Blog

músicas

Vendo Artigos etiquetados em: músicas

Carolina Soares lança seu novo Trabalho: “Canto na Areia”

Carolina Soares, considerada a voz feminina da capoeira, lança seu novo trabalho.
 
Canto na Areia é o 4º CD de Capoeira gravado por Carolina Soares, com produção de Adriano Chediak e lançamento previsto para 15 de abril em São Paulo.
Nesse mercado fonográfico radicalmente dominado pelos homens, em 2002 Carolina acrescentou algo que faltava no universo da Capoeira – a participação ativa da mulher na música. Isso lhe rendeu o privilégio de se tornar a 1ª cantora, no mundo, a gravar um CD com músicas de Capoeira.
 
Canto na Areia traz músicas dos ritos tradicionais da cultura afro brasileira, como o samba de roda, ao lado de composições inéditas de mestres da Capoeira e uma regravação de “Meia Lua Inteira”, do Carlinhos Brown – sucesso na voz de Caetano Veloso. O CD surpreende pela qualidade de sua produção que se esmera nos mínimos detalhes, desde a preocupação em ser fiel aos toques do berimbau até manter a liberdade de interpretação da cantora, que lembra, com o seu canto, a cultura criada nas ruas e nos guetos, destacando-se a força de suas interpretações.
Carolina Soares foi criada na cidade paulista de Iguape, onde começou sua carreira artística, cantando em bares noturnos, com repertório que ia do blues ao rock-Brasil de Cássia Eller. Em setembro de 1998, foi para São Paulo, onde passou também a conviver com o mundo da Capoeira: percorria as “rodas“ e os grandes eventos, conhecia os mestres e os capoeiristas. Era natural que, em contato diário com a capoeira, dela absorvesse o lado musical. Surgiu, então, o projeto para lançar o primeiro CD, Músicas de Capoeira – Vol  I, com todas as faixas cantadas por uma mulher. Ela foi a escolhida e o sucesso, imediato. Em conseqüência, Carolina tomou algumas aulas de canto e, dois anos depois, gravou o segundo CD – Músicas de Capoeira – vol II, também sucesso absoluto de mercado, com ritmos de Benguela, São Bento Grande, Angola, Jogo de Dentro, faixa bônus de Hip-Hop Capoeira e Samba de Raiz, trazendo quatro composições de autoria da cantora.
Em seguida foi lançado o terceiro CD: Carolina Soares – Pout-pourri de Capoeira, nas bancas de jornal de todo o país.
 
Destacando-se a cada ano no mercado fonográfico da Capoeira, Carolina incorporou o Samba em seu repertório, continuando fiel aos ritmos brasileiros. Em 2004, no Dia Nacional do Samba que aconteceu no Teatro Sérgio Cardoso (SP), Carolina Soares foi aplaudida pela velha Guarda do Samba Paulista, com seu trabalho reconhecido e aceito.
 
Há alguns anos, a cantora se apresenta semanalmente no Bar Brahma, uma das maiores vitrines do samba paulista.
 
Já fez temporada de shows com o Mestre Jamelão da Mangueira e sempre é comparada, pelo público que assiste ao seu show, à saudosa Clara Nunes.
No Dia Nacional da Consciência Negra, Carolina Soares emocionou o público, na Sala São Paulo, fazendo a abertura do “Troféu Raça Negra 2006”, evento considerado o “Oscar” da comunidade negra no Brasil. Alcione, Emílio Santiago, Preta Gil, Alexandre Pires, Jorge Aragão, Luciana Melo, Afro-Reagge, Rappin Hood, Margareth Menezes, Paula Lima, entre outros, também participaram da comemoração.
 
Ouça e Faça o Download da faixa "Rainha do Mar" com exclusividade no Portal Capoeira
 
Lançamento do CD “Canto na Areia”
 
Entrada: R$ 10,00
Data: 15 de abril de 2007
Horário: 16 horas
Local: Bar Brahma
Av. São João, 677 – Centro – São Paulo
Tel: (11) 3333-0855
 
 
PONTOS DE VENDA DE INGRESSO ANTECIPADO:
 
LOJA SDOBRADO – RUA 24 DE MAIO, 116 – SBLJ 37 – CENTRO – SÃO PAULO – TEL (11) 3337-2208
LOJA MARIMBONDO SINHÁ – AV. MAZZEI, 226 – TUCURUVI – SÃO PAULO – TEL (11) 6265-5704
LOJA MARIMBONDO SINHÁ – AV ADOLFO PINHEIRO, 384 – LOJA 51 – SANTO AMARO – TEL (11) 5524-4406
DISCOTEKA – Rua Pelotas, 83 – Loja 183 – Multishop Vila Mariana – TEL (11) 5906-0456
Aberto de terça à domingo das 14 horas até as 21 horas
 
 
Informações para a imprensa:
Adriano Chediak
(11) 6839-8147 ou 9663-9802
[email protected]
Carolina Soares lança o seu CD Canto na Areia, que traz músicas dos ritos tradicionais da cultura afro brasileira, como o samba de roda, ao lado de composições inéditas de mestres da Capoeira e uma regravação de “Meia Lua Inteira”, do Carlinhos Brown – sucesso na voz de Caetano Veloso. 
 
CD – CANTO NA AREIA
1. Na Aruanda – Tucano Preto   
2. Rainha do Mar  – Marquinhos Coreba  
3. Canto na Areia  – Carolina Soares  
4. Capoeira não pode parar  – Carolina Soares 
5. Do sertão ao cerrado – Mestre Piloto 
6. A velha Bahia mora no céu – Mestre Ricardo
7. Mundo Enganador – Mestre Barrão  
8. É no Balanço do mar – Muralha 
9. Leva eu – Mestre Ricardo   
10. Menino novo  – Mestrando Bigodinho  
11. História da capoeira real  – Professor Passarinho 
12. Capoeira de menino – Carolina Soares  
13. Tombo do pau – Domínio Público   
14. Meia Lua Inteira – Carlinhos Brown   
15. Fuzuê – Toninho e Romildo
Para comprar o CD:
Para saber mais da cantora:  www.carolinasoares.com.br

Teatro: Paulo César Pinheiro cria musical para capoeira

RIO – Depois de ler ‘Mar Morto’, livro de Jorge Amado, Paulo César Pinheiro se apaixonou pela história de Besouro, um dos maiores capoeiristas de todos os tempos.
 
O músico, que já compôs várias canções sobre o mito, como ‘Lapinha’, eternizada na voz de Elis Regina, estréia como autor teatral no dia 15, no Centro Cultural Banco do Brasil, com o musical ‘Besouro Cordão-de-Ouro’. “É um personagem riquíssimo, e acho interessante recuperar a história de um ícone tão brasileiro”, conta Paulo César.
 
Dirigido por João das Neves, o espetáculo conta histórias de Besouro através de nove músicas, de autoria de Paulo César. “Minha idéia inicial era fazer um CD, mas quando surgiu a oportunidade de realizar um musical, adaptei as composições para o teatro”, explica o autor, garantindo que o projeto inicial do álbum não foi abandonado. “Ainda não sei quando o disco vai ser gravado, mas deve ser no início de 2007”, afirma.
Para auxiliá-lo na produção e ensinar a arte da capoeira aos atores, todos negros e escolhidos depois de workshops realizados no próprio CCBB, Paulo César pediu a ajuda de dois mestres da arte, Casquinha e Camisa. “Conheço o Camisa há muito tempo, e Casquinha foi indicado por ele. Apenas dois atores sabiam capoeira, e a ajuda deles foi fundamental para que o espetáculo ficasse bonito”, acredita.
Besouro Cordão de Ouro
 
CCBB Rio de Janeiro
Teatro III
De 15 de dezembro a 28 de janeiro às 19h – De quarta a domingo
O palco vai se transformar numa roda de atabaques, berimbaus, pandeiros e caxixis, para ilustrar a vida de Waldemar de tal, Besouro Cordão-de-Ouro, o maior capoeirista de todos os tempos da Bahia. O espetáculo musical em sua homenagem conta histórias através de mestres capoeiristas transformados em personagens como Canjiquinha, Bimba, Caiçara, Rosa Palmeirão, Pastinha, entre outros. Texto, músicas e letras inéditos de Paulo César Pinheiro – que escreve pela primeira vez para teatro. Direção de João das Neves. Direção musical de Luciana Rabello. Iluminação: Paulo César Medeiros. Cenografia: Ney Madeira. Figurino: Rodrigo Cohen. Elenco: Capoeiristas e atores selecionados das Cias. Nós do Morro e Companhia dos Comuns.
 
Fontes:

Aniversário de Mestre Bimba!!!

Viva seu Bimba!!!

Em homenagem ao aniversário de Mestre Bimba, que nasceu em 23 de Novembro de 1900 (segundo documento obtido na Comissão de Desportos da Aeronáutica no Estado da Guanabara) separamos uma coletânea de matérias, livros, músicas, videos e arquivos disponíveis no Portal Capoeira que falam sobre Mestre Bimba, uma das mais importantes figuras da capoeira.


Leia, pesquise e conheça mais sobre este ícone da cultura Brasileira…

Separamos em tópicos as nossas sugestões de leitura e entretenimento:

 

  • Livros
  • Músicas
  • Videos
  • Fotos
  • Artigos e Publicações
Alguns depoimentos (*retidados do filme “MESTRE BIMBA, A CAPOEIRA ILUMINADA”) de personagens importantes da capoeira:

Frede Abreu, historiador

sobre o “Marketing” pessoal de Bimba:

“Mestre Bimba surpreende a sociedade, com um outro tipo de comportamento. O que era a expectativa da sociedade em torno de um capoeirista, ele contraria. Ele aparece como um homem direito, como um homem sério.”

Carlos Eugênio Líbano, antropólogo

sobre o projeto de Bimba de dar dignidade à capoeira:

“Mestre Bimba tinha uma inteligência viva, muito superior à maioria. Ele tinha uma visão de longo prazo que poucos tinham. Ele percebe que a capoeira estava enredada na repressão. Então, ele se vê como o redentor da capoeira, como o modernizador da capoeira. Ela tem que deixar de ser uma coisa marginalizada, proibida, reprimida, descriminada.”

Americano (Muniz Sodré), aluno de Bimba

Sobre as prisões de capoeiristas na Bahia do século passado:

“Do que eu sei, do que eu ouvi Bimba contar, negro que era capoeirista na rua era amarrado no rabo do cavalo e era levado até o quartel de modo que se dizia que era melhor brigar perto do quartel porque aí a distância que lhe amarravam no cavalo não era tão grande.”

Mestre Itapoan, aluno de Bimba

Sobre a fase “Capoeirista de Rua” de Bimba:

“Mestre Bimba teve uma fase de capoeirista de rua. Chegou ao ponto inclusive, teve preso tantas outras vezes, que o delegado chamou ele uma vez e quis botar ele como inspetor de quarteirão do bairro que ele morava, porque aí, ele ia se policiar porque era o inspetor e não ia brigar entendeu? Ia ficar mais calmo. Mas ele disse que não que capoeira sempre teve contra a polícia, como é que ele ia ficar do lado da polícia?”

Mestre Decanio, aluno de Bimba

Sobre a atividade de estivador de Bimba:

Ele era ajudante de carregador. O trabalho dele principal qual era?
carregar a faca dos estivadores. Como? Ele subia o elevador do taboão. Onde tinha um posto policial, que, correr os estivadores, que eram conhecidos como valentões, como brigões, pra pegar as facas.

Comprava um pão de um quilo, isso ele me contou foi assim cortava no meio, enfiava fazia um buraco e botava o cabo, enfiava do outro lado e emendava o pão. Passado o posto policial, ele entregava os pães a cada estivador e ia embora.

 

Selecione o tópico e saboreie as nossas sugestões de leitura e entretenimento:

4ª Semana da Capoeira em Porto Alegre

PROCESSO SELETIVO PARA PARTICIPAÇÃO DA PROGRAMAÇÃO DA 4ª SEMANA DE CAPOEIRA DE PORTO ALEGRE
 
Convite:
A Secretaria Municipal da Cultura torna público que estará recebendo sugestões da comunidade capoeiristica para a organização da 4ª Semana da Capoeira em Porto Alegre e no Brasil. Os interessados em participar, deverão entrar em contato com a Coordenação da Descentralização, sito na Avenida Presidente João Goulart, 551, Usina do Gasômetro, pessoalmente ou através do fone 32126373 ou e-mails [email protected] ou [email protected] no período de 10 de julho a 04 de Agosto de 2006.
Titulo:
“A cor da capoeira, em Porto Alegre e no Brasil”.
Módulo I
Palestrante/Oficineiro
Módulo II
Mostra de Capoeira
Módulo III
Encontro de Música de Capoeira
Ladainha, Chula e Corrido
PROCESSO SELETIVO
INSCRIÇÕES
 
Programação da 4ª Semana de Capoeira de Porto Alegre
“A Cor da Capoeira em Porto Alegre e no Brasil”
 
A Prefeitura Municipal de Porto Alegre, por meio de ação integrada da Secretaria Municipal da Cultura, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana, Secretaria Municipal de Esporte, Fundação Assistência Social e Comunitária, abre inscrições, no período de 10/07 à 04/08/06, para participarem da programação da 4ª Semana de Capoeira de Porto Alegre, Os interessados (as) em participar devem inscrever-se através de projeto encaminhado para a Secretaria Municipal da Cultura na Coordenação de Descentralização, conforme Plenárias realizadas nos dias 09/05/06 e 07/07/06 às 19h, na sala 209/400 da Usina do Gasômetro.
ETAPAS DO PROCESSO DE SELEÇÃO
 
1ª Etapa – de 10/07 à 04/08/2006. Os candidatos deverão entregar currículo, proposta de trabalho e release, contendo objetivos gerais e específicos, justificativa e etapas. A entrega do material deverá ser feita por temática específica no horário do serviço público – das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h – na Coordenação de Descentralização (Usina do Gasômetro, Avenida João Goulart, 551, 6º andar), fone para informações (51) 3212-5979, ramal 227.
 
2ª Etapa – A escolha dos Mestres naturais ou residentes do Estado do Rio Grande do Sul bem como pessoas residentes e naturais de outros Estados dar-se-á por meio de voto direto na plenária do dia 08 de agosto na sala 209. Somente o proponente que fizerem indicações dos convidados terá direito a voto.
 
ATIVIDADES NÃO REMUNERADAS
 
* Mostras dos grupos de capoeira de Porto Alegre;
* Festival de Música
* Jurado do Festival
FICHA DE INSCRIÇÃO DOS GRUPOS
 
FICHA DE INSCRIÇÃO N. º.
Nome do responsável pelo grupo:
Endereço:                                                                             nº                  compl.
Bairro:                                                                                   CEP:
Cidade:                                                                                  Fone:
E-mail:
Nome do Projeto:
Área de interesse:  Oficina/Palestra (    )       Mostra (    )       Festival (    )
Entidade:
Indicação do Homenageado
Indicação de um nome para ser homenageado, sendo natural do Estado, que tenham contribuído com a capoeira de Porto Alegre.
Apelido: ___________________________Grupo: ________________________________
Nome: __________________________________________________________________
Telefone: _________________________E-mail: _________________________________
 
Processo de escolha será por meio de voto direto, na Plenária do dia 08 de Agosto.
Os mestres Churrasco e Cerqueira já foram homenageados no ano de 2005.
 
Torneio de integração
Grupo: __________________________________________________________________
Nome dos Atletas : ________________________________________________________
________________________________________________________________________
Torneio integração: vôlei misto (  ) futsal (  ) OBS: regras oficiais brasileiras
Para realização deverá ter no mínimo 4 inscrições em cada modalidade.
Módulo I
Palestrante/Oficineiro
Palestrante e Oficineiro:
Os mesmos indicado deverão participar do evento como Palestrantes e Oficineiros, indicação essa de pessoas residentes e naturais de estado que não seja o Rio Grande do Sul, com número de telefone ou E-mail para contato.
  Mestre/Professor/ ou pessoa que tenha conhecimento inerente na área da capoeira ANGOLA – (pessoa do sexo feminino ou masculino, residente e natural de estado que não seja o Rio Grande do Sul).
  Mestre/Professor/ ou pessoa que tenha conhecimento inerente na área da capoeira REGIONAL – (pessoa do sexo feminino ou masculino, residente e natural de estado que não seja o Rio Grande do Sul).
  Mestre/Professor/ ou pessoa que tenha conhecimento inerente na área da capoeira TRADICIONAL– (pessoa do sexo feminino ou masculino, residente e natural de estado que não seja o Rio Grande do Sul).
  Mestre/Professor/ ou pessoa que tenha conhecimento inerente na área da capoeira (pessoa do sexo feminino, residente e natural de estado que não seja o Rio Grande do Sul).
  Mestre/Professor/ ou pessoa que tenha conhecimento inerente na área da capoeira RS ANGOLA, REGIONAL E TRADICIONAL– (três pessoas do sexo masculino) *.
  Mestre/Professor/ ou pessoa que tenha conhecimento inerente na área da capoeira RS (uma pessoa, sexo feminino)
  Estes mestres deverão estar ligados em algumas das seguintes áreas de capoeira: Angola, Regional e Capoeira Tradicional.
OBS: todos participarão do evento como palestrantes e oficineiro.
 
OFICINEIRO/PALESTRANTE
 
Oficineiro/Palestrante RS: Os interessados deverão manifestar-se por meio de projeto conforme modelo em anexo. Será selecionada uma pessoa por modalidade, Angola, Regional e Tradicional.
Obs: O total de vagas disponíveis será disposto da seguinte forma:
4 pessoas  (quatro) convidadas RS
4 pessoas  (quatro) convidadas de fora do estado.
  Capoeira Angola
  Capoeira Regional
  Capoeira Tradicional
  Oficinas de capoeira para crianças, metodologia de ensino para criança.
 
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO PARA PALESTRANTE E OFICINEIRO
 
Cada grupo deverá inscrever-se com apenas um (01) projeto. Indicando os candidatos para preenchimento das vagas.
Todos os proponentes habilitados a votarem, poderão manifestar o interesse no momento da leitura dos nomes, para escolha dos mestres RS e de fora do estado.
Por intermédio do voto direto, serão eleitos os 4 primeiros colocados, com o maior número de votos, denominados titular e os 4 seguintes denominados suplentes.
INFORMAÇÕES GERAIS
 
  O cachê dos Palestrantes e Oficineiros selecionados serão pago pela Secretaria Municipal de Educação – SMED, sendo da seguinte forma:
  Mestre/Professor/ ou pessoa que tenha conhecimento inerente na área da capoeira ANGOLA, REGIONAL E TRADICIONAL – (pessoa do sexo feminino ou masculino, residente e natural de estado que NÃO seja o Rio Grande do Sul). Valor R$ 800,00 (oitocentos reais).
   Mestre/Professor/ ou pessoa que tenha conhecimento inerente na área da capoeira ANGOLA, REGIONAL E TRADICIONAL – (pessoa do sexo feminino ou masculino, residente e natural do estado do Rio Grande do Sul). Valor R$ 700,00 (setecentos reais).
OBS: Em Seminário aberto, que se realizará no dia 08/08/2006, às 19 horas, na sala 209 da Usina do Gasômetro, dar-se-á a apresentação dos indicados bem como o processo de votação.
REQUISITOS GERAIS:
 
* Ser brasileiro ou estrangeiro residente no país;
* Maior de 18 anos;
* Notório saber na área do projeto apresentado;
* Experiência condizente com a proposta de trabalho;
* Disponibilidade de tempo;
* Iniciativa para resolver problemas e propor ações criativas na área de atuação;
* Documentação em dia para contratar (currículo, cadastro no INSS ou PIS ou PASEP, comprovante de residência, RG, CPF, Certidão Negativa de Regularidade Fiscal da Secretaria Municipal da Fazenda) e Material de Imprensa (jornal, folder, certificado, etc).
* Disponibilidade para participar das atividades a que se propõe no período de 09 a 15 de outubro de 2006.
Declaração de Inidoneidade (conforme modelo em anexo)
OBS: A apresentação dos documentos se dará após a confirmação pela Secretaria Municipal da Cultura, do resultado final.
Candidato Palestrantes e Oficineiro de pessoas residentes e naturais de estado que não seja o Rio Grande do Sul, nome completo com número de telefone ou E-mail para contato.
Capoeira Angola: _____________________________________________________
Sugerir tema da Palestra: _______________________________________________
Telefone: ___________________e-mail: ___________________________________
Capoeira Regional: ____________________________________________________
Sugerir tema da Palestra: _______________________________________________
Telefone: __________________e-mail: ___________________________________
Capoeira Tradicional: __________________________________________________
Sugerir tema da Palestra: _______________________________________________
Telefone: __________________e-mail: ____________________________________
Capoeira Feminina: ___________________________________________________
Sugerir tema da Palestra: _______________________________________________
 Telefone: __________________e-mail: ___________________________________
Candidato a Palestrantes e Oficineiro do RS
Nome completo com número de telefone ou E-mail para contato.
Capoeira Angola: _____________________________________________________
Sugerir tema da Palestra: _______________________________________________
Telefone: ___________________e-mail: ___________________________________
Capoeira Regional: ____________________________________________________
Sugerir tema da Palestra: _______________________________________________
Telefone: __________________e-mail: ___________________________________
Capoeira Tradicional: __________________________________________________
Sugerir tema da Palestra: _______________________________________________
Telefone: __________________e-mail: ____________________________________
Capoeira Feminina: ___________________________________________________
Sugerir tema da Palestra: _______________________________________________
Telefone: __________________e-mail: ____________________________________
OBS: Candidato a Palestrantes e Oficineiro do RS:
Serão selecionadas três pessoas do sexo masculino e uma do sexo feminino.
Deverá conter em sua proposta as seguintes especificações:
  Currículo;
  Proposta de trabalho referente ao tema, para os palestrantes;
  Texto contendo todo o conteúdo da palestra;
Módulo II
Mostra de Capoeira
MOSTRA
  Mostra dos grupos de capoeira de Porto Alegre, com gravação de DVD.
A mostra caberá ao grupo inscrito em realizar uma apresentação artística cultural que será registrada em DVD posteriormente será entregue um DVD para cada grupo. O proponente que optarem em participar apenas da Mostra NÃO terá direito a voto. Posteriormente ambos, passarão por entrevista. O PROPONENTE, que não comparecer no dia e horário marcados da entrevista será desclassificado.
 
INFORMAÇÕES GERAIS:
A Mostra de Capoeira se destina as entidades, ligadas à capoeira, será observado o seguinte critério:
Ordem de inscrição
Disponibilidade técnica
 
CONSIDERAÇÕES GERAIS:
  A reunião de avaliação das propostas não será aberta ao público;
  Será aprovado apenas um projeto por grupo;
  Este procedimento é aberto a todos os interessados que se enquadrem nos termos dos requisitos gerais.
  A Secretaria Municipal da Cultura, não receberá projetos, com falta total ou parcial das exigências deste processo seletivo.
MOSTRAS DOS GRUPOS DE CAPOEIRA DE PORTO ALEGRE
Deverá conter em sua proposta as seguintes especificações:
  Currículo;
  Texto, contendo objetivos gerais e específicos, justificativa e  etapas;
  Proposta de trabalho, qual a atividade que irá desenvolver;
  Recursos técnicos necessários para o desenvolvimento da atividade (palco, som, luz, etc);
  Data e horário, de interesse para realizar a sua atividade (indicar duas datas e dois horários).
OBS: O proponente que optarem por inscrever-se apenas na Mostra, NÃO terá direito a voto no Seminário para escolha dos mestres convidados.
FICHA DO GRUPO
Nome do responsável pelo grupo:
Endereço:                                                                             nº                  compl.
Bairro:                                                                                   CEP:
Cidade:                                                                                  Fone:
E-mail:
Nome do Projeto:
Área de interesse:        Mostra (    )     
Entidade:
Módulo III
Encontro de Música de Capoeira
Ladainha, Chula e Corrido
  3º Edição “ENCONTRO DE MÚSICAS DE CAPOEIRA DE PORTO ALEGRE”
ENCONTRO DE MÚSICA DE CAPOEIRA
O Encontro terá como objetivo a integração dos grupos de capoeira, além de proporcionar a gravação de um CD em estúdio. As músicas de capoeira deverão ser tradicionais e inéditas.
ENCONTRO DE MÚSICA DE CAPOEIRA
 LADAINHAS, CHULAS E CORRIDOS
REGULAMENTO
I – Da Promoção
A Prefeitura Municipal de Porto Alegre, por meio de ação integrada da Secretaria Municipal da Cultura, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana, Secretaria Municipal de Esporte, Fundação Assistência Social e Comunitária realiza o 4ª Encontro de Ladainhas, Chulas e Corridos evento este que compõe a programação da 4ª Semana de Capoeira de Porto Alegre, no dia 30/09, das 19h às 22h, na sala Gênio Peres da Câmara Municipal de Porto Alegre.
II – Dos Objetivos:
O Encontro de Ladainhas, Chulas e Corridos têm como objetivo.
a) Valorizar a produção musical da cidade, através do incentivo à participação de artistas e suas criações.
b) Proporcionar a descoberta de novos talentos.
c) Promover a integração entre capoeiristas de um modo geral
d) Garantir a pratica da musicalidade de uma forma democrática.
III – Da Característica:
O Encontro de Ladainhas, Chulas e Corridos será de música brasileira, mantendo as tradições e rituais sagrados da capoeira. As letras deverão ser em português.
IV – Das Inscrições:
Poderão se inscrever no Encontro de Ladainhas, Chulas e Corridos, todas as pessoas interessadas, devendo ser obedecida uma inscrição de no Máximo 3 (três) músicas por pessoa ( inscrito).
As fichas de inscrição e o regulamento estarão disponíveis na Coordenação de Descentralização da Cultura, na Usina do Gasômetro, (Av. João Goulart, nº551, 6º andar) ou através do e-mail – [email protected] ou [email protected]
1.  As inscrições estarão abertas de 10/07 a 04/08 do corrente ano.
2.  As composições deverão ser inéditas, letra e música, entendendo-se por inéditas aquelas composições que não tenham sido gravadas e/ou comercializadas em discos ou fitas e/ou veiculadas em rádios, comerciais ou similares.
3.  Aos concorrentes não será cobrado taxa de inscrição.
4.  As composições deverão ser entregues em envelope contendo:
a) Ficha de inscrição;
b) 05 (cinco) cópia da(s) letra(s) contendo o(s) nome(s) da(s) obra(s) e autor (es).
Parágrafo 1. As composições não deverão exceder o limite de 03 (três) minutos, na apresentação. Os casos que excederem este tempo serão decididos pela comissão julgadora não cabendo nesta decisão qualquer tipo de recurso;
V – DA COMISSÃO JULGADORA DO ENCONTRO
A comissão julgadora será composta por 3 (três), mestres de capoeira e 3 (três), suplentes, indicados pela comissão organizadora da 4ª Semana de Capoeira.      
VI – Da Seleção e Julgamento
 – Serão selecionadas 18 (dezoito) composições que falem do fundamento, raízes e origens da capoeira, do total de inscritos. Para comporem o CD do festival A divulgação das 18 músicas vencedoras e suas ordem de classificação será anunciada após a apresentação de todas, no mesmo local.
– A gravação em CD, será previamente agendada e divulgada.
VII – Da Apresentação
a) Coral: estarão disponíveis 04 (quatro) microfones, posicionados conforme indicação do titular da inscrição, independentemente do número de integrantes e respeitadas a capacidade física do palco;
b) Bateria de Capoeira deverá se posicionar no palco.
c) A comissão organizadora não disponibilizará, bateria de capoeira, devendo o concorrente levar a sua.
d) As músicas apresentadas em palco não poderão exceder o limite de 03 (três) minutos, com tolerância de 30 (trinta) segundos;
e) O mesmo proponente não poderá defender mais de 02 (duas) músicas.
 
Da Premiação
 1 – A premiação se dará em forma de Troféu e medalha, sendo da seguinte forma:
• 1º lugar – prêmio Troféu
• 2º lugar – prêmio Troféu
• 3º lugar – prêmio Medalha
• Todos os classificados receberão 5 (cinco) cópias do CD do Festival
VIII – Da Gravação do CD
1. A gravação do CD será realizada em estúdio, com dia e hora previamente marcada e divulgada.
2. O CD será produzido pela Coordenação de Descentralização da Cultura.
IX – Observações finais:
1. O Município de Porto Alegre fica autorizado a veicular as músicas e imagens selecionadas do evento, em peças promocionais ou em sua propaganda institucional referente à suas realizações atinentes à música, sem ônus para o mesmo, no prazo de dois anos.
2. Os concorrentes deverão preencher uma declaração, autorizando o Município de Porto Alegre a veicular as músicas inscritas e as selecionadas e imagens do evento. Declarando também que a composição é inédita. (ver anexo 3)
3. O Município poderá revogar o presente concurso, por interesse público ou invalidá-lo em caso de vício insanável, em ambos os casos, justificadamente, não ensejando indenização, a qualquer título, pelo município, aos participantes.
4. O presente regulamento poderá ser impugnado pelo Art. 41 § 1º e 2º da Lei 8666/93.O.
5. O presente encontro rege-se pelas disposições da Lei 8666/93, no que couber, e os casos omissos serão decididos pela Organização, observadas as disposições deste regulamento e da legislação pertinente.
 
Obs: OS JURADOS NÃO PODERÃO DEFENDER MÚSICAS;
ENCONTRO DE MÚSICA DE CAPOEIRA
LADAINHA, CHULAS E CORRIDOS
PORTO ALEGRE – 2006
Ficha de Inscrição
Nº de Inscrição: ___________
Nome da composição: ______________________________________________
Nome do Autor: ____________________________________________________
Endereço: ________________________________________________________
Entidade: _________________________________________________________
Cidade: ________________________ Cep: _____________________________
Telefone: ______________________ Celular: ___________________________
E-mail: ___________________________________________________________
Porto Alegre, ____ de _______________de 2006.
______________________________ Assinatura  O declarante assume total responsabilidade pela veracidade das informações, tanto no tocante ao Festival quanto às implicações legais dela decorrentes.
AUTORIZAÇÃO 
 Eu, _______________________________________________ declaro que o Município de Porto Alegre fica autorizado a veicular a(s) música(s) e imagens selecionadas do evento, em peças promocionais ou sua propaganda institucional, referente à suas realizações atinentes a música, sem ônus para o mesmo, no prazo de dois anos.
Declaro também que a composição concorrente é inédita.
Porto Alegre, _____ de ______________ de 2006.
____________________________
Assinatura
_____________________________
RG N. º
Autorização
 Eu, _________________________________________________, autorizo o menor de idade, sob minha responsabilidade, a participar do Encontro de Musicas da Capoeira, evento esse realizado pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre por intermédio da Secretaria Municipal da Cultura.
Nome do menor:____________________________________________
Nome do responsável: _______________________________________
Porto Alegre, _____ de ______________ de 2006.
_________________________________
Assinatura

Guarujá- SP: Prof. Montanha e o 3º CD do Grupo Canto e Magia

Em seu mais recente trabalho musical , "Músicas de Capoeira Vol. 3", o Professor Montanha conta com as participações especiais de M. Ricardo (SP), Presidente de Fundador do Grupo Canto e Magia de Capoeira e M. Pinatti (SP) Grupo São Bento Pequeno.
 
Entre músicas inéditas e tradicionais na Capoeira, podemos encontrar também
um House Remix (Angola), tocada em um encontro de DJ’s Latinos (Ibiza -Espanha – 2005)
 
Destaque para a valorização de um dos grandes ícones da Capoeira Paulista, Djamir Pinatti,  a qualidade musical do CD e a boa voz do Professor Montanha.

Fica ai a dica para a sua coleção. Para comprar o CD, clique aqui.
 
Músicas

1 – Depoimento e Ladainha – M. Pinatti
2 – Aidê – M. Pinatti
3 – Angola me chama – Profº Montanha
4 – Flor da Bahia – Prof º Montanha -:- {mmp3}Flor_da_Bahia.mp3{/mmp3}
5 – Bahia manda seu axé – Prof º Montanha
6 – Canarinho da Alemanha – Prof º Montanha
7 – Vem jogar mais eu – Prof º Montanha
8 – Senhor São Bento – Prof º Montanha
9 – Lembra do barro vermelho – Prof º Montanha
10 – Santo Antônio protetor – Prof º Montanha
11 – Bem miudinho – Prof º Montanha
12 – Se arrasta no chão – Prof º Montanha
13 – Lailê – M. Ricardo
14 – Quando o Gunga me chama -M. Ricardo
15 – Nego Nagô – Prof º Montanha
16 – Capoeira Canto e Magia – Prof º Montanha
17 – Dor do Capoeira – Prof º Montanha
18 – Batida do Gunga – Prof º Montanha
19 – Menina mandingueira – Prof º Montanha (Montanha)
20 –
Capoeira na beira do mar – Prof º Montanha
21 – Auê Pinatti – M. Pinatti – (C.M. Arraia – RJ)
22 – Depoimento M. Ricardo
23 –
Faixa Extra – Flor da Bahia – Prof º Montanha
       Versão: REMIX HOUSE – By Dj Allyson Roberth

 
Estamos disponibilizando duas (2) faixas do CD para voce ouvir e conhecer o trabalho deste grande camarada:

Read More

2º Festival Grandes Cantadores

A Liga Nacional de Capoeira Volta ao Mundo, em conjunto com o Grupo Baraúna,
Estarão realizando o 2º Festival Grandes Cantadores no dia 15 de novembro de
2.005.(feriado nacional).
 
Todos os grupos que tiverem interesse em participar do festival de música de
capoeira deverá entrar em contato com João Andrade nos fones abaixo ou
enviar email para [email protected].
[email protected].
 
Cada grupo de Capoeira poderá apresentar um Cantor e uma Cantora, juntamente
com sua equipe que haverá premiação masculina e feminina separado. As
músicas devem ser ineditas confeccionadas pelos grupos participantes. (caso
seja conseguido o patrocinador para a gravação de um CD comemorativo teremos
até 16 músicas agraciadas com a gravação).
 
Espero que os capoeiristas venham em conjunto com a Liga Nacional e 0 Grupo
Baraúna para comemorarmos a Semana da Capoeira.
 
Sem mais para o momento
 
João Andrade
Liga Nacional de Capoeira Volta ao Mundo
Associação e Academia de Capoeira Baraúna
IES AFRO = Instituto de Esporte Social
João Andrade fone: 55 (11) 6239-9985 = 55(11) 8501-1765
Mestre Rosa fone: 55 (11) 4726-6625 = 55(11) 7206-2438

Mestre Sanhaço e sua Home Page

Prezados amigos,

Demorou mas saiu, muito humildemente informo a todos que (graças a colaboração dos alunos Satélite, Cebola e Dartagnan- experts em informática e net)  lançamos a nossa Home Page no dia 15 de outubro passado. Foi uma felicidade imensa lançar uma HP sobre o trabalho desenvolvido por nós em pleno encontro de amigos da capoeira com a presença de Mestre Burgues, M.Sargento, C:M. Nikimba, Prof. Criança, Prof. Fabinho, Instr. Ouriço, Pena, Mala, Caju e principalmente os nossos alunos e convidados. Foi muita energia, muita paz, muita harmonia e principalmente muita alegria.

Em nossa Home-page  –  www.sanhacocapoeira.com 

você poderá ter informações diversas sobre o trabalho que desenvolvi no Brasil e actualmente desenvolvo em Portugal, mais especificamente na região centro. Lembro-lhes que ainda estamos em constante melhora, constante renovação, procurando sempre seguir as sugestões do nosso grande Paulo Freire…sentir-me um ser eternamente incompleto….

 

Acesse:

Publicações , Multimédia (Fotos, Músicas, Vídeos, Currículo, Horários de aulas, Oficinas ministradas, Clipping e muito mais que tem para vir ainda.

Mande sua sugestão e sua crítica, para mim será um prazer receber o vosso retorno.

Fica aqui o meu grande abraço e lembranças a todos. Muito obrigado.
 

Sérgio Augusto Rosa de Souza

Mestre Sanhaço
Grupo Muzenza de Capoeira

Lançamento CD – Vol 3 – Prof. Montanha

Dias 12 e 13 de Agosto de 2005, acontecerá o lançamento cd vol-3 Prof. Montanha – Grupo Canto e Magia.
Será no Distrito Federal – Brasília…
   
Em breve, o cd  estará a disposição nas melhores lojas de capoeira ou diretamente conosco.
 
veja em nosso site – www.cantoemagia.com.br
                              
          … aguardem!!!
  
Com músicas inéditas e tradicionais… Com as participações especiais do Presidente e Fundador do Grupo Canto e Magia de Capoeira – Mestre Ricardo (SP) e Mestre Pinatti (SP).
 
 
    Axé camarada!!!!
Montanha
email –
[email protected]

Sinopse

Calcula-se que a capoeira, um esporte/arte/luta/jogo, criado no Brasil por brasileiros afrodescendentes, seja hoje praticado por cerca de 8 milhões de homens e mulheres  de todas as idades, credos e descendências em mais de 150 países em aulas ministradas por milhares de mestres brasileiros, a maioria vinda das camadas mais humildes da nossa sociedade. A capoeira é, ainda, um dos principais fatores de expansão da língua portugesa em todo o mundo, pois suas aulas são ministradas em português, suas músicas não são traduzidas e a sua história conta fatos relacionados à vida e aos costumes do nosso povo. Seu crescimento vem sendo considerável nas Américas, em toda a Europa, na Ásia e na Oceania.
Tudo isso vislumbrado, ainda na década 30, por um homem que se impôs ao seu meio e ao seu tempo como um dos maiores educadores populares desse país. É dele toda a didática e toda a metodologia de ensino da capoeira que é hoje praticada por 80% dos capoeiristas.
 
MESTRE BIMBA – A Capoeira Iluminada, conta, através de depoimentos de seus antigos alunos e de imagens inéditas em cinema, a história deste brasileiro, Manuel dos Reis Machado, o Mestre Bimba (1899 – 1974) um iletrado que recebeu, post mortem, o título de Doutor Honoris Causa de uma das mais importantes Universidades do Brasil. Um grande jogador de capoeira mas antes de tudo um educador. Um homem, de origem humilde, que dedicou a sua vida a dar dignidade e luz à capoeira.
E se hoje, ela está presente em todo o mundo foi graças à capacidade e à visão de Mestre Bimba. Para muitos historiadores foi um dos negros mais importantes do século XX, nas Américas. Seu nome é a primeira referência que um aluno de capoeira recebe em qualquer país que esteja. A ele são dedicadas milhares e milhares de músicas cantadas em todas as rodas de capoeira nos cinco continentes.
 
MESTRE BIMBA – A Capoeira Iluminada, inspirado no livro MESTRE BIMBA – Corpo de Mandinga, de Muniz Sodré, conta essa linda e comovente trajetória de vida e mostra a arte e o encantamento da capoeira que Bimba iluminou e que hoje faz com que o nosso país seja admirado em todo o mundo.