Aconteceu: Campeonato Paraense 2008
23 Jul 2008

Aconteceu: Campeonato Paraense 2008

A Federação Paraense de Capoeira – FEPAC realizou no dia 13 de julho o campeonato paraense 2008. Segundo avaliação do Diretor de

23 Jul 2008

A Federação Paraense de Capoeira – FEPAC realizou no dia 13 de julho o campeonato paraense 2008. Segundo avaliação do Diretor de Arbitragem, Mestre Docinho, foi uma inesquecível maratona de 11 horas de jogos, entre apresentações de conjuntos, duplas e as tradicionais disputas homem x homem e mulher x mulher.

A competição, que vem sendo realizada anualmente desde 1999, tem entre seus objetivos a divulgação e fomento da prática da Capoeira no Estado do Pará. A Federação, apesar das dificuldades, tem cumprido seu papel. Pelo menos é o que indica o número de participantes: nove associações representadas por 180 atletas cobrindo todas as fases da vida, das categorias mirim até terceira idade, segundo informou o Formado Ivan “Bareta”, Vice-Presidente da Entidade.

FEPACÁrbitros e atletas durante a execução do Hino Nacional Brasileiro na abertura do Campeonato Paraense de Capoeira 2008, em Belém-PA.

Os campeonatos anuais da FEPAC são bastante apreciados pelos praticantes. Não há impedimento algum à participação, exceto quanto a exigência de que o grupo esteja devidamente legalizado e se apresente com seus atletas e técnicos.

 

Quem mais ganhou com o campeonato este ano foram as pessoas que compõem as nove Associações participantes:

• Vitória Régia
• Rei
• Luta Nossa
• Zambo
• Ginga Pará
• Pará Capoeira
• Berimbau Brasil
• Helena Coutinho
• Guerreiros da Libertação

Essas associações possuem em seus quadros vários campeões brasileiros, atletas muito experientes e árbitros que vêm participando dos eventos da Confederação Brasileira de Capoeira – CBC desde 1998.
Isto somado à experiência local agrega valor social à Capoeira paraense e promove o reconhecimento dela como importante elemento de formação humana. Tal benefício se estende a todos os praticantes de Capoeira do Pará, mesmo aos não filiados.

FEPACEsteve presente na abertura do evento, também, o Mestre Bezerra, pioneiro na organização desportiva da Capoeira no Pará.

Considerado hoje o Mestre da Capoeira Angola do Pará, Mestre Bezerra, que também é fundador, árbitro da Federação e vice-campeão brasileiro master da CBC, não pode atuar este ano no Paraense por que estava se preparando para viagem a Salvador onde participaria do ato de registro da Capoeira como Patrimônio Cultural do Brasil.

É de se acreditar, pelo visto, que a capoeiragem paraense está preparada para os desafios que estão postos à Capoeira moderna, seja no campo da organização e prática desportiva, seja no da preservação dessa jóia da cultura brasileira.

A galera do Pará tem muito axé!

(fotos por Fernando Rabelo)

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

4 × 2 =