Blog

Eventos – Agenda

Vendo Artigos de: Eventos – Agenda (categoria)

Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC

Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC

Projeto conta a história da capoeira no ABC; Atividade gratuita e aberta ao público geral

Nos dias 7, 8, 9 e 10 de Agosto, o Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC” que através de vivência, bate papo e workshop contará a história da prática na região do ABC e curiosidades sobre a manifestação sociocultural de origem afro-brasileira, que mistura luta, dança, elementos da cultura popular e música.

O projeto Conexão Capoeira ABC, propõe-se a ser um catalisador para discussões acerca das questões históricas da capoeira local, dos direcionamentos contemporâneos desta manifestação, um momento oportuno para formação e instrumentalização de mestres e professores de capoeira e de áreas correlatas, e ainda um espaço para a troca de saberes e experiências.

bate-papo

Ancestralidade: Corpo, Cultura e Religião

Abertura Conexão Capoeira ABC

07/08. Terça, às 19h30

Bate papo sobre a ancestralidade quando relacionada ao corpo, cultura e religião, trazendo para a discussão questões evolutivas, de apropriações e descaracterizações da cultura popular brasileira.

Com Rose Maria de Souza, Fabiano Maranhão e Diolino de Brito.

Mulher em Jogo

com Carla Yahn (Treinel Natureza)

08/08. Quarta, às 19h30

Bate papo histórico, cultural e musical sobre a participação da mulher na Capoeira. Hoje em dia, é quase impossível assistir a uma roda de capoeira, em qualquer canto do mundo, onde não haja a presença feminina. As mulheres, com todo o direito, estão conquistando a cada dia, mais e mais espaço nesse universo que durante muito tempo foi predominantemente um espaço masculino.

Carla Yahn possui graduação em letras com licenciatura plena pela UNESP (2007). mestrado em letras na área de literatura e vida social pela UNESP (2012). Tem experiência na área de Letras, Literatura, Linguagens e Educação. É professora na Rede Pública de Ensino – Educação Básica II. Arte Educadora pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo. Atua principalmente nos seguintes temas: cultura popular, cultura afro-brasileira, oralidade e capoeira. É treinel de capoeira angola pelo grupo “Os Angoleiros do Sertão”, Feira de Santana-BA.

A Roda de Capoeira: Cultura, Contos e Fundamentos

Com Mestre Maurão

09/08. Quinta, às 19h

História, ensinamentos, fundamentos, curiosidades e roda de Capoeira.

A Capoeira é considerada como uma prática cultural que se organiza em forma de sistema, constituindo-se pelos seguintes elementos: a roda, os toques musicais de berimbau, as músicas, a ginga e os movimentos corporais das dois estilos (Capoeira Regional e Angola). Há, portanto, uma interdependência, em que os participantes da roda deverão se revesar nestas diferentes funções no decorrer do jogo, ou seja: o capoeirista deverá saber desempenhar todas as formas necessárias para ocorrer o evento: tocará tanto o berimbau quanto o atabaque, o pandeiro, o agogô e o caxixi e ainda revezará com outros participantes jogando e também cantando.

Mestre Maurão inicia na capoeira em 1979, na cidade de Santo André/SP, no Grupo Nova Luanda, liderado por Mestre Valdenor, onde se formou no ano de 1985. Participou na década de 80 de vários campeonatos onde consagrou-se Tri-Campeão Brasileiro (consecutivo), além de ter sido por 14 anos Campeão Paulista.

workshop

Fundamentação teórica e metodológica para o ensino da Capoeira

com Eduardo Okuhara.

10/08. Sexta, às 9h30

Discussão sobre os elementos básicos fundamentais para o ensino da Capoeira.

Todo o profissional da área de Educação Física deve primar para que todo o aluno vivencie as diferentes formas que a cultura corporal de movimento tem oferecido, e incluído neste processo está a Capoeira.

Eduardo Okuhara, está doutorando em Educação no programa de Pós-graduação da UMESP. Mestre em Educação Física pela Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP (2006), área de concentração: Pedagogia do Movimento, Corporeidade e Lazer (Orientador: Prof. Dr. Wagner Wey Moreira). Atualmente é docente no curso de Educação Física e pedagogia da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) e do Centro Universitário Ítalo Brasileiro (UNIITALO). Coordenador e Professor de Capoeira do Projeto Capoeirando na Metô (Capoeira para pessoas com Síndrome de Down). Professor de Capoeira do Instituto Padre Leo Comissari e Membro do Grupo de Estudos da Fenomenologia das fases da vida da PPGE-UMESP. Membro do conselho editorial da Revista de Educação Física REBESCOLAR. Temas de interesse: Educação e linguagem, Educação Física Escolar, Motricidade Humana, Cultura Afro-brasileira, Capoeira e Fenomenologia.

Estratégias Metodológicas no Ensino da Capoeira para Crianças de 03 a 06 anos

com Adan Parisi e Carlos Alberto.

10/08. Sexta, às 14h

Atividades, jogos e brincadeiras que podem ser utilizadas como ferramentas para o ensino da Capoeira para crianças de 3 a 6 anos.

Os exercícios de Capoeira envolvem todas as partes do corpo e são executados associados a um ritmo que favorece a integração dos envolvidos, desenvolvendo de maneira eficaz os seguintes aspectos: Imagem do Corpo, Auto-Imagem, Equilíbrio, Associação Visual Motora, Coordenação, Movimentos de locomoção e movimentos uniformes, Orientação Espacial, Lateralidade, Direcionalidade.

O Ensino da Capoeira para Idosos

Uma Abordagem Cultural Plural Como Proposta Pedagógica.

Com Diolino de Brito e Regina Gerizani.

10/08. Sexta, às 14h

Jongo, Samba de Roda, Côco e outros elementos da cultura popular brasileira como ferramentas de facilitação no ensino da Capoeira para Idosos.

A capoeira é uma expressão cultural afro-brasileira desenvolvida por golpes e movimentos ágeis com mãos, pernas, cabeça, braços e elementos de acrobacia. Esta prática desperta o interesse, não somente de jovens mas também de idosos que veem nestes exercícios um meio de lazer e bem estar físico.

Sesc São Caetano realiza o projeto “Conexão Capoeira ABC Capoeira Portal Capoeira

SERVIÇO:

Sesc São Caetano

Dias 7,  8, 9 e 10 de Agosto

Rua Piauí -554 Santa Paula – São Caetano do Sul

Recomendação etária: livre

Ingressos: Retira de ingressos com 1h de antecedência na Central de Atendimento. Limitado a 4 ingressos por pessoa.

Telefone para informações: (11) 4223-8800

Para informações sobre outras programações acesse o portal sescsp.org.br/saocaetano

Horário de atendimento/bilheteria do Sesc São Caetano – De segunda a sexta, 9:00 às 21:30, sábados e feriados, das 9:00 às 17:30 .

Semana da Capoeira em Póvoa do Varzim, Portugal

Semana da Capoeira em Póvoa do Varzim, Portugal

Em Portugal, a cidade de Póvoa do Varzim, no norte do país, organiza a Semana da Capoeira. O projeto pretende, além de divulgar a própria arte marcial, promover a cultura brasileira, através da música, da cultura popular e do esporte. O evento acontece entre os dias 25 e 29 de julho e tem o detalhe interessante de ter sido decidido através de um “orçamento participativo”, isto é, foram os cidadãos – jovens, em sua maioria – que decidiram que uma porcentagem do orçamento do município seria destinada a esta iniciativa.

A valorização da capoeira no exterior

Este evento em Portugal é a prova do potencial que a capoeira tem, não só enquanto esporte, mas também enquanto veículo da cultura brasileira. Trata-se de levar nossos hábitos, tradições e costumes até ao exterior, sendo especialmente valioso e interessante quando se trata de Portugal, país com o qual temos uma ligação especial como não temos com nenhum outro, mesmo que muitos brasileiros e portugueses não reconheçam essa parte.

Póvoa de Varzim

Uma curiosidade de Póvoa do Varzim está no fato de aí se situar um dos 12 cassinos legalmente estabelecidos em Portugal. No país irmão os jogos de azar não são proibidos e a sociedade convive pacificamente com esse fato, estando os cassinos geralmente situados em zonas turísticas. Todo o brasileiro que visitar a Póvoa poderá assim jogar sem qualquer problema. Será que no futuro vai ter cassinos no Brasil desse jeito?

A capoeira em Portugal

Pode considerar-se que a capoeira tem um nível bem razoável de desenvolvimento em Portugal. O país dispõe de uma federação esportiva (equivalente a nossas confederações, como a COB), com milhares de praticantes regulares e diversos clubes por todo o país, inclusive de grandes times de futebol que apostam em outros esportes, como o Sporting de Lisboa.

O programa da festa

O programa do evento incluiu os seguintes pontos:

  • exposição sobre a Semana da Capoeira, explicando todo o evento, abrindo no primeiro dia.
  • workshop de capoeira e roda de capoeira inclusiva, também no primeiro dia.
  • workshops em dois lugares diferentes da cidade, de manhã e à tarde, terminando com nova roda de capoeira inclusiva.
  • o terceiro dia tem workshops e uma recepção oficial de mestres de capoeira nos Paços do Concelho, com o prefeito local.
  • o quarto dia tem workshops e rodas de capoeira, tanto de manhã como de tarde.
  • o último dia inclui espetáculos de dança, batizado e troca de graduações, e finalmente uma roda de encerramento.

Semana da Capoeira em Póvoa do Varzim, Portugal Capoeira Portal Capoeira 1

Os eventos são de acesso livre e grátis e promovidos em pontos centrais da cidade de Póvoa do Varzim, assumindo-se portanto como um elemento central de entretenimento e divulgação cultural da cidade durante o período.

 

Fonte: http://www.cm-pvarzim.pt/

Brincadeiras de rua, capoeira e vivências estão na programação da Semana Mundial do Brincar

Brincadeiras de rua, capoeira e vivências estão na programação da Semana Mundial do Brincar

Grátis no Sesc Santo André!

No mês de maio acontece a Semana Mundial do Brincar e esse ano o Sesc tem como tema o Brincar de corpo e alma. Direcionadas a crianças entre 0 e 12 anos e seus familiares, educadores e demais adultos de referência, as atividades incluem experiências práticas e teóricas que visam a fortalecer a brincadeira como elemento fundamental do universo da infância. No Sesc Santo André, a programação vai até 27 de maio, com diferentes atividades gratuitas e livres para todas as idades!

Confira a programação:

  • Vivência – Brincar Capoeira – De 5 a 26/5 – sábados – a partir das 15h30 – Na Sala de Práticas Corporais, o contramestre Pingo convida a todos para a vivência dessa manifestação cultural multidisciplinar que é a Capoeira, uma atividade que permeia entre jogo, dança, luta. No final, se mostra uma grande brincadeira com inúmeras possibilidades de aprendizado.
  • Vivência – Brincontro: Brincadeiras ao Ar Livre – Dia 20 e 27/5 – domingos – a partir das 14h – Os instrutores do Sesc Santo André realizam brincadeiras ao ar livre, com atividades que estimulam a criatividade e interação social. Brincar descalça, pular corda, escalar, batucar são ações que permitem à criança sentir o corpo como instrumento de explorar o mundo, no gramado da unidade.
  • Vivência – Degustando a Brincadeira – De 22 a 25/5 – Terça a sexta-feira – a partir das 12h30 – O palco da Comedoria, um local reservado para shows, abre espaço para crianças e adultos degustarem as mais diferentes brincadeiras. Com vivências simples e divertidas, a hora de comer também se torna tempo de brincar.
  • Palestra – Brincar de Corpo Inteiro – Dia 22/5 – terça-feira – às 19h – o encontro convida o público para experimentar vivências brincantes e refletir sobre referências práticas e teóricas que envolvem o brincar na primeira infância. Nesta idade, o corpo se torna uma construção encantada de significados, um patrimônio de cada criança que deve ser respeitado em sua individualidade e ludicidade. O conhecimento do corpo durante a brincadeira auxilia o ritmo vital da infância e desenvolvimento de outras relações sociais individuais e coletivas. A palestra conta com participação de Andresa Ugaya, Patrícia Dias Prado e Juliana Olivia dos Anjos. A atividade é sugerida para pais, mães e interessados no tema. É necessária a retirada de ingressos gratuitos a partir das 18h na Loja Sesc ou Bilheteria.
  • Vivência – Brincar Junto: Brincadeiras e Jogos nas Ruas – Dia 19/5 e 26/5 – sábados – a partir das 14h30 – Entre os momentos marcantes da infância, as brincadeiras de rua ganham grande espaço na nossa memória. Nos dia de vivências, os instrutores da unidade resgatam brincadeiras de rua pouco habituais nos dias de hoje, como pião, corda, peteca, entre outras. Além das brincadeiras tradicionais, os instrutores apresentam brincadeiras de origens afro-latinas, como o Pega-Bastão, da Etiópia, o Labirinto, de Moçambiquem, entre outras atividades. As brincadeiras acontecerão nas ruas do entorno do Sesc Santo André. No dia 19/5 , na rua Capixingui, s/n, no Conjunto Prestes Maia e, no dia 26/5, na rua Garanhuns, Centro Comunitário da Tamarutaca.

Promovida no Brasil desde 2009 pela Aliança pela Infância (surgiu na Inglaterra e nos Estados Unidos no final da década de 90 e chegou ao Brasil em 2001), a Semana Mundial do Brincar busca a construção e proteção do brincar como fundamento da expressão genuína da criança, e conta com a parceria do Sesc São Paulo desde 2013.

 

Passeio: Semana Mundial do Brincar – Sesc Santo André
Recomendado: Todas as idades
Quando: de 05/05/18 a 27/05/18
Horários: variados – dependendo da atração
Preços: Gratuito
Onde: Sesc Santo André – Rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar – Santo André
Informações: (11) 4469-1200
email@santoandre.sescsp.org.br

 

Fonte: http://saopauloparacriancas.com.br/

Mestre Ferradura em Portugal – Aula Aberta e Roda de Capoeira

Mestre Ferradura em Portugal Aula Aberta e Roda de Capoeira

 

Dia 1 de maio no Porto

 

Dia 5 de maio em Sintra – Lisboa

 

Mestre Ferradura

Mestre Omri Ferradura Breda preside o IBCE e é uma das grandes referências mundiais no campo da Capoeira-Educação, ministrando desde 1995 classes regulares para a Educação Infantil em diversas escolas e projetos e sendo continuamente chamado para dar palestras e cursos em Universidades e cursos de formação de professores por todo o mundo.

Formado pela Escola de Capoeira Angola do Mestre Marrom – RJ, Mestre Ferradura dirige a Equipe de Capoeira-Educação Brincadeira de Angola, formada por professores experientes na área de Capoeira-Educação, com formações em pedagogia, fisioterapia, educação física, psicomotricidade, psicologia, música, teatro, circo e arte-educação. É neste ambiente interdisciplinar que se planejam os projetos educacionais aplicados em diversas instituições.

Seus artigos – “A capoeira como prática educatica transformadora”, “A Capoeira como prática pedagógica na Educação Infantil” e “Capoeira e educação libertaria para a formação de sujeitos autônomos” foram escolhidos pela Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro para representar a Capoeira no campo da educação.

Mestre Ferradura foi também escolhido pelo SESC Nacional para ministrar o Curso de Formação Continuada em Capoeira Infantil Brincadeira de Angola para todos os SESCs do país, como pode ser conferido neste link.

Mestre Ferradura em Portugal - Aula Aberta e Roda de Capoeira Capoeira Portal Capoeira

Na área artística, carrega na bagagem trabalhos de direção de capoeira em diversos campos, com nomes como Ariane Mnoucchkine (Diretora do Teatro do Soleil-Paris), Karim Anouz (Diretor do filme Madame Satã), Claudio Balthar (Diretor da Intrepida Trupe), Paola Barreto Leblanc (Diretora do filme Maré Capoeira) e João Falcão (Diretor da “Ópera do Malandro”, de Chico Buarque).

O QUE É CONTRIBUIÇÃO CONSCIENTE? 

A contribuição consciente é uma forma de pagamento que oferece a cada um de nós uma rara oportunidade de escolher o quanto vai pagar por um serviço recebido, de acordo com sua avaliação a respeito da qualidade, dos benefícios que serão obtidos e de sua condição financeira atual.

Essa forma de pagamento garante que todos possam ter acesso ao conhecimento, independente da própria situação financeira. Incentiva a reflexão sobre o que cada um de nós escolhe apoiar e nutrir com o nosso dinheiro e questiona a valorização da arte.

 

PORTO DIA 1 DE MAIO

SINTRA – LISBOA DIA 5 DE MAIO

AULA E RODA ABERTA A TODOS…

Para participar, basta chegar e contribuir de forma consciente.

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!!!

 

 

No Porto apoio logistico:

Mestre Ferradura em Portugal - Aula Aberta e Roda de Capoeira Eventos - Agenda Portal Capoeira 1

 

 

 

Em Lisboa apoio logistico/hospedagem:

Mestre Ferradura em Portugal - Aula Aberta e Roda de Capoeira Eventos - Agenda Portal Capoeira

Vivência com o Mestre Itapuã Beiramar em Belgrado, capital da Sérvia

Vivência com o Mestre Itapuã Beiramar em Belgrado, capital da Sérvia.

Uma parceria da ABP em Movimento e do Centro Brasileiro de Cultura de Belgrado

Mestre Pulmão, Grupo Senzala Capoeira, convida a todos para se juntarem a esta festa da capoeiragem em Belgrado – Sérvia.

Nos dias 4 e 5 maio , para participar basta somente ter a camisa do evento que vai custar apenas 20 euros!!!

Escreva já para o e-mail: pulmao_senzala@hotmail.com Dizendo seu nome , grupo , Mestre e garanta sua vaga.

 Já fez sua inscrição?
 Vec registrivan ?
 Already registered ?

 

De quebra ainda pode assistir o Filme “CAPOEIRA UM PASSO A DOIS” produzido por Jorge Itapuã Beiramar no dia 9 de Maio no festival de cinema de Belgrado.

 

Mais Informações:

Mestre Pulmão e Mestre Itapuã Beiramar

Festival Nacional Arte-Capoeira une tradição e solidariedade em Curitiba e Paranaguá

Festival Nacional Arte-Capoeira une tradição e solidariedade em Curitiba e Paranaguá

Paranaguá e Curitiba recebem, de 16 a 18 de março, a 9.ª edição do Festival Nacional Arte-Capoeira. Com programação gratuita, o evento tem o objetivo de resgatar elementos importantes dessa expressão cultural brasileira, que mistura arte marcial, esporte, cultura popular e música. Importantes nomes da área, como Mestre Camisa e Mestre João Grande, também estão confirmados.

Idealizado pela Associação Brasileira de Apoio e Desenvolvimento da Arte-Capoeira (Abadá-Capoeira), que há três décadas se dedica à promoção dessa importante manifestação cultural em nível internacional, a ação é também sinônimo de resgate social.  “As crianças se envolvem através da arte, da música, da dança e acabam tomando como referência os professores. Dessa forma, melhoram as notas na escola, fazem amizades novas”, comenta Janaína Luz, uma das organizadoras do festival.

Reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, há quase uma década a capoeira muda a rotina de crianças, jovens, adultos e idosos da região do bairro Cajuru, na capital paranaense. Oficinas transformaram a realidade de moradores da Vila Camargo, Trindade, Autódromo, São Domingos e São João Del Rey.

O evento também celebra o resgate social promovido pela capoeira.

As aulas, realizadas na Associação Cultural de Capoeira do Estado do Paraná (ACCEP), provocaram mudanças na vida dos participantes. “Penso que nosso maior resultado é a inserção das crianças nas escolas, o resgate dos adolescentes retomando os estudos e, atualmente, o ingresso deles nas faculdades”, completa Janaína Luz.

O projeto deve atingir, em 2018, 300 alunos e passará a ser realizado em 3 escolas de Paranaguá também. “Já temos prevista a expansão para as cidades de Ponta Grossa e Guarapuava”, reitera Janaína Luz. Atualmente, as oficinas contam com 160 participantes.

Programação

Inúmeras atividades gratuitas fazem parte do Festival Nacional Arte-Capoeira – oficina de jogos, cantoria tradicional da capoeira, batizado e troca de cordas, além de aulão e Campanha Berimbau pela Paz com o Mestre Camisa. “O motivo é conscientizar a sociedade da importância de se viver em harmonia. Estamos passando por um momento político muito difícil e dessa forma nasce a corrupção, conflitos e aumenta a criminalidade,  pois tudo isso se reflete principalmente nas comunidades carentes ou áreas de vulnerabilidade. Então pedimos paz para que a sociedade viva em harmonia e em constante desenvolvimento em busca de um grande crescimento”, fala Janaína Luz.

Em Curitiba, nos dias 17 e 18 de março, a programação da 9.ª edição do Festival Nacional Arte-Capoeira passa pela Praça Osório e pelo Largo da Ordem – Palácio Garibaldi e Ruínas de São Francisco. Já em Paranaguá, no dia 16 de março, as atividades serão realizadas na Praça Mário Roque e no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Festival Nacional Arte-Capoeira une tradição e solidariedade em Curitiba e Paranaguá Capoeira Portal Capoeira

 

Programação da 9.ª edição do Festival Nacional Arte-Capoeira

 

Dia 16 de março – Paranaguá
10h – Oficina de Maculelê
11h – Oficina de Capoeira com Mestra Edna
12h – Intervalo
14h30 – Oficina de Berimbau com Mestre Bode
15h30 – Oficina Sambadeiras de Bimba com Fernanda Machado
17h – Aulão com Mestra Edna
Local: Praça Mário Roque
18h – Abertura oficial do Festival no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR)
Dia 17 de março – Curitiba
9h – Comemoração 12 anos de Roda da Praça Osório
14h – Roda Feminina/Praça Osório
15h30 – Oficina de Jogos com Mestres Camisa, João Grande e Boca Rica
Local: Palácio Garibaldi – Largo da Ordem
20h – Cantoria Tradicional da Capoeira e Show Cultural
Local: Palácio Garibaldi – Largo da Ordem
Dia 18 de março – Curitiba
9h30 – Caminhada pela Paz
10h – Aulão e Campanha Berimbau pela Paz com Mestre Camisa
11h – Batizado e Troca de Cordas
Local: Teatro público – Ruínas de São Francisco (Largo da Ordem)

Campo Grande promove gratuitamente o Curso Brincadeira de Angola do IBCE

Campo Grande promove gratuitamente o Curso Brincadeira de Angola do IBCE

Mestre que é referência nacional em capoeira infantil, ministra curso pedagógico para ensinar capoeira a crianças em MS

“Brincadeira de Angola” será ministrada entre está quinta-feira e domingo, no Instituto Mirim de Campo Grande.

Omri Breda, o mestre Ferradura, uma das principais referências em educação infantil nacional e internacional no ensino a capoeira, ministra nesta semana em Campo Grande um curso de formação pedagógica.

A capacitação é voltada para o ensino da capoeira a crianças, aplicando o método “Brincadeira de Angola”, que foi criado por ele.

O curso é uma iniciativa do grupo Conterrâneo Capoeira,de Campo Grande, liderado pelo mestre Antonio Marcos de Lima, o mestre Liminha, e tem o apoio da secretaria municipal de Cultura e Turismo (Sectur), por meio do Fundo Municipal de Investimentos Culturais (FMIC).

O curso “Brincadeira de Angola” vai ser promovido na sede do Instituto Mirim, na avenida Fábio Zahran, 6.000, em Campo Grande. Começa nesta quinta-feira (8) e vai até domingo (11). Hoje e sexta-feira a programação vai das 19h às 21h30. No sábado, das 14h às 19h e no domingo, das 10 às 12h. É gratuito e tem vagas limitadas.

Segundo o grupo Conterrâneo, foram disponibilizadas 100 vagas para a capacitação, para praticantes e não praticantes, e 30 grupos de capoeira de todo o estado já confirmaram participação, representando os municípios de: Água Clara, Aquidauana, Corumbá, Dourados, Miranda, Nioaque, Ponta Porã e Três Lagoas, entre outros.

 Capoeira Portal Capoeira

Em 2016, Ferradura esteve em Campo Grande ministrando um outro curso, “Vamos Vadiar Angola”, em que os participantes experimentaram um dia de vivência voltada à consciência corporal, jogos dinâmicos, musicalidade e expressão criativa na capoeira Angola.

Serviço

Mais informações sobre o curso pelo telefone: (67) 99233-4249.

Veja Também:

 

Fonte: https://g1.globo.com

VI Mostra Itinerante de Capoeira Angola em Porto Alegre

VI Mostra Itinerante de Capoeira Angola em Porto Alegre

De 14 a 17 de março acontecerá a VI Mostra Itinerante de Capoeira Angola em Porto Alegre, uma proposta cultural que tem por objetivo promover a prática e a preservação desta cultura e arte ancestral afro-brasileira, ampliando seu acesso através de palestras, oficinas, exibições de vídeos e muitas rodas abertas de Capoeira Angola em diversos espaços públicos da nossa capital.

Este ano, contaremos com a presença de Mestre Renê (BA), Mestre Kunta (PR), Mestre Dindo (RS) e Contramestre Xandão (SP) para refletirmos sobre o tema: A capoeira angola enquanto instrumento de educação social e transformação pessoal.

O evento é uma iniciativa do Africanamente Escola de Capoeira Angola, organização autônoma e independente que há quase duas décadas atua na preservação e divulgação da filosofia da Capoeira Angola como instrumento de cidadania e educação social.

Africanamente Escola de Capoeira Angola

Bibinha e Gugu Quilombola, conquistam título do Red Bull Paranauê

A Baiana Bibinha e o Paulista Gugu Quilombola, conquistam título do Red Bull Paranauê em Salvador – Bahia.

Em evento no Farol da Barra, Joseph ‘Gugu’ e Jubenice ‘Bibinha’ foram eleitos os mais completos na arte da capoeira

Sob uma ‘lua’ de 37 graus, em frente a um dos monumentos ícones da Bahia, a capoeira confirmou sua universalidade. Quando um paulista radicado na Alemanha e uma baiana do Nordeste de Amaralina mostram que entendem bem do paranauê, está provado que a arte-luta-dança consegue dois feitos: ao mesmo tempo ultrapassa fronteiras e mantém suas origens.

Ao conquistarem o título de campeões do Red Bull Paranauê, Joseph Augusto dos Santos “Gugu”, 32 anos, e Jubenice de Oliveira Santos “Bibinha”, 34, se tornaram os capoeiristas mais completos do mundo. Tanto nas três qualificatórias quanto na final deste sábado, os mais de 300 capoeiristas (de 15 estados e outros cinco países) tiveram que mostrar suas habilidades em três dos principais segmentos da Capoeira – Angola, Regional e Contemporânea.

csm_capoeira01_a6c350de69

Em todos os duelos, os capoeiristas se reuniram no centro do palco e sortearam dois toques para serem jogados: Toque de Banguela (representando a Capoeira Regional); Toque Jogo de Dentro (representando a Capoeira Angola); e Toque São Bento Grande Regional (representando a capoeira Contemporânea). Identificados por braçadeiras de cores diferentes, os 16 finalistas (divididos nas categorias masculina e feminina) foram julgados por três mestres renomados: Mestre Nenel (Regional); Mestre Jogo de Dentro (Angola); e Mestre Paulinho Sabiá (Contemporânea).

“Nasci dentro da capoeira. Jogo capoeira todos os dias da minha vida. É a minha inspiração”, disse Gugu, que, como todo bom capoeirista, gosta de deixar claro de quem herdou a arte. “Iniciei com mestre Miguel, que tinha um discípulo chamado Paulão. Mestre Paulão é meu mestre até hoje. Agradeço muito a ele”, disse Gugu, casado com uma alemã, pai de quatro filhos e mestre de 300 capoeiristas. Nas finais, Gugu e Bibinha superaram quatro competidores cada. Ele, natural de São Paulo, mora na Alemanha há quase três anos, onde coordena um dos núcleos de sua academia, com origem na capital paulista. Na verdade, seu primeiro contato com a capoeira foi com mestre Miguel Machado, do sul da Bahia. Por isso, depois de vencer o baiano Nahuel Mingote “Guaxini do Mar”, Gugu largou em alto e bom som no microfone: “Ê, Bahia!”. Aos 6 anos de idade, menino curioso, ia espiar as rodas da Praça da República. Não parou mais.

No final das contas, o objetivo do evento é justamente, mostrar a universalidade da capoeira e manter sua essência, perpetuando ensinamentos de nomes como Bimba, Pastinha, Waldemar, Cobrinha Verde, João Grande, João Pequeno e tantos outros. “A capoeira está presente em mais de 170 países, mas tudo aqui é baseado em muito estudo, sempre com a preocupação de manter as tradições”, garantiu Jair Oliveira de Faria Junior, o Mestre Sabiá, curador do Red Bull Paranauê.Já Bibinha nasceu em um bairro que se tornou berço da capoeira Regional. Foi no Nordeste de Amaralina que Mestre Bimba desenvolveu a modalidade. Na final, Bibinha venceu outra baiana: Jailane Graziele “Guerreira Lane”, do Subúrbio Ferroviário. Nos últimos dias, dividiu as atenções do treino com trabalho, estudos e as tarefas de mãe da pequena Dandara. “Muita luta, muita dedicação. Devo essa força à capoeira. Agradeço por ter nascido em um bairro que tem uma roda de capoeira em cada esquina. Comecei com mestre Crush”.

 

Assista, à final mundial do Red Bull Paranauê!

 

Gugu Quilombola, integrou recentemente a Equipe de Colaboradores do Portal Capoeira, onde Mantém o seu canal de vídeos.

 

Fonte: http://www.correio24horas.com.br

Fotos: Mauro Akin Nassor/CORREIO

Red Bull Paranauê: Brasileiros e Estrangeiros disputam final

Brasileiros e Estrangeiros disputam final do Red Bull Paranauê em Salvador

Red Bull Paranauê busca o capoeirista mais completo do mundo independentemente do seu estilo/segmento. O objetivo do Red Bull Paranauê é encontrar o capoeirista com maior conhecimento técnico e de performance entre os toques de capoeira, ou seja, mais habilidades em três dos principais segmentos da Capoeira: Angola, Regional e Contemporânea. 

Neste sábado (3), o icônico Farol da Barra, em Salvador (BA), será palco pelo segundo ano consecutivo do Red Bull Paranauê, torneio que busca encontrar o capoeirista mais completo do mundo. O evento contou com seletivas em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, até chegar aos 16 finalistas – divididos igualmente nas categorias masculina e feminina.

A decisão acontecerá a partir das 14h, em frente ao Farol, com entrada aberta ao público.

Tanto nas qualificatórias quanto na grande final, o objetivo é manter a essência da Capoeira e perpetuar os ensinamentos de grandes nomes como Mestre Bimba, Mestre Pastinha, Mestre João Grande e outros. As regras e o conceito continuam os mesmos da primeira edição do Red Bull Paranauê, realizada em 2017: todos os participantes têm que mostrar suas habilidades em três dos principais segmentos da Capoeira – Angola, Regional e Contemporânea.

Os capoeiristas serão julgados por três mestres renomados: Mestre Nenel (representando a Capoeira Regional); Mestre Jogo de Dentro (representando a Capoeira Angola); e Mestre Paulinho Sabiá (representando a Capoeira Contemporânea). Após os duelos, uma mulher e um homem serão coroados campeões do Red Bull Paranauê 2018.

“Ano passado, participei sem grandes perspectivas e fiquei surpresa por ter chegado onde cheguei. Agora, venho para o Red Bull Paranauê mais confiante, acreditando mais em mim”, comentou Débora Santos, a Pérolla, que foi a única mulher a se classificar para o evento do ano passado, quando a categoria ainda era mista. “É muito importante termos uma categoria exclusiva às mulheres. Assim, continuaremos ganhando um espaço que há muito tempo nos foi negado, nos dando mais visibilidade”, acrescentou.

Os 16 finalistas começarão a busca pelo título do Red Bull Paranauê às 14h, no Farol da Barra. Aqueles que não puderem comparecer terão a oportunidade de assistir ao evento ao vivo.

Confira a transmissão ao vivo da final mundial do Red Bull Paranauê, neste sábado 3 de março, a partir das 14 horas, direto de Salvador (BA)

Red Bull Paranauê: Brasileiros e Estrangeiros disputam a final Capoeira Portal Capoeira

Confira a lista completa dos 16 finalistas:

Categoria Masculina

  • Arthur Santos “Fiu” (São Paulo)
  • Lucas Dias Ferreira “Ratto” (Salvador)
  • Joseph Augusto dos Santos “Gugu” (de São Paulo, mas mora na Alemanha)
  • Marcelo Bezerra “Cacique Massaranduba” (de Salvador, mas mora na França)
  • Eliel Ramos dos Santos “Invertebrado” (de Itapeva, mas mora em Sorocaba)
  • Rodrigo da Conceição “Marimbondo” (Rio das Ostras)
  • Nahuel Mingote “Guaxini do Mar” (Itaparica)
  • Marcus Vinícius Santos de Jesus “Anum” (Salvador)

 

Categoria Feminina

  • Débora Santos “Perolla” (Salvador)
  • Aline Longui (Jundiaí)
  • Priscila dos Santos “MC” (Santa Cruz da Serra)
  • Clara Folatelli “Clari” (Buenos Aires)
  • Thaís Federsoni “Pressinha” (de Jundiaí, mas mora na Alemanha)
  • Jubenice de Oliveira Santos “Bibinha” (Salvador)
  • Michelle Pallano “Bailarina” (Fortaleza)
  • Jailane Graziele “Guerreira Lane” (Salvador).

 

Fonte: https://extra.globo.com – https://www.redbull.com