo ouro com grande destaque, amarelo creme perfumado.
Aspectos morfológicos: É uma arvore das matas de restinga e também da mata atlântica, com cerca de 1 a mais de 10 metros de altura, folhas alternas, oblongas, de consistência coreácias e sem estípulas.
Sua floração é no verão e sua flores saõ amarelas vistosas e reunidas em enflorescências. Possui numerosos
estames, muito modificados formando uma estrutura denominado de andróforo. seus frutos são secos e deiscentes,
abrindo-se por meio de um opérculo.
 
Posição sistemática:
 
Divisão: Magnóliophyta
Classe: Magnóliopsida
Subclasse: Dilleniidae
Ordem: Lecythidales
Familia: Lecythdácea
Gênero: Eschweilera
Espécie:Eschweilera ovata ( cambess) mart

Fonte: Botânica- Universidade Federal Rural de Pernambuco.
Qualibio- Universidade Federal da Bahia.

Sulbrasileiro Abada Capoeira – Resultados

Neste último final de semana tivemos a realização dos jogos Sulbrasileiro Abada Capoeira, em Porto Alegre (4 e 5 de junho), no clube Petrópolis Tênis Clube, que foi um grande sucesso!!
Teve a presença do Mestre Nagô (RJ), Mestrando Morcego (RJ) e Professor Pernilongo(SP).
Todos os estados da região Sul tiveram presente, RS, SC, PR.
No sábado ocorreu a abertura das atividades com direito a show de bolhadeiras -demostrando um pouco da cultura gaúcha- a competição e a própria final.
 
No domingo, dia 05, foi o encerramento no Brique da Redenção com um grande Aulão e uma Roda.
 
ABADÁ Capoeira do Rio Grande do Sul agradeçe a todos que participaram: professores, instrutores e aos alunos que ajudaram na organização.
 
Para contato:
Instrutor Batman:
[email protected]
Graduada Abelha: [email protected] 
 
Classificação final:
categoria A marrom roxa/marrom e roxa geral:
1º gororoba
2º sorridente
3º montanha
4º batman

1- melhores jogos angola:
deco e gororoba
2- benguela
bode e montanha
3- Sao Bento grande

gororoba e batman
4- iuna
bode e gororoba

5-destaque feminino
idalina

6- categoria B verde/roxa e verde geral
1º tupi
2º caboclo
3º canga
4º pão d´gua

7- melhores jogos benguela
psico e cavanha
8- Sao bento Grande

tupi e cidade
9- iuna
malzebier e caboclo

10-destaque feminino
abelha

11-master
masculino: pãodágua
feminino: barbara

12-categoria C azul/verde e azul
geral
1º bujão
2º latino
3º gato felix
4º lambão

13-melhores jogos benguela
bujão e latino
14- Sao bento Grande
poca  e veio
15- iuna
gato felix e garoto

16-destaque feminino
trakinas

17- master:
masculino: beija flor
femino: lebre

18-sênior:
garoto

19-categoria D laranja/azul e laranja geral
1º saimon
2º bandana
3º ricochete
4º geleia

20- melhores jogos benguela
kito e bandana
21- sbg
saimon e geninho

22- destaque feminino
pity

23- juvenil
nadia

24- master
azaleia

25-categoria E amarelo/laranja, amarelo geral
1º patolino
2º azamba
3º paku
4º careta

26-melhores jogos benguela
careta e patolino
27-sbg
patolino e magali

28- destaque feminino
magali brava


PORTAL CAPOEIRA – RS (www.rscapoeira.cjb.net)

Graduação

GRADUAÇÃO
 
O Capoeirista sempre é chamado por um apelido que é dado na roda. Foi assim que ficaram famosos os mestres João Gande, João Pequeno,
Cobrinha Verde, Camisa e Canjiquinha. Esse nome de guerra é dado geralmente no Batizado, nome em que o aspirante jogará pra valer pela primeira vez. Segundo Aristeu Oliveira dos Santos, o paraense Mestrinho, a ocasião serve para testar os conhecimentos de quem está sendo batizado.O ritual foi inventado por mestre Bimba para marcar o fim da etapa de inciação. Na época, o criador da capoeira Regional entregava um lenço ao seu discípulo, baseado no costume dos antigos valentões de salvador que protegiam o pescoçocom um pedaço de seda para que a navalha do inimigo escorregasse. Esse costume, influenciado pelas faixas coloridas das artesmarciais orientais, inspirou os cordéis da capoeira. Os ortodoxos não aceitam o sistema de graduação. Acreditam que alguém só pode ser chamado de mestre quando sua vocação de educador e sua sabedoria de conselheiro, além da hablilidade, "aparecerem naturalmente". Mas muitas academias adotaram o sistema hierárquico montado pela Confederação Nacional Brasileira de Capoeira(CNBC), com a combinação das cores da bandeira do Brasil. Nos termos definidos pela Confederação Brasileira de Capoeira, conforme a aprovação no 1°. Cogresso Técnico Nacional de Capoeira, 21/03/93 – SP e no 1°. Seminário Técnico de Elaboração do regulamento Nacional de Capoeira, 19/05/93. o Sistema de Graduação Oficial está estabelecido conforme segue:
 
Alunos
 
1°. Estágio aluno iniciante sem cordão
2°. Estágio aluno batizado verde
3°. Estágio aluno graduado amarelo
4°. Estágio aluno graduado azul
5°. Estágio aluno intermediário verde/amarelo
6°. Estágio aluno adiantado verde/azul
7°. Estágio aluno estagiário amarelo/azul
8°. Estágio aluno formado verde/amarelo/azul
 
Instrutores
 
9°. Estágio monitor verde/branco
10°. Estágio professor amarelo/branco
11°. Estágio contra-mestre azul/branco
12°. Estágio mestre branco
 
Conselho Superior de Mestres
 
13°. Estágio mestre aspirante branco/bronze
14°. Estágio mestre efetivo branco/prata
15°. Estágio mestre de honra branco/ouro
16°. Estágio mestríssimo ouro
{mos_sb_discuss:12}