Portugal: Capoeira Angola a semente começa a germinar
30 Abr 2010

Portugal: Capoeira Angola a semente começa a germinar

Capoeira Angola inaugura Academia Alabê em Santarém. A Capoeira Angola “Grande Pequeno Sou Eu” inaugura dia 8 de Maio, às 14h00, em

30 Abr 2010

Capoeira Angola inaugura Academia Alabê em Santarém.

A Capoeira Angola “Grande Pequeno Sou Eu” inaugura dia 8 de Maio, às 14h00, em Santarém a 1ª Academia de Capoeira Angola, em Portugal. Do programa de inauguração consta às 14h00 uma aula com o Mestre Robson Bocão e às 18h00 uma Roda com o capoeiristas presentes.

A nova academia de capoeira, vai ficar instalada no terceiro andar do prédio número 16 da Avenida 5 de Outubro (Av. Das Portas do Sol), em Santarém. O acto de inauguração é aberto a toda a população.

O Mirante – http://semanal.omirante.pt

 

Nota do Editor:

Gostaria que o conceituado meio de comunicação on-line (O Mirante – http://semanal.omirante.pt), verificasse de forma mais responsável a reportagem pois como parece muito óbvio a academia do Mestre Bocão não é e nunca foi a 1ª Academia de Capoeira Angola, em Portugal.

Este tipo de posicionamento acontece com frequência e por vezes jovens ou inexperientes jornalistas comentem este tipo de descuido…

É certo de que não existe uma grande tradição de Capoeira Angola em Portugal e nos últimos anos, felizmente, temos tido a honra e a alegria deste estilo, largamente praticado em outros países da europa, estar finalmente sendo finalmente “plantado” em solo Portugues.

Conheço pessoalmente o Mestre Bocão e sou um admirador da sua capoeira, e de forma alguma venho fazer este comentário para desmerecer ou diminuir seu excelente trabalho…

Apenas me coloco como parceiro e também responsável por um dos principais meios de comunicação direcionada ao capoeiragem, com o respeito e a coerência necessária para escrever e publicar artigos.

  • Fica a reflexão e também algumas referências importantes:

Mestre Pé de Chumbo (CECA) já mantém em Portugal trabalho com capoeira angola a alguns anos em Aveiro, sendo responsável por um dos mais belos momentos da capoeira portuguesa quando nos brindou com a visita do Grande Mestre João Pequeno de Pastinha.
Contra-mestre Pernalonga (Irmãos Guerreiros – Cazuá) também mantém um excelente trabalho na linha da capoeira de “Pastinha” no Porto.

Sucesso ao camarada Angolinha, responsável Academia Alabê em Santarém.

Seja bem vindo Mestre Robson Bocão, é certo que Portugal está carente de grandes profissionais da Capoeira Angola como o senhor para disseminar esta antiga arte, repleta de misticismos, códigos e malandragem…

Assim outros como eu que adoram a capoeira, poderam ter mais opções para “vadiar”…

Um forte abraço

Luciano Milani
www.portalcapoeira.com

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

1 + um =