Blog

org

Vendo Artigos etiquetados em: org

Teatro: Espetáculo baseado em capoeira angola e tradicional no Sesc Pinheiros

Em outubro, o “Projeto Improviso” do Sesc Pinheiros apresenta na Praça o espetáculo de dança “Jam Cabeçada”, com Daniel Barra,Banda MutribOrkestra Maldita. As apresentações acontecem entre os dias 5 e 26 de outubro, sempre aos sábados, às 17h30, exceto no dia 12, quando a apresentação acontece às 18h30. A entrada é Catraca Livre.

“Jam Cabeçada” traz noções de espaço, performance e composição a partir de movimentos e gestos da capoeira angola e regional, que contribuem para o desenvolvimento das técnicas de improvisação com o público.

Ator e bailarino, Daniel Barra desenvolve trabalhos com música, dança, performance e artes visuais, além de ser capoeirista há mais de 20 anos.

 

SERVIÇO

O QUE
Projeto Improviso: Jam Cabeçada com Daniel Barras e convidados

QUANDO:
  • Sáb 05/10
    • às 18:30
  • Sáb 12/10
    • às 17:30
  • de 1926/10
    • Sábados às 18:30

Adicionar à minha agenda do Google

QUANTO
Catraca Livre

ONDE
Sesc Pinheiros
http://www.sescsp.org.br/sesc

Rua Paes Leme, 195
Pinheiros – Oeste
São Paulo
(11) 3095-9400

Estação Faria Lima (Metrô – Linha 4 Amarela)
VER NO MAPA

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Fonte: http://catracalivre.com.br

Semeando 2013/14 – VIII Encontro Internacional de Capoeira Angola

Semeando 2013/14 – VIII Encontro Internacional de Capoeira Angola

Evento realizado pelo Grupo de Capoeira Semente do Jogo de Angola vai reunir alunos, Contra Mestres e Mestres de vários países

Entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014 acontece o Semeando – Encontro Internacional de Capoeira Angola, realizado pelo Grupo Semente do Jogo de Angola. O objetivo do evento é reunir alunos de vários estados brasileiros e de outros países, além de capoeiristas interessados em aprender e trocar informação sobre a história Afro-Brasileira. A programação vai incluir Capoeira Angola, Dança Afro, Samba de Roda, Maculelê, Oficinas de Berimbau, Caxixi, Atabaque, Percussão, Palestras, Mostras de Vídeo, Afoxé e Caminhada Ecológica.

O Encontro é realizado de 2 em 2 anos, desde 2004, em Salvador e na Ilha de Cacha Pregos (BA), onde está sendo construída a sede do Grupo de Capoeira Semente do Jogo de Angola. Em 2013, o evento vai ampliar as atividades para dois lugares históricos: Santo Amaro, no Recôncavo Baiano, e Chapada Diamantina. A ideia não é só jogar Capoeira, mas levar todos os interessados para vivências em lugares históricos, tais como: Baixa do Sapateiro, Lagoa do Abaeté, Ilha de Itaparica, Santo Amaro, Cachoeira, São Félix, Lençóis e Vale do Capão. 

O Grupo de Estudos dos Núcleos Semente de Angola apresentará um trabalho teórico sobre História do Brasil até 1808/1810, data da chegada da Família Imperial no Rio de Janeiro. Este acontecimento histórico coincide com o começo da perseguição policial aos negros e capoeiristas. Este trabalho, o qual será apresentado por alunos do Grupo, permanecerá no Espaço na Ilha para estudos. As aulas de Capoeira durante o Encontro serão ministradas pelo Mestre Jogo de Dentro, Contramestres do Grupo Semente do Jogo de Angola e Mestres presentes. 

INFORMAÇÕES 

Site: http://www.sementedojogodeangola.org.br
Telefone: (71) 8727 7127 / 3319 0227

 

Fonte: http://www.iteia.org.br

CECA – Coimbra: Oficina de Capoeira Angola

Coimbra: Academia de João Pequeno de Pastinha – Centro Esportivo de Capoeira Angola.

Sob a coordenação de Mestre Faísca, o trabalho em Coimbra encontra-se sob a responsabilidade do Trenel Bruno Angola. Os treinos têm sede na Associação Cultural Artes Jah Nasce ( às terças e quintas das 19 às 21 hs) localizada na Rua de Aveiro, na Conchada; e no Centro Cultural Dom Dinis (a iniciar em Outubro e com horários a confirmar).

Mais informações: www.ceca-riovermelho.org.br.

 

Oficina de Capoeira Angola:

Informa-se que Sábado e Domingo (18 e 19 de Maio) haverá oficinas Oficinas de Capoeira Angola com o Mestre Faísca da ACJPP –  CECA RV em Coimbra (Portugal)

As oficinas serão das 13.30 às 18.30 na Associação Cultural “Artes Jah Nasce” no bairro da Conchada em Coimbra. O valor pelos dois dias será 50€.

Contato telefónico: 961140611.

AACD: Superação através do Esporte

“Inclusão e Equilíbrio são alguns limites vencidos pelas crianças da AACD através da capoeira…”

Caros amigos, segue a metéria feita pela revista Fácil que será usada no TELETON de 2012, onde a nossa Capoeira é enfatizada como meio de ajuda a portadores de deficiência da AACD.

Aproveito o ensejo também e me ponho a disposição para palestras, workshops e cursos de Capoeira e capacitação para professores e Mestres que queiram trabalhar nesta vertente da nossa Arte Maior a CAPOEIRA.

 

Contatos:

Mestre Júnior – mestrejunior1@gmail.com

(xxx81)97701889 Tim – 86192109 Oi.

 

AACD: Gabriel José Mesquita Monteiro Dias – Marketing (Recife)  – gjdias@aacd.org.br

 

Iê maior é Deus, grande pequeno sou eu

 

 

Portugal: “Viva Seu Bimba 2011”

Esta chegando nosso encontro “Viva Seu Bimba 2011”, momento de trocar informações, de convivio, de festejar e homenagear o Mestre Bimba criador da Capoeira Regional Baiana. Esse ano comemoraremos 1 ano do CCCB – Portugal, e celebraremos também a Festa de Batizado da nossa primeira turma infantil. Contamos com a participação de todos vocês.

 

P.s.: Por favor aqueles que ainda não o fizeram, nos informem o dia de vossa chegada, para melhor nos organizarmos. Segue em anexo a programação.

 

Atenciosamente,

 

CENTRO CULTURAL CAPOEIRA BAIANA

Administração

www.capoeirabaiana.org

 

Professor: Careca

Tel.: (00351) 92 655 13 41

Orquestras infantil de Berimbaus, Niterói 1997

No ano de 1997 em Niterói, no bairro de São Domingos, algumas crianças se destacaram pela habilidade que mostravam na Roda da Capoeira e na sua parte rímica e musical. Dentre eles Wellington e Thiaguinho (ao centro e olhando à frente).

Aqueles meninos estavam praticando a capoeira angola a pouquissimo tempo e já mostravam que “iam dar o que falar”. E realmente começaram a jogar uma capoeira bonita de se ver. Um deles, o Wellington (filho da Vera) parecia flutuar no jogo, sapateava e mandingava. Todos o elogiavam e ele já começava a dar trabalho a alguns marmanjos da capoeira, que quando jogavam com o garoto tinham que se calçar de precauções, para não escorregarem de encontro ao chão.

Bons tempos aqueles da Cantareira, incríveis eventos os do Projeto Todo dia São Domingos, no Casarão. Inesquecíveis Sambas pelos quais depois o espaço ficou tão conhecido: o famoso Samba do Casarão! Local onde bambas se apresentaram … artistas que hoje entoam suas vozes nos melhores bares e casas de shows do Rio e do Brasil.  Nomes como Tereza Cristina e Galloti, Pedro Lima e Teresa Pineschi, Seu David da Portela e o seu grupo, Tio Samba e muitos outros deixaram sua marca nas lembranças de muitos que lá estiveram.

O tempo passa a memória permanece!

A partir dessa semana estaremos postando diariamente algumas fotos do Projeto todo Dia São Domingos e de uma época que muitos tem saudades e boas memórias.

Obs. se você participou do Casarão de São Domingos ou da Cantareira e tem alguma foto que deseja compartihar com agente basta enviar para info@kabula.org. A foto poderá ser selecionada e postada no nosso site.

Fonte: Kabula Art’s & Culture – http://kabula.org

Grupo Coquinho Baiano lança CD

Foi lançado nesta quinta-feira o CD Produção de Saberes – Cantigas de Capoeira, do Grupo de Capoeira Coquinho Baiano.

O grupo de Campinas, interior paulista, produziu o CD com apoio do Fundo de Investimentos Culturais da cidade e da Prefeitura de Municipal.

A partir da segunda-feira, dia 12 os interessados poderão adquiri o CD por R$ 7 pelos telefones (19) 9227-2948, 9212-4824 e 3521-7147, pelos e-mails macacocoquinho@gmail.com, stu@stu.org.br ou pessoalmente no STU.

Fonte: http://capoeiradevenus.blogspot.com

 

Grupo de Capoeira Coquinho Baiano – Historia

Ao longo da década de 60 vieram para São Paulo muitos capoeiristas baianos, que chegando aqui, na dura batalha pela sobrevivência estabeleceram-se nos mais diversos ofícios. Por volta de 1967, os mestres Suassuna e Brasília abriram juntos uma academia de capoeira, a Cordão de Ouro. Na medida em que foram conseguindo alguma estabilidade, os migrantes baianos incentivaram parentes e amigos a fazerem o mesmo.
Suassuna, baiano de Itabuna, pretendendo, no início dos anos 70, abrir uma frente de expansão do ensino da capoeira em Campinas, enviou para essa cidade o capoeirista Tarzan que tinha acabado de migrar da Bahia para São Paulo.

Era 1974 quando os mestres Godoy e Maya iniciaram o aprendizado de capoeira. Ambos treinaram durante um tempo relativamente curto com o mestre Tarzan, pois este se desentendeu com a proprietária da academia e resolveu desenvolver trabalho autônomo com o nome de “Academia Beira-Mar”. O Jurema, que era professor formado pelo mestre Suassuna, ficou no lugar, com o nome de “Academia Senhor do Bonfim”. Quando o Professor Jurema parou com a prática de capoeira, em 1975, Godoy, Maya e Wilton assumiram a função de professores no mesmo espaço físico, ainda sob o nome de “Academia Senhor do Bonfim”. O trabalho cresceu e, em 1976, Godoy e Maya decidiram fundar a “Academia de Capoeira Coquinho Baiano”.

Desde então, passaram inúmeros capoeiristas, dentre os quais muitos se formaram a mestres, contramestre e instrutores. A Academia de Capoeira Coquinho Baiano tornou-se referência de capoeira e palco para encontros e discussões das mais variadas manifestações culturais brasileiras.
Desde 2005, o Grupo de Capoeira Coquinho Baiano passou a ser representado pelos Mestres Paulão, Tozinho e os contramestres Dito, Tuim, Macaco, Marcelo, preservando sua própria história como uma das poucas Associações formadas na década de 70 que resistiram ao tempo.

Atualmente a Coquinho Baiano mantém vários núcleos principalmente no Estado de São Paulo e em alguns paises da Europa, contribuindo para a valorização e o reconhecimento social, cultural e educacional da Capoeira, cultivando a relação Mestre-discípulo, vivenciando a complexidade da Capoeira luta, jogo, dança, música, esporte, expressão corporal, filosofia de vida.


“Não diga o que a Coquinho Baiano pode fazer por você e sim o que você pode fazer por ela”

Sucesso
Mestre Carlos Macaco
Fone: 19 92124824 – 92272948

http://www.coquinhobaiano.org.br/

Projeto Capoeira no Museu realiza mini-curso de captação de recursos para projetos culturais

Em destaque as atividades de Novembro: Palestras sobre “Gestão e Orçamento Público de Políticas para a Capoeira” e “A Diáspora Africana e História da Capoeira no Rio de Janeiro”.

Confira abaixo os horários, locais e palestrantes convidados.

Promovido pelo Instituto Gingas de Cultura Afro-Brasileira, o Projeto Capoeira no Museu debate a preservação da história e dos personagens da capoeira no Estado do Rio de Janeiro, contemplando as diversidades de expressão desta arte, objetivando a salvaguarda de seus elementos culturais.

No dia 7, a programação conta com um micro-curso com mestre Paulão, que falará sobre “Gestão de Orçamento Público de Políticas para a Capoeira”. Este terá como objetivo orientar capoeiristas a afins sobre como pleitear verbas públicas para viabilizar projetos sócio-culturais que envolvam a capoeira como atividade.

Paulão, além de contabilista, tem vasta experiência em movimentos sociais, tendo participado de discussões sobre as Políticas Públicas de Esportes e de Promoção da Igualdade Racial para o Brasil apresentando propostas para a Conferência Nacional do Esporte e para a Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial em Brasília. Além disso, integrou o Conselho Municipal de Cultura de São Gonçalo, presidiu  a Federação de Capoeira Desportiva do Estado do Rio de Janeiro (1996 a 1998) e foi um dos fundadores da Confederação Brasileira de Capoeira.

 

 

Entrada Franca

Local: Museu do Ingá – Rua Presidente Pedreira, 78, Ingá.

Horário: 14h30

Mais informações: www.gingas.org.br/projetos comunicacao@gingas.org.br

Tel.: 2719-8185 / 9896-1769 / 8321- 4452

 

Novembro – dia 21

Promovido pelo Instituto Gingas de Cultura Afro-Brasileira, o Projeto Capoeira no Museu debate a preservação da história e dos personagens da capoeira no Estado do Rio de Janeiro, contemplando as diversidades de expressão desta arte, objetivando a salvaguarda de seus elementos culturais.

No dia 21, o projeto recebe o pesquisador Júlio César de Souza Tavares, graduado em História pela Universidade Federal Fluminense, mestre em Sociologia pela Universidade de Brasília e doutor em Antropologia pela University of Texas at Austin. O tema do encontro será “A Diáspora Africana e História da Capoeira no Rio de Janeiro”.

Entrada Franca

Local: Museu do Ingá – Rua Presidente Pedreira, 78, Ingá.

Horário: 14h30

Mais informações: www.gingas.org.br/projetos comunicacao@gingas.org.br

Tel.: 2719-8185 / 9896-1769 / 8321- 4452

 

Fonte: http://www.gingas.org.br

Conferência de Cultura de Cuiabá

Conferência de Cultura de Cuiabá acontece no dia 27/10

Programação da CMC de Cuiabá inclui debate aberto sobre os eixos temático e mostra de vídeos sobre os textos base.

A data da Conferência Nacional de Cultura de Cuiabá se aproxima. Na próxima terça feira, dia 27 de outubro, iniciando-se às 08:00, ela será realizada na AMM – Associação Matogrossense de Municípios, localizada na Avenida Historiador Rubens Mendonça, nº 3920 bairro Bosque da Saúde.

Para as reliazações das Conferências municipais, o Ministério da Cultura e o Núcleo de Atenção Social à Cidadania e Educação – NASCE convocaram os facilitadores nacionais e em Mato Grosso, a pessoa selecionada foi Lenissa Lenza, agente cultural do Instituto Cultural Espaço Cubo. Entre uma de suas ações, ela publicou um Manual de Realização de Conferências Municipais e Intermunicipais, que reúne informações como  organogramas de organização das conferências, fluxogramas dametodologia que deve ser aplicada de acordo com o regimento nacional, além delink´s oficiais sobre a II CNC como o próprio regimento e o texto base para os eixos temáticos propostos.

Além do Manual, foi disponibilizado o calendário das realizações de conferências em outros pontos do estado, como Sinop (28/10), Tangará (29/10), Barra do Garças (31/10) e Juína (30 e 31 de outubro).

Na Conferência de Cultura da capital, a sociedade civil, artistas, produtores e demais agentes culturais poderão sugerir idéias para setem debatidas nos eixos temáticos dessas Conferências – Produção Simbólica e Diversidade Cultural, Cultura, Cidade e Cidadania, Cultura e Desenvolvimento Sustentável, Cultura e Economia Criativa e Gestão e Institucionalidade da Cultura. Além disso, pretende discutir diretrizes, princípios e estratégias visando um Plano Municipal de Cultura, o que torna a reunião um debate sobre políticas culturais.

Para Mário Olimío, ex-secretário de cultura, “A Conferência de Cultura é o momento mais importante da política cultural no ano, e já aconteceu muita coisa, como a reforma da Lei Rounet, mas nada disso se compara a magnetude da Conferência”.

No dia 27 a programação se inicia às oito da manhã, com o Café da Manhã e o credenciamento dos agentes. Após a abertura oficial às 09:00, teremos uma sessão de vídeo com o aturo dos textos base, Bernardo Machado, para que os eixos sejam discutidos num debate aberto. Após a pausa para o almoço, haverá a divisão da plenária em grupos de trabalho pelos cinco eixos temáticos.

No último bloco de atividades, os grupos se reunem numa Plenária Final, onde acontece a votação das diretrizes que irão compor o documento final da 2° Conferência Estadual de Cultura e a eleição dos delegados que representarão a classe na Conferência Estadual. A noite termina com uma apresentação cultural.

Reforçando, a Conferência Municipal acontece no dia 27, às 08:00 na AMM.

SERVIÇO:
Conferência Municipal de Cultura
Quando: 24 de outubro
Onde: AMM – Associação Mato Grossense de Municípios.
Informações: (65) 3052 0321 | (65) 9608 2170

Atenciosamente,

Dríade Aguiar – Espaço Cubo – Cuiabá MT
(65) 3052 0321 | (65) 8146 8412
driade@live.at
www.foradoeixo.org.br
www.mic.foradoeixo.org.br
www.hellcity.org.br
www.espacocubo.org.br
Av. Presidente Marques, 240, Centro. Cep 78045-175, Cuiabá-MT

1º Seminario Internacional de Capoeira – 10 Anos Abadá Portugal

1º Seminario Internacional de Capoeira – 10 Anos Abadá Portugal – Woprkshop: Mestre Camisa de 26 à 31 de maio 2009.

Ola amigos e capoeiristas!
Gostaria de convidar a todos para o nosso evento de comemoração dos “10 Anos da Abadá Portugal” vai ser uma semana de festa e muita capoeira!!!

Espero contar com a presença de todos.

Um forte abraço,
Professor Cascão
www.abadaportugal.org

 

00351 – 93 418 22 98
00351 – 253 572 011