1º Simpósio de Capoeira de São Bernardo do Campo
26 Nov 2010

1º Simpósio de Capoeira de São Bernardo do Campo

A capoeira não é só esporte, já se tornou uma arte presente na vida de muitos brasileiros, arte que surgiu nos guetos

26 Nov 2010

A capoeira não é só esporte, já se tornou uma arte presente na vida de muitos brasileiros, arte que surgiu nos guetos negros há mais de um século.

Reconhecida como Patrimônio Cultural Brasileiro, decisão tomada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a capoeira tem este mês um grande encontro na nossa cidade.

Local: Seção de Pesquisa e Documentação.  Alameda Glória, 197, Centro. Tel:  4125-5577

Dia 27 (sábado)

18h – Abertura do Evento;

18h30 – Oficina e apresentação de samba de roda do Grupo Fio da Navalha do Mestre Cenorinha(SP);

19h30 – Bate Papo e mesa de discussão sobre a história e o desenvolvimento da capoeira no município de São Bernardo do Campo com mestres antigos de SBC e Região. Convidados: Mestres Alípio, Paulinho, Barra Mansa, Manezinho e José Andrade.

Dia 28 (domingo)

8h –     Abertura com mostra de fotos dos mestres antigos da capoeira de São Bernardo do Campo – Organizado pela Secretaria de Cultura da PMSBC em conjunto com a Liga de Capoeira de São Bernardo do Campo, a FICA – SP a partir do acervo de fotos dos Mestres Andrade, Paulo Duarte(Paulinho) e Alípio;

9h – Vivência de capoeira regional tradicional (workshop de ritmo e movimentação, fundamentos e seqüência de treinamento. Convidado: professor Caverna – Filhos de Bimba Escola e Capoeira- Limeira-SP;

10h30- Vivência de capoeira Angola – workshop de ritmo, movimentação, fundamentos e bate-papo com os convidados: Mestre Bigo (Francisco 45 – discípulo de mestre Pastinha) – SP e Fundação Internacional de Capoeira Angola Núcleo São Paulo– FICA-SP (sob Coordenação de Womualy – São Bernardo do Campo);

14h –   Debate: Capoeira, história, tradição e ancestralidade: o fundamento contado pelos mestres. Mesa redonda focada na história da capoeira seguindo a seguinte linha do tempo: história da capoeira em SP no período do império; a história dos tempos de ouro da capoeira no estado do RJ; o “ressurgimento” e criação da “tradição baiana da capoeira; a capoeira de SP nos tempos modernos do engenho à universidade; globalização e ancestralidade frente à cultura atual. Convidados (em ordem de temas): Carlos Cavalheiro – Sorocaba-SP; Letícia Vidor Sousa Reis – SP; Gladson Silva – SP e Mestre Pinatti – SP;

16h –   Roda de capoeira – Com o Grupo No Fio da Navalha do Contra-Mestre Cenorinha de Santo André comandada pelo Mestre Alípio, reconhecido pela comunidade como um dos mestres de capoeira em atividade mais antigos do município de São Bernardo do Campo (participação de mestres convidados);

18h –   Fechamento do Seminário, com vivencia e cortejo de Afoxé, workshop de dança e percussão e apresentação de Afoxé. Convidados: Mestre Môa do Katendê e integrantes do Afoxé do Katendê e membros do Centro de Capoeira Angola “Angoleiro Sim Sinhô” (sob coordenação do professor Preto de SBC).

 

Apoio Cultural: Fundação Internacional de Capoeira Angola, Núcleo São Paulo – FICA-SP e Liga de Capoeira de São Bernardo do campo

FICA-SP Grupo de Estudo de Capoeira Angola de SP

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

one × 1 =