Barba Branca

Morre Mestre Barba Branca, importante nome da capoeira na Bahia

Gilberto Reis Ferreira dos Santos Filho tinha 64 anos e faleceu durante internamento em uma clínica de reabilitação.

Um dos mais expressivos representantes da capoeira na Bahia, Gilberto Reis Ferreira dos Santos Filho, o Mestre Barba Branca, morreu neste sábado (13), em Salvador, aos 64 anos. Ele presidiu e foi um dos fundadores da Associação Brasileira de Capoeira Angola (ABCA), criada na década de 1990. Barba Branca faleceu durante internamento numa clínica de reabilitação, na qual tratava problemas de saúde decorrentes de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), ocorrido em 2019. O mestre também enfrentava uma cirrose hepática e tinha problemas cardiovasculares.

Trajetória

Natural de Salvador, Barba Branca iniciou na capoeira com o Mestre Traíra e foi aluno do Mestre João Pequeno. Ajudou a difundir o jogo na modalidade angola na Argentina, Uruguai e França, onde o Grupo de Capoeira Angola do Cabula, do qual era fundador e líder, possui uma filial na cidade de Lyon. 

Em Salvador, o grupo manteve longa parceria com o Terreiro Ilê Axé Opó Afonjá, ainda sob o comando da ialorixá Mãe Stella de Oxóssi, para ensinar capoeira às crianças e adolescentes da comunidade do bairro de São Gonçalo.

Artigos Relatados

0 0 votos
Avaliar Artigo/Matéria
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários